Medidas do BE para os incêndios

1 - Despenalização imediata dos incêndios.

2 - Tendo em conta que os incendiários são doentes e socialmente marginalizados, devem ser tratados como tal: é preciso criar zonas específicas para poderem incendiar à vontade. Nas “Casas de Incêndio” serão fornecidos fósforos, isqueiros e alguma mata. Sob a supervisão do pessoal habilitado, poderão lutar contra esse flagelo autodestrutivo.

3 - Fazer uma terapia baseada nos Doze Passos, em que o doente possa evoluír do incêndio florestal à sardinhada. O pirómano irá deixando progressivamente o vício: da floresta à mata, da mata ao arbusto, do arbusto à fogueira, da fogueira à lareira, da lareira ao barbecue até finalmente chegar à sardinhada do Santo António e São João.

4 - Quando o pirómano se sentir feliz a acender a vela perfumada em casa, ser-lhe-á dada alta, iniciará a sua reintegração social e perderá o seu subsídio de incendiário.

in Expresso, o Inevitável

Não há nada para comentar a não ser a parvoice desses bloquistas… são muito radicais! E fazer chantagem com uns charrinhos para a malta não pegar fogo à mata heim?

LOL!

Mas há quem seja mais parvo que eles…

que dizer de um ministro como o Costa, que numa semana que é a “cereja no bolo” da demonstração que mais uma vez nada foi feito nos meses anteriores para prevenir e preparar a desgraça vem sugerir, como grande medida, a criação de um avião europeu? É preciso não ter vergonha nenhuma naquela tromba.

Como dizia o Bush, se não houvesse arvores não haviam incendios…

Fazer política à custa da desgraça alheia é a coisa mais fácil do mundo, mesmo BE, campeão do populismo ao contrário, cai sempre na mesma armadilha, é uma piada bem “apanhada” pelo Expresso! :arrow:

E queimar os BE´s suponho que esteja fora de questão :twisted: :twisted: :twisted:

Realmente …

… eles tinham razão quando propuseram o controlo de qualidade das “pastilhas” nas discotecas, estas devem estar todas maradas.

Eles não tem culpa, os culpados são os que lhes dão importância.

cumps,
VCoelho

Mas há quem seja mais parvo que eles...

que dizer de um ministro como o Costa, que numa semana que é a “cereja no bolo” da demonstração que mais uma vez nada foi feito nos meses anteriores para prevenir e preparar a desgraça vem sugerir, como grande medida, a criação de um avião europeu? É preciso não ter vergonha nenhuma naquela tromba.

Também ouvi, não só as dele como as do presidente da república…

O que eu fico admirado é não termos ainda batido no fundo, com a miserável classe politica que temos, mas chegaremos lá, eles vão conseguir enterrar-nos. :evil: :evil:

Para quando uma vassourada nesta escumalha toda? para quando a responsabilização pelos actos cometidos contra Portugal? para quando políticos que se preocupam com o nosso país?

Sinceramente começo a ficar farto disto…

PS: Desculpem o desabafo.

Basta que deixem de votar nos partidos do bloco central. O pessoal critica, critica, mas vota sempre nos do costume.

Mas há quem seja mais parvo que eles...

que dizer de um ministro como o Costa, que numa semana que é a “cereja no bolo” da demonstração que mais uma vez nada foi feito nos meses anteriores para prevenir e preparar a desgraça vem sugerir, como grande medida, a criação de um avião europeu? É preciso não ter vergonha nenhuma naquela tromba.

Também ouvi, não só as dele como as do presidente da república…

O que eu fico admirado é não termos ainda batido no fundo, com a miserável classe politica que temos, mas chegaremos lá, eles vão conseguir enterrar-nos. :evil: :evil:

Para quando uma vassourada nesta escumalha toda? para quando a responsabilização pelos actos cometidos contra Portugal? para quando políticos que se preocupam com o nosso país?

Sinceramente começo a ficar farto disto…

PS: Desculpem o desabafo.

Mpcco,

Estás sempre à vontade para desabafar.

Em relação às pertinentes questões que levantas no teu último parágrafo, a minha resposta é muito simples: NUNCA.

No nosso país cultiva-se a incompetência e a mediocridade. Se no meu trabalho falhar (e olha que ele é muito propenso a que eu ou qualquer um dos meus colegas falhem), vem logo o balde de vaselina com gravilha da grossa a acompanhar. Em relação aos políticos e à política, funciona tudo ao contrário - quanto pior, melhor. É a corrupção, são os compadrios, os favores, etc. Após falharem rotundamente, os sucessivos ministros e secretários de estado dos diversos governos, são “altamente sancionados” com chorudos “tachos” de várias dezenas de milhar de euros em empresas estatais e não só.

No nosso país não existe responsabilidade; ninguém assume responsabilidade pelo que quer que seja, pelo simples facto do nosso sistema judicial composto por mais juízes corruptos do que aquilo que imaginamos, defenderem quem tem poder e dinheiro e transformarem um criminoso a contas com a sociedade, num cidadão altamente respeitável, com direitos superiores aos do vulgar cidadão que cumpre escrupulosamente com a lei. Aliás, mal estão também a educação e a saúde e não é certamente por falta de dinheiro (não me venham mais com essa merda de conversa), porque já se constatou que lá por fora, a verba investida quer na saúde, quer na educação é igual ou mesmo inferior à que se investe por cá e os resultados são incomensuravelmente melhores.

Conclusão: o político em Portugal não é competente, nem trabalha em prol das pessoas porque não tem necessidade de tal. :evil:

Podiam era vender os submarinos que o Paulo Portas comprou para comprar aviões para combater os incèndios, isso é necessário, os submarinos não são. :roll: