Mundial 2006 - Convocados

E o que pensam V.Exas. da lista…

Lista de convocados de Portugal para o Mundial 2006:

- Guarda-redes: Ricardo (Sporting), Quim (Benfica) e Bruno Vale (Estrela da Amadora);

- Defesas: Miguel (Valência, Esp), Paulo Ferreira e Ricardo Carvalho (Chelsea, Ing), Fernando Meira (Estugarda, Ale), Ricardo Costa (FC Porto), Caneira (Sporting) e Nuno Valente (Everton, Ing);
[b]

  • Médios: [/b]Costinha (Dínamo de Moscovo, Rus), Petit (Benfica), Maniche (Chelsea, Ing), Tiago (Lyon, Fra), Deco (FC Barcelona, Esp) e Hugo Viana (Valência, Esp);

- Avançados: Figo (Inter de Milão, Ita), Cristiano Ronaldo (Manchester United, Ing), Boa Morte (Fulham, Ing), Simão e Nuno Gomes (Benfica), Pauleta (Paris Saint-Germain, Fra) e Hélder Postiga (Saint-Etienne, Fra).

Ca nojo de selecção, tirando obviamente Ricardo, Caneira, Deco, Ronaldo, Ricardo Carvalho, e os outros conceituados…o brasuca quer afundar o barco cedo de mais…

Ricardo Costa? Postiga? Viana? Petit? Nuno Gomes perdão perdão dona amélia…entre outras “estrelas”

Desculpem, mas dass…

O que são Terry ou um Nesta à beira do grandioso Ricardo Costa? Não entendo a admiração…

Enfim… nem comento! Demasiado real mas surreal ao mesmo tempo. :lol: :arrow:

Retirando um ou outro jogador que não concordo com a sua chamada, não entendo tanto “barulho” por causa da convocatória.

Mais uma vez estamos a ser levados pela campanha lançada por Pinto da Costa que deve ter saudades de ser ele o “seleccionador”.

Concordo com o Zeze, não vejo o porquê de tanto alarido.

Depois de se ter sabido que o Moutinho e o Quaresma não iam (meter o Manelele no mesmo saco só mesmo para lampião ver), ficou claro que a convocatória seria mais ou menos esta.

Eu pessoalmente, Moutinho e Quaresma à parte (escolhas discutíveis mas que se compreendem), só tinha levado o Tonel em vez do Ricardo Costa e o Paulo Santos em vez do Bruno Vale (que poderá defender-se no Euro Sub-21 com medo de perder a viagem à Alemanha).

  1. tal como já está a ser discutido noutro sitio, esta vergonhosa convocatória tem de certeza objectivos bem defenidos :wink:
[b]Concordo com o Zeze, não vejo o porquê de tanto alarido.[/b]

Depois de se ter sabido que o Moutinho e o Quaresma não iam (meter o Manelele no mesmo saco só mesmo para lampião ver), ficou claro que a convocatória seria mais ou menos esta.

Eu pessoalmente, Moutinho e Quaresma à parte (escolhas discutíveis mas que se compreendem), só tinha levado o Tonel em vez do Ricardo Costa e o Paulo Santos em vez do Bruno Vale (que poderá defender-se no Euro Sub-21 com medo de perder a viagem à Alemanha).

Acho que o grande problema do Scolari foi o facto de ter desde o final do Euro 2004 (e início da fase de qualificação) ter escolhido, à priori os jogadores que iriam fazer parte do elenco. E tendo em conta que quem ia à selecção não eram os melhores jogadores nacionais, mas sim quem o Scolari entendia que devia ir (seja lá por que razão for) esta convocatória não me espanta. Não fugiu à imagem dele, e só choca o R. Costa, porque de resto nada de anormal (tendo em conta esta realidade).

Discordo das opções Ricardo Costa, Boa Morte, Hugo Viana, Bruno Vale, Nuno Valente, Costinha, Maniche e Nuno Gomes mas são escolhas coerentes, o Scolari nunca iria chamar o Tonel, por exemplo, nunca o tendo convocado antes, enfim, selecção já anunciada há algum tempo e sem surpresas! :arrow:

FORÇA PORTUGAL!!! :smiley:

Concordo com o Zeze, não vejo o porquê de tanto alarido.

Depois de se ter sabido que o Moutinho e o Quaresma não iam (meter o Manelele no mesmo saco só mesmo para lampião ver), ficou claro que a convocatória seria mais ou menos esta.

Eu pessoalmente, Moutinho e Quaresma à parte (escolhas discutíveis mas que se compreendem), só tinha levado o Tonel em vez do Ricardo Costa e o Paulo Santos em vez do Bruno Vale (que poderá defender-se no Euro Sub-21 com medo de perder a viagem à Alemanha).

Concordo absolutamente contigo. Ponto por ponto.

Também estou com o Zeze. Está na moda malhar no Scolari.

Qualquer um poderia adivinhar a convocatória, dada a coerência que Scolari tem tido.

Também acho que Quaresma, Moutinho e Tonel poderiam lá estar, mas estamos além de estarmos a falar de terceiras escolhas para o onze, estamos a falar de estreias em jogos oficiais da selecção, coisa que Scolari nunca deixaria acontecer a meio de um mundial.

Mais polémica achei a convocatória dos sub-21 e não vejo ninguém a falar do assunto…

A.A.

Sinceramente, e clubismos à parte, apenas acho que o cepo do Boa Morte não deveria estar aí, pois o Quaresma tem muito mais capacidade para entrar a meio de um jogo e desiquilibrar.

Quanto à escolha do Ricardo Costa é perfeitamente compreensivel, é muito mais versátil e polivalente que o Tonel ou o R.Rocha.

E se foi com esta selecção que o Scolari teve relativo sucesso, para que inventar muito mais? É normal que ele aposte nos jogadores que já conhece bem e com quem tem trabalhado.

A meu ver, perdeu - quem queria ver surpresas, claro! - o seu precioso tempo.

Quanto a Scolari as posições que muitos dizem estar extremadas é fruto da sua maneira de estar no mundo: rufiona e sempre necessitada do conflito para poder reinar (ou desertar). Ainda há pouco eram reuniões e entrevistas demasiado comprometedoras com a federação inglesa e agora já são juras de amor aos portugas.
Aos que o exaltam pela oposição eficaz e - dizem alguns - única a PdC devemos equacionar o preço que pagámos e vamos continuar a pagar por este “fait divers”. Esses o que queriam, afinal, não era um seleccionador nacional mas sim um juiz competente no “apito dourado”.

Esta convocatória é a do seleccionador nacional que tem toda a legitimidade para fazer as escolhas que lhe aprouverem, como terá , no caso da campanha da Alemanha dar para o torto, a obrigação de assumir as suas responsabilidades perante a estrutura que lhe paga e o povo que alicia para seu aliado, com a mesma fedúncia com que proclama a sua posição hirárquica sobre o treinador dos sub-21.
No entanto, na minha humilde opinião e à luz de critérios objectivos de qualidade, melhor forma, classe e versatilidade para cada uma das posições da equipa, esta convocatória revela um monte de equívocos, ou se quisermos, de teimosias Scolarianas, de incongruências e manias. Naõ sei como se pode defender, à luz de critérios límpidos e coerentes (Scolari, em boa verdade nunca revelou os seus) os escalamentos de Ricardo Costa, Costinha???, Maniche, Nuno Valente, Viana, Postiga
Se me disserem que não há melhor OK estamos conversados sobre a verdadeira dimensão do futebol português e do trabalho de observação e prospecção de jogadores efectuado pela equipa da FPF.

Quem bate muito em Scolari, contudo, comete um erro de focagem e uma avaliação demasiado severa sobre a qualidade desejada no órgão máximo do futebol lusíada, depois de conseguirmos sem grandes problemas nem convulsões, encaixar um invertebrado e incompetentíssimo Madaíl após a vergonha da Coreia em 2002.
Tudo à nossa justa medida!

Tal como no resto do mundo, digo eu, nunca existe, nem existirá consenso numa convocatória para a selecção nacional.

As razões são conhecidas, desde a clubite aguda até à forma diferente de analisar os jogadores, tudo serve para sobrepôr a nossa opinião em relação à do selecionador, que regra geral, é um energúmeno que para ali anda.

Sinceramente acho que Scolari tem sido coerente e a sua ideia de criar uma equipa, no verdadeiro sentido do termo, faz todo o sentido, principalmente num país onde, conforme se verifica facilmente, não abundam os foras-de-série. Apesar de não acreditar muito em grandes feitos neste campeonato, acredito que Scolari está a seguir a fórmula correcta e aquela que mais hipóteses de sucesso nos dará.

Tivesse o nosso futebol metade da coerência apresentada por Scolari, e estaríamos, com certeza, bastante melhor.

Se me disserem que não há melhor OK estamos conversados sobre a verdadeira dimensão do futebol português e do trabalho de observação e prospecção de jogadores efectuado pela equipa da FPF.
Eu acho que o problema é exactamente o de não haver melhor, meu caro. E penso que isso nem sequer se deve a falhas de prospecção da FPF. Acredito que a prospecção faça diferença nas camadas jovens, mas ao mais alto nível a triagem já foi feita pelo mercado e os jogadores que interessam já fizeram o seu caminho até aos clubes de maior visibilidade. O problema é que o lote dos melhores 30/35 jogadores portugueses não é, salvo melhor opinião, nada que faça abrir a boca de espanto.

Creio que as expectativas foram artificialmente elevadas ao longo da última década, com o mito das “gerações de ouro”, meia dúzia de boas exibições arrancadas nos grandes certames (contra a Dinamarca em 96 ou a Inglaterra em 2000, por exemplo), e acima de tudo a prestação no Euro 2004 (ignorando-se o muito de conjuntural que lhe esteve subjacente).

Quem se detiver a olhar para a nossa selecção constata que não temos um GR de primeiro plano, estamos completamente descalços de lateral esquerdo, centrais de verdadeira classe temos dois (e um deles agora lesionado), trincos nem um, suplente para o 10 não há, e ponta de lança minimamente aceitável temos um e em fim de carreira.

Posições em que estejamos à vontade, só os laterais direitos, os médios centro polivalentes e os alas. Isto é manifestamente pouco para fazer uma selecção com ambições reais, e não é o Scolari que tem culpa disto.
Ele podia mudar três ou quatro nomes na convocatória, mas o nível global não subiria muito.

Mais polémica achei a convocatória dos sub-21 e não vejo ninguém a falar do assunto...

A.A.

Estranhei também a pouca abundância de laterais convocados, mas já entendi que Agostinho Oliveira utilizará centrais ou do lado esquerdo ou do lado direito sendo certo que Nélson será titular num dos lados. Ou isso ou a utilização de Filipe Oliveira (emprestado ao Marítimo) como lateral como aconteceu na primeira mão do play off frente aos suissos. De resto, não noto grande polémica.

Mas de que fala propriamente?

(...)

Posições em que estejamos à vontade, só os laterais direitos, os médios centro polivalentes e os alas. Isto é manifestamente pouco para fazer uma selecção com ambições reais, e não é o Scolari que tem culpa disto.
Ele podia mudar três ou quatro nomes na convocatória, mas o nível global não subiria muito.

Também não pretendo isso de Scolari, embora discorde de que 3 ou 4 elemntos a substituir os que referi no meu post anterior, pudessem na minha opinião dilatar um pouco mais o conjunto das escolhas. Mas, era necessário, até para um reforço da idéia de que era preciso lutar para ter lugar na selecção nacional, que houvesse premiação dos melhores desempenhos e, sobretudo, a forma actual evidenciada, o que fazia antever dar lugar a novos nomes sem quaisquer dogmas de longevidade no trato e no conhecimento. Parece-me consensual que quem não joga regularmente há muito tempo não pode ter ritmo nem apresentar-se em boa forma. Outros haverá que, de tão desgastados pela sua utilização pelos seus clubes tb poderão estar mais debilitados. O único critério, contudo, que ouvi da boca do sr. seleccionador Scolari foi o da manutenção da escolha de elementos capazes de criar um bom ambiente e salutar relacionamento com os quais já está habituado, o que me parece muito, mas mesmo muito pouco para reunir um grupo de altíssima competição como uma disputa do campeonato do mundo de futebol.
Tem, pois, a palavra o grupo desportivo do Forum, ao que sei tudo bons rapazes, alguns com jeito para a bola mas ainda melhor apetência para um bom relacionamento à frente de umas bejecas e uns pregos no pão if you know what I mean… 8)

So por ver o pintainho a resmungar mais uma vez só me apetece dizer

SCOLARI ÉS O MAIOR.

A convocatória era bastante previsível, o que não significa que concorde com o seu conteúdo a 100%… Embora reconheça que o principal problema seja mesmo a falta de escolha, uma vez que não temos assim tantos craques, considero que com um ajuste aqui e ali, podia estar um pouco melhor.