LIEDSON vender no final do ano ou continuar com o jogador?

Liedson quer partir para Espanha ou Itália em 2006
[ 2005/03/20 | 15:50 ] Redacção MaisFutebol

Liedson sonha com a selecção brasileira e com os campeonatos de Espanha e Itália, numa entrevista que deu ao jornal brasileiro O Globo publicada este domingo. Sonhos que o avançado do Sporting quer ver concretizados já em 2006, quando terminar o seu actual contracto com o Sporting. O «levezinho» diz que está a atravessar o seu melhor momento, descarta a possibilidade de seguir as pisadas de Deco e jogar pela selecção portuguesa e fala ainda dos episódios mais marcantes de leão ao peito.

O sucesso de Liedson em Portugal começa finalmente a fazer eco no Brasil, mas ainda assim o avançado não está satisfeito. Vinte golos na Superliga e oito na Taça UEFA, num total de 29 golos em 36 jogos na presente temporada fazem de Liedson um dos melhores marcadores da Europa, mas Liedson não vai descansar enquanto o prestígio conquistado em Portugal não cruzar o Atlântico e o levar até à selecção brasileira.

Se os critérios do seleccionador brasileiro, Carlos Alberto Parreira, se resumissem a números, Liedson seria presença certa no grupo que se reúne na Granja Comary a partir de terça-feira. Com uma média de 0,8 golos por jogo, o número 31 do Sporting está à frente de Adriano (0,73), Ricardo Oliveira (0,56), Ronaldo (0,43) e Luís Fabiano (0,15), entre os nomes que habitualmente são convocados para o «escrete».

«Esse é o meu melhor momento, mas a falta de atenção dos media com o futebol português prejudica-me. Se eu estivesse em outro país, como Espanha ou Itália, teria mais chances de ser convocado. Por isso, penso seguir para algum país de maior projecção quando acabar meu contrato, em 2006», começa por destacar Liedson no jornal o Globo.

A adaptação ao futebol português, onde chegou em 2003, foi um dos momentos mais difíceis, principalmente pela desconfiança que gerou pelo seu ar franzino. «Tanto a torcida quanto os próprios jogadores implicavam comigo por eu ser magrinho. Não diziam na minha cara, mas eu percebia. Depois de ter começado a fazer golos, ninguém mais falou nada. Sempre aguentei bem as porradas, mas aperfeiçoei isso aqui. Tem que ser assim, porque senão é impossível ter sucesso na Europa», contou.

A possibilidade de seguir as pisadas de Deco e vir a representar a selecção portuguesa foi de imediato descartada pelo avançado. «Todo mundo me diz que se eu fosse naturalizado já seria da selecção de Portugal há muito tempo. Mas meu coração é verde e amarelo, não tem jeito», referiu, reforçando o seu sonho de um dia chegar à selecção canarinha. «Acho difícil conseguir chegar a um momento melhor, mas se eu puder fazer mais, vou fazer. Não para o Parreira ou para quem quer que seja, mas para mim, pois quero sempre evoluir. Mas, vivendo essa boa fase e sem chances na selecção, é lógico que fico com o pé atrás», explicou

A não ter havido “perdas de transmissão” entre entrevistado e entrevistador, está na cara que Liedson não vai renovar, e assim sendo sairia para o ano a custo zero. Parece-me uma forma pouqíssimo subtil de forçar a venda no final da época. Como Liedson é dos pouqíssimos activos (assim mesmo…) vendáveis do plantel (junto-lhe Enak, e mais remotamente Custódio, Rochemback e Ricardo) e o Sporting tem de cortar despesas, se houver uma boa proposta venda-se, acautelando-se a sua substituição.

Se o Liedson a ganhar 6 mil contos por mês é despesa a cortar o melhor é acabar já com o futebol.

Quanto a substituto nada a temer. Sempre fica cá o pinilla.

Se for para formar uma grande equipa? … É para manter.
Se for para brincarem aos dirigentes de futebol? … É melhor vender.

cumps,
VCoelho

Penso que se deve tentar ao máximo a renovação.
Se o Liedson não quiser renovar penso que se deve analisar 2 cenários.
1º Venda e com o dinheiro encaminhar parte para a aquisição de um bom ponta de lança.
2º Com a participação na liga dos campeões, Liedson será um jogador preponderante, com isso ganharemos dinheiro e prestigio

Expliquei-me mal há pouco: se se fizer uma maquia razoável com a venda de Liedson, é de admitir que o “project finance” admita que uma parte das receitas obtidas seja aplicadas em aquisições ou massa salarial, permitindo alguma folga no corte de despesas.

Há uns dias atrás disse que estava à espera que o Sporting o procurasse para renovar… que ele estava disponivel, agora diz que já não assina pelo Sporting.

Bom. Na volta será um “novo” Jardel.
Mas este já é precoce.

É claro que é para vender.
Primeiro ,porque o gajo como bom brasuca que é em termos de formação de caracter não é um exemplo(como futebolista nada a apontar),e sendo ambicioso quer ir para outro campeonato ganhar bem não se importando se o anterior clube é compensado.

Agora o Sporting não vai ter muita margem de manobra,pois ele só tem mais um ano de contrato,por isso não pensem que vai haver propostas estilo Chelsea.Se tivermos sorte talvez uma proposta igual ao do Cristiano Ronaldo,só que o Levezinho é mais velho que o CR.
A peça chave no final da época vai ser a capacidade do empresário que o Sporting arranje para o vender bem.

Eu realmente fico triste se ele sair. Mas acima de tudo o que mais me irrita é ver à quantos meses é que esta novela já dura… e nada. Mas como dizia alguém (penso que o Mauras), se saír, não há problema pois temos cá Pilinha… :?

Mais tens 10 para a excelente gestão de activos desta SAD… :oops:


Amanhã até os comemos “carago”! :twisted:

Isto parece-me conversa pré-negociação de contrato…

Como quero uma equipa cada vez melhor gostaria muito que por cá continuasse. Se ele quiser sair ou se surgir uma proposta de outro mundo, paciência… encontra-se outro jogador.

Se se descobriu um substituto para Manuel Fernandes, Jordão, Acosta e Jardel, etc também se descobrirá um para Liedson :idea:

Mais tens 10 para a excelente gestão de activos desta SAD... :oops:

Nao me parece que a situacao seja assim tao linear, em primeiro porque me parece de ha muito (e na altura bem criticado fui) que o Liedson nao quer ficar, para o fazer ficar seria preciso pagar muito mais do que lhe pagariam em Italia ou Espanha por ex. o que me leva ao segundo ponto a situacao economica da SAD e a que se sabe e portanto isso estaria fora de questao, quanto a quem fica ou vem , quem sabe se nao sai um Liedson por bastante e entra um outro Liedson por zero ou muito pouco? Parece-me precipitado estar ja a disparar…

"Liedson pretende sair do Sporting
Na véspera de um «clássico» decisivo para o Sporting, o avançado brasileiro veio hoje a público afirmar que pretende sair de Alvalade para um clube «com maior dimensão» assim que termine o seu contrato.

ASF
«Este é o meu melhor momento, mas falta a atenção da imprensa brasileira por jogar no campeonato português. Se eu estivesse em outro país como Espanha ou Itália teria mais hipóteses de ser convocado. Por isso, penso seguir para algum país de maior projecção quando acabar em 2006 o meu contrato», assegurou Liedson, em declarações ao Globo.

O avançado brasileiro também colocou de parte a possibilidade de fazer parte da selecção portuguesa, tal como fez Deco, mesmo tendo conta as dificuldades de vir a ser convocado pelo seleccionador Parreira, que tem ao seu dispor os avançados Ronaldinho (Barcelona), Ronaldo (Real Madrid), Adriano (Inter), Robinho (Santos) e Ricardo Oliveira (Betis). "

www.abola.pt

Mas que merda é esta ?!? :evil: :evil:

Pois é, É O PASQUIM! :roll:

Pois é, É O PASQUIM! :roll:

É preciso dizer mais alguma coisa?? :roll:

Mas pelo vistos também está no maisfutebol, mas a esta hora não tenho acesso à noticia.

No entanto dá para ler:

Liedson sonha com Itália e Espanha Avançado deseja partir já em 2006, altura em que termina contrato com o Sporting.
Mas pelo vistos também está no maisfutebol, mas a esta hora não tenho acesso à noticia.

No entanto dá para ler:

Liedson sonha com Itália e Espanha Avançado deseja partir já em 2006, altura em que termina contrato com o Sporting.

O MaisFutebol, esse orgão de informação isento??? :smiley: :roll:

Estou ainda mais descansado! 8)

Agora mais a sério, até acredito que o Liedson queira jogar em Itália ou Espanha, a SAD é que tem que se mexer e neste aspecto não acredito que estejam parados, estamos a falar de um jogador que forçosamente tem que ter mercado e deve render um bom dinheiro ao Sporting, isto se as coisas forem bem feitas! :arrow: :idea:

São situações compliicadas. A vontade do jogador, natural, diga-se de passagem, de jogar em campeonatos com outra dimensão, é perfeitamente aceitável e se estivesse no lugar dele, provalvelmente pensaria da mesma forma, principalmente sabendo a forma como os barsileiros encaram a ida à selecção canarinha.

O SCP tem que salvaguardar a sua posição, e assim, só pode fazer 2 coisas:

1-Renova com ele já, para o vender em 2006;

2-Vende-o já para realizar dinheiro, que se veja.

Outra alternativa, improvável, é face à crise instalada no futebol europeu (leia-se redução de custors), as ofertas que existirem sereem passíveis de serem cobertas pelo SCP, isto numa politica diferente da actual.

Rui, percebo o teu ponto de vista em relação a esses orgãos de informação, mas a questão é que o Liedson falou algo de certeza.

Nem ponho a questão das ambições dele, mas vir falar disso na véspera de um jogo importantissimo é algo que não dá para compreender.

mais vale vender bem do que depois ele ficar ca amudado e sair a custo zero…

Mas o ideal seria ele renovar…duvido muito que o faça

Costumo ter boa memória em relação a esses pormenores e, tanto quanto me lembro, o Liedson quando assinou com o Sporting foi por três anos com mais um de opção.

Depois, se ele for esperto, vai perceber que nem tudo o que funciona em Portugal funciona no resto da Europa, o Jardel é a prova viva disso.

De qualquer forma, acho que o Sporting deve renovar, e que seja logo.