Peseiro continua a queixar-se (agora dos jornalistas)...

olá pessoal!
sou vosso leitor há muito tempo, sou amigo de 2 forenses (os grandes Coração de Leão e Felina), estou registado há uns meses, mas só hoje me estreio a postar.

recebi ontem um mail com uma notícia, saída no semanário regional Ribatejo, sobre a Escola Superior de Desporto de Rio Maior. A páginas tantas, o nosso ex-treinador JP continua as suas explicações sobre o que correu mal com ele, no nosso clube.

como esta notícia é de âmbito restrito (jornal regional), mas o conteúdo interessa todos, aqui fica:

(…)
José Peseiro, professor na Escola

O treinador de futebol José Peseiro, igualmente docente da ESDRM, considerou que o sucesso profissional está também relacionado com a capacidade de as pessoas “se adaptarem às várias realidades”.

No que respeita à formação académica existente, o antigo técnico do Sporting reconheceu que existem algumas carências na formação para lidar com os meios de comunicação social, o que se revela uma “lacuna” em momentos de maior exposição mediática.

Falando aos alunos da Escola Superior de Desporto de Rio Maior durante um seminário sobre as “Tendências do emprego no desporto”, José Peseiro considerou que o seu trabalho foi prejudicado pela sua própria incapacidade de “vender o seu conteúdo aos meios de comunicação social” desportivos.

“A forma como vendemos esse conteúdo é determinante” e, “mais do que fazer bem”, o importante é “vender bem aquilo que se faz” junto dos media, considerou o técnico, que deixou o Sporting ainda antes do fim da primeira volta do campeonato da época em curso.

“Reconheço que uma das lacunas que senti no meu projecto foi alguma incapacidade na ligação com os media”, afirmou José Peseiro, recordando que os seus primeiros sinais de abertura na pré-época de 2004/05 “foram mal interpretados” pelos jornalistas.

Apesar de ter mantido os treinos abertos e procurado um “diálogo pedagógico”, o que saía nos jornais eram apenas os “factos negativos”, uma situação que o levou de novo a condicionar o acesso aos media.

(…)

Recordando haver claques que estão contra determinados jogadores ou treinadores, o ex-técnico do Sporting considerou que se está “a matar a galinha dos ovos de ouro”, que é o espectáculo no campo, e “os jovens só vão aos jogos por fanatismo”.

“Chegámos ao ponto de algumas claques reunirem-se num jogo de costas voltadas (para o campo)”, sublinhou, lamentando ainda a falta de formação dos adeptos em relação a questões do futebol.

“A maior parte das pessoas que estão a ver os treinos não sabe o que está a ver”, alertou José Peseiro, que recordou alguns dos momentos mais marcantes da sua carreira de treinador, desde o União de Santarém ao Sporting, passando pelo Oriental, Nacional ou Real Madrid, então como adjunto de Carlos Queiroz.

Bem disposto, José Peseiro desafiou mesmo alguns dos gestores presentes a “ajudarem um treinador desempregado” na continuação da sua carreira, prometendo ainda dar maior atenção à sua relação com os media.

“Não há volta a dar na relação com a imprensa”, disse, confessando-se “mais forte e mais treinador” depois da saída do Sporting.
(…)

http://www.oribatejo.pt/?lop=conteudo&op=e4da3b7fbbce2345d7772b0674a318d5&id=9a4a52a6f48b0052e978996782ef7939

Nuno, com todo o respeito por ti e pela legitimidade com que meteste e bem este post, peço desculpa mas recuso-me a comentar. Estou farto deste senhor por quem tinha respeito mas que tem tido atitudes cobardes, de merda mesmo e pergunto senão será com intuito de desestabilizar? Vá badamerda esse senhor…

Abraço Nuno.

Desculpem os impropérios mas já irrita tanta vitimização. :arrow:

Contra a corrente dos 2 “posts” anteriores. Se calhar é por ser um “defensor de Peseiro” encartado, mas consigo ver, na parte em que fala da relação com os jornalistas, mais auto-crítica que crítica aos jornalistas. Não chega já de cascar no homem de cada vez que abre a boca? É que se já perdeu boas ocasiões para estar calado, criticá-lo a propósito deste artigo, só se for por estar desactualizado em relação às claques, pois há mais de 20 anos ia para Alvalade para a bancada da Juve Leo e via pessoal o jogo inteiro de costas voltadas para o relvado.

Finalmente Nuno!! :slight_smile: É sempre bom ver mais leões e homens de bem a juntarem-se à savana! Fizeste bem em postar isso aqui, já que dificilmente teríamos acesso a uma notícia de âmbito tão regional.

Nessas declarações do Pesito, a única coisa nova é o facto de ele assumir alguma incapacidade para gerir a sua relação com os media.

Nessas declarações do Pesito, a única coisa nova é o facto de ele assumir alguma incapacidade para gerir a sua relação com os media.

Vá lá, não estou sozinho! :arrow:

Mesmo queixando-se na lógica do “fui bonzinho e abusaram de mim” é de elogiar este feito: em 2 anos é a primeira vez que vejo o Peseiro assumir incapacidades próprias em vez de apontar o dedo (mal ou bem não vem para o caso) a terceiros.

Que ele foi um incapaz na gestão da imagem e comunicação é óbvio, isso foi muito falado aqui no fórum logo desde o início, e se é ridículo que nunca o tenha assumido/corrigido é igualmente escandaloso que uma SAD profissional nunca o tenha balizado e orientado para a postura correcta, embora saibamos que havia lá quem o quisesse queimar logo a ajuda não deve ter sido muita.

Portanto mantém-se o Calimero mas com a nuance de já assumir falhas próprias, o que é bom.

Gostava tanto que ele fosse para o nosso benfica para o ano :slight_smile:

Gostava tanto que ele fosse para o nosso benfica para o ano :)

Isso já transpirou na blogosfera desportiva recentemente (Bola na Rede?).

Realmente o que nós, Sportinguistas, fazemos com mais afinco e insistência é dar importância aos outros! :roll:

De facto o título desta thread parece-me um caso claro de má interpretação. Peseiro ao que percebi queixa-se dele próprio, e da sua incapacidade de gerir o fenómeno comunicacional. Aliás, não foi só com os media que os porblemas de comunicação aconteceram. Com os jogadores foram notórios problemas de comunicação e lideranaça, que a serem resolvidos podem transformar Peseiro num excelente treinador que gosta essencialmente de um futebol bonito e de ataque.

Acho que esse senhor,ja nao faz parte do Sporting e portanto nao tem espaco aqui neste Forum.

Que me desulpe o nosso novo membro,mas e isto que eu sinto.

O Sporting actual precisa de Paz!

É tão calimero, tão calimero que até já se queixa… dele proprio. :lol:

É tão calimero, tão calimero que até já se queixa... dele proprio. :lol:

:lol: :wink:

Muitos adoram ressuscitar mortos…
:arrow:

Mais uma thread marada, lembrem-se que nem toda a gente tem um monitor de 19 polegadas! :roll:

Este gajo merece menção por duas razões:

1 porque alguns sportinguistas até há bem pouco tempo teimavam em não o esquecer.

2 porque qualquer adversário merece a nossa atenção. Um gajo que deu uma entrevista a um jornal sob o pressuposto de que esta fosse publicada apenas quando PBento perdesse um jogo (o que como tardava em acontecer foi esquecido) merece ser considerado como adversário.

Gostava tanto que ele fosse para o nosso benfica para o ano :)
Isso era [i]a dream come true[/i]. Para ele e para mim... :twisted:

Há coisas que por aqui se lêem… enfim… :roll:

Gostava tanto que ele fosse para o nosso benfica para o ano :)
Isso era [i]a dream come true[/i]. Para ele e para mim... :twisted:

Não tenho dúvidas que para os lamps seria um ganho de qualidade acentuável, em relação aos últimos anos. :roll:

Gostava tanto que ele fosse para o nosso benfica para o ano :)
Isso era [i]a dream come true[/i]. Para ele e para mim... :twisted:

Não tenho dúvidas que para os lamps seria um ganho de qualidade acentuável, em relação aos últimos anos. :roll:

Também acho. E não sei se gostava de vê-lo com alguém autoritário ao lado (Zé Veiga). :arrow:

Benvindo caro Nuno, espero que te vás sentir bem por aqui! :slight_smile: