OPA da Sonae sobre a PT

Porque é que as holdings do Grupo Sonae estão todas na Holanda (ou pelo menos estavam)? Será que é para fazerem as Assembleias Gerais num Coffee Shop?

Quase 50% da Sonaecom é detida pela Sonae Investments BV, com sede na Holanda e que pertence ao Grupo Sonae.
Caso a OPA sobre a PT avançasse, as acções passariam pela Sonaecom BV, uma empresa detida a 100 por cento pela Sonae e que tem sede na Holanda. Só em imposto de selo sobre a garantia bancária dada pelo Santander, a Sonae pouparia 57 milhões de euros.

A resposta a isso é óbvia. Para não ser roubado.
Pela mesma razão que muitos tugas que lhe apontam o dedo, no seu dia a dia vão comprar produtos a espanha ou os encomendam via net para não pagarem os 21%. mas isso já é normal porque o povo… coitadinho.

Como já disse no tópico anterior não faço de advogado de belmiro, aliás não ando com grandes razões para andar satisfeito, agora não entro em demagogias e sobretudo ainda vejo alguma diferença entre um dos maiores empreendedores portugueses do século e alguns agiotas presentes em tudo o que é negócio obscuro deste pais, muitos deles triunfadores na AG de sexta-feira.

Hoje curti muito ouvir o Corleone Salgado a dizer que o melhor é a telefónica sair do capital da PT… muito Padrinhesco :slight_smile:

Acho que Belmiro, mas sobretudo Paulo Azevedo e a Sonae não ficam bem na fotografia do final da OPA.

i) Obviamente que a OPA não era para perder. Senão já tinham saído airosamente alegando questões de secretaria.

ii)Ganham qualquer coisita, lá isso ganham. Ganhamos todos. mas a que custo para a Sonae e Azevedos?

iii) Os problemas de imagem não são de deixar de avaliar. Sobretudo para PAzevedo, que terá que arcar com esta derroa, que poderá ganhar mais peso quando a sucessão for tema.

iv) O que se passou foi que a PT se defendeu muito bem. Obviamente com o BES a apoiar, com um carola que deve ter engendrado tudo (Bava), e com alguém que com um ar de super-panhonha se mostrou à altura do desafio que lhe caíu no colo (Granadeiro).

v) A OPA custou à Sonae 40 Milhões de €. Não é assim tão sem custos…

A.A.

[quote=“A.A.”]Acho que Belmiro, mas sobretudo Paulo Azevedo e a Sonae não ficam bem na fotografia do final da OPA.

i) Obviamente que a OPA não era para perder. Senão já tinham saído airosamente alegando questões de secretaria.

Claro que não. Mas o objectivo secundário sempre existiu. Internamente há pelo menos 2 meses que ouvia falar em cenários de previsão de perda com posteriores negócios: optimus para TMN ou Vodafone e compra da TV Cabo.

ii)Ganham qualquer coisita, lá isso ganham. Ganhamos todos. mas a que custo para a Sonae e Azevedos?

iii) Os problemas de imagem não são de deixar de avaliar. Sobretudo para PAzevedo, que terá que arcar com esta derroa, que poderá ganhar mais peso quando a sucessão for tema.

Aí concordo. Aliás o comunicado interno no qual uma das desculpas dadas é o facto de a “oposição” ter recorrido a esquemas nos quais a Sonae não alinha é coisa de “lequinhas”. Nem eu acredito em santinhos na Sonae nem por outro considero que isso seja argumento que defenda a imagem, antes pelo contrário, transmite uma falsa ideia de lequinhas, parecida cm aquela que no paralelismo com o nosso Sporting os nossos dirigentes passaram nos últimos 10 anos e que não vence batalhas. Isto obviamente sem ter qualquer dúvida que BES e CGD engendraram um esquema padrinhesco que terá futuros episódios. Agora quando se vai a uma guerra destas combate-se com as mesmas armas.

iv) O que se passou foi que a PT se defendeu muito bem. Obviamente com o BES a apoiar, com um carola que deve ter engendrado tudo (Bava), e com alguém que com um ar de super-panhonha se mostrou à altura do desafio que lhe caíu no colo (Granadeiro).

O tempo foi seu amigo. Nos primeiros meses estava tudo em desnorte, a demora ajudou a a máfia a organizar-se.

v) A OPA custou à Sonae 40 Milhões de €. Não é assim tão sem custos...

Confesso o meu desconhecimento… como assim?
De qualquer forma será bem menos do que o custo que teria completar toda a operação, um custo que poderia colocar toda a Sonae em equação daqui a um anos. Digerir um boi daquele tamanho não seria fácil, existiram muitos obstáculos internos e externos, muito golpe palaciano, duas culturas de empresa em choque e uma realidade a todos os níveis diferente, a começar logo pelos salários (que não é pormenor de somenos).

Naquilo que sempre me preocupou pessoalmente aprecio os resultados que esta OPA poderá gerar: maior competitividade, maior leque de opção, preços mais realistas na TV/Internet. É isso que me interessa.

v) A OPA custou à Sonae 40 Milhões de €. Não é assim tão sem custos...

Confesso o meu desconhecimento… como assim?

Um ano a pagar a consultores de topo e outros custos processuais.

http://www.negocios.pt/default.asp?Session=&SqlPage=Content_Empresas&CpContentId=291829

OPA custou 40 milhões à Sonaecom A Sonaecom entrou em "black out" depois do desaire na assembleia-geral da PT de sexta-feira. Durante o fim de semana, os administradores da "holding" estiveram incontactáveis para responder a perguntas sobre o "day after" do fim da OPA e sobre a estratégia futura do grupo para o sector.
Naquilo que sempre me preocupou pessoalmente aprecio os resultados que esta OPA poderá gerar: maior competitividade, maior leque de opção, preços mais realistas na TV/Internet. É isso que me interessa.

Este foi o serviço público prestado pelos Azevedo. Apressou significativamente um processo que nunca sabemos quando iria começar.

A.A.

A resposta a isso é óbvia. Para não ser roubado. Pela mesma razão que muitos tugas que lhe apontam o dedo, no seu dia a dia vão comprar produtos a espanha ou os encomendam via net para não pagarem os 21%. mas isso já é normal porque o povo.. coitadinho.

Quem vai Espanha comprar bens, fá-lo para poupar tostões. O Belmiro vai também a Espanha fazer compras de produtos para os suas cadeias de retalho…

E quem encomenda na net, poucos escapam das alfândegas e dos respectivos custos…

Roubado!? O Belmiro!? :shock: É ler os acordos em Tróia para perceber quem roubou quem, se é de roubo que se fala…

Hoje curti muito ouvir o Corleone Salgado a dizer que o melhor é a telefónica sair do capital da PT... muito Padrinhesco :)

Se um dos accionistas de referência actua ao lado do concorrente para apanhar em saldo activos dessa mesma empresa, o que se esperaria. Em qualquer lado do mundo é assim.

Salgado é da famiglia, Belmiro sabe bem com actua ao nível dos Corleone. Os Pinto Magalhães que o digam…

[quote=“paraver”]

Quem vai Espanha comprar bens, fá-lo para poupar tostões. O Belmiro vai também a Espanha fazer compras de produtos para os suas cadeias de retalho…

E quem encomenda na net, poucos escapam das alfândegas e dos respectivos custos…

Exactamente. É isso que estou a dizer. Agora por serem tostões isso não faz com que moralmente exista diferença. Acho inclusive muito bem que empresas e particulares procurem o melhor negócio para si, uma vez inscrito este país na CE. Há menos IVA noutro país da CE? Siga. É a lei do mercado. O Socrates que invente maneiras de financiar os seus referendos inúteis sem ser através dos impostos agiotas que cobra.

Se um dos accionistas de referência actua ao lado do concorrente para apanhar em saldo activos dessa mesma empresa, o que se esperaria. Em qualquer lado do mundo é assim.

Claro. Também na máfia. Como se o acionista não tivesse todo o direito de tomar uma posição que lhe pareça mais vantajosa, desde que legal, e relativa a um processo legal como foi esta OPA. Mas a questão nem é essa… é o tom. O tom do “bicho” na onda do padrinho, a dar o “conselho”. Ganda Salgado… ai se existisse apito dourado na banca…

Nota com sorriso de divertimento:

Foi curioso ver ontem a OPA discutida na RTPN, com referências à opinião de vários “especialistas” que defendem algo semelhante ao que eu aqui disse: que independentemente da derrota efectiva na AG o belmiro venceu ao conseguir algo pelo que sempre lutou e que motivou a OPA desde o início, a mudança do contexto do mercado, que nunca tinha sido nem seria possível através dos canais que aos quais até então tinha recorrido.

Das duas uma: ou estes “especialistas” estão cheios de azia ou então o que eu disse aqui logo após a conclusão afinal faz algum sentido. :slight_smile:

Gostava de ter participado antes nesta discussão porque é o meu tema preferido da economia,mas não pude, faço-o agora.
Eu acho ao contrario da maioria que o Mauras tem muita razão, e que o grande vencedor foi Belmiro, até acho que com a OPA a maior parte dos intervenientes acabou por ganhar. Belimiro conseguiu com um a “simples”/complexa estratégia industrial fazer aquilo que o mercado e as autoridades per si não tinham conseguido em anos, o mercado ganha com mais concorrência (acreditemos até porque a quetão dos accionistas da Multimédia e da PT está agora, penso eu, nas mãos da Anacom), Granadeiro fez bem o seu papel e garantiu a não desblindagem e o seu lugar como administrador da PT através do apoio dos accionistas, os accionistas vão ter um rendimento em muito superior, o BES consegue um opder maior na PT e controla-a com uma “larga minoria” ajudado por pequenos accionistas. Quem perde é a Telefónica que que se o seu objectivo era comprar a parte da PT na Vivo isso ficou mais complicado porque terá que pagar bastante mais do que pagaria à Sonae.
Quanto à questão da nacionalidade de quem controla as empresas só o que tenho a dizer é que tanto faz serem portugueses , espanhóis, marroquinos, marcianos ou do além, o que importa verdadeiramente é se a empresa é ou não melhor gerida (eficiência produtiva), e se contribui para uma melhor afectação no mercado. E isso nada tem que ver com a nacionalidade do investimento.
Para terminar gostava só de dar a minha opinião sobre o desfecho. Eu fiquei satisfeito pela OPA não passar porque acho que a Sonae seria obrigada a um grande esforço financeiro, que a PT com o pagamento de dividendos não terá. Porém gostaria que fosse o mercado a dar o não e não uma assembleia geral, ou seja acho que deveria ter havido desblindagem.
Eu acho que a verdadeira “nota com sorriso de divertimento” foi a ovação dos funcionários da PT a Berardo, :smiley: , não me parece que Berardo esteja muito preocupado com o melhor para os trabalhadores da PT para ter sido ovacionado daquela forma, mas OK, foi uma pequena gaff

Depois de saber que a Sonae vai construir 2 hoteis em Lagos em zona protegida,só tenho que ficar contente com todo e qualquer falhanço deles.

Cambada de corruptos!

Eu acho que a verdadeira "nota com sorriso de divertimento" foi a ovação dos funcionários da PT a Berardo, :D , não me parece que Berardo esteja muito preocupado com o melhor para os trabalhadores da PT para ter sido ovacionado daquela forma, mas OK, foi uma pequena gaff

:lol:

O Berardo foi um autêntico defensor dos interesses dos trabalhadores da PT. A sala de convívio deveria mesmo passar-se a chamar “sala amigo berardo”. Eram eles o único interesse do Joe!

Ou isso, ou os 4,5 milhões de € que Berardo ganhou na PTM durante o último mês.

A.A.

Quanto à questão da nacionalidade de quem controla as empresas só o que tenho a dizer é que tanto faz serem portugueses , espanhóis, marroquinos, marcianos ou do além, o que importa verdadeiramente é se a empresa é ou não melhor gerida (eficiência produtiva), e se contribui para uma melhor afectação no mercado. E isso nada tem que ver com a nacionalidade do investimento.

Confesso que também nunca percebi qual a diferença entre uma empresa portuguesa ser controlada por um português ou estrangeiro.

Quanto ao Berardo, tinha tanta intenção de defender os trabalhadores como o Belmiro de defender os consumidores. :roll:

Exacto, mas o lucro não é nada de sensurável, cada um procura o melhor para si, quer seja financeiramente ,profissionalmente, na sua vida familiar em tudo na vida. O que é sensurável é se isso for conseguido às custas do consumidor, mas para isso temos autoridades da concorrência que devem e têm de actuar caso isso aconteça.

Exacto, mas o lucro não é nada de sensurável, cada um procura o melhor para si, quer seja financeiramente ,profissionalmente, na sua vida familiar em tudo na vida. O que é sensurável é se isso for conseguido às custas do consumidor, mas para isso temos autoridades da concorrência que devem e têm de actuar caso isso aconteça.

Não posso estar mais de acordo. :wink:

Gestão patriótica também é um conceito que pouco me diz.

Apenas prefiro que as empresas fiquem em propriedade de portugueses se estes atingirem as mesmas perfomances que outros. Até posso dar um desconto, se estiver no papel de cliente. Mas se estivesse no papel de accionista…

A.A.

Gostava de ter participado antes nesta discussão porque é o meu tema preferido da economia,mas não pude, faço-o agora. Eu acho ao contrario da maioria que o Mauras tem muita razão, e que o grande vencedor foi Belmiro...

A logistica da OPA custou-lhe 40 milhões tal como aqui foi indicado e na segunda feira as acções da Sonae caíram 16%, um dos maiores tombos de sempre neste país, nem quiseram quantificar quanto a empresa desvalorizou.
Os accionistas da Sonae devem estar mesmo muito contentes…

Belmiro perdeu uma pipa de massa, para ganhar o quê?
Apenas concorrência na multimédia?

Com essa não me convencem, desculpem lá.
Eu não sou economista, nem gestor, mas ainda sei avaliar o que siginifica perder muito dinheiro.
Esta OPA foi um tiro no pé, mais nada…

vamos ver incy… vamos ver. Só quando TUDO estiver concluido é que podes concluir se o “ganho” uqe estás a menorizar foi assim tão curto… o próprio futuro tecnológico de tudo o que poderia estar envolvido nestes negócios poderá determinar se os 40 milhões e a (possivelmente momentânea, nunca se sabe) desvalorização bolsista foram desastre ou… pechincha.

A logistica da OPA custou-lhe 40 milhões tal como aqui foi indicado e na segunda feira as acções da Sonae caíram 16%, um dos maiores tombos de sempre neste país, nem quiseram quantificar quanto a empresa desvalorizou. Os accionistas da Sonae devem estar mesmo muito contentes...

Se tivermos em conta o valor das acções da Sonae antes da OPA, ou seja, à cerca de um ano atrás, mesmo com esta queda, hoje, o valor das acções ainda é superior.

Quanto á OPA em si provavelmente um grande "UF!" não assumido pelo belmiro, vitória em toda a linha. Conseguiu o objectivo de há muitos anos, desmembrar o monopólio da PT sem gastar um tostão, e provavelmente vai acabar por conseguir ficar à mesma com a empresa que queria, mais tarde.

Ganhou peito para forçar o objectivo e a AG permitiu-se sair na hora H ou seja, antes de começar a passar cheques.

Mission acomplished. O resto seria “Pirraça” e um grande peso às costas nos próximos anos.

Caro Mauras, sem ofensa,…é um comico!

Eu trabalho na PT e felizmente tenho a sorte de fazer parte do grande elenco que venceu o Sr. Belmiro.
Estive na Assembleia Geral (na mesa de contagem de votos) e posso dizer com muito orgulho que participei num dia historico para todos os colaboradores e consumidores do GRANDE MUNDO que é a PT…o resto?..é passado…

Eu como consumidor estou satisfeito com os preços e limitações da PT :roll:

Exacto, mas o lucro não é nada de sensurável, cada um procura o melhor para si, quer seja financeiramente ,profissionalmente, na sua vida familiar em tudo na vida. O que é sensurável é se isso for conseguido às custas do consumidor, mas para isso temos autoridades da concorrência que devem e têm de actuar caso isso aconteça.

O que é “sensurável”?! :shock: