O trabalho de Freitas: um bom exemplo

Hoje pego no pasquim e leio as declarações do nosso antigo jugador Vujacic.
Após os considerandos que faz sobre Purovic e que me fizeram sorrir (sobretudo pq tentou usar o seu exemplo e o de Lemajic para de alguma forma pedir confiança para Puro e Vuk, assim não vais lá :)) eis que leio que este antigo cromo nosso é hoje prospector ao serviço de, nem mais nem menos, Manchester United para o mercado de leste.

O jogador diz a páginas tantas o que já se previa: que adora o Sporting, e que não percebe porque é que sendo ele um profissional desta área ao serviço de um dos melhores clubes do mundo nunca lhe tenham pedido sequer um conselho sobre o mercado de leste, nem mesmo para a aquisição destes jogadores para os quais pede compreensão.

Eu explicava-lhe. Talvez ele não saiba que em Alvalade se mantem, não uma carteira de jogadores sob observação mas sim uma carteira de… agentes FIFA. Assim os prospectores não fazem falta nenhuma Vuja. Vai mas é ensinar ao Manchester como é que se trabalha num clube moderno, transparente e em que a qualidade do trabalho de aquisição de jogadores externos mostra, há 8 anos, que nós é que estamos certos.

Nao vejo como possas deduzir que por nao perguntarem ao Vujacic isso signifique que nao perguntem ou obtenham aconselhamento de alguem, que ate poderia ser muito melhor que o Vujacic, ou pior, nao interessa para o argumento.

Não é dedução, é conhecimento. Que eles não perguntam nada já eu sei, as declarações de Vujacic, ex-jogador do clube e prospector para um dos maiores clubes do mundo (logo parece-me que tendo bom perfil mas possivelmente estou a ver mal :)) apenas o exemplificam.

Mas se calhar foram perguntar ao Filipovic e eu é que estou a ser mauzinho :).

eu nao sei se eles nao perguntam nada. agora nao se pode e deduzir isso pelo que Vujacic disse. e um argumento facilmente desmontavel.

Eu não sei se eles não perguntam nada, não tenho esse tipo de conhecimento ou informação interna acerca do funcionamento do departamento em questão, outros terão e ainda bem, agora não entendo porque é que o Sporting teria ou devia recorrer aos préstimos de um empregado do ManUtd, ainda por cima para ter informações sobre um mercado no qual ele é prospector do ManUtd, além disso, no mundo do futebol, acredito muito pouco em bondade e altruismo, coisa que não estou a ver o Vujacic a ter, quem lhe paga é o ManUtd, porque é que raio ele ia dar nformações valiosas (informações não valiosas até eu dou! ::)) ao Sporting??? :question:

Esta é mais uma falsa questão, ou então uma dedução abusiva do que é dito por outrém! :arrow:

Talvez porque tenha sido nosso ex-jogador…mas…já me esquecia nós não aproveitamos nem os nossos ex-jogadores portugueses quanto mais estrangeiros…preferimos dar tiros no escuro…

Tambem me apetece ser mauzinho…

De certeza que ele não trabalha de borla para o MU, e se pudesse pingar mais algum a fazer prospecção para o Sporting, dava um jeitasso, estamos a chegar ao natal, era mais alguma que entrava no bolso para prendas…

O homem até marcou 4 golos no Sábado, para quê abrir mais um tópico a dizer mal dele? :slight_smile:

previa as leituras maldosas sobre o que Vuj disse mas por mais cambalhotas que se mandem o que o homem disse é bem claro: que não lhe pediram um conselho ou opinião. Não referiu disponibilidades para ser prospector do Sporting, já o é do Manchester (curioso, mas deve ser só para mim pelos vistos) apenas deixou a entender que o Sporting já podia ter contado com o seu conselho há muito tempo e não o fez, não transpira das suas palavras uma caça ao salário.

Por fim, e como é costume aplica-se ao futebol paradigmas que não se aplicam a mais nenhuma profissão, mesmo às mais regulamentadas, como se por exemplo um gestor, um advogado ou outro qualquer profissional não pudesse dar um conselho a outrém dentro do tema que trabalha… lá porque o homem é prospector pago pelo Manure nada o impediria de dar uma opinião ao Sporting se contactado, não estamos a falar de passar relatórios, base de dados, etc apenas uma opinião de um profissional do meio, que já representou o Sporting de forma honrada e que aparentemente tem capacidade reconhecida na actividade.

Enfim.

É uma chamada de atenção pertinente, o Sporting correria de facto muito menos riscos ao se aconselhar com pessoas como o Vujacic.

Olho com distancia para o CF, não lhe bato por tudo de mal o que se passa, mas aponto-lhe erros de palmatoria.

No caso em aprenço, digamos que sou um taliban do MU, podia fazer o seguinte raciocinio: " Lá está o sacana do Queiroz que foi treinador do Vuj no Sporting a mamar algum… Foi arranjar um tipo da sua confiança para prospector no leste, atraves dele faz os contactos com os jogadores e empresários e ganham todos"

A realidade é esta não fosse o Queiroz estar no MU, nenhum inglês sabia quem era o Vujacic ! O que quer dizer que todos usam as suas redes, conhecimentos e influencias. Até o grande Fergusson andou à perna com uns problemitas por colocar o filho a tratar de transferencias, segundo dizem altamente inflacionadas para o Manchester. Infelizmente impolutos no futebol não há.

Se o CF tem prospectores no Leste, desconheço, mas gostava de lhe perguntar quantos jogos viu do Had, ou alguem mandatado pelo Sporting, antes de o contratar. Ou do Farnerud, ou do … seriam tantos.

essas são as questões pertinentes.

Obviamente Vujacic deverá a Queiroz a oportunidade, mas apenas um sportinguista muito injusto negará o óbvio: que nesta área QUeiroz foi o melhor que tivemos (seguido por Boloni e Robson), poucos foram os reforços estrangeiros que trouxe e que não se afirmaram como reais jogadores de qualidade para o Sporting. Nisso o homem tem jeito. Provavelmente Vujacic provou ser um ex-jogador com competências nesta área, e se teve influência por exemplo na contratação de Vidic então parece-me estar no bom caminho.

Quanto ao desconhecimento de eventual redes de observadores para mercados internacionais chamo apenas à lembrança um facto: quando Freitas saiu Peseiro foi obrigado a ir ele próprio para o brasil ver jogadores. Ora das duas uma: ou Freitas tem uma rede de prospectores que entra e sai no clube ao mesmo tempo que ele ou então está aqui mais uma prova de que não temos rede alguma, temos um administrador que gere sozinho um tema tratado por mais ninguém no clube e cuja saída deixaria o clube descalço sem saber o que fazer, e essa fase foi uma boa prova (embora curiosamente tenha vindo logo o único avançado decente além de Liedson que tivemos, Deivid).

Se começarem a pensar um pouco na história dos últimos 8 anos é por demais óbvio que o Sporting não tem rede alguma de pessoas que avaliem jogadores e dêem inputs. O caso é mais gritante quando sabemos que uma das principais razões pelas quais ainda temos a formação líder assenta exactamente nisto: numa rede bem montada de pessoas que apoiam o clube na identificação de valores para a academia. Num lado 80, no outro nem 8, zero, é paradoxal, ainda para mais quando o dinheiro é pouco logo a forma de o gastar devia estar bem mais acautelada do que está, assente em cardápios de empresários de mão.

mas em abono da verdade, nunca ouvis-te ninguem dizer o contrario. nunca o CF disse que tinha uma rede estrategica de prospecao. bem pelo contrario, quando se tocam esses assuntos a unica rede que claramente ele tem e uma rede para evitar cair.

Eu nem comento isso!!! Para contratarmos jogadores vamos falar c os olheiros de outros clubes… Eu acho que em vez de usarmos os olheiros do M united deveriamos fazer com o do Porto e o do Benfica.

Que eu saiba o Sporting tem os seus proprios olheiros, por isso n vejo qual a necesidade de falar c esse senhor só pq foi nosso jogador.

Mauras, percebo a origem deste tópico devido à ideia principal, mas o argumento do Vujacic é provavelmente aquele que menos revela que o Sporting não tem uma estrutura responsável pela prospecção internacional. O argumento do Vujacic por si só não diz nada e revela também alguma incompreensível vontade de ajudar. Ou eu estou a ser muito ingénuo, ou aquilo que menos interessa ao Vujacic neste momento é a falta de interesse do Sporting nos seus conselhos. Sinceramente não percebo a origem desta entrevista, apesar de desconfiar que a nossa relação com qualquer membro do Manchester United já teve melhores dias. Acho que me fiz entender.

Para que a insinuação [não existe uma estrutura no sector da prospecção internacional] faça sentido, temos de recorrer a algumas evidências que estão adjacentes às metodologias de trabalho do nosso gestor de activos, e aí sim, fará algum sentido acusar o Sporting.

Para mim, o Sporting não tem essa tal estrutura porque o nosso gestor de activos apenas trabalha com um grupo restrito de empresários, e porque como já dizeste, quando Freitas saiu do Sporting foi o treinador principal José Peseiro que teve de ir avaliar alguns jogadores na integra ao Brasil e não porque o Vujacic não foi contactado.

ui que é tão dificil de perceber…

imagino a quantidade de telefonemas que o jornalista deve ter feito até encontrar um ex-jogador do scp que não tivesse sido contactado e que estivesse no meio… se calhar foram contactados outros, se calhar não foram… não sei, mas sinceramente não me parece normal andar a pedir conselhos a um adversário…

Certissima a tua analise.

Não quero afirmar com 100% de certeza, porque não encontrei nenhuma fonte, mas recordo-me de ouvir o tipo que esteve a liderar a SAD, na segunda época do Peseiro ( o tal que veio da Federação de Ténis, mas que não consigo me lembrar do nome… :-[ ) dizer que achava incrivel no Dept. de Futebol não existir nenhuma bases de dados de jogadores observados ou em observação.

Segundo parece quando o CF saiu levou tudo com ele, o que a ser verdade é uma vergonha já que sendo funcionário do clube, essas informações deveriam ser propriedade do Sporting.

No dia da final da taça uefa, depois de sair do estádio, encontrei vujacic no metro do marquês. Ao vê-lo, fui falar-lhe e ele emocionado abraçou-se a mim a dizer, como é possivel termos perdido. Nunca o esquecerei.

podes afirmar. eu tb me lembro disso. o do tenis era o Andrade.

Concordo a 100%.

O Sporting não sabe aproveitar os ex-jogadores para criar uma rede que nos permita reduzir o risco de novas contratações. o Vujacic apenas trabalha para o Manure por causa do Queiroz, que apostou nele quando estava “encostado” pelo Robson (mesmo a defesa esquerdo). Ainda no último jogo contra o Leiria vi o Marco Aurélio no estádio e falei-lhe e ele recordou a dupla com o Naybet, p.ex., com saudade. Demonstra alguma consideração pelo nosso clube e não tenho dúvida que o Vujacic desse “uma mão”.

O mal é que os “nossos” (salvo seja!) dirigentes têm o “rei na barriga”. Acham-se o máximo e ganham umas massas por fora.

Não há um trabalho de base, do clube, que fique consolidado independentemente de quem lá esteja.

No dia em que o Aurélio Pereira deixar a formação vão ver a prospecção para a Academia…