Peseiro "tráido pela ambição"?!

Quando andava por cá, já achava que o Ravelis tinha algumas idéias “originais”, para dizer o mínimo - por exemplo, que Polga é o melhor central do plantel.

Mas isto que ele escreveu no “blog” Bola na Rede deixou-me siderado:

Quando Peseiro quis ganhar o jogo, perdeu-o. Pode-se criticar, isso sim, ele ter querido ganhar quando o empate servia. Bastava ter dado a iniciativa de jogo ao Benfica nos minutos finais. Foi traído pela ambição.

Com qual das substituições é que o Peseiro quis ganhar o jogo?! Com a entrada de Tello para fazer o lugar do amarelado (e lentíssimo) Rui Jorge? Com a entrada de Pinilla para o lugar do execrável Douala, aparecendo o primeiro muitas vezes a descair sobre os flancos? Ou com a entrada de Hugo Viana para o lugar de Rochemback, continuando a confiar nos poucos fogachos de Barbosa?

Ou talvez a atitude da equipa tenha de facto tido uma enorme mudança (provavelmente personificada pelo já citado Hugo Viana…) desde meados da segunda parte, praticamente impedindo o Glórias de chegar à nossa área. Definitivamente, os jornalistas têm uma visão muito peculiar do fenómeno desportivo…

:shock: :shock:

ontem ficamos todos irremediavelmente alterados.

O Ravelis não será excepção, tem a mesma atenuante que nós todos. Repara que existe quem ande aqui a escrever que o Peseiro actuou bem ontem.

Todos temos desculpa.

Eu por acaso também li o Ravelis e não posso deixar de discordar! O sr. Peseiro errou, foi não ter entrado com um PL e também na colocação do meio campo, de resto acho que trazia a lição estudada, e se o Ricardo não frangalhasse e tivesse empatado ou mesmo o Pinilla tivesse metido uma batata, hoje estariamos a dizer que tinha sido de génio…

Não acho que o possamos culpar por tentar ganhar o jogo na segunda parte. A única substituição que para mim é discutivel é a do asno Viana, que simplesmente parece querer voltar ao Gil Vicente!


VAMOS LÁ LEVANTAR ESSA MORAL!!

Pois eu concordo totalmente com ele. É um facto. Os orcs marcaram o golo no nosso melhor momento, já os tinhamos empurrado para o meio campo deles, e os poucos ataques que eles conseguiram nesse periodo, nasceram todos dos pés do H.Viana.

O futebol é assim, esquisito…

eu acho que o maior ascendente do Sporting nessa fase de jogo, se deveu à passagem de Joao Moutinho para o meio do terreno. O Hugo Viana entrou a prometer, mas num instante deitou tudo a perder com passes ridiculos…

Ja viram que a melhor fase do Sporting, mais consistente e objectivo, foi com o Moutinho e Rochemback no centro? Nao parece dificil, mas Peseiro esta a insisitir no “Rogerio a Trinco versao 2.0”.

Bem…neste momento e querendo assumir a vitoria, contra o CSKA deixava o gordo no banco e punha Custodio e Mouta no centro. Tello a auxiliar o lado esquerdo e Barbosa do lado direito. Sa Pinto e Liedson na frente!

Vamos Sporting!

Pois eu concordo totalmente com ele. É um facto. Os orcs marcaram o golo no nosso melhor momento, já os tinhamos empurrado para o meio campo deles, e os poucos ataques que eles conseguiram nesse periodo, nasceram todos dos pés do H.Viana.

O futebol é assim, esquisito…


Também foi isto que eu vi. Peseiro talvez tenha falhado na táctica inicial mas a verdade é que os lances de perigo daquela equipa de merda foram quase todos em contra ataque, ou seja, não estávamos assim com tão pouca ambição como isso.

Grande mistura fazem vocês. Agora pelo facto de o adversário ser tão merdoso ao ponto de não conseguir fazer uma jogada de ataque em condições (á mistura com a qualidade de jogo que a nossa defesa mostrou, faça-se justiça) isso faz com que tenhamos jogado com ambição?

raio de lógica.

Grande mistura fazem vocês. Agora pelo facto de o adversário ser tão merdoso ao ponto de não conseguir fazer uma jogada de ataque em condições (á mistura com a qualidade de jogo que a nossa defesa mostrou, faça-se justiça) isso faz com que tenhamos jogado com ambição?

raio de lógica.

Quem está a misturar tudo és tu. Acho que o ódio que tens aos merdosos faz te perder o discernimento.

O comentário apenas refere que os lamps marcaram na altura em que o Peseiro foi mais ambicioso. Isto é um facto. Foi quando ele pôs o tal PL tão reclamado, foi quando o SCP começou a jogar o seu futebol, enfim quando o SCP começava a voltar a ser o que era. Ninguém disse que ele tinha sido ambicioso desde o principio. Infelizmente não foi, mas em relação a isso, talvez ninguém esteja mais chateado que ele próprio.

PS: Mauras, não quero dar lições de sportinguismo a ninguém, mas esquece este jogo, não dês tanta importância a quem não a tem.
Estamos a um passo de escrever uma das mais belas páginas do nosso SCP, nós vamos poder viver isso, e não viver das lembranças de outros que vitoriaram a nossa unica conquista na Europa. Isto é o mais importante, vibrar, torcer, cantar pelo nosso SPORTING, o resto que está à nossa volta, como diria o outro, são minudências.
Anima-te e prepara-te para uma grande vitória na Quarta.

O golo dos lamps surgiu num lance de bola parada. Nada teve a ver com a mudança de postura da equipa.

A questão é que se tivessemos jogado como temos jogado nos últimos jogos( para ganhar ) poderíamos ter sofrido na mesma aquele golo, mas “de certeza” que também teríamos marcado 1 ou 2 ( e com Liedson seriam 2 ou 3 !! ).

É isto que não compreendo no Peseiro : Disse que iam jogar para ganhar, que iam jogar o futebol habitual, etc e depois no jogo altera a maneira de jogar da equipa :shock:

Peseiro jogou à Trapatoni e lixou-se.

Será que o Sporting teria sido mais “ambicioso” se precisasse de ganhar este jogo e pudesse empatar a final da Taça UEFA?

Não duvido que teria sido o mesmo Sporting dos últimos jogos se necessitasse de vencer e fosse esse apenas o resultado aceitável. É isso que me doi.

Não só teria sido mais ambicioso, como o liedson não teria apanhado amarelo, etc, etc, etc…

O Sporting nunca esta epoca jogou para o empate. É logico que Peseiro queria ganhar o jogo contra o slmerdas.

Esta epoca, O nosso Sporting jogou sempre para ganhar é a filosofia de Peseiro.