Luis duque Critica estrutura do futebol do Sporting

Luís Duque critica estrutura do futebol do Sporting
"
A estrutura do futebol profissional do Sporting está “mal organizada” e expõe desnecessariamente o seu treinador Paulo Bento. Esta é a opinião de Luís Duque, presidente da SAD (Sociedade Anónima Desportiva) dos “leões” quando, em 2000, se encerrou um longo jejum de 18 anos sem títulos nacionais.

O desgaste do técnico tem sido evidente nas últimas semanas, face aos inúmeros casos disciplinares que têm surgido no plantel, nomeadamente os relacionados com Vukcevic. Por isso, Luís Duque aponta o dedo à actual estrutura do futebol sportinguista. “A alteração do modelo organizacional do Sporting fez a sua primeira vítima na temporada passada, com a demissão de Carlos Freitas [administrador executivo da SAD], em resultado da grande pressão mediática que sobre ele recaiu. Esta pressão está agora sobre Paulo Bento que, se tudo correr mal, será a segunda vítima”, alertou ao PÚBLICO Luís Duque.

Para reforçar o seu ponto de vista, este ex-dirigente salienta os contrastes existentes em relação à estrutura montada durante a sua liderança: “A administração da SAD era então desempenhada por um equipa com competências bem delimitadas. Eu era um presidente profissional e tinha a responsabilidade pelo futebol (considero que é o presidente da SAD que tem de acompanhar os jogadores no balneário); Ferreira de Lima tinha os recursos humanos; Horta e Costa. e, mais tarde, Soares Franco tinham a parte financeira; Ribeiro Telles era vice-presidente para o futebol; Corrêa Sampaio tinha a formação. Era ainda acompanhado por um assessor para a gestão de activos, Carlos Freitas. Toda a gente sabia as suas responsabilidades e o treinador limitava-se a treinar”.

Também Dias Ferreira, outro ex-dirigente sportinguista, colocou algumas dúvidas em relação ao actual organograma. “Acho que há demasiada exposição do treinador com questões que ele devia estar à margem. Há questões que não deviam ser geridas por ele tão de perto e com tanta frequência”, defendeu. O PÚBLICO tentou ao longo desta terça-feira colher alguma reacção por parte da SAD leonina, nomeadamente do administrador Ribeiro Telles e do director desportivo Pedro Barbosa, mas tal não foi possível."

Volta Luis Duque :pray:

Já voltava para o clube. Se fosse oposição ao Soares Franco, arrastaria todos os sócios atrás dele.
Se houve uma pessoa no Sporting que me desapontou realmente, foi o Ribeiro Telles. O Pedro Barbosa é um fantoche num organograma em que a sua posição nada decide. Quero o Sá Pinto no banco.

QUERO O BETTENCOURT PARA PRESIDENTE E O LUIS DUQUE COMO ADMINISTRADOR DA SAD!!! SPORTING SEMPRE!

Sinceramente nao entendo porque tanta gente aqui tenta culpabilizar o Barbosa , mas eu nao sei nem sequer entendo onde ele tem alguma responsabilidade nesta crise do Sporting!!

E claro que a culpa nao morre solteira, mas e obvio que apesar do Paulo Bento nao ter capacidade para treinar o Sporting , a culpa nao e so dele, e e obvio que que os dirigentes que gerem o futebol , sao ainda mais culpados, mas nao vejo que o Barbosa tenha alguma culpa!!

Quanto ao Luis Duque, apesar ter falhado nalgumas contratacoes, mostrou a estes dirigentes da merda como se ganham campeonatos e se conquistam os adeptos, e certamente que nao e desta forma que o Sporting voltara a ser campiao, e se o for sera fruto da sorte e nao por um projecto ambicioso, por muito que eles o queiram fazer crer, os adeptos sportinguistas ja estao fartos destas promessas da treta, e os resultados estao a vista!!

E depois se a organizacao e um desastre, e com um treinador que a unica tactica que tem e tudo a monte e pontape para a frente, e obvio que isto so poderia dar nisto, uma epoca para esquecer!!

concordo com tudo o que disseram. grande Duque :arrow:

Mesmo antes de ter lido o texto ou racionalizado a questão, a primeira pergunta que me veio à cabeça quando vi aquele título foi:

Como é que se critica uma coisa que não existe? :think:

Não te iludas danielw.

O Sá Pinto no banco ainda vá que não vá.

Agora todos os outros de que falas estão incriminados até ao pescoço.

Então o “cabeça branca” Bettencourt é um dos principais culpados e responsáveis pelo estado calamitoso a que o Sporting chegou.Faz parte integrante do criminoso “Projecto Roquette”.

Quem vier, não pode ter NADA a ver com esta corja de vendidos e traidores.NADA.

Já está mais que na altura de haver uma vassourada em termos directivos , tou farto desta corja que tomou de assalto o nosso amado clube

Já chega de assobiarem para o lado :cartao:

volta Luis Duque , precisamos de gente capaz para levantar o Grande sporting

Para os criticos de P.Bento, atenção que já por várias vezes o L.Duque defendeu a continuidade do treinador no Sporting.

Luís Duque é o “último moicano” dos dirigentes do Sporting a sentir a querer sentir a proximidade dos sócios e dos adeptos. Desde que saiu, a capacidade de agregar e mobilizar Sportinguistas foi sempre a descer. Ainda existiram uns lampejos por parte da dupla Bettencourt / Ribeiro Telles com a senda do Jardel, mas foram só fogachos temporários.

Luís Duque tem discernimento suficiente para perceber que o principal responsável não é Paulo Bento… não é nem nunca foi. Paulo Bento não teria que passar por muitos dos actuais problemas caso tivesse uma direccão forte, com mentalidade vencedora e interessada em defender o Sporting até às últimas. É lógico que isso não iria resolver o problema do mau futebol da equipa, mas essa é só uma pequenina parte do problema.

Luís Duque é alguém que eu ‘comprava’ como vice-presidente da SAD ou director desportivo num âmbito mais alargado, a única coisa que não depositava com ele de todo seria a parte financeira da SAD (porque já se viu que ele é um bocado descontrolado neste aspecto).

[hr]

Off-Topic: Bettencourt é o senhor vice-presidente que, juntamente com FSF e os outros vices, assina todos os R&Cs do Clube, ou seja, é cúmplice de toda esta estratégia, caso contrário já se tinha demitido. Em suma, não serve.

Bettencourt é mais do mesmo, mas mais simpático. :cartao:

A minha análise à conduta desse senhor divide-se em dois aspectos. Primeiro, a forma como ele abandonou o clube. E depois a forma como, reconheço, apreciar a conduta dele em termos de efectividade da sua gestão. Reconheço que a aposta no futebol foi concreta, e os resultados começaram a surgir com ele à frente da Nau. Mas pareceu estar farto de tudo na forma como saiu do clube. As marcas ainda hoje se fazem sentir…

Não me parece que este Duque também seja solução para o que quer que seja… Devemos-lhe agradecer o título de 2000 para o qual ele contribuiu de forma decisiva, mas também teve o condão de fazer muita trampa enquanto lá esteve! Mas pelo menos é alguém que percebe que o Paulo Bento está demasiado exposto…

Dou-lhe razão neste aspecto, mas nada mais que isso.

Financeiramente, parece um leigo e isso, quer se queira quer não, torna-se uma pessoa indesejável para um cargo com responsabilidade.

Duque até pode ter alguma razão, mas a história é escrita pelos vencedores. A “sua estrutura” em 99/00 deu frutos. Mas a mesma estrutura fez borrada na época seguinte, meio plantel novo, e em Dezembro Inácio de patins…

Isto é teoria de papel. O que interessa é lá dentro de campo. Não é por falta de estrutura que os jogadores do SCP não sabem rematar à baliza. É falta de metodologia de treino. Sempre foi. Os melhores reforços que o SCP podia ir buscar era uma equipa técnica decente para o Paulo Bento.

Contudo considero que Duque seria uma boa peça para fazer de “Carlos Freitas” pois é mais empresário do que Pedro Barbosa. Uma dupla seria algo a considerar. :wink:

Olha que a estrutura técnica que o Duque quis montar em Dezembro de 2000 acabou por ser campeã europeia. Só que no Porto… ^-^

Duque foi o dirigente com maior tacto desportivo (com sublinhado) que o Sporting teve nas últimas duas décadas. O problema é o resto, nomeadamente os gastos à maluca e a confiança quase cega no Freitas.

Bem sei, mas eu lembro-me de ver o Duque desmentir na despedida do Inácio qualquer negociação com o Mourinho. Aliás os próprios adeptos do SCP nem queriam que isso fosse sequer ponderado, era uma afronta.

Toda a gente sabe que ele não contratou o Mourinho porque foi encostado à parede por adeptos, nomeadamente a Juve Leo, por jogadores, lembro-me do Beto a rir-se da pergunta quando saía de um treino já dentro do seu carro, lembro-me de todas as vozes discordantes que se “elevaram” na altura, acho que até alguns mortos deram entrevistas, enfim, foi provavelmente o maior erro desportivo da história do Sporting, Luis Duque não pode ser culpado por isto, aliás, acho que só ele na altura teve a visão certa, ele e o Pinto da Costa!

Luis Duque tem boas características para ser alternativa, ele não quer ser porque já lá esteve e para lá voltar estar precisa de dinheiro para gastar, coisa que o Sporting não tem, LD é bom dirigente mas péssimo gestor, basta lembrar os rios de dinheiro que gastou em jogadores, seria uma boa alternativa se tivesse apenas a cargo a gestão desportiva e geral, se deixasse as finanças para quem sabe até podia resultar, o problema é que estamos a falar de uma personalidade centralizadora, não acredito que ele fosse capaz de coabitar com alguém que lhe dissesse dia sim dia sim que só podia gastar isto e aquilo! :idea:

:arrow:

Duque ficará eternamente ligado à morte do cabrão do borrego que durante 18 anos constituiu o período mais negro da nossa história. Só por esse simples facto, tem lugar na história e terá novamente o meu apoio caso se perspective um regresso ao Sporting. É que o novo borrego está a crescer e quando menos se espera atinge a maioridade.
Este homem terá defeitos certamente. Mas tem uma grande virtude, importantíssima para se conseguirem títulos: conhece os dois lados do futebol: o transparente e o obscuro. E esta face da moeda é importante ser conhecida, sem a qual não se tem sucesso em Portugal e em qualquer parte do planeta. Infelizmente as regras são assim, há que jogar com elas. Vidé Veiga 05.

Vão discordar do que eu vou dizer, mas ainda bem que ele (Duque), recusou esse monstro no nosso clube. Um dia que esse mafioso entre no meu clube (e atenção que ele até, por acidente, nasceu na mesma cidade que eu), eu desligo-me de vez do sporting, e deixo sequer de me interessar pelo futebol durante o tempo em que ele lá estiver. Tenho (quase) a certeza de que, na qualidade de dirigente do sporting, se o luís duque fosse hoje de novo confrontado com a possibilidade de esse anormal entrar no sporting, diria outra vez não.
Para mafioso, está ele bem em Milão. mas acho que já não lhe estão a aparar muito bem os golpes por lá…