Miopia - partilha de experiências

Desde há uns meses para cá comecei a aperceber-me que via desfocado ao longe e no dia em que não reconheci uma colega que me dizia adeus da outra ponta do corredor, decidi marcar consulta no oftalmologista, que me diagnosticou miopia e astigmatismo.

Não é nada de especial, apenas -0,25 dioptrias de miopia em ambos os olhos e algum astigmatismo num deles, mas lá tive que comprar umas lunetas, que o médico me aconselhou a usar quando conduzo à noite e quando sentir a vista desconfortável ao trabalhar ao computador.

O pior é que de cada vez que ponho os óculos e olho para qualquer coisa ao longe, ou mesmo quando vejo TV, os pormenores ficam tão mais nítidos e fica tudo tão focado que me sinto frustrado de cada vez que não os uso. Faz-me muita impressão a sensação de a qualidade de vida duma pessoa ficar dependente de um par de vidros côncavos, e o meu caso nem sequer é grave. Nem quero imaginar como se sentem pessoas com 6, 7 e 8 dioptrias e tremo só de pensar nos casos de colegas minhas que devido ao trabalho que têm, semelhante ao meu, vêm a coisa piorar de ano para ano.

Já para não falar do peso que tudo isto tem no orçamento. 70€ a consulta (de merda, diga-se), 250€ as lentes e isto só no primeiro ano. Vamos lá ver se a coisa não piora.

O cómico disto tudo é que eu este ano tinha dificuldade em distinguir os jogadores num jogo de futebol e como dantes não tinha problema nenhum em distinguir por exemplo, o Liedson do Nani, atribuía a culpa à realização, que, pensava eu, este ano não estava a fazer o zoom suficiente. :wall:

O mais irritante é saber que isto provavelmente foi causado pelo tipo de trabalho que desempenho. :wall:

Alguém está nesta situação? Quando começaram a usar correcção? Que tipo de trabalho faziam quando começaram a sentir sintomas? Alguém já fez cirurgia correctiva, vale a pena?

Desculpem o desabafo…

Na minha opinião, para já não preciss de te preocupar com cirurgias. Conheço casos em que as pessoas não aumentaram quase nada de dioptria. Por outro lado, sei que há pessoas que tentam não usar sempre os óculos (em situações semelhantes à tua) de modo a não piorem (parece contraditório mas parece que a vista tende a necessitar de uma maior distancia para focar, logo começa a haver necessidade de aumentar a dioptria).

Atenção: não sou nenhum médico… :inde:

Eu devo ter uma sorte do tamanho do mundo no que diz respeito a olhos.
Tenho 35 anos, trabalho com computadores desde os 15 e cerca de 8 a 10 horas diárias.
Nunca tive o mínimo problema, sempre vi muito bem ao longe, ao perto, com muita ou pouca luminosidade. às vezes, devido a esta sorte, até exagero e por vezes leio um livro com pouca luminosidade.
Os meus pais têm de usar óculos, sobretudo em trabalho. A minha irmã tb trabalha com computadores e teve de começar a usar óculos quando está a trabalhar. A grande maioria (90%) dos meus amigos e colegas de trabalho que também trabalham com computadores têm todos de usar óculos pelo menos quando estão a trabalhar.
Portanto, neste caso tenho imensa sorte.

Eu já uso óculos desde 1999. Comecei a usar porque num determinado ano escolar o raio do professor decidiu pôr-me na última fila, cá atrás, e eu não conseguía ver porra nenhuma do que ele escrevia no quadro. Até que dei conta de que não via bem. Tenho miopia e sinceramente não sei dizer com que gravidade… E isto porque fiz o erro tremendo de nunca ter feito exames até… agora. Três anos depois ainda fiz um exame mas a minha vista estava mais ou menos igual e só mudei os óculos, que tinham partido, e não as lentes.

Agora estou a ficar cada vez pior… noto que não consigo ver bem já com as lentes que tenho e o pior é que há alguns meses via melhor do que agora. E sou um gajo que devido à minha profissão estou constantemente colado ao computador… ainda assim felizmente agora só vejo praticamente uma hora de TV por dia, mas no computador passo demasiado tempo.

Na próxima semana vou estar num acampamento como monitor portanto não posso, mas na semana seguinte irei fazer novo exame à vista e desta vez tem que ser! Só ainda não sei se vou optar por comprar umas lentes novas ou fazer uma cirurgia correctiva. Estou cada vez mais inclinado para isso e a tentar perder o “medo”… só não sei é se é eficaz. Eu tenho uma miopia aparentemente bastante elevada e não sei se a cirurgia é eficaz em vistas muito ou pouco degradadas. Alguém sabe dizer isso? E já agora alguém sabe dizer mais ou menos quanto é que custa uma cirurgia?

Boas!

Tal como o Eddie também sou um recém caixa-de-óculos. :wink:

Tudo começou quando há uns 5/6 anos atrás, fui à inspecção e reparei que no teste da visão estava com dificuldades em focar com o olho esquerdo.
Mesmo assim fui adiando a ida ao oftalmologista até que há cerca de 2/3 anos fui a um rastreio grátis (ali no Saldanha) onde me confirmaram alguma miopia e astigmatismo. De qualquer modo continuei a adiar a visita ao “doctor”.

Só agora ao fim de um tempão, e graças ao seguro de saúde, resolvi marcar uma consulta numa clínica que fica 8 andares abaixo do escritório (trabalho aqui há quase um ano!!!).

Faço hoje uma semana que os uso e creio estar a adaptar-me bem. Mas apenas os uso no trabalho (8 a 9 horas à frente do computador) ou a conduzir, e realmente noto uma melhor focagem.

No entanto não estou muito preocupado com a evolução disto. Se notar uma piora talvez tente usar lentes ou fazer cirurgia que pelo que sei deve custar uns 200 cts. Mas isso só se justificaria se tivesse mesmo muita miopia e deixasse de reconhecer a namorada. ;D

como o dmalmeida, sempre achei que tinha uma visão perfeita…estudava sempre com pouca luz, passava várias hora em frente ao pc ou à tv…até que comecei a ter alguma dificuldade de leitura de musica a marchar, mas como foi na mesma altura em que passei de alto para tenor, pensei que estivesse ligado…até que numa consulta pediátrica das minhas filhas me pus a olhar para aquele quadro que eles lá têm com uns simbolos e uns animais, e à distancia normal, tinha bastante dificuldade em identificar os da fila mais pequenina…segundo o médico pediatra…é mau sinal!!!
logo, tenho de ir ao oftalmologista, mas ao mesmo tempo não me apetece muito lá ir, porque se lá for, ele ainda diz que eu vejo mal… :twisted:

Boas, eu descobri que precisava de óculos no 9º ano ou seja, há coisa de 5 anos mais ou menos. Eu sempre me sentei na segunda fila, e estava sempre com umas dores de cabeça infernais até que percebi que era da vista. Marquei uma consulta para o oftalmologista e lá me diagnosticou 0,5 e 0,25 num e noutro olho. Hoje em dia claro que já sofri uma evolução bem grande, tenho cerca de 2,5 em cada olho. Ao perto vejo muitíssimo bem, contudo ao longe sou cego.

O médico disse que eu podia operar depois dos 20anos quando já estivesse mais estabilizada a evolução disto e é o que pretendo fazer. O meu sonho é um dia acordar e não precisar de “extras” para ver tudo na perfeição, deve ser tão bom…

Usei óculos bastante tempo, agora uso lentes de contacto que é muito melhor. Contudo ao computador cria algum desconforto, principalmente se não temos muita lágrima natural (meu caso). Em casa tiro sempre as lentes e ponho os óculos.

Conto aqui uma história engraçada:

Um amigo meu (que também sofria como eu do mesmo problema, não ver nada ao longe), quando andávamos no 12º ano perguntou-me a mim enquanto apontava para a estação do autocarro: “É o 10 o autocarro que aí vem?” ao que respondi depois de ver que era o 49 que seguia para chelas enquanto que a casa do rapaz é nas olaias “é, corre!”. Ele acedeu e como os autocarros ao perto são iguais entrou e nem percebeu que estava no autocarro errado. Foi engraçado saber como correu, no dia seguinte :stuck_out_tongue:

Aguardo a hora de fazer a operação.

Desculpem o testamento :slight_smile:

Três pessoas da minha familia já fizeram operação e estão bem melhores. Para além de estarem horas e horas a falar das diferenças, que antes não viam as lentras do Jumbo e que não sabiam distinguir as matricula ainda diziam que não doia nada e que eram inclusivamente muito suaves a fazer o tratamento.

Segundo me contaram, através de umas ferramentas ficas como tivesses os olhos esbugalhados e depois de levares anestesia (que são umas gotas) começam a operação. A operação em si não demora muito porque estamos a falar de milimetros muito pequeninos que apenas podem ser corrigidos através da cirurgia a laser, que tambem não é bem um laser. Na altura, dizeram-me o nome daquilo mas já não me lembro, mas quem pensa que é um laser tipo StarWars engana-se. ;D

A parte mais chata acaba por ser nas semanas que passam, para além de nos primeiros 2/3 dias veres tudo laranja (o que é terrivelmente chato), ainda tens de estar de 2 em 2 ou de 4 em 4 horas a colocar gotas nos olhos. Claro que provoca um certo pânico abrir os olhos e ver tudo laranja mas garanto-te que passa e passas a ver melhor. Contudo com a idade é normal que a vista ao perto começo a perder um pouco a nitidez e o foco, ao qual só mesmo a utilizaçao de uns oculos apenas para ver ao perto (ler um livro, revista…) pode curar. Mas tá descansado que com a tua idade, estás longe de precisar destes óculos.

Conheço um caso semelhante mas um bocado mais extremo.

Um conhecido meu, com um grau de mioipia semelhante ao do Mr. Magoo, estava também à espera do autocarro na paragem e quando fez sinal para este parar não foi bem uma questão de ser o autocarro errado… Era uma betoneira amarela…
:rotfl: :rotfl: :rotfl:

:rotfl: :rotfl: grande moca essa

Boas.
Eu também sou míope e tenho uma graduação semelhante à tua. Parece que é pouco, mas é o suficiente para não conseguirmos ler nada ao longe e apenas distinguir a forma das coisas.

Algumas curiosidades da miopia:

1 - Quando não usamos lentes (mormente em graduações muito baixas), temos tendência a considerar o mundo nítido e esquecemos que vemos mal ao longe. Só quando colocamos os óculos e passamos a ver tudo nítido ao longe é que ficamos com a noção de quão mal víamos. Depois, quando tiramos os óculos, parece que passámos a ver ainda pior ao longe, mas com alguns minutos de habituação a vista corrige um pouco. (à atenção do dmalmeida, porque tal como ele, há muita gente que pensava que via bem ao longe, até ir ao oculista).

2 - Ao contrário daquilo que muita gente pensa, a «longa distância» em oftalmologia, começa a partir dos 40 cm. Os que são míopes, façam uma experiência: aproximem-se até 40 cm do televisor, do monitor ou de qualquer outro objecto com iluminação e vejam esses objectos com e sem óculos e depois digam-me qualquer coisa. Não se esqueçam que esses são os óculos que vocês usam para «ver ao longe».

3 - A curiosidade mais estranha de todas: a partir dos 40 anos, algumas miopias tendem a degenerar, ou seja, trocamos a boa visão ao perto pela boa visão ao longe e começamos a ver mal ao perto.

De operações, já ouvi de tudo. Um colega meu de emprego, fez aos 2 olhos e diz que está impecável, embora o que lhe tenha custado mais um bocado, tenha sido a recuperação, pois segundo ele, esteve mais de um dia com a sensação de grãos de areia nos olhos. Por outro lado, a minha madrinha também fez essa operação e só um olho ficou bom; o outro não ficou lá grande coisa e continua em tratamentos.

Em relação a preços, não vos quero desmoralizar, mas por menos de 2.000 €, não vão conseguir essa intervenção em lado nenhum… :-\

Pelo que li a miopia resulta do alongamento da vista. Só ainda nao percebi muito bem como é que estar colado a um computador pode provocar isso. Gostava de perceber melhor o que pode provocar a miopia e outros problemas visuais.

Presente.

No meu caso isso acontece com os óculos colocados.

Bom, já tenho um par de progressivas encomendado… e olha que não foram baratas. :frowning:

Mas deixaste de ver mal ao longe e passaste a ver bem ao perto ou já não vês bem em nenhuma das situações? Não te esqueças que os óculos para ver ao longe, são mesmo só para ver ao longe. A menos de 40 cm de distância, essas lentes não servem e tens de tirar os óculos, pois já estás a «ver de perto». Se já não vês bem nem ao longe nem ao perto, então sim, estás mesmo a precisar de lentes progressivas. ???

http://www.ataraxia.pt/miopia.htm :wink:

Com as actuais lentes vejo bem ao longe, o problema é de perto. Se precisar ler um documento, tenho de tirar os óculos e aproximá-lo cerca de 30 centímetros dos olhos.
Se olhar agora para o relógio, por exemplo, vejo mal as horas e o calendário então nem se fala, tenho de levar o pulso acima do aro superior dos óculos (dá menos trabalho que tirar os óculos ;D) para ver que de facto há um calendário.
O meu oftalmologista diz que isso é consequência de uma série de factores: vista já algo cansada, idade, passar muito tempo a trabalhar em computador, necessidade de ler muito e, imagina só, até o stress…
“Para longe”, já mudei 4 vezes de óculos sem necessitar mudar a graduação… pelo menos isso…
Enfim… a idade não perdoa… :inde:

Para mim, tudo isso que disseste, é perfeitamente normal. Eu também não consigo ver ao perto (menos de 40 cm), utilizando os óculos de ver ao longe, precisamente porque as lentes são para ver ao longe e não ver ao perto. Como no dia-a-dia, temos mais necessidade de apreender o que está à nossa volta do que ver ao longe, a oftalmologista aconselhou-me a usar os óculos apenas para conduzir, ver futebol no estádio, ver tv ao longe, etc. 8)

SCP always e Alvar, o vosso caso é exactamente o contrário do meu…eu ao perto (PC, ler, relógio, telemóvel) não sinto nenhuma diferença com ou sem óculos, mas a partir de 1 metro de distância os óculos fazem toda a diferença.

Apesar de o médico dizer que eu só precisava dos óculos para conduzir e quando estivesse muitas horas frente ao pc, hoje andei na rua pela primeira vez com óculos para ver como me sentia. A primeira coisa que notei é que tropeçava em tudo o que era degrau ou relevo no chão, parecia que o chão estava côncavo. Mas tudo o que estava a média/longa distância via-se perfeitamente. Depois quando os tirei foi como ter estado a ver um filme em formato digital e de repente passar a ver um filme em VHS.

Quanto às cirurgias, isso foi a primeira coisa que me passou pela cabeça: “faço uma cirurgia correctiva e resolvo o problema em definitivo”. Mas não é assim tão simples, primeiro é preciso que tenha passado pelo menos um ano com a situação estável, além disso como só tenho 0,25 dioptrias a cirurgia praticamente não deve ter efeito. Uma coisa é alguém ter 5 ou 6 dioptrias e fazer a cirurgia, mesmo que não fique a 100%, ia ter um efeito significativo. Mas no meu caso acho que não vale a pena arriscar, além de que duvido que a técnica esteja aperfeiçoada ao ponto de corrigir um defeito tão pequeno.

1º olha que é cara a cirurgia, a não ser que o seguro de saude cubra.
2º acho que não precisas para já de a fazer.
3º tu tens miopia e parece-me que o que referiram atras é hipermetropia.

Pessoalmente o meu nível de miopia, embora não saiba neste momento traduzir isto em valores, parece-me ser bastante elevado, portanto acho que uma cirurgia se justifica. É um bocado caro, pelos vistos (se forem os tais 2000€) mas há volta a dar e sempre é melhor isso do que andar ano sim ano não a gastar 400 ou 500 euros em óculos novos (se a vista se degradar muito). Digo eu… Mas estou mesmo a tentar ganhar coragem para a fazer.