Política Internacional - Parte 2

Faz lembrar os tempos em que Yeltsin ficou deslumbrado com os supermercados ocidentais…, tal era a penúria na URSS.

3 Curtiram

Desde que esses gajos do Vox defendem que Portugal deixe de ser independente e fique sob alçada de Espanha que eu perdi o interesse sobre o que eles dizem.

Esse gajo era conhecido pelo barril de vodka, a marioneta dos americanos.

Era o que se dizia do Humberto Delgado por cá…, não sei é se também bebia…

2 Curtiram

Eu tambem não ligo peva ao que eles dizem , só achei piada à intervenção desta membro do Vox , para os deputados da esquerda não olharem para ela , que ela não queria ser violada.

Se fosse vantajoso para mim aceitava na hora. Nacionalidade é só um papel

Cultura, língua, história não importam? Importam e muito, meu caro. Os nossos egrégios avós não andaram a lutar pela nossa independência n vezes no passado por um pedaço de papel, podes ter isso bastante claro.

1 Curtiu

Sim, mas tomaram atencao ao que ela se refere, e o porque de ela lhes estar a dizer isso?
Se ouvirem tudo ate ao fim, perceberao que a mesma luta contra uma lei radical, que basicamente fara com que um homem nem possa olhar para uma mulher, sem ser acusado de assedio…
Ou seja, luta contra a libtardice que se alojou em todo o lado pelo que vejo…
E ja agora, a gaja e boa de olhar :grin:

1 Curtiu

Muito bom , a energia do século para a Economist só durou um ano.

1 Curtiu

Muito bem o @Hayek a alertar as futuras gerações. :fist:

2 Curtiram

Não confundir um mero indivíduo abdicar da nacionalidade com um povo abdicar de ser uma nação…

4 Curtiram

1 Curtiu
1 Curtiu

“The far-left Gaia worshippers…”

:grinning_face_with_smiling_eyes:

O quê que se passa nos EUA que “ninguém” quer bulir?

1 Curtiu

Recebem o mesmo ou quase em mesmo para ficar em casa, não é uma escolha lá muito complicada

1 Curtiu

No fucks given

1 Curtiu

No peanuts no monkeys.

1 Curtiu