Pedro Gonçalves (Pote)

Jogador mais estranho que já vi jogar. Aparece apenas para rematar e depois desaparece do jogo, não oferece mais nada à equipa.

É o único craque e game changer que temos. É continuar na sua posição e aparecer para finanlizar que é o que faz melhor.

O resto da equipa, que não tem a sua qualidade e frieza na decisão (exceto Nuno Santos) que trabalhem mais, visto que não vão ser eles a sacar coelhos da cartola nem a matar jogos.

1 Curtiu

Er… óbvio? Não precisa de fazer sprint, mas tem mais que tempo para sair da trajetória da bola.

Ele e o Paulinho são algo displicentes no golo anulado. Bastava terem dado três passos ao lado. Acho que nunca imaginaram que o morgen rematasse. Estavam à espera que a bola rodasse e voltavam a jogada mais tarde

Mas olha que o Paulinho pelo menos desvia-se quando vê a bola a chegar ao Morten.

1 Curtiu

Era mais fácil olharem para as perdas de bola à Luz do coletivo do Sporting.

Secalhar é verem as estatísticas do Gyo ontem e teve perdas de bola similares. Muitas perdas são causadas pelo verdadeiro isolamento que os homens da frente têm da equipa.

1 Curtiu

Ontem o Pote em jogo jogado não teve tão mal como nos outros jogos, até teve interventivo em certas situações e a dar-se ao jogo, tirando a jogada do golo do Hjulmand que acho mesmo que podia ter saído da linha do fora de jogo com maior rapidez, deve ter sido o melhor jogo que fez esta época.
Mas mesmo assim, muito muito curto.

Se o Pote é curto fechem portas porque não temos capacidade para melhor.

Está na altura das pessoas perceberem que no futebol existe incerteza e qualquer pormenor dita resultados finais.

O Sporting é uma boa equipa mas não é uma grande equipa. Quiseram tanto melhor em “n” momentos do jogo que perderam a melhor características como equipa: duelos individuais.

O ano 1 do Amorim foi fantástico e éramos uma equipa básica mas ninguém conseguiu contrariar a 100% o modelo do Amorim porque melhor ou pior em futebol jogado éramos sempre superiores nos duelos.

O plantel tinha lacunas técnicas e táticas mas tinha um lote de jogadores impressionante nos duelos e isso permitia disputar qualquer jogo.

O Sporting agora tem outras valências e qualidades mas não somos uma equipa forte e, muito menos, constantes porque 90% do plantel é incapaz nos duelos.

Temos um plantel muito bom em algumas posições mas insuficiente na maioria e não é só quantidade também falta qualidade.

O Pote vai continuar a render metade. O Gyokeres vai continuar a ser uma ilha no mar de tubarões. O Edwards e Trincão vão continuar a decidir mal e a dar pouco sem bola. O Morita vai continuar a acrescentar pouco com bola e a não ter o raio de ação necessário ao “8” do Sporting. O Nuno Santos vai continuar a ser unidimensional.

As lacunas estavam identificadas.

Fecharam um plantel condizente com a ambição deste clube.

“E se correr bem?” é muito bonito mas não resulta sempre.

Agora é rezar por Janeiro chegar sem demasiados danos e sonhar que vão conseguir peças que façam a diferença.

Avizinham-se as primeiras semanas a jogar de 4/4 dias e nessa altura vai ser notório que falta quantidade e qualidade ao plantel.

2 Curtiram

ESTE Pote é muito curto.
Porque o Pote que não faz golos é muito fraco e a equipa sofre com isso.

sem tirar nem por, a avaliaçao que ja faço ao tempo, que essas lacunas devem se principalmente ao desiquilibrio nas qualidades que sao “necessarias” hoje em dia para termos e manter uma equipa de alto nível.

tanto que olhamos para o banco e pensamos sempre “e agora”?

O gajo gosta é de marcar ao braguilha.

Mas eu acho que nunca mais ver o Pote disponível para andar de um lado para o outro em campo. É um jogador de finalização, de aparecer nos espaços e pronto.

1 Curtiu

Finalização à Pote (faz parecer fácil o remate), mas tem de dar mais, aparecer mais em jogo.

A malta (e se calhar o Amorim também), tem de se convencer que ele não vai “aparecer” mais em jogo do que isto, que não vai correr mais, que nunca vai ser daqueles que come a relva e deixa a pele em campo.

Este tipo é um cu-de-chumbo (aliás por isso é que ganhou a alcunha de “Pote” quando era miúdo, porque tinha tendência para engordar - é a genética/metabolismo dele, não se pode mudar isso), e à medida que a idade avança a tendência é só para piorar.

Aliás o seu posicionamento no golo anulado ao Hjulmand é consequência e ilustração disso mesmo.

Génio!

Pote e + 10 :green_heart:

Subscrevo e não espero que seja um “lutador” por excelência. Não percebo é como se pode continuar a achar que é uma solução para “8” e como se faz um trio de ataque em que, devendo ser imediatamente a primeira zona de pressão defensiva, só 1 é que corre e sua. Se tivesse 2 Gyokeres, ainda passa. Como tivemos com o TT na época em que fomos campeões. Não marcou muitos golos, mas era uma carraça chata como tudo em cima dos adversários.
E posso aceitar que não dê muito mais ao jogo se voltar a fazer dentro dos 20 golos por época. Isso, compensa o menos que dê à equipa em outros aspetos. Mas para aceitar isso, tenho de ter toda a restante equipa comprometida em defender.
Quando vejo um 11 em que Paulinho não se desloca muito, o Pote é menos um a defender, vejo entrar um Edwards que é ainda pior do que o Pote em pressão defensiva ou um Trincão que consegue ser pior ainda que o Edwards, não há muito para “salvar” e esperar que, sobretudo dando sempre a vontade de descer bloco e defender, essa ideia vá funcionar com jogadores com estas caraterísticas.

Envelhece bem e nunca falha…

Já tinha avisado… mesmo quando tudo em que tocava ia lá para dentro…

Porra és mesmo um gênio.
Ainda bem que avisaste antes.

1 Curtiu

Um zero com a mania que é uma diva. Banco.