O nosso futebol está anestesiante?

Fui, como quase sempre, ao estádio ver mais um jogo do nosso clube e
penso que foi mais um jogo bem pobrezinho.
Levei uns amigos e, como se a culpa fosse minha, passei o jogo a dizer-lhes que era um jogo atípico, com menos de 10 ou 15000 pessoas nas bancadas e com muito pouca “adrenalina” no ar. Até as claques estiveram a “um quinto de gás”…
Quando o Alecsandro não conseguiu rematar e o defesa do Rio Ave se atrapalhou e fez auto-golo, ouviu-se a “nossa loura estridente” gritar GOOOOLO DE LIEEEEEDSON!!! Simplesmente patético. A bancada riu!
Quando o Liedson fez o seu golaço, a loura (talvez ainda envergonhada) não abriu a boca e os meus tímpanos agradeceram.
Dei um bom salto, de surpresa e alegria, na minha cadeira e pensei que ia ver um resto de jogo calmo… Enganei-me!!!
Repito a frase em epígrafe: “O nosso futebol está anestesiante?”.
Será um estado de espírito muito meu ou vocês também andam bastante desmotivados? Eu sei que termos perdido em casa com os lamps e termos sido eliminados da Europa foi uma rajada dura de engolir num tão curto espaço de tempo, mas a culpa não será também do distanciamento cada vez maior entre a Direcção e os Sócios?
Como é que nós poderemos contribuir para alterar a situação?
Desculpem lá o ar derrotista mas ando bastante “em baixo”…

Indo ao estádio apoiar, sempre.
Se eles querem distanciar-nos, nós aproximamo-nos.

SPORTING? SEMPRE!
:arrow: :arrow: :arrow:

Bem até agora ainda ninguém comentou, não sei se foi por ter sido feito há pouco tempo mas pessoalmente acho deveras interessante, mas que nada irá trazer de novo para nós Sportinguistas e para todas as pessoas que gostam de ver futebol mas vêem-se impedidas face aos gritantes preços dos bilhetes para um futebol tão miserável. Quem gosta de ver futebol, acaba por lhe sair mais vantajoso sentar-se no sofá a pagar Sporttv para conseguir assitir a bons jogos de futebol como por exemplo os do fim de semana nas ligas estrangeiras e não deitar dinheiro adicional em jogos do seu clube de coração, e isto porque em Portugal o futebol é cada vez mais ridiculo, cada vez mais se vêem clubes em ascensão e a competir com os denominados “grandes” mas em Portugal isso só acontece porque os grandes caiem quando na verdade devia ser exactamente o contrário, vejamos o Campeonato Espanhol e Alemão que finalmente tem alguma rivalidade pontual e clubistica entres os clubes que se encontram na parte superior da tabela classificativa. Eu, recuso-me a pagar 15 euros para poder ver um jogo contra uma equipa tão pobre e tão mediocre e assistir sempre á mesma porcaria de futebol, simplesmente não o fazo.

Ontem, tive possibilidade de ver o Rui Santos e ele apresentou uma estatistica elucidativa daquilo que se passa no Futebol Português e penso que reponde logo á tua questão inicial, onde ele apresenta uns dados que dizem que em Portugal apenas há 35% de ocupação nos estádios, e quando comparado com as outras ligas europeias, é uma grande vergonha!

Quanto ao Sporting e o possivel afastamente dos adeptos e sócios, é normal para um clube que tem um Presidente que deseja não ter adeptos, e baseio-me apenas nos seus actos. Mas isso são conversas para meses.

em PT nao se pratica futebol, pratica-se faltafute, alem de que os jogos sao pobres e por isso mesmo o ambiente nos estadios parece em muitas alturas um velório.

Mas falando de adeptos, segundo a info dada ontem na SIC-N so’ os 3 grandes mais o Nacional apresentam assistencias acima dos 50% de lotaçao, neste caso:

fcp- 74%
Nacional- 74% (de referir que e’ um campo de futebol ja q d estadio nada tem, daí ter poucos lugares)
SPORTING- 71%
orcs- 54%


nos ultimos:

Aves: 17%
Aveiro: 14%
Setubal: 8%

(penso q nao estou em erro)

Já dei para este peditório…
Hoje em dia sou “apenas” do sporting, já não vibro com o entusiasmo de outros tempos, estou anestesiado ou pior ainda estou tornar-me num belenenses verde.

Já dei para este peditório... Hoje em dia sou "apenas" do sporting, já não vibro com o entusiasmo de outros tempos, estou anestesiado ou pior ainda estou tornar-me num belenenses verde.

:lol: resposta idêntica 'a do meu Pai… quem o viu e quem o vê actualmente

Já dei para este peditório... Hoje em dia sou "apenas" do sporting, já não vibro com o entusiasmo de outros tempos, estou anestesiado ou pior ainda estou tornar-me num belenenses verde.

essa é a minha resposta tb…

E ao contrário das explicações tipo avestruz, a culpa não me parece que esteja no externo (qualidade global da competição, verdade desportiva) pois esse handicap sempre existiu e eu já fui a Alvalade com muito formigueiro nas bolinhas… a explicação está DENTRO. Está no que permitimos que fizessem do nosso clube. a nossa família está uma merda, um degredo, logo não podemos queixar-nos da vizinhança…

Está no que permitimos que fizessem do nosso clube. a nossa família está uma merda, um degredo, logo não podemos queixar-nos da vizinhança...

É verdade Mauras, a ultima grande merda que se deixou fazer foi a venda do património. O que é que se pode fazer com os numeros das ultimas eleições? A maioria votou a favor, vivemos num estado democrático, portanto…

Quando vou a Alvalade já não vou com o mesmo frenesim que ía, pareço um autómato, vou porque estou formatado para tal. Depois quando começa o jogo, acordo, vejo a merda de jogo que fazemos, os jogadores patéticos que temos, as eternas promessas adiadas a correr no relvado e pergunto-me o que é estou ali a fazer.
Acabo o jogo a rir-me muitas vezes das fífias dos nossos jogadores, tal e qual um espectáculo burlesco.Depois o software que tenho instalado diz-me para ir para casa e fazer um erase dos ultimos 90 minutos.

Acontece simplesmente que este Sporting é surreal e a massa apoiante não é lampiã e tem olhos para ver e cérebro bem activo para processar, não há paixão que resista a uma “puta” que nos mete os cornos sempre que possivel, só isso…

Desculpem a linguagem… :arrow:

Futebol Anestesiante??? Naaaaaaaaa…

Vibrante: pois temos o plantel que o treinador pediu a um competente director desportivo.

Apaixonante: pois os jogadores são de topo, uma verdadeira “equipa europeia”, que respondem ao apoio dos adeptos com manifestações de carinho a toda a hora.

Seguro: porque a nossa táctica, o nosso fio-de-jogo permite-nos ver uma partida descansada do princípio ao fim, sabendo que no final a vitória não escapa.

… enfim…

Triste o clube que tem adeptos (como eu…) que já não conseguem ficar uma noite em branco porque há jogo grande no dia a seguir. Triste o clube que tem adeptos (como eu…) que já não conseguem sentir as formigas que o Mauras referiu sempre que pensa que vai para uma curva com 5000 pessoas, cantar o jogo todo, num verdadeiro acto de comunhão sportinguista. Triste o clube que tem adeptos (como eu…) que já pouco ou nada acreditam num projecto chamado Sporting. Triste o adepto que escreve estas linhas e não consegue ficar fudido com o que está a escrever… Simplesmente resignado, frustrado… e com a certeza que o Sporting que o viu crescer, o Sporting que o marcou durante toda a sua vida, provavelmente não voltará…

Se há adeptos que não mereciam ESTE Sporting éramos nós… Mas esperem lá… não fomos “nós” que o deixámos assim? Mais do que Soares Franco… chateia-me quem o meteu lá.

A esses, a todos os que lutaram pela privatização de um sentimento (o “sentir” o Sporting), obrigado por estas linhas de frustração! Sem vocês não teria sido possível…

www.Porta10A.blogspot.com

O campeonato está cada vez mais fraco, não há volta a dar.

Não sei como se aguentariam as SAD’s se não existisse o laço especial dos adeptos aos clubes, porque em termos de espectaculo estamos conversados.

E seria para reflectir se o Sporting não teria mais a ganhar se reduzisse ainda mais o seu orçamento e o nivelasse aos dos restantes clubes, salvo os outros dois grandes.

Para quê gastar 18 milhões de euros para lutar com uma maioria de clubes que nem um terço dessa verba gasta?

Até eu que até aos 15 anos chorava quando o Sporting perdia, hoje vendo o meu clube perder, parece hábito, parece algo normal em Alvalade. Uns assobiozitos e tal, uma semana de trabalho de cabeça baixa e siga para mais outra partida.

Com “este” Sporting não se aprende nada. Mas como diz o Nando e muito bem, foram elementos da “nossa” família que quiseram este Sporting assim, por isso e por muito que custe, não têem a mesma legitimidade do que outros, para impôr o que quer que seja a elemento x ou y quando foram eles que os lá puseram.

O Sporting dá-se ao luxo de ter nos seus quadros, pessoas que não são sportinguistas, logo que não sentem a mesma dor que um qualquer adepto sente quando vê a equipa perder. Perguntem a Carlos Freitas, Rui Meireles ou outros, como se sentem quando o clube perde?

Esquecem-se é que os adeptos é que sofrem na pele com as desilusões da equipa. Antigamente ser Sportinguista era diferir dos demais, por esta altura é a pior escolha que se pode fazer, sobretudo quando se é criança e se está na procura do seu clube de eleição.

Não estou afastado do clube nem nunca irei estar (creio eu). Agora, não vou negar que ando lentamente a suavizar este sentir Sporting. É uma pena, eu não sinto nem vergonha de dizer do clube que sou, nunca senti e o símbolo Sporting andará sempre comigo, mas ao falar deste Sporting até as palavras me doiem.

Longe vão os tempos dos 18 anos sem ganhar nem à sueca, mas que dava gosto ver o Sporting: Alvalade cheio, cachecois antigos no ar, o apoio à equipa, a mística leonina entretanto desaparecida… Hoje em dia, é uma miséria…

As minhas duas últimas incursões a Alvalade foram de gastos elevados e de no final vir com uma cabeça de melão. Pagar 65 euros para ver o Sporting perder o título com o porto a época passada, ou pagar 45euros para ver este Sporting perder com os eternos rivais, são coisas que nunca mais me sairão da cabeça. Mas na vida, como tudo, vamos levando bofetadas e mais bofetadas até que aprendemos e na próxima tentativa, quem sabe senão afastamos a face?

Peço desculpa a quem não concordar com este meu mini testamento, mas em mais uma época que se antevem penosa e sem títulos, faz falta desabafar com pessoas que sentem o mesmo que eu, que sofrem como eu, quando o clube que amamos nos dá facadas atrás de facadas.

“Este Sporting” é assim. Talvez um dia volte um Sporting à altura do que sofremos pela instituição.

Peço desculpa o testamento. Um abraço.

Queria ainda dizer que é FANTÁSTICO poder fazer parte deste fórum. É bom saber que ainda há quem sinta, ainda há quem ame, ainda há quem sofra (e só nós sabemos o que nos custa este “afastamento”, esta “frustração”…) o Sporting! Não me sinto mais Sportinguista que ninguém. Mas fossem todos como nós… e o Sporting não seria o que é hoje!

www.Porta10A.blogspot.com

Ainda me lembro quando há uns anos atrás quando rabiscava em tudo o que era livro, caderno, mesa, etc, o nome Sporting.
Ainda me lembro quando ligava o radio de 5 em 5 minutos para saber quanto estava o Sporting (pois detestava relatos).
Ainda me lembro quando levava às escondidas para a cama o mini radio e os auscultadores para ouvir o Sporting, quando jogavamos a horas em que já tinha que estar deitado.
Ainda me lembro quando nao conseguia fazer outra coisa que nao pensar no jogo nos dias de derby.
Ainda me lembro quando ficava uma pilha de nervos e nao descolava os olhos da televisao quando jogavamos.
Ainda me lembro quando contava os dias até ao jogo e infernizava o meu pai para ir ver o Sporting aos Barreiros.

Agora, por vezes, basta-me saber o resultado. Quando vou ao estádio já nao sinto aquele frenesim. Calmo, mas um calmo sem ser de segurança, um calmo de frustraçao. Muitas vezes já nem me apetece gritar, bater palmas, levantar-me nos lances emocionantes. Só apetece ficar sentado a ver uma equipa que mal identifico como o nosso Sporting e a ver o clube cair aos pedaços.
Por vezes quando os vizinhos de fila trazem à conversa certos erros, ainda tento mostrar o que realmente passa e o que as recentes votaçoes recentemente fizeram, mas o estado de cegueira é exasperante.

Tenho saudades do tempo em que ser do Sporting fazia-nos sentir especiais.

Ainda me lembro do orgulho com que o meu avô falava do seu Sporting, das tardes solarentas de grandes conquistas, das grandes vitórias sobre o benfica, sobre a superioridade total no universo desportivo português.
Agora simplesmente convenço-me que os meus netos nunca me ouviram dizer tal coisa.

O meu primeiro derby em Alvalade foi a machada decisiva. O golpe supremo.

Mas ficarei sempre do Sporting e sofro sempre, talvez nao tao intensamente. Talvez seja por acreditar sempre numa reviravolta, por acreditar sempre que a “perder por 0-3”, podemos “ganhar por 4-3”, mesmo que faltem “10 minutos”. Ou entao é mesmo por ser Sportinguista…

É um assunto complexo e que, por mais que queiram, não conseguem deitar as culpas apenas para cima de uma ou várias pessoas. As razões são várias e também os adeptos têm a sua quota.

E verdade tambem concordo com todos voces, continuo a a ser do sporting tenho 2 filhos de 10 e 7 anos sao do sporting e acho que ja nao mudam, pelo simples facto que eles ja adoram o sprting, ja viram jogar o sporting 2 vezes, em leiria o ano passado vitoria 1-0 vibraram intensamente e quando viram o Sa pinto vir oferecer a camisola a juventude leonina no final do jogo !!E ha 3 anos na apresentacao com o Verona!!
Mas as vezes interrogo me a mim mesmo, se o sporting continuar como esta agora , eles irao sofrer muito, e e por isso que por vezes o sporting joga ganha ou perde eu nem lhes digo nada, eles por vezes perguntam me e eu tento desvalorizar a vitoria ou derrota, eu nao quero que eles sofram o que eu tenho sofrido pelo sporting!!
Mas mais uma coisa posso dizer , eles ja nao mudam, e sem eu lhes mostrar o meu anti-benfiquismo, o meu mais velho nao pode com o benfica, nem com jogadores do benfica na seleccao, eu tento lhe explicar que e seleccao portuguesa nem tem clubes, mas quando ve o Petit e o Simao na seleccao fica passado!!
Mas a verdade e que este sporting nao desperta interesse!!
Temos de fazer algo!!

Na luz também só estiveram 22 mil pessoas.
É o futebol português que está doente… e por consequência todos os clubes.

para mim o sonho verde e o orgulho de leão vão morrer comigo…mas não sou passarinho…
já fui enganado bastantes vezes nos ultimos anos…mmais do que em 18 sem ganhar nada…pelo menos havia alma…

o nosso clube está de rastos…só não vê quem não quer…

apesar do pessimismo instalado, continuo a dizer que este ano vai haver festa lá para maio!!!

eu acredito!

Longe vão os tempos dos 18 anos sem ganhar nem à sueca, mas que dava gosto ver o Sporting: Alvalade cheio, cachecois antigos no ar, o apoio à equipa, a mística leonina entretanto desaparecida... Hoje em dia, é uma miséria...

O que me espanta a ler estas coisas escritas por rapazes de vinte e poucos anos.

Não tenho dados oficiais para defender a minha tese, mas frequentei assiduamente Alvalade nos anos 80 e tenho quase a certeza de que as médias de espectadores andavam longe dos actuais 30000.

O que me preocupa em relação ao Sporting é o futuro, porque o passado pelo menos o recente, aquele que eu vivi, não me deixa saudades, antes pelo contrário