Liga NOS 2019/20 [21ªJ] Rio Ave 1-1 Sporting CP [15/02 | 20:30]

Acuña e Mathieu lesionados.

Tenham Medo muito Medo.

Eu tanto se me dá como se me deu a minha militância passou a 0 há 2 dias, enquanto lá estiver esta direção, caguei-me por completo na bola, só irei ao pavilhão.
Metam os convites para os turcos no Cu.

SILAS FORÇADO A REPENSAR O 3X4X3

SPORTING 10:55

Por
Redação

O Sporting prepara a deslocação ao terreno do Rio Ave - a partida realiza-se no sábado, com início às 20.30 horas - com duas certezas: desta feita, a equipa não poderá contar com dois elementos fundamentais na sua equipa, um na defesa, no caso Mathieu, que se encontra lesionado (ao francês foi diagnosticada uma tendinopatia no aquiles direito), e outro no ataque, no caso Vietto, que terá de cumprir um jogo de castigo (viu o quinto cartão amarelo no jogo com o Portimonense).

Duas ausências que obrigam o treinador dos leões a equacionar, nesta altura, a hipótese de alterar o sistema tático que definiu como preferencial após a saída de Bruno Fernandes para o Manchester United, e que contempla, apenas, três defesas - se em Braga os leões optaram por cinco homens no meio-campo e dois no ataque, já em Alvalade, com o Portimonense, o Sporting jogou com quatro homens no meio-campo e alargou a frente de ataque para três unidades.

Neste momento, no laboratório de Alcochete, em cima da mesa está também a hipótese de o leão optar por um esquema de quatro defesas.

A Bola

Bruno Moreira: «Sporting ficou mais fragilizado com a saída de Bruno Fernandes»

Avançado do Rio Ave perspetivou o encontro da 21.ª jornada da Liga NOS diante dos leões

• Foto: José Gageiro / Movephoto

Bruno Moreira, avançado do Rio Ave, integrou esta quarta-feira o Sporting no lote das equipas que ainda são candidatas ao título da Liga NOS, antecipando “extrema dificuldade” para a receção aos ‘leões’, este sábado, na 21.ª jornada.

“O Rio Ave vai entrar, tal como nos outros jogos, para vencer. Mas será um jogo de extrema dificuldade, trata-se de um clube grande, candidato ao título, que joga bem. Todo o favoritismo [neste jogo] está do lado do Sporting”, disse Bruno Moreira.

O experiente avançado dos vila-condenses analisou que o Sporting “ficou mais fragilizado com a saída de Bruno Fernandes”, jogador considerou ser “diferenciado”, mas vincou que o adversário de sábado por “ser um clube grande tem outros bons jogadores”.

Sobre o Rio Ave, que não perde há cinco jogos consecutivos na Liga (quatro vitórias e um empate), Bruno Moreira reconheceu que a equipa “está a atravessar o melhor momento” da época, mas não considerou que tal permita uma candidatura aos lugares de acesso às competições europeias. “Longe disso, queremos continuar o nosso caminho, ganhar jogos obter a maior classificação possível”, vincou.

O atacante perdeu nos últimos jogos a titularidade na equipa Vila do Conde, reconhecendo “um momento menos bom”, que coincidiu com o ascendente do avançado iraniano Taremi, melhor marcador do Rio Ave, que chegou a ser alvo da cobiça dos ‘leões’ neste último período do mercado de transferências.

“[Taremi] Tem qualidade para jogar no Sporting. É um jogador diferenciado, com qualidade extrema, que pode chegar a outros patamares”, analisou Bruno Moreira, à margem de uma vista promovida pelo emblema vila-condense a uma escola, na freguesia de Malta.

Nesta iniciativa participou também o defesa Nadjack, que depois de uma lesão grave, que o afastou dos relvados durante seis meses, está na fase final da recuperação, encarando com otimismo o duelo com o Sporting deste sábado.

“Será um bom jogo, de grande oportunidade para nós, em que todos gostamos de participar. Espero que a minha equipa apareça da mesma forma como nas últimas jogos. Estudámos bem adversário, estamos preparados e focados nas ideias do treinador”, disse Nadjack.

Recorde-se que esta época, o Rio Ave já defrontou, por duas vezes, o Sporting, em Alvalade, para o campeonato e Taça da Liga, conseguindo vencer os leões em ambas ocasiões.

Os vila-condenses ocupam, atualmente o quinto lugar da classificação, com 32 pontos, menos três que o Sporting, que segue no terceiro lugar. A partida de sábado está agendada para as 20h30, no estádio dos Arcos em Vila do Conde.

Record

Compra-se empate!

O verdadeiro rival.
Screenshot_2020-02-13

Derrota ou empate. A vitória só vem se for toda borrada

“Consolidar o 3º lugar” Foi a isto que chegamos.

Se houver Acuña, eu entraria assim:

Maximiano;
Rosier, Coates, Neto, Acuña;
Camacho, Wendel, Eduardo, Plata;
Bolasie e Sporar.

Não há grandes opções. Suponho que o Geraldes ainda não esteja a 100%, portanto, devido à ausência de um médio de caraterísticas mais ofensivas, apostava no 4-4-2. Não sei se punha o Bolasie ou o Plata no meio, ainda assim. Não colocava o Jovane a titular porque lhe reconheço muito mais capacidades quando é utilizado como suplente utilizado.

Na verdade, sei bem que vamos ter a infelicidade de ver um trio com Eduardo/Doumbia, Battaglia e Wendel, mas enfim. Eu preferia algo mais ofensivo e já que o Silas gosta tanto de mudar de esquema tático, pelo menos no 4-4-2 vejo algum potencial para ter alguns resultados a longo prazo.

Foi uma pena o Carvalhal não ter tido uma hipótese de arrancar a época seguinte.

1 Curtiu

Jogo muito difícil, num terreno complicado, contra um treinador que nos trás más recordações.

Sem Mathieu, Acuna e Vietto ainda pior.

Teremos de jogar como equipa pequena e dar a superioridade ao Rio Ave. Jogar em contra ataque com extremos rápidos.

Max
Ristovski - Coates - Neto - Borja
Battaglia - Eduardo
Jovane - Wendel - Camacho
Sporar

Gostava de ver convocados Quaresma, Joelson e Pedro Mendes.

FORÇA SPORTING!

Que comédia.

Vem aí mais uma derrota, mas o que interessa são os maus tratos aos animais…

Max
Risto, Neto, Coates, Borja
Battaglia, Doumbia
Jovane, Plata, Wendel
Sporar

Ultimos confrontos em Vila do Conde para o campeonato.
imagem

Max

Rosier
Coates
Neto
Borja

Doumbia
Wendel
?

Plata
Sporar
Jovane

É o que temos

Esse onze mete medo. :roll_eyes:

Triste.
E também é triste ver que foram esbanjados milhões em jogadores como Ilori, Rosier, Jesé…
Quando os melhores jogadores desta equipa lesionam-se ou são castigados, são esses as segundas opções, quando se podia ter arranjado melhor e muito mais barato.

SILAS: “VAI SER UM JOGO MUITO DIFÍCIL”

Por Sporting CP
14 Fev, 2020

EQUIPA PRINCIPAL

Antevisão da partida de domingo frente ao Rio Ave FC (20h30)

Na antevisão da partida de domingo (20h30) diante do Rio Ave FC, a contar para a 21.ª jornada da Liga NOS, o treinador do Sporting Clube de Portugal, Silas, elogiou o momento de forma dos vila-condenses, mas mostrou-se confiante no triunfo.

“O Rio Ave FC é uma das equipas que pratica um futebol mais atractivo em Portugal. O seu técnico já foi meu treinador, acompanho-o com atenção desde esse momento e gosto muito dele. Juntando a isso, tem um plantel com bons jogadores e é provavelmente uma das melhores equipas em Portugal. Vem de uma série de resultados muito positivos, está a lutar pelos lugares de acesso à Liga Europa e vai estar até ao final. Já ganhou duas vezes ao Sporting CP em Alvalade, mas podemos e devemos fazer mais do que fizemos nesses dois jogos, respeitando sempre o adversário. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil, mas temos as nossas armas e vamos tentar vencer”, começou por dizer, considerando depois que, apesar das qualidades que reconhece ao adversário, os Leões devem concentrar-se apenas nas suas tarefas.

“Não preparámos o encontro a pensar na dinâmica de ataque do adversário. Sabemos que temos de fazer alguma coisa para anulá-lo, mas treinámos mais para atacar do que para defender. Se o Rio Ave FC tem o Mehdi Taremi, o Nuno Santos ou o Diego Lopes, nós seguramente também temos jogadores com os quais o Rio Ave FC vai ter de ter cautela. Preocupa-me mais a forma como vamos atacar do que a forma como vamos condicionar o Rio Ave FC. Se atacarmos bem, condicionamos muito o adversário porque quando se tem a bola a outra equipa tem de se adaptar a nós. Nunca preparo os jogos a pensar no que o adversário faz ofensivamente, mas sim no que nós podemos fazer no ataque”, referiu.

Por fim, Silas, que não poderá contar com Jérémy Mathieu e Luiz Phellype, revelou ainda que Bolasie “pode ser titular” e analisou as alternativas para o meio-campo verde e branco:

“O Eduardo é diferente do Bruno Fernandes e do Luciano Vietto. Olhando para o que foi a constituição do plantel do início da época, entendo que foi criado assente na ideia do 4x2x3x1. Era um sistema que o Sporting CP utilizava antes e com o qual os jogadores estão muito confortáveis. Tendo em conta as características do Bruno e do Vietto, que é um 10 e tem características muito parecidas com o Bruno, penso que esta equipa foi criada a pensar nisso. Não contando com esses atletas, temos de procurar outras alternativas. Temos de pensar em soluções até para não sermos muito previsíveis em termos tácticos. O Eduardo é um médio mais defensivo, foi contratado a pensar nessa perspectiva: dois médios mais um número 10. Ainda assim, pode jogar noutros sistemas e dá-nos coisas muito boas. Em Braga, foi um dos melhores em campo e tem características que se vêem pouco”, concluiu.

4 defesas convocados.
Ainda bem que não há qualquer hipótese de um central ou um lateral se lesionar antes ou durante o jogo.

Por precaução, devia ser convocado um terceiro central. É muito arriscado levar apenas quatro defesas e ainda por cima o Acuña está lesionado.

Mathieu e Acuña de fora. A equipa fica bem mais fraca.

Convocatória medonha, acho que nunca vi um conjunto de jogadores tão mau para um jogo, ainda por cima importante, do campeonato.