Petardo...

A claque do Sporting lançou petardo junto à baliza de Ricardo. O guarda-redes levou de imediato as mãos à cabeça, incomodado por tamanho ruído. O árbitro foi obrigado a interromper o jogo.

http://www.maisfutebol.iol.pt/aominuto.php?param1=35919

Eu tb não gosto do labreca…mas isto é de animais!

Sim, interrompeu o jogo e no prelongado periodo em que isto ocorreu, cerca de 10 seg, passou-se o seguinte:

Arbitro -Ó Ricardo doite oss oivides??
Ricardo - O shor arbitro doi um cadito…
Arbitro - etnão bora lá acabar esta mra quisso já passa…

Sim, agora que voces perguntam o porquê desta reportagem eu digo-vos: não tinham como dar a volta ao tema Tomasson

Eu começo a pensar que é o Ricardo que atraí os petardos :smiley: , nunca vi um jogador só a levar com tantos petardos, ou então é “viciado no petardo”.

cumps,
VCoelho

a explicação é simples…
supostamente o Ricardo era um grande guarda-redes…e como já foi referido, ele ja “apanhou” com uns quantos petardos…o que a malta quer, é que ele recupere os seus dotes de “Keeper” que parece, andam um pouco perdidos… :roll:
até la prepara-te para mais uns quantos ricardo 8) :twisted:

mais 3 petardos e o gajo é o novo schmeichel!

mais 3 petardos e o gajo é o novo schmeichel!

…ou torna-se surdo. :wink:

Por um lado, até que era bom para ele, para deixar de ouvir assobios e insultos de adeptos ingratos.

Mesmo assim o Ricardo não bate o Dida :roll:

Nota: Os meus adeptos que fizeram[precipitação], segundo ouvi dizer cantaram apoiando o Ricardo nos momentos seguintes, como que dizendo que foi um descuido.

Por um lado, até que era bom para ele, para deixar de ouvir assobios e insultos de adeptos ingratos.

Nem mais!

mas isto é de animais!

Isso é estar a menosprezar os animais! Essas bestas ficam abaixo dos animais mais burrinhos.

Não estive lá e não sou advogado de defesa de ninguém mas estes factos são muitas vezes empolados por alguns pseudo-jornalistas. aliás a melhor prova disso, é o facto de mais nenhum orgão de comunicação relatar o incidente…
Por isso chamar “bestas” desta forma “protegida” também não abona muito a favor de quem o faz, e mostra no mínimo total desconhecimento pela forma como alguns “fait-divers” são tratados.

SPORTING SEMPRE!

Há pelo menos uma besta no meio da claque, exactamente o anormal que atirou o petardo, que eu saiba os petardos não caem do céu! :roll:

calma, calma

Não entremos por esse caminho, de “apontar o dedo” sem que tenhamos a certeza do que se passou.

Não se esqueçam que as claques são um grupo de pessoas que apoiam o NOSSO clube, onde ele jogar, seja a 5 km’s como seja a 5.000 km’s; apoiam o NOSSO clube esteja a chover ou esteja a fazer sol.

Agora só falta deixarem os petardos em casa.

calma, calma

Não entremos por esse caminho, de “apontar o dedo” sem que tenhamos a certeza do que se passou.

Não se esqueçam que as claques são um grupo de pessoas que apoiam o NOSSO clube, onde ele jogar, seja a 5 km’s como seja a 5.000 km’s; apoiam o NOSSO clube esteja a chover ou esteja a fazer sol.

Concordo 100%, como diz e bem o Turco, só falta deixarem os petardos em casa! :roll:

calma, calma

Não entremos por esse caminho, de “apontar o dedo” sem que tenhamos a certeza do que se passou.

Não se esqueçam que as claques são um grupo de pessoas que apoiam o NOSSO clube, onde ele jogar, seja a 5 km’s como seja a 5.000 km’s; apoiam o NOSSO clube esteja a chover ou esteja a fazer sol.


Sim, isso é tudo verdade enquanto só estiverem a apoiar.
Quando:
:arrow: lançam petardos ou isqueiros ou garrafas para adversários (ou neste caso contra um jogador do clube),
:arrow: entram em campo (pondo em causa até a segurança do nosso estádio - frente ao SLB o ano passado)
:arrow: entram em campo, contrariando todas as normas de boa conduta como o Fernando Mendes no Bessa em 2000 ou 2001 (até o Schemeichel olhou para ele com cara de quem perguntava se estávamos na América Latina)
:arrow: assaltam e destroiem camionetas e bombas de gasolina por onde passam

Então nestes casos estão, estão a demonstrar falta de urbanidade e civilização e mais grave que isso estão a prejudicar o nosso clube.

Eu gosto das claques quando estas cantam e apoiam o clube (muitas vezes até contra muitos dos outros sócios). Nestas alturas eu sou 100% a favor das claques. Mas basta um conflito em que participe uma claque (não me importa para nada que sejam ou não provocados) para eu pensar que eles deveriam ser severamente punidos e tratados como hooligans (os prevaricadores e não os restantes membros da claque) e serem proibidos de frequentarem recintos desportivos.
O grande problema é que muitos dos prevaricadores são os próprios dirigentes das claques - basta olhar para as entrevistas/reportagens incríveis que esses senhores (?!) deram às televisões.

Portanto, para mim:
:arrow: claques a cantarem e a apoiarem : SIM
:arrow: algo para além disso: um rotundo NÃO

Concordo a 100% com o post do dmalmeida. =D>

Acho que a questão das claques e do apoio é simples…
Apoio ao clube: SIM
distúrbios, violência, actos ilícitos: NÃO

O que quis dizer com o meu post anterior foi que estes factos são sempre empolados, e que não adianta chamar “animais” e “bestas” só porque o maisfutebol relata um pequeno incidente…mas esta é a minha opinião.

SPORTING SEMPRE!

Caro Sr. David Almeida

As claques “ultra” são constituida por individuos com idades compreendidas entre os 14 e os 30 e tal anos (+/-), quaisquer comportamentos nessas idades (principalmente as mais novas) são sempre “para chamar a atenção”; ainda para mais quando estão em grupo.

Já a palvavra “ultra” por definição quer dizer basicamente “mais que…”, e num contexto de haver claques em (quase) todos os clubes, imagine - os individuos têm de ser “mais que…” os outros, seja para o bem (apoiar, coreografias, bandeiras, etc…) seja para o mal (e aí entra os confrontos, ou roubos entre claques, etc…), pode não acreditar, mas quando esse individuos praticam certos actos (os tais para o bem ou para o mal) eles estão a tentar defender as suas cores.

Com as minhas palavras não estou a tentar defender quem quer que seja, estou somente a dar uma visão do movimento “ultra”; posso não concordar com tudo o que fazem, mas dou muito mais importância aos aspectos positivos (estarem em todo o lado e muitas vezes com grandes sacrificios) do que aos aspectos negativos.

Para mim não existe idades para se estar num grupo de apoio a um clube. Ai o coração é que manda … agora os “extras” aqui já enunciados, são particularmente afectos entre o grupo mais “ON” de cada grupo, e aí talvez ronde essas idades.

APOIAR APOIAR APOIAR! Só assim faz sentido …