Preparação da época 2014-2015

:-\

E os centrais…?

E os centrais, onde ficam? :mrgreen:

Os que estão a bold são os jogadores que não concordo. As opções para substituir William acho que são demasiado inferiores, Vítor não me parece capaz para o plantel que o Sporting para os objetivos do Sporting para o próximo ano, apesar de que se ficar, eu não recrimino. Não creio que seja necessário ir buscar o Sami, há mais opções e melhores e o Enoh duvido que esteja preparado para dar o salto para o próximo ano. :great:

Mauricio, Dier, Semedo e um central de qualidade (eventualmente emprestado por um chelsea, MU, MC…)

Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Patricio/boeck caso algum seja vendido Matt Jones
Cedric/Piris,esgaio ou outro
Jefferson/ Piris ou outro
Dier/Mauricio/Ruben Semedo/
William
Adrien/André martins/ Vitor, zezinho,gerson ou João Mário/Shikabala1
Heldon/Shikabala1/Mané/Wilson/esgaio ou iuri
Montero/Slimani

Nos medio centros e 10 englobei todos na mesma lista pois nos jogamos com um 10 falso.
Sobre os laterais caso Piris não fique sou a favor de 1 compra de 1 jogador que possa jogar em ambas as laterais.
Creio que iremos precisar de um defesa central, e de pelo menos 1 trinco gostaria de anderson mas creio que irá para o estugarda.
Já sobre o meio campo falo de 8 e 10 falso creio ou pelo menos acredito que depende da posição que shikabala faça… Não temos défice nenhum sou a favor que vitor ou gerson um deles saiam e gostaria de ver zezinho ou joão mário um deles integrado… Juntando adrien e martins teriamos 4/5 jogadores para as 2 posições.
Sobre os extremos Heldon caso prove o que espero dele pode ser 1 grande jogador, mané já começa a mostrar muito talento, shikabala pode jogar a extremo também e wilson é 1 jogador ofensivo com caracteristicas 1 pouco diferentes dos restantes… Com isto acrescentaria esgaio ou iuri se fosse possivel.
Montero e slimani a pontas com wilson a poder também jogar lá!
Com isto obviamente falo de algumas vendas:
Capel = 6/8M seria 1 excelente venda
Rojo = 10/15M
Carrillo = ?M não sei o que vale realmente
e caso vendamos Patricio nunca abaixo de 12M
Seria um encaixe interessante mesmo sem patricio…
Comprar Anderson (caso ainda seja possivel)
Comprar um defesa central
E um lateral polivalente caso esgaio e piris não fiquem ou façam essas posições.
Caso shikabala jogue exclusivamente nas alas e zezinho e JM não estejam ainda preparados comprar 1 médio no máximo.
Tentar não vender william abaixo de 35M

É um bom tópico. Eu mantenho-me coerente com o que disse acerca do mercado de Inverno… A grande prioridade, e isso é preparar a próxima época mas deve ser feito o quanto antes, passa por recomprar a parte possível dos passes de Rojo e, sobretudo, de William. Só assim estamos mais defendidos em caso de negócio no futuro. E a recompra do passe de William parece-me absolutamente prioritária, muito mais do que qualquer reforço para o Sporting.

Depois disto, é a questão de tempo: avaliar quem são e quem tem espaço para entrar. Por uma questão de coerência, e por achar que a SAD ainda tem muito que recuperar depois do desastre que foram os últimos anos. Ou seja, a prioridade terá que ser fazer dinheiro com alguns jogadores (Rojo à cabeça, Capel também seria interessante de negociar, Elias imediatamente… Patrício e William para manter se for possível mas aceito a sua saída caso surgissem grandes propostas).

A cada vaga que abra no plantel principal, e tendo em conta a situação financeira e o caminho de recuperação, antes de pensar em contratar alguém parece-me necessário avaliar bem os recursos disponíveis e ver quem pode subir à equipa principal, quer a partir da equipa B ou regressado de empréstimos. Jogadores como Zezinho, João Mário, Betinho, Cissé, Ricardo Esgaio ou Iuri Medeiros parecem-me merecer uma avaliação cuidada e quase diária até final da época porque podem vir a ser úteis ao Sporting já na próxima época e permitem assim evitar alguns gastos extra.

Em todo o caso, em ano de regresso às competições europeias, e sabendo que há sempre jogadores que irão sair, parece-me claro que teremos que ir ao mercado buscar alguns jogadores. Poucos mas bons, é o que peço.

Gosto mais/menos desta ideia. se me permites Pedro Gomes, posso usar este esquema para fazer o meu plantel?

Claro @jl17, estás à vontade. :great:

E este, não terá lugar? Era um dos que tive pena de ir embora… Dava muito jeito este ano nas alas.

[youtube=640,360]http://www.youtube.com/watch?v=ctyv1PRxqpc#t=12[/youtube]

Espero que faça a pré-época, pelo menos. Quem sabe se não podemos encontrar o nosso “reforço” para as alas dentro de portas na próxima época.

Para a próxima época, mediante da afirmação das contratações/empréstimos/renovações, gostaria se tudo se confirmar pela positiva, o regresso de J. Mário, a afirmação de Fokobo e Semedo e a contratação de um lateral direito e extremo. Acho que são as duas únicas grandes lacunas.

Depois o meu plantel era o seguinte:

RP (só em último caso é que sai)
Boeck (aqui mantinha também)

Cedric
Piris (caso haja possibilidades de comprar o jogador, que é de uma utilidade tremenda)

Maurício
Dier (assumir-se, definitivamente, como titular)
Contratação 1 (apesar de ainda termos o Tobias Figueiredo e o Rúben Semedo, que tem ambos, um bom potencial)
Matias Perez

Jefferson

William
Contratação 2 (Fokobo, pode ser chamado à equipa principal em definitivo)

Adrien
A.Martins
Shikabala
João Mário
Zezinho

Carrillo
Esgaio
Iuri
Heldon
Contratação 3

Montero
Slimani
Cissé/Betinho

Quantos às contratações:
1: Paulo Oliveira, seria perfeito. É português, é novo, do nosso campeonato e não creio que venha a custar fortunas. Seria um suplente perfeito (eventual titular). Em alternativa, Yohan Tavares.
2: Por mim era o Anderson do Leixões ou o Slavchev. Ponderaria também uma subida do Fokobo.
3: Jefferson Montero que anda perdido pelo México ou Lucas Piazón por empréstimo do Chelsea

(nota final):
Eu gostava que fosse uma equipa dentro deste género, óbvio que muita coisa pode mudar. Wilson, Vítor, Magrão podem sair, desde que renda alguma coisa, mesmo que seja pouca. Quanto ao resto dos emprestados, vendia a maioria deles, caso ninguém os quisesse era voltar a emprestar, ficando isentos de salários dos mesmos.

PS: Obrigado ao Pedro Gomes

Só um rascunho, lá mais para o final da época revejo isto.

GR: Rui Patrício, Marcelo*/L. Ribeiro
DC: Maurício, Dier, Pérez
DD: Cédric/contratação, empréstimo**
DE: Jefferson
MDC: contratação/empréstimo**
MC: Adrien, Martins, Shikabala
E: Carrillo, Heldon, Wilson, contratação
PLC: Montero, Slimani, Cissé

*Se a direção entender que é uma boa ideia vender o Marcelo a uma equipa em que possa ser titular, se não se vender o RP, que assumo que não aconteça, então é uma ideia
**o DD deve fazer as duas laterais com relativa competência, um empréstimo ao estilo do Piris ou do Welder, o MDC suplente deve ser um jovem com potencial com opção de compra caso agrade

Estou a contar com as saídas de Rojo (infelizmente, já que é dos meus jogadores preferidos, mas tem bom valor de mercado), de Capel, de William e possivelmente de Cédric.

Guarda-redes:
Nesta posição, a grande questão será a venda do Patrício. Caso haja uma boa proposta (15M era uma boa venda), teríamos de ir ao mercado. A meu ver, os grandes em PT até se têm dado bem indo buscar GR’s aos clubes nacionais. Matt Jones (Belenenses), Vagner (Estoril), Douglas (Guimarães), Kieszek (Setúbal), Adriano (Gil-Vicente) e Degra (Paços) parecem-me ter todos qualidade. Não sou, contudo, grande expert em guarda-redes, e por isso abstenho-me de grandes considerações. Mas manteria o Marcelo Boeck, claramente. Para a Equipa B, ao Mickael Meira juntava o Guilherme Oliveira (que cumpre este ano a sua última época como júnior). Até gosto bastante do Luís Ribeiro, mas creio que - tal como o Golas - é contraproducente mantê-lo na II Liga.

Defesa-direito:
O Cédric devia-se manter pelo menos mais uma época. Cresceu bastante do ponto de vista defensivo, com o LJ (assim como os outros defesas também cresceram). Uma renovação faria sentido. Para lutar com ele por um lugar, creio que abdicava do Píris e contratava o Balliu (Arouca). Com 22 anos, já vai na 2ª época a jogar com regularidade (na primeira foi na II Liga Espanhola, pelo Barcelona B, mas a II Liga Espanhola tem boas equipas e jogadores muito bons), tem uma excelente qualidade no passe e é bastante inteligente. É também rápido, e a defender posiciona-se bem e nos duelos é muito raçudo. Para a Equipa B, mantinha o Riquicho a titular e optava pelo Edilino Ié como alternativa (não é que lhe veja especial talento, mas tem contrato por bastante tempo, portanto…).

Defesas-centrais:
Para centrais da A, optava por uma lógica: 3 centrais bastante bons e um outro que mantivesse a competitividade nos treinos, não se importasse de ficar fora dos 18 convocados e tivesse um custo baixo. Para discutir a titularidade, mantinha o Dier (renovando-lhe o contrato) e o Maurício (não por o achar especialmente bom, mas por ter um baixo custo e já estar rotinado com o modelo do LJ). A estes juntava o Andreu Fontàs (Celta de Vigo). Ex-central do Barcelona, joga no Celta de Vigo (treinado pelo Luis Enrique, que o orientou no Barça B) e acho-o um “centralão”, forte a defender e com enorme qualidade a sair a jogar. Caso não fosse possível, tinha três alternativas: Alberto Botía (joga no Elche, emprestado pelo Sevilla), Yohan Tavares (Estoril) e Ewerton (Anzhi). O Yohan, por ter um custo moderado, até seria o ideal para 3º central, mas percebo que LJ não queira abdicar do Rojo e do Maurício no Verão, em simultâneo (embora nenhum deles me convença totalmente). O «Paulo Renato 2014/2015» seria o Hugo Sousa, que promoveria. Começaria a época com 22 anos, foi formado num grande (Porto), já teve alguma experiência no futebol sénior e parece-me um jogador certinho, daqueles que - sem acrescentar grande coisa - também não compromete. Venderia o Rojo, que terá um ordenado elevado (era um jogador “apetecível” no mercado) e não me parece justificá-lo. Na Equipa B, traria o Tobias Figueiredo de volta para ser o patrão da equipa (se ficava 6 meses ou 1 ano na 2ª Liga, dependeria do seu rendimento), e para ocupar o lugar ao seu lado deixava o Sambinha (parece-me que tem algum potencial) e promoveria o Domingos Duarte (actualmente, júnior de 2º ano). Não me parece que o Semedo fique outra época na Equipa B (embora não lhe fizesse mal). Havendo apenas 3 DC na Equipa B, podia haver amiúde espaço para os júniores Bruno Wilson e Hugo Meira.

Defesa-esquerdo
Mantinha, evidentemente, o Jefferson no plantel. É um lateral-esquerdo com alguma qualidade, que defensivamente melhorou com o Leonardo Jardim (ele que, neste aspecto, não era tão mau quanto se dizia) e que ofensivamente traz alguma qualidade (nem sempre da forma mais elegante, mas muitas vezes com rendimento. Mexeria, porém, no titular desta posição. Embora goste do Jefferson, acho-o significativamente inferior ao Cédric (e, não achando o Cédric um “top player”, mas sim um bom jogador, está tudo dito). Investiria, portanto, num defesa-esquerdo, e a minha escolha recaíria no Carles Planas. Também do Barça B, ficou-me na retina no Mundial Sub-20 em 2011 (grande defesa tinha a Espanha… ele na esquerda, Montoya na direita, Bartra e Muniesa no centro… também por lá andavam o Thiago, o Isco, o Oriol Romeu, o Cuenca…). Dois anos e meio depois, ainda não saiu do Barça B, e contratava-o sem hesitar. Também não desgosto do Rúben Ferreira (Marítimo), mas acho que “upgrade” não haveria, embora fosse mais barato. Na Equipa B, além de promover o Rúben Ribeiro (lateral-esquerdo dos júniores desde a época passada), ia também buscar o Afonso Figueiredo. Joga no Boavista este ano, depois de o ano passado ter jogado no Braga B. É titular no CNS, e vai lutar agora pela subida à II Liga. Acabou de fazer 21 anos, pelo que é jovem, e passou pela nossa formação (ainda cá esteve umas 5 ou 6 temporadas antes de ir para a formação do Belenenses). Emprestava o Mica, que já me parece pedir mais que a II Liga (depois de 2 épocas consecutivas na Equipa B) e dispensava o Seejou King.

Médio-defensivo:
O grande desafio do Verão seria manter o William Carvalho. Acredito que tanto o Sporting como o William beneficiariam mutuamente se pudessem estender a sua relação por mais uma temporada. Para disputar o lugar com o William, contrataria o Filipe Augusto, do Rio-Ave. Tecnicamente, é ainda mais forte que o português (condução de bola e mesmo passe), também mostra grande personalidade quando o pressionam e sai muito bem a jogar. Acho que defensivamente cumpre, e penso que com bom trabalho colectivo de pressão (como se vê no meio-campo deste ano) ele, como é jovem e inteligente, pode absorver muito bem as ideias do treinador. Caso não fosse possível manter o William Carvalho, talvez investisse no Baena (Rayo Vallecano), no Ilie Sánchez (Barça B) ou no Luís Gustavo (Rio-Ave). Gosto bastante do Gonçalo Santos (Estoril) e do André Leão (Paços), mas a idade é um handicap para entrarem no onze (não porque tenha preconceitos, mas simplesmente pela questão do mercado e do activo). Na Equipa B, promoveria o João Palhinha (júnior de 2º ano esta temporada), e contratava o Filipe Oliveira (Marítimo B). É um jogador muito jovem (tem 19 anos, fará 20 em Abril), mas de que gosto bastante. Joga muitas vezes a MC, mas acho que mais do que criativo, é um jogador que sai bem a jogar. Conduz bem a bola e tem qualidade de passe vertical. A pegar na bola atrás, de frente para o jogo, tem muita elegância e personalidade. Era engraçado dar jogador depois do que o JJ disse sobre o substituto do Matic. Mantinha-o na II Liga ou 6 meses ou 1 ano, dependente da sua performance. Caso não o quiséssemos contratar, mantinha o Stojanovic, que me parece ter mais qualidade técnica que o Fokobo.

Médios-centro:
Jogaria com 2, sem esse preconceito do 8 e do 10: tinham os dois que ter qualidade para se movimentar entrelinhas, jogando lado a lado, e oferecendo 2 opções de passe diferentes ao trinco, no corredor central e no meio-campo adversário. Manteria o André Martins e o Adrien. Equacionei manter o Vítor, pela simples razão de que reconheço aos 3 grande (e igual) qualidade. Porém, o facto do João Mário ter entrado já no onze do Setúbal faz com que o fosse buscar de volta no Verão. Vai ter 6 meses como titular da I Liga, já fez muitos jogos na II Liga e penso que está preparado para entrar no plantel e para jogar - o seu talento justifica-o. Para ocupar a vaga do Gerson Magrão, promoveria o Kikas, da Equipa B. Uma formiguinha, tem algumas parecenças com o JM28 (quando não se põe a inventar passes longos). É um jogador sem grandes custos, que também não reclamaria por ter poucos minutos. Gostava de acrescentar ali um jogador mais criativo, porque o Sporting não tem nenhum. E estaria inclinado para dois: o Chaby (Equipa B) e o Tiago Silva (Belenenses). Porém, enquanto o Adrien não sair (é um jogador com peso orçamental significativo), não faz sentido ir contratar mais quando já se tem também o André Martins e o João Mário. Até porque as renovações custarão dinheiro, e o Martins é um dos que (como o Cédric) deve renovar. Na Equipa B, mantinha a fórmula dos centrais (apenas 3, para permitir um plantel mais curto em articulação com os júniores). O patrão seria o Wallyson, que ficaria também 6 meses ou 1 ano dependente da sua performance (ele que será sénior de 2º ano na próxima temporada). A disputar o lugar ao seu lado estariam o Francisco Geraldes (médio-centro dos júniores, que vai terminar o seu percurso na formação) e o Luís Cortez (jogador português de 19 anos, que cumpre a sua primeira época de sénior este ano - tal como o Wallyson, portanto - e que saiu dos júniores do Sporting para o Belenenses, onde está agora). Emprestaria o Chaby a um clube da 1ª Liga, onde pudesse jogar (vejo-lhe enorme potencial, tal como ao Iuri, mas ao contrário do açoreano a sua posição não tem espaço no plantel principal). Como haveriam apenas 3 MC na Equipa B, podia haver espaço para júniores como o Fabinho ou o Rafael Barbosa.

Extremos:
A grande dúvida… Shikabala e Héldon parecem-me ter lugares garantidos, no próximo plantel, já que vieram em Janeiro. Sobram duas vagas. Possivelmente, manteria o André Carrillo e acrescentaria o Iuri Medeiros. Como não confio especialmente no futebol do egípcio, gostaria que as restantes 3 opções fossem fortes. Héldon será seguramente uma delas, mesmo que dentro desse perfil eu gostasse mais do Sebá (Estoril). As outras duas teriam de ser fortes. A renovação com o Carrillo (a juntar ás outras renovações, e à vontade de manter a maior parte da base da equipa) custaria dinheiro, pelo que promoveria o Iuri. Caso a SAD optasse por não renovar com o Carrillo, mas sim vendê-lo, poder-se-ia ir investir no mercado - gosto, pessoalmente, do Dani Pacheco (Alcorcón, p/ empréstimo do Liverpool) e do Rafa Silva (Braga). Possivelmente, no onze teria Iuri na direita (acho que tem muito talento e potencial, e só crescerá jogando e lidando com a pressão) e Carrillo (ou Pacheco, ou Rafa Silva) na esquerda, ambos a fazerem diagonais interiores (e com o Shikabala e o Héldon a rodarem no banco). Emprestaria o Mané a um clube da I Liga e venderia o Capel. Na Equipa B, o extremo indiscutível seria o Dani Podence. Tem imensa qualidade técnica (conduz bem a bola, dribla bem, passa bem e parece rematar bem), é um jogador criativo (ou seja, tem imaginação mas não é egoísta, pensa apenas melhor e mais rápido que os colegas) e deve ser lançado no onze da Equipa B o mais rapidamente possível. A lutar pelo lugar na direita estariam o Alemão (médio-ofensivo/extremo do Marítimo B, que fez em Dezembro 21 anos, e que me parece ter bastante qualidade) e o Wilson Manafá (aquela jogada contra o Benfica ficou-me na retina, pareceu-me ter qualidade técnica, velocidade e imaginação em espaços apertados). O facto de serem apenas 3 jogadores permitiria a inserção do Matheus Pereira, que ainda será júnior mas que podia ir tendo, amiúde, oportunidades.

Ponta-de-lança:
Manteria, seguramente, o Montero e o Slimani. Ambos estão na sua primeira temporada na Europa, o Montero jogando no próximo ano, mais adaptado e actuando na Liga dos Campeões, renderia seguramente uma excelente venda ao Sporting no Verão, sendo que o argelino continuaria a evoluir, a mostrar utilidade em alguns momentos do jogo e a dar concorrência ao colombiano. Não sei se juntaria o Betinho ou não: tal dependeria do interesse que houvesse no seu concurso. Se o pudéssemos emprestar a um Braga, um Estoril ou um Marítimo, sim sr.; caso contrário, preferia tê-lo no plantel (mesmo tendo poucas oportunidades) a emprestá-lo a uma equipa que em mais de metade dos jogos defende mais do que ataca. Reconheço-lhe grandes qualidades de finalizador e qualidade na forma como trabalha fora da área (no trato de bola, nas tabelas e movimentos). Na Equipa B, manteria a aposta no Ponde como PL. Entrará na sua primeira temporada como sénior, precisará de jogar, e parece-me que - em termos de movimentação, técnica e finalização - tem argumentos; que, evidentemente, só serão apurados com experiência de jogo no futebol sénior. A acompanhá-lo, e considerando a desvinculação com o Alexandre Guedes, iria buscar um avançado-centro chamado Ruben Bentancourt. Não o conheço particularmente bem, mas “encontrei-o” nas camadas jovens do PSV, foi pesquisar sobre ele, e parece-me ter muita qualidade. Fará 21 anos no próximo mês, e saiu da Equipa B do PSV para o Atalanta este Verão; onde não tem jogado (creio que ainda nem se estreou). Ficar 6 meses ou 1 ano na Equipa B também dependeria de si e do seu rendimento.

EDIT: O rascunho:

GR - Rui Patrício, Marcelo Boeck (Mickael Meira, Guilherme Oliveira)
DD - Cédric Soares, Ivan Balliu (Mauro Riquicho, Edilino Ié)
DC - Andreu Fontàs, Eric Dier, Maurício, Hugo Sousa (Tobias Figueiredo, Sambinha, Domingos Duarte, Matias Perez?)
DE - Carles Planas, Jefferson (Afonso Figueiredo, Ruben Ribeiro)
MD - William Carvalho, Filipe Augusto (Filipe Oliveira, João Palhinha)
MC - André Martins, Adrien, João Mário, Kikas (Wallyson Mallman, Luis Cortez, Francisco Geraldes)
EXT - Iuri Medeiros, André Carrillo, Héldon, Shikabala (Dani Podence, Alemão/Dramé, Wilson Manafá, Gelson Martins?)
PL - Fredy Montero, Slimani, Betinho? (Cristian Ponde, Ruben Bentancourt/Enoh)

@Ehrmantraut

Estou a supor que os do actual plantel que não mencionaste seriam para despachar, mas a estes, que lhes fazias?

Miguel Lopes (até 2018)
Matías Pérez (emprestado até 2015)
Liu Yiming (até 2019)
Vumi Mpasi
Yan Zihao (até 2015)
Fito Rinaudo (até 2016)
Zezinho (até 2018)
Marcos Barbeiro
Ricardo Esgaio (até 2018)
Valentín Viola (até 2017)
Diogo Salomão (até 2018)
Ousmane Dramé (até 2018)
Everton Tiziu (até 2018)
Gelson Martins
Salim Cissé (até 2018)
Diego Rubio (até 2016)
Lewis Enoh (até 2019)
Mama Baldé

Ora, pegando no esboço que fiz noutro tópico:

#1
Marcelo

Cédric
Esgaio

Dier
#2
Maurício
Matías Pérez/Rubén Semedo

Jefferson
#3

#4
#5

Adrien
André Martins
João Mário
Shikabala
#6

18-Carrillo
19-Iuri Medeiros
20-Héldon
#7

22-Montero
23-Slimani
24-Betinho


Ora, quantos aos números, e sempre com a premissa máxima de se gastar pouco, seja em que contratação for:

#1: Por mim é o Rui. Caso não o consigamos segurar, apostava no Matt Jones, do Belenenses.

#2: Um central de qualidade, que se imponha no 11 ao lado do Dier. Gosto da sugestão do Ehrmantraut, o Fontàs. De resto, não vejo ninguém com esse perfil no nosso campeonato. Lá fora, também não me vem mais ninguém à cabeça.

#3: Um defesa-esquerdo que faça concorrência ao Jefferson. De novo, no mercado nacional não me salta ninguém claramente à vista. Teríamos de ir buscar lá fora.

#4: Por mim, é o William. Mas o assédio dos colossos europeus pode ser um problema, e podemos acabar por perdê-lo. Caso isso aconteça, ia para o Simeon Slavchev, internacional búlgaro que joga no Litex, da Bulgária.

#5: Uma alternativa ao titular, que se enquadre no mesmo estilo de jogo e que encaixe bem na equipa, tendo ainda margem de progressão. Visto que o Anderson Esiti já era, eu ia para o Filipe Augusto, do Rio Ave. Mas o Aly Ghazal, do Nacional, também não era mal pensado.

#6: Um médio-centro completo, com bons índices de intensidade e preenchimento de espaços, com qualidade técnica, qualidade de passe, inteligente, com boa leitura e visão de jogo, e capaz de chegar bem à área. A par do central, seria a outra grande aposta do defeso. Não há ninguém em Portugal assim (ok, actualmente e teoricamente, ainda há o Elias, mas percebem a ideia).

#7: Um extremo que tenha capacidade para esticar o jogo, ao mesmo tempo que também tenha capacidade para aparecer por vezes em espaços interiores, de forma a tornar o seu jogo mais imprevisível. Se tivesse que apostar internamente, dizia Ceballos, do Arouca. Mas acho que precisamos de alguém já com outra experiência competitiva, por isso teríamos de ir, como em quase todas as outras contratações, lá fora. Mais uma vez, gostei da sugestão do Ehrmantraut, o Dani Pacheco. Mas eu ia para o Jakub Kosecki, extremo polaco de 23 anos que joga no Légia, da Polónia.


Ora, o plantel, segundo os meus desejos, ficaria qualquer coisa como:

Rui
Marcelo

Cédric
Esgaio

Dier
-contratação (Fontàs?)
Maurício
Matías Pérez/Rúben Semedo

Jefferson
-contratação

William
Filipe Augusto (ou Aly Ghazal)

Adrien
André Martins
João Mário
Shikabala
-contratação

Carrillo
Iuri
Heldon
Kosecki

Montero
Slimani
Betinho

Dos 24 jogadores, 10 formados na Academia (11, se contar com o Semedo). Ficaríamos com um plantel completo, com 2 jogadores de raíz para cada posição e com um misto de jovens promessas e bons jogadores, já consolidados, em praticamente todos os sectores. Com o aumento da qualidade individual, um ano de rotinas consolidadas na equipa, com a manutenção dos melhores jogadores e do treinador, este plantel dava para lutar por tudo internamente e ainda para fazer boa figura na Europa.

Alguns esqueci-me, de outros não.

Miguel Lopes é um caso bicudo, possivelmente negociava um “empréstimo prolongado” (ou tentava). O Matías Perez não sei do que valerá, pode porventura integrar a Equipa B (não sei é o que se faz com os outros). O Liu não sabia que tinha renovado… tal como Kikas, Zezinho e Ié, parece-me que alguns casos não foram muito bem pensados, mas pode ser que me engane (espero que sim). O Yan não sei sequer quem é, o Rinaudo tentaria vender (creio que vai ter interessados por Itália no final da época), o Zézinho o mesmo (mas na Grécia), o Esgaio emprestava (esqueci-me de o dizer), o Barbeiro sairia como outros júniores saíram, o Viola tentava vender pela Argentina (ou emprestar a um Clube português que lute pela Europa, no caso de não quererem o Betinho), o Salomão tentava “despachar” a um clube espanhol, o Dramé tal como o Perez podia ficar na B (não faço ideia do que vale… talvez não contratasse o Alemão), o Everton a mesma coisa (se for para jogar o mesmo que este ano, não está cá a fazer nada…), o Gelson talvez entrasse na B (talvez… não sei se a extremo se a lateral), o Cissé tentava emprestar novamente a um Clube da I Liga (não lhe vejo qualidades para integrar o plantel, honestamente), o Rúbio ou renovava (com salário inferior) e emprestava a um clube português ou tentava a desvinculação (caso não seja possível, fazer o mesmo que este ano…), o Enoh do pouco que vi pareceu-me algo cepo (não apenas inadaptado, mas com pouco jeito de pés) e o Mama Baldé é dos que conheço menos bem (de qualquer forma, nem todos os juniores têm de continuar ligados ao Clube…).

No geral, há muitos casos bicudos, a maioria provenientes da anterior direcção (contrato com muitos jogadores e vários deles a ganhar salários pouco condizentes com a sua qualidade), mas alguns também desta (não percebi, sinceramente, que tenhamos renovado com o Ié, o Liu, o Salomão, o Kikas, o Zezinho e que tivéssemos ido buscar o Enoh, o Everton e o Dramé… são muitos jogadores! Ou seja, são muitos jogadores se forem somados aos jogadores que já estão no plantel, aos que estão na Equipa B, aos que estão nos júniores e aos que estão emprestados…

EDIT: Fazendo um sumário…

Contratações para o onze:

  • Carles Planas DE
  • Andreu Fontàs DC
  • Iuri Medeiros, ED

Contratações menos prioritárias:

  • Hugo Sousa, DC
  • Ivan Balliu, DD
  • Filipe Augusto, MD
  • João Mário, MC
  • Kikas, MC
  • Betinho?, PL

Contratações para a Equipa B:

  • Júniores Guilherme Oliveira (GR), Domingos Duarte (DC), Rúben Ribeiro (DE), João Palhinha (MD), Francisco Geraldes (MC), Dani Podence (EXT)
  • Afonso Figueiredo, DE
  • Filipe Oliviera, MD
  • Luis Cortez, MC
  • Alemão, EXT
  • Bentancourt, PL

PS - Logicamente isto é um exercício sobretudo de idealização. E há, evidentemente, contratações menos prioritárias que outras. Parece-me é essencial acrescentar um central, um defesa-esquerdo e um extremo, para o onze, os três particularmente talentosos. Creio que o Fontàs dá outra qualidade à estrutura (com o Dier ao lado ainda mais), penso que o Planas ataca com mais qualidade e critério que o Jefferson e creio que o Iuri Medeiros deve ser lançado o mais rapidamente possível, fazer a pré-época toda e ser aposta depois, tendo paciência da parte dos adeptos. Os 3, parece-me inequívoco, são jogadores tecnicamente muito talentosos, inteligentes e criativos. Se resultariam ou não é outra questão, se temos dinheiro para eles ou não (nas actuais circunstâncias) é outra questão. Já o Filipe Augusto era para precaver uma futura saída do William, o Balliu uma futura saída do Cédric e o João Mário uma futura saída do Adrien. Mas, se não vierem agora e só para o ano, aguentamo-nos com o Palhinha/Oliveira, com o Esgaio/Piris e com o Vítor.

Volto a reforçar, para o ano a prioridade é o meio campo, neste momento acima da média só temos o William e o Adrien, não chega.

Precisamos de um “Moutinho”, de um “Rochemback” e de um “Hugo Viana”. Make it happen.

Meio-campo, só? Então e o ataque? Não temos um único extremo acima da média, precisamos de, pelo menos, 2 novos extremos para o ano, os outros 2 lugares são para Héldon e Carrillo. Então e na defesa que não temos um LE suplente?

E não me venham com Samis…por favor.

Vai ser difícil manter patrício e William mas ok vou fazer equipa com eles pode ser que se consigam manter
Gr: Patrício e Marcelo
DD: Cédric, Geraldes (belenenses eu vi jogos dele na Turquia e agradou me
DE: Jefferson, Djavan ou mica (é nosso)
Dc: Maurício, Dier, Semedo, Tobias (prefiro este a Paulo oliveira e afins)
Md: William, filipe Augusto( Rio Ave)
Mc: Adrien, Zezinho, João Mario
Nº10 shikabala (como não o conheço fica aqui) Rafa (Braga)
Alas: Carrilo, Heldon, Mane, Esgaio ( ainda há iuri da B)
Pl: Slimani, Hassan (Rio Ave) e Rusescu (braga/sevilha)

Rojo 10 milhões
Capel5
Wison5
Rinaudo 5
Andre Martins 6/8
Montero 25

emprestava cisse, betinho e viola

O meio campo é a alma de todas as equipas, com um meio campo de qualidade mesmo os extremos que tens jogam logo a outro nível, e nos jogos como hoje até podes não ganhar mas garantes o controlo de jogo. Somando o número que tens para cada posição, no meio tens o William e o Adrien. Só e apenas, o resto é um deserto, nem quero imaginar se vendermos algum. Para extremos ainda agora chegaram o Héldon e o Shikabala, tem que se ver o que conseguem até ao Verão. Por isso, na minha opinião, a prioridade máxima tem que ser o meio campo com contratações de indiscutível qualidade.

Fazendo um exercício, tivemos um orçamento no Verão de 3M, outros 3M agora no Inverno, se juntarmos a Champions deve dar uns 6 a 8M para contratações, conseguimos trazer, no mínimo, 2 bons médios, imaginando a 3M cada, e se sobrar algum um avançado mais móvel (Sebá?). Depois acho obrigatório que entrem para as contas o João Mário, Esgaio, Iuri, Chaby e Fokobo. Fica já meia equipa feita.

Laterais, só há problema com os suplentes, para mim ficavam o Mica e o Miguel Lopes se este aceitar baixar o ordenado e não tiver problemas em vir para suplente, senão era mais um caso para resolver.