Píriz(Peñarol)

Eu parece-me que são jogadores totalmente diferentes. Vai na volta e queremos os dois. :mrgreen:

:hand:
Que se lixe o quê?
Vejo o Sporting como um clube que entra sempre pra ganhar, não um clube que mande lixar competições.
Também não acredito que se perca a Taça porque não temos WC ou um outro qualquer, vamos jogar com 11, logo que não mandem lixar a Taça estamos de igual para igual.
Até os comemos…

Isso… :lol:

Por mim podiam vir os 2. 8)

A taça da liga riu-se :mrgreen:

Ok, mas ninguém me ouviu dizer que me estou a lixar para a taça da liga.
Nem ouvi o presidente dizer que se estava a lixar para a Taça da Liga.
Mesmo com a equipa B ou os Juniores a jogar para mim é sempre pra ganhar nem que seja ao berlinde.

Para os mais distraídos, a Supertaça será o jogo mais importante (internamente) da primeira fase da temporada.
Qual venha a ser o vencedor, ganhará um tónico suplementar, e cimentará as suas expectativas quanto ao desempenho futuro.
Desengane-se quem esteja a subvalorizar o troféu. Por todas a razões (JJ) e mais algumas.
Uma vitória do Sporting, neste momento específico, afundaria a orcalhada numa depressão profunda, e teria repercussões imediatas e futuras dificilmente mensuráveis.

Desculpem o :offtopic:

Se o William ficar pode vir este para alternativa até pela oportunidade de negócio, mas se sair espero que tragam o Pizarro.

Concordo a 100%, a supertaça, este ano tem um “peso” diferente das outras edições, por tudo o que dizeste.

[member=719]Alex Nogueira

Mas eu desenvolvo o devaneio. ;D

Eu tenho a convicção que Adrien, caso haja uma boa proposta, é para sair. Por vários motivos:

  • JJ gosta de “oitos” com maior capacidade de progressão com e sem bola, capazes de levar a equipa para a frente e todos sabemos que, ou Adrien se reeinventa ou está bem longe desse perfil;
  • Adrien está a aproximar-se do final de contrato que já tem valores contratuais leoninos e será, porventura, um processo de renovação complicado. É normal que o jogador queira outros voos, tanto desportiva como financeiramente.

Para além disso, devem sair outros médios:

  • Oriol Rosell, parece-me carta fora do baralho;
  • André Martins, em final de contrato, também duvido que seja grande aposta, apesar de algumas indicações contrárias.

Sobram Wallyson, João Mário e eventualmente Palhinha como soluções para o meio campo.

Se João Mário acredito que venha a ter muitos minutos, já os outros dois duvido que sejam, já nesta altura, encarados como fortes soluções. Estão a transitar para o futebol de primeira água e JJ terá eventualmente receios em ir à guerra apenas com eles.

Pronto! Que venham os dois. :stuck_out_tongue:

:arrow: :arrow: :arrow: :arrow: :arrow:
Era um tónico estrondoso para nós! Contra o benfica e ainda por cima depois da machada que lhes demos. Para além de ser importantissimo para reforçar a medida que foi tomada, ao invés de criar ou cimentar dúvidas nas cabeças de Sportinguistas mais voláteis.

Para o benfica, e ainda por cima depois desta pré-época, seria o desespero e depressão total. Acredito que os níveis de confiança dos adeptos, da equipa e do próprio Rui Vitória sofreriam uma machada monumental.
Era colocar aquele que tem a responsabilidade de ser o principal candidato ao título a tremer que nem varas verdes.

Era muito, muito bom!

:arrow: :arrow: setas, setas e mais setas nisto!!! Gosto mt do pizarro e quero mt que venha, mas nao desdenharia este… E o WC deve sair, bem como o Adrien se surgir uma boa proposta até pq daqui a 2 anos termina o contrato e ganhando ele o q ja ganha, nao estou a ver uma renovação levada a bom porto… Por isso, venham os 2!!

:arrow: :arrow: :arrow: :arrow:
Isto é mais do que evidente!

Se calhar já houve essa proposta… e Adrien não saiu.

Acho que a lesão de William veio mudar as coisas.

Acho também, mesmo vendo lógica naquilo que se entende como “8 à Jesus”, desconsideram-se um pouco questões como maturidade, experiência, liderança e estabilidade.

Ou seja, depois de perdermos William por uns meses, vejo muito conforto das pessoas na eventual saída DO outro médio que com ele fez dupla nestes últimos dois anos. Que significaram, diga-se, um salto competitivo do clube relativamente aos 5 anos anteriores.

Eu não sinto esse conforto. Também pela pré época que vale o que vale que há muita gente obviamente presa de movimentos e com dificuldades em adaptar-se a novas exigências… por exemplo, vejo João Mário a léguas daquilo que pode fazer e diga-se, já nos últimos meses da época passada me pareceu em queda acentuada depois de um bom e prometedor inicio.

A mim Wallyson enche-me as medidas, mas os sinais apontam para que esteja na sombra durante uns tempos.

Vendo qualidade e grande margem de progressão, vejo com algumas dificuldades numa possível renovação do meio campo, principalmente com jogadores sem experiência europeia.

Para já, não acredito que se procure outra coisa além de alguém que tape o buraco deixado por William,

Metendo as coisas nesse prisma, dois até podem ser poucos.

Na minha opinião, um vem sempre, mesmo que William fique (e não apenas por causa da lesão).
E este “um”, estou a rezar para que seja Pizarro!
Basta William sair para que tenha que vir o 2º.
Se Adrien sair, outro ainda terá que vir.

J. Mário fica e poderá fazer “8”, médio ala e até 2º avançado se necessário.
Se André Martins ficar, acredito que será sempre um “joker” - tipo J Mário, mas sem posição “definida” à partida.

Wallyson, Palhinha e… Semedo (não esquecer!), sem qualquer desprimor para eles, são planos “B”. Altamente credíveis mas não para o curto prazo.

Ou foi congelada até melhor altura :mrgreen:.

Bem, de qualquer forma, longe de mim desdenhar a valia de Adrien e a importância do mesmo nos anos recentes do Sporting.

Agora, não tenho dúvidas que Jesus pede mais para aquela posição do que Adrien tem mostrado até hoje. A lesão do William óbvio que complicou, mas até que ponto é preferível, a bem da estabilidade, ficar com o um jogador que não consiga desempenhar na plenitude o papel que lhe é destinado.

Vamos ver, acredito que isto será empurrado até ao fim de Agosto.

Então o Píriz joga com o 14? :twisted:

O Adrien só deverá sair caso exista uma proposta de 20M… que duvido muito, só detemos 50% do passe e não estou a ver o Sporting aceitar ficar sem o actual capitão por 7,5M como tem sido referido.

Mas para esse papel, também João Mário não encaixa, pelo menos sem algumas dificuldades, que não é propriamente um médio de grande verticalidade e de grande progressão.

Seja como for, ainda não estou convencido que JJ queira neste seu novo desafio, apenas e só clones do que encontrou no passado. Até porque cada posição depende da complementaridade das outros e da sua capacidade de resposta.

Se calhar, JJ não encontra por exemplo nos extremos que tem, a mesma capacidade de desequilibrio ou de manter a posse de bola com a qualidade necessária que encontrou no passado e quer outro tipo de equilibrio no meio campo.

É muito prematuro e veremos qual a capacidade de resposta de Adrien, por exemplo, nestes próximos jogos. Para já, os sinais apontam para grande preponderância, dada pelo treinador, o que talvez contrarie a tese, pelo menos em parte, de um médio centro sem perfil para as exigências de JJ.

:arrow: :arrow:

Se isso acontecesse, viesse quem viesse, iamos penar um bocado (até haver um entrosamento completo) e perder uma boa dose da identidade “da casa” da equipa!
É por isso que não acredito que JJ não esteja virado para sequer encarar essa possibilidade.

JJ está a tratar Adrien como um homem de mão, em quem deposita muita confiança e, acredito, não só acabará por ficar, como será um dos jogadores que maior valorização terá atingido no final desta época.

O próprio William, lesão ou não, só sairá se baterem valores a atirarem-se para a cláusula, e nesse caso o Sporting terá mesmo que o vender. Ainda assim, acredito que ficará e que esta re-insistência do tempo da lesão - que é morosa; que afinal poderá não ser; mas afinal é - tem contornos de dissuasão, tentando inibir, tanto quanto possível, o assédio ao jogador.
Se assim for, dentro de uma ou duas semanas, o assunto “lesão” associado a uma ideia de “recuperação morosa” voltará à baila.
Passando a ironia, se ficar será a nossa maior “contratação”!