Paulo Bento ainda não foi contactado para renovar

[b]Fico até 30 de Junho e o futuro a Deus pertence[/b]

Apesar dos muitos elogios por parte da actual direcção e dos candidatos à presidência do Sporting, a verdade é que Paulo Bento ainda não foi convidado a renovar o seu contrato, que termina no final da presente temporada. Quem o revelou foi o próprio técnico, mais preocupado, contudo, com o final de época dos ‘leões’.

Ninguém falou comigo. Não posso dizer nada porque tem de haver algo formalizado e a verdade é que comigo directamente não existe. A única coisa que me interessa é a minha equipa. Até 30 Junho desejo continuar e tenho certeza que vou continuar. O futuro a Deus pertence”, disse.

Depois de ouvir os elogios do PC sobre o Paulo Bento, fiquem a dormir…

[b]BARBOSA PARA NÃO DESPERDIÇAR[/b]

O treinador do Sporting, Paulo Bento, confrontado com a possibilidade de Pedro Barbosa e Miguel Ribeiro Teles regressarem ao Sporting na lista de Filipe Soares Franco, optou pela prudência.

“Disse uma vez que o futebol não iria desperdiçar o Pedro. Mantenho essa convicção”, sublinhou Paulo Bento.

Propaganda?!

[b]MEIRELES DEIXA SAD MAS FICA NO SPORTING[/b]

No âmbito de uma restruturação já em marcha, preconizada por Soares Franco, presidente demissionário e candidato ao acto eleitoral, Rui Meireles e Rogério de Brito, actuais administradores da SAD, deverão cessar funções na empresa que gere o futebol profissional do Sporting. Contudo, Rui Meireles, sabe o CM, deverá manter-se no universo empresarial Sporting, desconhecendo-se, para já, em que funções. Já Rogério de Brito, nem o facto de ter chegado ao clube por indicação de Franco serve para o segurar.

Depois de garantir Ribeiro Teles e Eduardo Bettencourt no Conselho Directivo, mas de olho no futebol, admite-se que Franco esteja agora apostado em encontrar soluções alternativas e consensuais para a SAD. É que tanto Rui Meireles como Rogério de Brito há muito geram discórdia interna.

Mais propaganda?

In: http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=198462&idselect=12&idCanal=12&p=94

O alargamento do prazo de opção de compra do Abel bem como a renovação de Paulo Bento só poderão ser tratadas depois das eleições ou mesmo antes se houvesse consenso entre os candidatos. Não me parece que as declarações de PC sobre PB tenha outro intuito senão elogiar um homem que merece ser elogiado.

Quanto a Rui Meireles a confirmar-se a sua saída é muito bom, se possível saísse de todo o universo Sporting tanto melhor. Rogério de Brito a mim nada me provou. O que ouvi falar dele eram as suas declarações por vezes despropositadas.

Concordo também que se deve aproveitar Pedro Barbosa sobretudo porque este tem andado a enriquecer o seu conhecimento numa área ligada ao futebol.

O alargamento do prazo de opção de compra do Abel bem como a renovação de Paulo Bento só poderão ser tratadas depois das eleições ou mesmo antes se houvesse consenso entre os candidatos. Não me parece que as declarações de PC sobre PB tenha outro intuito senão elogiar um homem que merece ser elogiado.

Quanto a Rui Meireles a confirmar-se a sua saída é muito bom, se possível saísse de todo o universo Sporting tanto melhor. Rogério de Brito a mim nada me provou. O que ouvi falar dele eram as suas declarações por vezes despropositadas.

Concordo também que se deve aproveitar Pedro Barbosa sobretudo porque este tem andado a enriquecer o seu conhecimento numa área ligada ao futebol.


Nem mais!!Nao queiram arranjar casos ou espalhar panico…

Nao sei quem esteja a querer discordia.
Ja se sabe que enquanto nao houver uma administracao eleita nao vai haver nada para ninguem.
Os jornalistas ou la quem seja, quer ver se causa problemas.

A grande vantagem do Paulo Bento é ter o balneario do lado dele e de conhecer os cantos da casa.

Ao declarar apoio a um possível regresso de Pedro Barbosa, Paulo Bento está, ainda que indirectamente, a fazer campanha a favor do Pipinho. Não é para isso que ele é pago.

Além disso, o facto de condicionar a sua continuidade no Sporting à permanência de Carlos Freitas, só contribui para que ele esteja a descer alguns pontos na minha consideração…

Resumindo, cada vez tenho menos vontade de o ver continuar.

Abrantes Mendes já tem um treinador europeu com “nome” para treinar o Sporting

E duvido que se o Sporting continuar a jogar como o fez hoje na Reboleira e perder o 2º lugar para os orcs, venha a sê-lo. Por mim acho que a “perda”, a acontecer, não será grandemente lesiva dos interesses do clube, especialmente depois de algumas tomadas de posição a condicionar a sua continuidade como treinador.
Pela boca morre o peixe, lá diz o ditado, e PB está a colocar a voz muito grossa antes de apresentar resultados palpáveis!!

Paulo Bento é pago para treinar. Não pode fazer eleitoralismo seja directa ou indirectamente. Tem que perceber que ninguém está acima do Sporting. E se só fica com quem apostou nele (Freitas) ou em quem o contratou (FSF) que vá embora. Para mim não há imprescindiveis, muito menos quando não colocam os objectivos do Sporting acima de tudo. Tenho muita pena, pois promete vir a ser um bom treinador e que incute muita disciplina no balneário. Mas terá que se submeter a um sportinguismo absoluto. :arrow:

Não concordo com algumas opiniões aqui expressas. Primeiro, nunca ouvi PB dizer que só ficava se Carlos Freitas também e se FSF vencesse as eleições. Nunca ouvi.

Depois, não me parece nada que PB esteja a enveredar por um eleitoralismo directo ou indirecto. Fizeram-lhe uma pergunta sobre Pedro Barbosa e ele respondeu. Eu não apoio FSF mas penso o mesmo que Paulo Bento. E atenção: defendo o Sporting acima de tudo.

Não defendo Paulo Bento mas confesso que sou grande apreciador do seu trabalho, pois com as condições diria que miseráveis com que pegou na equipa, conseguiu construir algo de novo. Além disso, as suas declarações têm sido sempre na base da coerência.

A mim pessoalmente interessa-me mais aqueles bocados de conferência de imprensa que dão nos telejornais com Paulo Bento a falar, do que, qualquer coisa escrita quando não se sabe se é verdade ou mentira. Quando Paulo Bento e se enveredar por alguma espécie de eleitoralismo, cá estarei para analisar, mas até agora não me parece que isso tenha vindo a acontecer.

Mas isto claro, é a minha opinião pessoal.

Dá para ir buscar um treinador de jeito?

Já aqui escrevi ha muito tempo que existe um padrão de mediocridade nos tecnicos…

Materazzi, Boloni, F.Santos, Peseiro e P.Bento…

Não há clube que aguente tanta mediocridade…

Volto a escrever, como faço há muitos anos, não é de um treinador que precisamos… ou pelo menos não é a prioridade.

O P. Bento pode vir a ser um bom treinador, mas ainda não o é e isso nota-se na qualidade de jogo da equipa, que passa basicamente por pontapé para a frente dos centrais e esperar que uma falha de um defesa contrário dê uma oportunidade ao Liedson.

Podem dizer que a defesa melhorou, mas isso para mim deve-se mais à contratação de dois laterais decentes, do que ao treinador.

Contratem mas é um treinador de qualidade (que como diz o Incitatus é coisa que não se vê em Alvalade há anos) e proponham o lugar de adjunto ao Paulo Bento… talvez daqui a uns anos ele esteja pronto a ser treinador principal com eficácia.

Confesso que em relação à questão do treinador estou bastante dividido.
Se por uma lado sempre defendi a manutenção de treinadores, por uma questão de estabilidade e também assimilação de métodos, por outro, sempre defendi, tal como diz o Inci, a contratação de um treinador de créditos firmados.

Todos sabem que defendi a permanência de Peseiro e não me custa admitir que estava enganado, mas os mais acérrimos adversários de Peseiro reconhecerão que o SCP do ano passado tinha um futebol mais agradável que este de PB. No entanto, este defende muito melhor que o de Peseiro, e isto, até poderá ser decisivo na diferença de resultados.
Agora a questão que fica é se estas diferenças se devem apenas aos diferentes jogadores disponiveis para um e para outro treinador.

Neste momento a aceitação que beneficia PB por parte do plantel é algo muito importante, e face ao seu comportamento ao longo do campeonato, acho que este mereceria mais uma hipótese, beneficiando também de um reforço de qualidade na equipa, principalmente do meio-campo para a frente.

Confesso que em relação à questão do treinador estou bastante dividido. Se por uma lado sempre defendi a manutenção de treinadores, por uma questão de estabilidade e também assimilação de métodos, por outro, sempre defendi, tal como diz o Inci, a contratação de um treinador de créditos firmados.

Todos sabem que defendi a permanência de Peseiro e não me custa admitir que estava enganado, mas os mais acérrimos adversários de Peseiro reconhecerão que o SCP do ano passado tinha um futebol mais agradável que este de PB. No entanto, este defende muito melhor que o de Peseiro, e isto, até poderá ser decisivo na diferença de resultados.
Agora a questão que fica é se estas diferenças se devem apenas aos diferentes jogadores disponiveis para um e para outro treinador.

Neste momento a aceitação que beneficia PB por parte do plantel é algo muito importante, e face ao seu comportamento ao longo do campeonato, acho que este mereceria mais uma hipótese, beneficiando também de um reforço de qualidade na equipa, principalmente do meio-campo para a frente.

Pego nestas palavras para apenas realçar uma diferença do Sporting desta época, para o da época passada. Na época passada entusiasmei-me, esta época não. Tão simples quanto isso. No final os resultados são iguais. :arrow:

Confesso que em relação à questão do treinador estou bastante dividido. Se por uma lado sempre defendi a manutenção de treinadores, por uma questão de estabilidade e também assimilação de métodos, por outro, sempre defendi, tal como diz o Inci, a contratação de um treinador de créditos firmados.

Todos sabem que defendi a permanência de Peseiro e não me custa admitir que estava enganado, mas os mais acérrimos adversários de Peseiro reconhecerão que o SCP do ano passado tinha um futebol mais agradável que este de PB. No entanto, este defende muito melhor que o de Peseiro, e isto, até poderá ser decisivo na diferença de resultados.
Agora a questão que fica é se estas diferenças se devem apenas aos diferentes jogadores disponiveis para um e para outro treinador.

Neste momento a aceitação que beneficia PB por parte do plantel é algo muito importante, e face ao seu comportamento ao longo do campeonato, acho que este mereceria mais uma hipótese, beneficiando também de um reforço de qualidade na equipa, principalmente do meio-campo para a frente.

Tendo a partilhar a tua opinião apenas pelo simples motivo que PB não tem no plantel a qualidade que Peseiro tinha e não foi capaz de aproveitar em benefício dos resultados. Pela capacidade que teve em juntar uma equipa em frangalhos e torná-la minimamente competitiva há quase um imperativo moral em dar a PB uma 2ª oportunidade que ele tem de aproveitar para:

a) Demonstrar que sabe escolher os reforços para a “sua” equipa, construída a seu modo e segundo as suas concepções de jogo. Esta faceta tb deverá ser aproveitada para limpar as dúvidas que a sua competência levantou já que os processos de Edson, Beto, a re-inscrição do inefável Hugo, a manutenção de Custódio na equipa, o não aproveitamento de Romagnoli e outras apostas inconsequentes nunca tiveram cabais explicações nem geraram consensos.
b) Provar que, para além da disciplina que soube impor num balneário desregrado, também sabe pôr uma equipa a jogar futebol espectáculo, sem comprometer os equilíbrios defensivos que tão bem soube construir. O futebol a que se tem assistido ultimamente é pobre demais para um putativo campeão nacional, mesmo admitindo que oplantel deste ano seja dos piores que vi, agradeçamos aos “salvadores” do projecto.
c) Trabalhar as jovens promessas que saiem da Academia fazendo-as evoluir técnica e tacticamente, demonstrando assim um conhecimento que tem de ser imperativo do “football association”.

…ah e tirar o nivel IV de treinador para evitar as cenas bacocas entre treinador adjunto e principal nas fichas de jogo :roll: .

Paulo Bento ñ começou a época e teve que motivar uma equipa que ainda hoje vive o fantasma do peseiro. É verdade que o futebol do Sporting este ano ñ é tão bonito e é mto de bola para a frente, mas essa diferença ñ se deve ao treinador mas sim a falta de um senhor gordo de nome rochemback, o Sporting ñ tem ninguém que saiba construir jogo, tem Carlos Martins, Moutinho, mas um é mto novo ainda e ñ pode fazer tudo e outro só aguenta 45 minutos e ainda ñ está em plena forma, sendo assim os centrais tem que pontapear a bola para a frente.
O nosso plantel e desequilibrado e só a contratação de dois laterais e a motivação que Paulo Bento conseguiu impor no grupo permitiu até ao jogo do Porto pensarmos no titulo, deixem de crucificar um treinador que ñ pode construir um plantel e que sem dúvida que um dia será grande.
Novo treinador? Talvez mas só se for uma mais valia e teria que trabalhar com o Paulo bento que conhece bem os putos dos juniores e só com eles teremos sucesso, se for um holandês qualquer ou mais um estrangeiro ñ vale a pena e deixem o Paulo bento trabalhar, é só preciso uma direcção eficaz que saiba construir com ele um bom plantel que ele ñ nos vai desiludir, ele sabe motivar os jogadores e isso hoje em dia é mais importante que qualquer mestre da táctica.

Tal como Peseiro Paulo Bento joga num 4x4x2, a diferença é que enquanto o Sporting da temporada passada apostava na posse de bola o que lhe permitia assumir quase sempre o controle dos jogos, mas também dava muitos espaços nas costas duma defesa subida com dois laterais muito permissivos, o deste ano foi construído com base numa excelente organização defensiva, mas têm grandes dificuldades na transposição do jogo para o ataque, principalmente porque no meio campo lhe faltam jogadores capazes da a fazer. Há um ponto em comum entre estas duas equipas, é que ambas não tinham soluções para abrir as defesas melhor organizadas, porque faltam extremos que permitam alterações tácticas que por vezes são fundamentais.

Ainda em relação a Paulo Bento Penso que há alguma injustiça em relação à sua postura neste período eleitoral, pois não lhe podem pedir que cuspa no prato onde está a comer e apesar de tudo ele tem sido equilibrado naquilo que diz apesar das constantes perguntas malandrecas dos jornaleiros de serviço, senão vejamos o que aconteceu na conferencia de imprensa que antecedeu o jogo da Amadora

P | Toma partido por algum candidato à presidência do Sporting? R | Tomo partido pelo Sporting e pelos meus jogadores. O clube tem de decidir o seu futuro e depois ver quem são as pessoas que o preparam, as equipas técnicas e directivas. Até lá, só tenho de preparar uma equipa: a de futebol.

P | Mas isso não pode tardar…
R | É um processo eleitoral, e não vale a pena ir contra ele. O Campeonato, se não estou em erro, começa a 27 de Agosto.

P | Mas deseja continuar no Sporting?
R | Nos próximos quatro jogos, sem dúvida. Até dia 30 de Junho, desejo continuar e tenho a certeza de que vou continuar. Depois… o futuro a Deus pertence.

P | Há casos pendentes a tratar, como o de Abel…
R | Já foi tratado esse assunto. Prolongou-se o prazo do Abel, daí eu dizer que o Sporting tem de tratar dessas situações. Depois, com que equipa técnica, directiva e jogadores, isso resolve-se a seu tempo. Só temos de contar com estes profissionais para os quatro jogos que faltam.

P | Já pensa na renovação e na próxima época? Quer continuar no Sporting?
R | Não posso dizer se quero ou não continuar… Tem de haver algo formalizado. Comigo, directamente, não existe e, por isso, o que tenho a dizer aos sportinguistas é que vou continuar a trabalhar, até final do contrato, da mesma forma como tenho feito. E nada, nem a situação do meu futuro, irá – porque não o consentirei – prejudicar a equipa de futebol. Temos ainda muito para conquistar nestes quatro jogos e, a partir daí, estamos focalizados só nesse objectivo, não nos objectivos individuais de cada elemento do plantel. O treinador do Sporting não o fará.

P | Como encara a possibilidade de o seu ex-colega Pedro Barbosa voltar ao Sporting, nomeadamente numa estrutura com os “conhecidos” Miguel Ribeiro Telles e José Eduardo Bettencourt?
R | Não me merece comentários. O meu comentário é para o jogo com o Estrela da Amadora, isso é que é fundamental. O Sporting está num processo… Enquanto profissional, todos me merecem respeito para que este processo possa decorrer da melhor forma e possa servir da melhor forma os interesses do Sporting. Só quando houver uma conclusão deste processo é que poderei comentar o que houver.

P | Mas o regresso de Pedro Barbosa seria uma mais-valia?
R | Disse uma vez que o futebol não iria desperdiçar o Pedro. Mantenho a opinião, agora, onde vai ser, já não tenho capacidade para prever.

Alguém devia contactar o Paulo Bento para…

…largar de se armar em atrasado mental nas últimas jornadas da liga.

Para isso é que o deviam contactar rapidamente.

Nesta segunda volta, o Sporting de Paulo Bento, fez até agora 14 jogos tendo obtido 11 vitórias, 2 empates e 1 derrota, marcou 21 golos e sofreu 4 golos.
O Paulo Bento merece claramente um voto de confiança de todos nós! Renovem com o homem… deixem-se de tretas!