Orçamento Modalidades 2019 2020

Nem pró BdC, nem pró FV. Apenas tento ser justo, realista e de pensamento independente.

Apenas e só pró Sporting CP.

Ora aí está. O caminho em vez de ser o de aumentar ainda mais, afinal é o inverso.

Pelo meio ainda acenam com o chavão da aposta na formação, tão típico dos croquetes.

Obrigado 71%, não digam é que não foram avisados.

Obviamente que chumbarei esse orçamento.
Expliquem-me tudo muito explicado, como vão fazer, o que vão cortar, tudo. Até lá, não passa.

Ainda por cima a plantar a notícia com uns meses de distância dessa Assembleia já para criar normalidade.
Não me façam comer o geladinho que eu não tenho paciência.

A piada não era para ti mas para os referidos no texto. Sarcasmo.

Isto

:great:

Quais consequências? Se perdermos as modalidades todas nada vai acontecer, isto é um caminho apenas de ida com Varandas se for para a frente.

Não vou em fatalismos. Isto é o Sporting Clube de Portugal.

Quero ver o orçamento em primeiro lugar.
Perceber onde supostamente vão haver cortes e depois decidir o meu voto em AG.

SL

Óbvio.

Acho que aqui ninguém diria não a fazer mais com m€nos.

A questão é se há mestria para o fazer

E que acho mau é gastar menos na globalidade, porque se for mesmo impossível aumentar o orçamento das modalidades, aguentar um hóquei e um futsal fortes e diminuir nas demais para trazer um basquetebol competitivo não é política que me desagrade… Ou vocês acham que o andebol pode efetivamente ganhar taças europeias fora da Challenge?.. Agora se o orçamento global diminuir…, até a força das equipas campeãs europeias dificilmente deixará de estar ameaçada. Reforçar o hóquei para atacar a Continental e a Intercontinental devia ser prioridade 1.

Entendo, mas nós como sportinguistas sabemos que é bem possivel de vir a acontecer.

Os Sportinguistas cometem muitos erros.

Mas os Sportinguistas também aprendem com eles.

Hoje em dia um Presidente que acabe com as modalidades, assina a sua “sentença de morte”.

Seja quem for o Presidente do SCP… NÃO pode ser burro ao ponto de não perceber a importância vital de modalidades fortes como carburante do sportinguismo… Pois se estamos condenados a orçamentos bem mais baixos do que SLB e FCP no futebol, temos de ter êxito noutros desportos… Não há alternativa, se queremos que o SCP continue a cativar milhões de adeptos.

A situação é esta: o SLB e o FCP são os dois gigantes no futebol nacional enquanto o SCP é “apenas” grande… É o desporto globalmente considerado que faz o SCP um gigante… Não se vendo possibilidade clara de recuperar o estatuto de gigante no futebol português é estratégia elementar tudo fazer para não o perder no desporto nacional, sob pena do clube entrar de decadência de difícil retorno… Não se pode enfraquecer as modalidades… O prejuízo a prazo será bem maior do que o benefício…, parece-me.

Olha para a história do clube nos últimos 20 anos, sff.

Que saudades eu tinha do slogan “gastar menos, fazer mais”. Pena que a segunda raramente tenha ocorrido quando foi aplicado.

Tendo em conta que o Sporting tinha um orçamento equilibrado, já podemos assumir que as receitas vão cair?

Ou, não caindo, vamos poupar para o quê? Visto que o Sporting é um clube desportivo, no qual deve cair por isso o investimento seria importante esclarecer para onde vão ser canalizadas as poupanças. Era simpático, digamos.

Eu acho que neste momento já toda a gente percebeu que não há muito que possamos fazer, com BdC estivemos quase quase lá, porém, “outros valores se levantaram”. A grande questão aqui é, temos obrigatoriamente de ter uma equipa capaz todos os anos de lutar pelo título no futebol em Portugal, nos anos de JJ iniciamos épocas com plantéis que todos consideravam como os melhores de Portugal, 1 dos anos foi positivos, os outros 2 na minha opinião ficaram aquém. Tudo isto para dizer o quê, creio que no futebol seja possivel fazer mais com menos, um treinador que ganha bastante menos que JJ, e um plantel com um orçamento menor que nos anos de JJ, isso não nos vai impedir de lutar pelo título, temos é de ser criteriosos nas contratações, e ter alguma sorte também nas mesmas.
No que toca às modalidades, no actual momento é a fina flor do Sporting, e aqui não podemos dar passos atrás, só é permitido dar passos em frente. Actualmente o que me faz sentir fervor clubístico sem dúvida que são as modalidades, é por elas que eu pago as cotas todos os meses, para sentir que estou a apoiar algo que tanto me dá durante o ano. Temo que com esta direcção o número de sócios não irá aumentar e isso será sempre um problema. Talvez só seja mesmo resolvido no dia em que Miguel Albuquerque se candidatar.

Como sempre disse , cabe a quem está na Direcção arranjar alternativas, novas fontes de financiamento e ou outras decisões que possam influenciar positivamente o orçamento.

Dito isto terá meu voto contra um orçamente que coloque em causa a competitividade das modalidades de pavilhão, do Atlestismo, do Judo, do Tenis Mesa, da Natação.

SL

Acho que com tantas modalidades com títulos europeus só este ano, não deve ser assim tão difícil angariar boas parceiras a nível financeiro, neste momento a marca Sporting é uma marca apetecível no mercado graças às modalidades.