O que é que lêem, nestas noites...? (Livros, BD, colectâneas)

Na primeira leitura não tens hipótese, tal como ninguém tem.
É muito gratificante chegar ao fim da obra e, assumindo que ela te prendeu, voltar a ler e descobrir tanto pormaior que te escapou da primeira vez. A mim por vezes ainda me sucedia isso na terceira e quarta leitura, portanto imagina.

1 Curtiu

@Mentat acabei agora mesmo o God Emperor of Dune (férias, praia e muito tempo para passar). Mindblown. Estou muito satisfeito de ter começado a ler esta saga magnífica. Mindblown

Ainda bem.
Siga para Children of Dune. E agora sim, the plot thickens e a história começa a bulir, verdadeiramente.

Ena, já limpaste o Children e agora o God Emperor? Isso é que é ler rápido. :grinning_face_with_smiling_eyes:

Opa, a personagem do Leto II… o sacrifício em prol de um bem maior. Tirano para uns, Deus para outros. Que personagem interessante. E a relação com os Duncans achei incrível. Opa gostei de tudo no GEoD.

Isto férias e praia da-me para ficar a ler o dia inteiro. A minha biblioteca de férias resume-se a Dune ahahaha

1 Curtiu

Não há um livro que não adore na saga inteira. Mas confesso que os últimos 3 são de tal forma distintos entre si e a primeira parte da saga que me deram um gozo ainda maior em ler.
Heretics e ChapterHouse são, a meu ver, uma brilhante conclusão de uma extraordinária saga.
E quando acabares, aposto o esquerdo que vais querer reler tudo novamente. Há muita coisa que escapa na primeira leitura e FH é especialista em ter uma frase basilar “perdida” no meio do texto.
Dune é qualquer coisa de absolutamente extraordinário.

Follow the Golden Path.
Leto II fez aquilo que o pai se recusou a fazer. Sacrificou-se em prol do futuro a longo prazo da humanidade, fez aquilo que era necessário fazer.
Tirano? Salvador? Um pouco de ambos, a meu ver. A tal grey area, que fica ao sabor de cada um.

E agora que chegaste a Heretics é que te vais passar dado tudo o que já leste pra trás. Acho que a partir do quarto livro é que se comeca a perceber o quão visionário era o Frank Herbert (até porque a história dos primeiros três um gajo com boa criatividade e imaginacão chegava lá, agora os três a seguir são um autêntico tratado de sci-fi!).

100% de acordo.
É como estar num vale e só ver montanhas à volta. Quando finalmente sobes a montanha é que te apercebes da imensidão que te rodeia.
Dune é frakking amazing. So say we all.

E agora estou com vontade de rever, pela 45ª vez, BSG.
Frakk.

Mas não achaste o final do GEoD anti climax? O maior ruler da história … uma história de 3500 anos … um homem/mulher/tudo que teve acesso a todas as memórias da civilização, um verdadeiro Deus lógico. Que caiu de uma ponte, com um tiro de lasgun da sua mais fervorosa seguidora. Parece tao … estranho. Mas sinto que é feito de propósito.

Sacrifices must be made to follow the Golden Path.
The ultimate sacrifice was made.

É um pequeno spoiler, mas já lá chegaste. Foi totalmente intencional, nem poderia ser de outra forma.

Deus te ouça. Achei o GEoD muito mais denso que os outros 2. O primeiro e o segundo, ou seja, a história do Paul / Little Leto tem uma escrita mais básica, a história é menos densa. Parece que são livros para depositar bases, conceitos e personalidades que te vão servir para a frente. E o GEoD parece tão mais denso, mas tão incrível. O Leto e das personagens mais interessantes da literatura. Já li centenas de livros, milhares se calhar. Mas o Leto, numa escrita diria que não é overly complicated, devido às suas escolhas, à sua capacidade de se atirar para um futuro que sabia que ia ser lonely, tenebroso até … pá adoro.

Sim. O Golden Path vai-se desdobrando. Nunca é explicado a 100%. Tu vais entendendo. Pouca a pouco. Começou com o Paul. E com o Leto foi-se desdobrando. E agora entraram novos termos como o Scattering. Mais um exercício de análise ahaha

GEoD transportou-me para trás no tempo, para as minhas aulas de Filosofia. Para os manuais que devorava e para as conversas e dissertações com professores e colegas.
GEoD foi ainda melhor da segunda vez que o li. É um dos livros onde melhor se percebe toda a brilhante e imensa capacidade de FH em criar um universo dentro do multiverso que é Dune.

As Honored Matres, Miles Teg e a Tarasa estão por aí a chegar.
Fun times ahead.

image
image
image

1 Curtiu

@kaiowa estava difícil mas já cá canta :grin:

Antes disso vou terminar este:

image

Adoro as histórias deste gajo (e não sou amante de policiais :sweat_smile:).

1 Curtiu

Excelentes opções!

Marvel Alien #6

UMA RAINHA QUE TRANSFORMA BELEZA EM HORROR.

ShowImage3

Marvel Alien #7
Xenomorphs on earth

Marvel Alien #8
Animal farm

1 Curtiu