Liga NOS 2019/20 [3ªJ] Portimonense 1-3 Sporting CP [25/08 | 18:30]

0-1 a borrar-nos todos e aos 90+1 de penalti de Bruno Fernandes…

Num Cenário alternativo caso Dost fique, é titular, e faz um hat-trick :stuck_out_tongue:

Renan

Thierry
Neto
Mathieu
Acuña

Matheus Nunes
Wendel
Fernandes

Plata
Elves
Dost

Isso seria uma boa evolução pois queria dizer que não sofriamos golos, o que duvido muito.

A ganhar será para aí um 2-3 ou assim. E pode ser com esse golo aos 90+1

Vocês são bué optimistas… Ganhar sem sofrer ? :lol:
Nem ganhar, quanto mais…
Prevejo derrota ou empate cagado.

La irei sofrer a Portimão. Raio de doença…

Como habitualmente não há notícia sobre a colocação de bilhetes em Alvalade à venda. Amadores…

pelo menos, ja nao têm o rapidissimo Naka que deu cabo da nossa defesa, homens rapidos lá na frente dao sempre problemas, estou esperançado num 1-3 , golos de Plata, Acuna e Wendel

Sim, voltamos aos tempos do ‘entrar sempre a perder’…

Tá tudo entregue à incompetência, mas com ‘classe’.

Ganhar sem sofrer? Ahaha o Tabata ou o Boa Morte fazem pelo menos um, apontem.

Deixa, é que nem vale a pena, quando se é hater por aqui, é ódio à seria! Meu deus…

Por muito potencial que o Maxi tenha e tem-no, com ele em campo no jogo com o Braga, nunca traríamos os 3 pontos.

Enfim ::slight_smile:

Uma surpresa se não perder mos pontos em Portimão. ^-^

Portimão é o local onde morrem treinadores. O Rui Vitória que o diga. Tem cuidado Keizer.

Acho que ganhamos com relativa facilidade. 0-4, golos de BF, Vietto, Coates e um auto golo do Tabata.

Cheira me a novo balão de oxigénio para o cabeça de cone…

Por um lado é bom irmos amealhando pontos para garantir que ficamos nos lugares de acesso à liga europa, porque a jogar assim é o melhor que consegumos fazer…

SL.

Jogava assim

Renan

Acuna
Coates
Mathieu
Thierry

Doumbia
Wendel
B.Fernandes

Idrissi
J.Kluivert
Gio Simeone

Renan
Thierry
Coates
Mathieu
Acuña
Matheus Nunes
Wendel
Bruno Fernandes
Plata
Raphinha
Vietto

Sup: Max, Neto, Doumbia, Elves, Dala, LP e Eduardo

E o Dost? ::slight_smile:
Seu mauzão :cartao:

PREPARAÇÃO PARA PORTIMÃO EM MARCHA Por Sporting CP 21 Ago, 2019 FUTEBOL Equipa de Marcel Keizer trabalhou em Alcochete

A equipa principal de futebol do Sporting Clube de Portugal treinou na manhã desta quarta-feira, estando assim a preparar a deslocação ao terreno do Portimonense SC a contar para a terceira jornada da Liga NOS (domingo, 18h30).

Rodrigo Battaglia voltou a treinar sem limitações, enquanto Stefan Ristovski realizou treino condicionado e Jovane Cabral esteve em tratamento. Bas Dost foi autorizado a não estar presente no treino.

O grupo volta a treinar na Academia Sporting na quinta-feira de manhã, com a sessão a realizar-se à porta fechada.

https://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/2019-08-21/preparacao-para-portimao-em-marcha

Bilhetes em Alvalade é que é sempre o mesmo fandango. Desde que estes amadores assumiram o cargo é sempre um filme para saber quando disponibilizam os bilhetes. Hoje Ainda não sabiam sequer se iam ter bilhetes para venda…

Agora é sempre a sofrer outra vez e talvez para sempre - DECIDIRAM OS SÓCIOS - MAMEM AGORA BETADA!

O ano passado levámos lá quatro, se não estou em erro. Mas isso eram outros tempos, com um treinador fraco, agora com Keizer ao leme, Portimão até treme. :slight_smile:

Conseguirá o Sporting ganhar pontos aos rivais em jornada de clássico? Fiquem para ver, ou vejam o resultado no fim, que a experiência é mais ou menos a mesma.

Cheira a outro joguinho para perder pontos.

Este Sporting actual, frágil colectivamente e com poucas mais-valias individuais, vai sentir muitas dificuldades em pontuar fora de portas.
Em casa, vai dando para as despesas. Mas esta equipa actual quando apanhar pela frente equipas mais “osso duro de roer”, a jogar no seu estádio, no pico do inverno, etc etc, vai perder pontos a jogar fora jogo sim jogo não. Foi o que aconteceu a época passada. Quando foi preciso vencer para nos “intrometermos” na luta pelo título, a equipa desmanchou-se.
Isto acontece por 2 razões: é frágil individualmente, ou seja, há pouca qualidade individual, poucos atletas que sejam reais mais-valias para fazer a diferença em jogos difíceis e em segundo porque o treinador não tem capacidade para tornar esta equipa numa verdadeira equipa, num colectivo forte, sólido e organizado. A nossa equipa não sabe o que fazer quando perde a bola, a chamada transição defensiva, raramente sabe o que faz quando recupera a bola (transição ofensiva), a organização defensiva é pobre, a linha defensiva é descoordenada e mal trabalhada pela equipa técnica, a equipa não sabe quando pressionar e quando “conter” um adversário, eu podia estar aqui a noite toda a enunciar as falhas colectivas da equipa, culpa única e exclusivamente do treinador, porque é esse o seu trabalho.

E portanto, em casa venceremos 90% dos jogos. Tirando os confrontos com os rivais e um ou outro escorreganço que possa acontecer, vamos vencendo, a bem ou a mal, os jogos caseiros. Ainda este último fim-de-semana fomos claramente e inequivocamente inferiores ao adversário em 80% do jogo mas lá está, o tugão está recheado de merda. E até aquela que é a equipa mais forte a seguir aos grandes, tem muita. Dois erros individuais deles e duas boas jogadas individuais dos nossos dois melhores jogadores, mais uma mão cheia de momentos em que fomos bafejados pela sorte, e o resultado terminou num 2-1.

O problema vai ser fora. E vou já fazer uma prediction bem negra para verem o meu nível de confiança, ou há uma mini revolução na equipa nestes últimos 10 dias de mercado e o treinador é trocado a breve trecho, ou cheira-me que chegamos para aí à 10ª jornada com 1 ou 2 vitórias fora, se tanto. Dependendo das saídas.

O Marítimo é uma equipa que para mim não é aquela equipa que foi há uns anos atrás, e mesmo assim deixámos lá pontos e passámos por momentos do jogo onde podíamos mesmo ter saído de lá sem qualquer ponto. Aliás, se alguém visse aqueles últimos 20 minutos, ficava com a sensação que o resultado era injusto…para o Marítimo.

A tal prediction, daqui até à 10ª jornada, estas são as saídas que temos:

Portimonense
Boavista
Desportivo das Aves
Paços de Ferreira
Tondela

Não tenho acompanhado o Tondela com o novo técnico, mas é sempre uma saída muito difícil para nós. Agora, sendo sincero, eu só vejo esta equipa do Sporting com capacidade para vencer na Mata Real. Não a vejo com capacidade para derrubar um Portimonense que tem muita qualidade ofensiva como já vinha sendo apanágio do clube, não vejo com capacidade para derrubar 2 equipas experientes, ossos duros de roer e que a jogar em casa ainda pior são, como o Boavista e o Aves.

[hr]

Side noite:
As minhas expectativas estão no “chão” porque quem construiu este plantel e quem actualmente o lidera assim as colocaram. As pessoas que me conhecem já sabem que não gosto, nem nunca gostarei, de Frederico Varandas. Por várias razões. E portanto vai haver um conjunto de pessoas que lê isto (ou dá skip all together) e pensa que o digo porque é o Varandas o presidente.
Eu ao contrário dessas pessoas nunca tive problema em criticar direcções do Sporting ou defendê-las. E dou exemplos bem simples, critiquei inúmeras vezes aqui aquela que foi a melhor direcção que vi em 28 anos de vida. Lembro-me por exemplo da rábula do “extremo explosivo e criativo” na época 2015/2016. Cheguei mesmo a acusar BdC de estar a “sabotar” as possibilidades de conquistar o título se não dê-se um jogador assim a Jesus, depois de perdermos Carrillo. Critiquei BdC em 16/17 e mais tarde também, em 17/18, por não entregar as chaves do departamento de futebol a quem percebesse do assunto e lhe dê-se total autonomia e responsabilidade para redesenhar o edifício do futebol do clube.
Assim como também fui capaz, ainda que por pouco tempo, de defender a pior direcção que vi em 28 anos de vida. A de Godinho Lopes. Nos primeiros meses tentei dar o benefício da dúvida, na minha ingenuidade, porque tinha pouca vivência de Sporting, dei esse benefício da dúvida a quem não merecia. E fui aqui enxovalhado do piorio, várias vezes.
Portanto leiam este post como um ataque, se quiserem, estou-me cagando. Mas a realidade é esta. Pura e dura. Houve tanta coisa que avisei que ia acontecer neste quase 1 ano da gestão de Varandas e muitas vezes fui acusado por essas mesmas pessoas de só o dizer para atacar a direcção actual, hoje alguns, pela calada, já me dão razão. Um em específico, apesar de não ser em público, apesar disso ele se ler isto sabe que é para ele.

Terminando, ou isto leva uma volta muito grande nas próximas semanas, vá, até final da paragem das selecções, ou lá para finais de Outubro, Novembro, vamos estar mergulhados numa crise profunda.
Levem isto como quiserem, os cartilheiros do “Doc Fred” se quiserem enxovalhar é sempre bom. uma medalha de mérito até, para mim, os “equidistantes” se quiserem criticar porque não gostam de ler a realidade quando ela é dura e triste, façam-no, os doentes que acordam e adormecem a pensar em BdC se quiserem fazer-me uma estátua, também estão à vontade.

A minha preocupação é o futuro do Sporting, apesar de às vezes não parecer.

Eu no passado domingo, após o Sporting-Braga, disse algo numa zona mais privada deste fórum que reitero novamente, agora em área pública, a vitória de merda sobre o Braga foi Sporting vintage. Terrível para o médio/longo prazo do clube, fantástica para o curto-prazo. Tal como as vitórias na Taça da Liga e Taça de Portugal o foram. Pela maneira como aconteceram, pelo que não se está a construir, baseado numa espécie de mentira que se criou. Uma ilusão. Por causa dessas vitórias. São vitórias, é um facto. E troféus, é um facto. Mas é engraçado como vencer esses jogos e esses troféus nos deixa mais longe dos 2 objectivos primordiais dum clube grande em Portugal: a luta pelo título, “o” título a sério, e a possibilidade, pelo menos a possibilidade, de lutar pelo acesso ao “céu” do futebol na Europa, a Champions.

Sorry pelo testamento.