Pablo Sarabia

Pouco jogo passou por ele infelizmente, e depois as mudanças que houveram na segunda parte e o facto do resultado estar praticamente ditado não deixou mostrar muito.
No Domingo metia-o a titular.

SARABIA ESPREITA TITULARIDADE

SPORTING 08:33

Pablo Sarabia, 29 anos, posiciona-se para a titularidade no jogo de amanhã, com o Estoril - 20.30 horas na Amoreira. O internacional espanhol já participou em dois encontros do Sporting, sempre na condição de suplente utilizado, mas agora reclama lugar no onze, à direita, no lugar de Jovane Cabral.

E será nessa ala que o camisola 17 dos verdes e brancos deverá assentar, uma vez que Pedro Gonçalves, quando voltar de lesão, deverá passar para o lado esquerdo.

O internacional espanhol - 12 internacionalizações e quatro golos pela seleção A -, mesmo com a mudança de clube no final de agosto, traz ritmo competitivo, não apenas pelo que jogou pela seleção do seu país mas também pela pré-temporada no PSG e pelos dois jogos dos franceses em que participou, tendo até marcado um tento na Ligue 1. Na temporada 2020/2021, Sarabia tinha marcado sete golos em 37 jogos, com quatro assistências. Agora prepara-se para poder estrear-se como titular no Sporting.

Tratem mas é do gajo com anti-depressivos que o homem ainda não recuperou.

Sarabia “rouba” lugar a Jovane no onze do Sporting

Jovane foi rendido pelo 17 com Ajax e FC Porto e, apesar de ter sido titular seis vezes, não completou um jogo. Raça e dinâmica de Nuno Santos, em momento complicado, seguram-no à esquerda

Reforço sonante para 2021/22 oriundo do PSG por empréstimo, a titularidade de Pablo Sarabia pelos leões era uma questão de tempo segundo os especialistas.

E ao que O JOGO apurou, ao terceiro jogo pelo Sporting, e depois de uma semana a melhorar a condição física e a ganhar rotinas de jogo com os colegas, o internacional espanhol prepara-se para entrar no onze da equipa contra o Estoril, na noite de domingo. O sacrificado tudo indica que seja Jovane, o jogador que Sarabia substituiu nos dois últimos jogos, com FC Porto e Ajax.

O camisola 10 do Sporting começou a temporada em grande, com golos na Supertaça e na Liga Bwin (os dois que apontou foram nas partidas contra o Braga), mas salta à vista que não completou um único encontro. Já no passado, Jovane alternou momentos de alto rendimento com outros de menor fulgor, além de ser constantemente travado por problemas físicos. Agora, é o rendimento em campo que está a cair e a abrir caminho para a titularidade de Sarabia, uma opção que Amorim tem testado nas últimas partidas e em treino.

Até ao momento, Sarabia, que só se apresentou na Academia no dia 10, dado que a transferência se consumou quando estava ao serviço da seleção espanhola, soma 74", vendo o tempo de jogo aumentar de partida para partida (29" contra o FC Porto e 45" contra o Ajax).

Nuno Santos deve assim manter a titularidade na esquerda do trio ofensivo, com Sarabia a roubar o lugar que Jovane tem ocupado recentemente à direita dada a lesão de Pote, enquanto Paulinho permanecerá no onze como referência de ataque.

Quanto ao resto da equipa, o capitão Seba Coates regressa ao onze após cumprir um jogo de castigo na Liga dos Campeões, preenchendo a vaga do lesionado Gonçalo Inácio.

Sarabia no ponto: espanhol pronto para a titularidade

O extremo já reúne os índices físicos para integrar o onze na Amoreira. A gestão do plantel pode acelerar a sua afirmação

A principal novidade na equipa do Sporting frente ao Estoril, ao que tudo indica, será a estreia de Sarabia a titular, sabe Record. Em Portugal há pouco mais de uma semana, o internacional espanhol já reúne os índices físicos para ser incluído no onze inicial, e agora só lhe falta melhorar o entrosamento com os restantes companheiros de equipa, um objetivo que só alcançará somando minutos.

Dada a experiência do reforço emprestado pelo PSG aos leões, Rúben Amorim não hesitou em convocá-lo para o clássico e para o duelo com o Ajax, mesmo que com poucos treinos em Alcochete. Nesta primeira fase, a prioridade dos responsáveis foi assegurar que o extremo, de 29 anos, fosse somando minutos de forma gradual, para assim poder começar a disputar a titularidade. Esta fase já foi ultrapassada com sucesso, e o camisola 17 terá agora a possibilidade de começar a mostrar o seu valor no campeonato.

Mudanças à vista

Após a goleada sofrida na Liga dos Campeões frente ao Ajax (1-5), é certo que Rúben Amorim vai mexer na equipa tendo em vista a deslocação ao Estoril, não como um castigo, mas sim para assegurar uma maior frescura.

O técnico tem em Sarabia um elemento fresco e que apresenta um leque de soluções ofensivas ainda desconhecidas pelos técnicos rivais. Em sentido inverso, Nuno Santos ou Jovane são candidatos à saída do onze.

Já jogou três vezes mais do que no PSG

Nos dois jogos que disputou pelo Sporting, Sarabia já somou no total 74 minutos frente ao FC Porto (29’) e Ajax (45’), que representa… mais do triplo do que somou no PSG, onde começou a temporada - não ultrapassou os 21 minutos diante do Troyes e Estrasburgo. Foi mesmo para inverter esta situação que o extremo aceitou o convite dos leões pois, com o Mundial à porta, corria o sério risco de não vir a ser chamado por Luis Enrique no próximo ano. Certo é que a sua posição na seleção espanhola mantém-se inalterada, dado que foi utilizado nos recentes jogos da fase de qualificação com a Suécia, Geórgia e Kosovo. Aliás, é com a camisola da Roja que soma mais minutos: 123’.

«SARABIA?.. É MAIS UMA OPÇÃO E PODERÁ JOGAR»

SPORTING 13:44

Por
Redação

image

A estreia de Pablo Sarabia a titular deverá acontecer amanhã, domingo, frente ao Estoril, na Amoreira, depois de já ter participado em dois jogos como suplente utilizado. Instado a revelar se o espanhol vai ser titular, Rúben Amorim manteve o suspense : «Sarabia?.. É mais uma opção poderá jogar.»

No que ao boletim clínico diz respeito, confirmam-se as ausências de Gonçalo Inácio (que o treinador disse também não estar apto para o jogo seguinte, com o Marítimo), e Pote, que ainda nem começou a fazer trabalho de campo.

Sarabia merece já a titularidade? «É uma estrela mas no Sporting olha-se a uma equipa»

Está “fresco” e “confiante” mas tudo dependerá de empenho, considera Gonçalo Fernandes

Pablo Sarabia perdeu terreno em França. Mas, no último Europeu, voltou a ser um dos nomes da moda de uma Espanha com algumas semelhanças com a que nos acostumámos a ver e, se dúvidas houvesse, quanto ao valor que tem, acabaram-se aí. No Sporting somou 74 minutos em dois encontros e ao que tudo indica - como o nosso jornal adianta este sábado - será titular diante do Estoril.

Que a merecerá, o empresário e sócio Gonçalo Fernandes não tem dúvidas – só não tem tantas certezas sobre se será para já o momento certo, pelo que ‘chuta’ a decisão para Rúben Amorim. “Quando o Sarabia chegou, toda a gente percebeu que é um craque. Não se conseguiu afirmar no Paris SG porque tinha pela frente um leque de estrelas. Mas ele também é uma estrela. Só que no Sporting não se olha a estrelas, mas sim a uma equipa”, começa por dizer ao nosso jornal o sportinguista, filho do antigo vice-presidente Abílio Fernandes.

A qualidade do espanhol de 29 anos, todavia, é mais do que óbvia, pelo que resta perceber se o que tem feito nos bastidores é o bastante para que o técnico lhe deposite já total confiança: “É importante perceber-se, nos treinos e não só, se está já entrosado com os colegas, mas Amorim certamente saberá qual é a altura indicada para colocá-lo. Se estive bem vai ser titular nesta equipa.”

Apesar de pouco tempo com a equipa, a frescura por um lado e a “confiança” por outro, serão pontos que favorecem Sarabia na escolha. “Acaba de chegar da seleção espanhola, está com uma confiança muito grande, até marcou [frente à Geórgia], e se, repito, mostrar nos treinos todo o valor e empenho, acaba por ser titular numa situação normal, seja como segundo avançado ou noutra zona. Para além disso está freso, porque não tem jogado assim tanto. Já provou na sua carreira que tem qualidades. Acredito que vai fazer muitos golos e ajudar o Sporting”, nota Gonçalo Fernandes.

Jovane fica para depois

Bem se sabe que só jogam onze de cada vez. E para Sarabia entrar… alguém terá de sair sacrificado. Por muito que o empresário reconheça que Jovane tem dado mostras suficientes de que é um jogador de enorme gabarito, retirava-o do onze titular para ver atuar o espanhol: “Parece-me que o Sarabia pode jogar como segundo avançado. Nuno Santos tem feito excelentes jogos, Paulinho é mais fixo… O Jovane é um excelente jogador e tem-no provado, mas talvez o tirasse a ele, até porque é um jogador que também desequilibra bastante quando salta do banco. E é tão importante um titular como um suplente que entre bem.”

Pode e vai certamente dar mais ao jogo.

Ainda assim acabou por ser decisivo ao fazer um excelente passe para o Paulinho.

1 Curtiu

Não gostei, veio muito atrás receber jogo, depois quando recebeu mais a frente foi incapaz de acelerar o jogo ou de arranjar soluções para manter a posse.

Nota-se que tem muita qualidade nos pés e sobretudo visão.

8 Curtiram

Tem um toque de bola fenomenal l!! O Único que consegue jogar ao 1º toque e com grande objetividade, sem “rodriguinhos” e “toquezinhos” a mais, com muito sentido pratico, que aprendam com ele os outros em especial os mais jovens !! Consegue encontrar sempre linhas de passe e raramente erra, chama-se qualidade técnica, !! Este sabe jogar futebol!!

1 Curtiu

Mais um extremo que parece incapaz de desequilibrar no 1x1, teve influência no lance do jogo com um passe excelente mas passou um pouco ao lado da partida.

O Sarabia é extremo?

Sempre jogou a extremo por isso deve ser.:+1:

Não é ou no máximo é extremo mas por dentro…

Se joga nesta posição na seleção espanhola é por alguma razão

Ainda olho para ele e não sei se me sai um David Silva ou se me sai um Juan Mata.

1 Curtiu

Não engana o toque de bola.

É craque. Se o amorim decidir jogar em 433 espero que meta meio campo palhinha mateus nunes e sarabia a medio ofensivo.

Ele e o pote podem fazer umas brincadeiras engraçadas juntos

2 Curtiram

Sempre não, eu lembro-me dele no Getafe a meio. E acho (que aí não vi) que a formação dele no Real é feita no meio-campo.

É um extremo forte no jogo interior, até por ser um médio ofensivo de origem.

1 Curtiu