Preparação da época 22/23 - Formação

Estive a pensar um pouco e pergunto se não seria interessante termos um modelo rotativo de treinadores pelo menos de u15 a u23. Isto é basicamente pegar no agora treinador de u17 e para o ano colocá-lo nos u19, o de u19 passaria para os u23. O dos u23 neste caso seria despedido mas por norma voltaria aos u15. A ideia é que um treinador que já conhece bem os miúdos e que já tenha um ano de trabalho com eles possa continuar esse trabalho. Eu sei que existem muitos egos e que muito treinador de formação sonha chegar aos A, mas um verdadeiro treinador de formação quer fazer crescer os seus jovens, por isso até para eles seria mais realizador quase entregá-los em mão a uma equipa sénior (fosse ela A ou B).

Podem dizer que é uma ideia utópica e não funciona, aceito opiniões.

não sei se funciona não, mas gosto da ideia, acho que faz todo o sentido o treinador acompanhar o crescimento dos seus jogadores

1 Curtiu

Por outro lado, num momento em que os jogadores estão num processo de formação e crescimento, também é importante que não se habituem apenas a uma equipa técnica.

Por mais que haja um fio condutor (pelo menos em teoria…), cada treinador tem a sua forma de trabalhar e os jogadores têm que aprender a encarar essas mudanças.

1 Curtiu

Verdade, ganhar cultura tatica diferente. Ambos têm razão e nenhum está errado, mas só é possivel ir por um caminho

Edson já se veio despedir pelo que se confirma a, já esperada, saída.

1 Curtiu

menos 1 trambolho

Entre juniores, sub 23 e B espero muitas saídas:

Walker, André Paulo, Diogo Almeida, Gonçalo Pinto, Hevertton, Brás, Óscar Garcia, Rafael Lopes, Adriano Almeida, Fati, Gonçalo Costa, Edson, Edu Pinheiro, Rafael Carvalho, Besugo, Batalha, Daniel Rodrigues, João Daniel, Rafael Moreira, Bruno Tavares, Tiago Rodrigues, Danilo Luís e Agostinho.

Por fim, quanto aos treinadores, é obrigatório saltar o dos sub 23. Já nem devia ter arrancado esta época, mas pelo menos agora deviam corrigir isso e mostrar que de facto se está a olhar para a formação e o que se faz por lá.

Em relação ao dos juniores, sinceramente por mim também fechava o ciclo. Acho que este ano houveram coisas demasiado más a acontecer para este nível.

O treinador da B, para mim é o que tem a tarefa mais difícil e por mim é o que me custa mais avaliar também. De qualquer forma, quem manda deve agora reunir-se e ver se é possível fazer mais e em conjunto com ele ver se tem condições para seguir mais um ano.

Não tenho dúvidas que muito do possível sucesso que podemos colher no futuro, vai ser decidido neste Verão com as escolhas das equipas técnicas para estes escalões. O meu receio é que tudo fique igual.

3 Curtiram

Esses a bola parece-me precipitação dispensar já, apesar de não terem impressionado. Pode ser que se façam.

O Rafael Lopes não era bom?

Há aí jogadores como Oscar Garcia ou Rafael Carvalho que desconheço totalmente.

O Rafael jogou 2 jogos na época inteira, normal que não conheças ahah.

Sinceramente daquela lista talvez mantivesse o Joao Daniel e o Rafael Moreira, para compor os sub23/B, mas nao tenho grandes expetativas. O resto é mesmo para sair

1 Curtiu

O Rafael não será o Duarte Carvalho que saiu definitivamente para o Estoril em Dezembro/Janeiro.
Afinal não. 1 jogo nos sub23

O Oscar tb nunca tinha ouvido falar… S23 - 4 jogos
https://www.zerozero.pt/player.php?id=417214&epoca_id=151

Esse Rafael Moreira não foi o q custou 500.000€ do estoril?

Sim.

O João Daniel talvez ainda ok, agora o Rafael Moreira acho demasiado curto. Nos (poucos) jogos que vi dele pouco mais fez do que perder a bola no 1v1.

So boas aquisições