NBA | 2019 - 2020

Nem tinha visto.
Excelente notícia para os Rockets e para o jogo de Basketball.

O maluco do Gilbert até diz umas coisas acertadas…

1 Like

A ver o que vai sair daqui…

1 Like

Smile and wave. Esperava mais do Ballmer. Safa-se a adição do Billups.

1 Like

Vamos ver. Eu tenho uma opinião positiva dele, só acho que descambou agora.

Desde que o Morey assumiu a equipa eles foram a única equipa do oeste que tiveram sempre épocas acima de .500. Só o Spurs é que tiveram mais vitórias.

Foram a única equipa da conferência capaz de dar luta aos warriors e estiveram sempre competitivos.

A verdade é que por uma ou outra razão foram sempre a equipa do quase, tiveram azar porque em determinados momentos tiveram lesões e apareciam sempre equipas mais fortes, ou eram os Lakers do Kobe e Pau, ou os Spurs do Popovich, ou a hegemonia dos Warriors, agora Lakers e Clippers, eram sempre aquela segunda terceira equipa que ficava a ver navios.

Mas foram um franchise que construíram estás equipas sem nada lhes ter ido parar ao colo, leia-se uma top pick ou um free agent de topo, foi tudo construído através de bons drafts, trocas e um certo risco.

Está época é que fez umas coisas absurdas, se a saída do CP até se percebe pelo contrato, a vinda do WB e mais tarde a saída do Capela foram absurdas mas segundo consta a primeira foi pedido expresso do Harden e a segunda já nem passou primeiramente pelo Morey. Ou então está a livrar-se da mesma.

Eu acho que ele tem mérito pelo risco, pela tentativa incessante de ser competitivo e pela procura de mexer com as coisas, acho que vai arranjar trabalho rápido.

1 Like

Mas esse dado não é muito relevante para a minha opinião do que eram os seus Rockets. Os Rockets, com ele, nunca seriam equipa de playoff mas sim de época regular. Eu já aqui tinha citado o Kobe Bryant sobre este assunto já que ele diz exactamente o que eu penso deles (e eu nunca gostei do jogo do Kobe mas sempre gostei de o ouvir a falar do jogo em si).

Eles depois desta entrevista mudaram o jogo, de facto, mas ainda para pior. Depois disso deixaram de jogar com 4 nem 5. Resulta na regular season porque nenhuma equipa adapta o jogo a pensar na outra. O esquema dos Rockets implica que a outra equipa se adapte a eles (o que não quer dizer que façam o mesmo jogo). Uma equipa que numa semana vá jogar 3 jogos “normais” e depois leva com este estilo “anormal” é relativamente natural que tenham dificuldades a jogar contra os Rockets. Agora, nos playoffs as equipas preparam-se, adaptam-se, têm um ou dois jogos para experienciar o que é jogar contra eles e depois basta ser competente e ter peças no roster. Basta ver o que aconteceu tanto contra OKC como contra os Lakers. (se batem de frente com um Kobe, Rondo, LeBron, Chris Paul, etc, é complicado já que são uns savants do jogo)

O que eu quero dizer com o “boas notícias para os Rockets” é que agora abrem uma possibilidade de entrar num rumo que os leve, de facto, a estar próximos de ganhar alguma coisa. Não sei se vão ficar piores ou melhores, mas espero que abandonem de vez este caminho que nunca, na minha opinião, os levaria a sequer lutar pelo título.

Aqui é um ponto “engraçado” que levantas. Eu explico isso com o facto dos Warriors terem, também eles um estilo muito próprio de jogo do qual não abdicam, nem em playoff, devido tanto a estar entranhado na equipa, como a ter executantes extraordinários que se acham melhores que qualquer outro (e com razão na altura) . E como disse acima, o jogo dos Rockets implica que a outra equipa se adapte. Quando a outra não quer abdicar de algumas ideias num match-up, arrisca-se a ter dificuldades contra eles.
A série dos Lakers-Rockets foi paradigmática neste aspecto. Veja-se a derrota dos Lakers, como jogaram exactamente como faziam contra as outras equipas, e a forma como mudaram radicalmente o line-up, rotações, características de jogo etc. Abafaram completamente os Rockets e nem foi pelo facto de terem AD e LeBron mas sim pelo sistema de equipa montado.

Já agora ficam aqui os meus props para o tipo dos dentes incandescentes.
O Frank Vogel foi excepcional nestes playoffs nas afinações que foi fazendo ao longo das séries (apesar de eu ter criticado pontualmente algumas rotações e excesso de lançamentos de 3pt). Se olharmos para a globalidade da época, o Vogel foi o primeiro treinador do LeBron que eu senti que teve verdadeiro impacto positivo na sua equipa e que o ajudou de grande maneira a conquistar o anel. Não se limitou a ser um gestor de egos, ao contrário do Lue, p. ex…
(Spoelstra ainda era um aprendiz nos tempos dele em Miami, este Spo já é outra coisa. Desenvolveu-se como treinador e mostra-se, actualmente, como um dos melhores.)

2 Likes

@i0tech tudo certo mas eu estava a falar de todo o seu percurso e não tanto destas últimos anos, até porque segundo li uma das razões da sua demissão foi não ter tido voto total nestes últimos movimentos dos Rockets.

A troca do Harden foi excelente, trocam um gajo que a única coisa que sabia fazer era marcar pontos quando estava on(ok, o Martin era fun to watch mas nada mais) e umas picks por um jogador que na altura já dava sinais de que ofensivamente era do melhor da liga(sei que és hate dele mas a troca em si, foi excelente). Na altura era um risco até pelas lesões que o Harden havia tido e por ser um gajo ofuscado nos Thunder.

Os drafts também foram quase sempre bem feitos, o Parsons foi um achado(muitos olham ao que faz hoje mas o seu início foi muito bom), o próprio Capela, raramente fizeram contratos absurdos e overpaying desmesurado e olhando para o legado que deixa, para mim globalmente é positivo.

Eu acho que ele já deve ter alguma equipa na manga, acredito que dentro de pouco tempo estará de volta.

Essa conversa dos títulos só pode vir de adeptos dos celtics, a verdade é esta na era moderna da NBA desde 1980 , 11 títulos para os Lakers, 4 para os celtics, o resto é conversa, o total é 17 quer gostem ou não, é o que é, não foram só os Lakers que mudaram de cidade.

1 Like

Imaginem contar os títulos de um franchise desde 1980 e outro desde 2008, só porque dá jeito.

1 Like