Juvenis: Sporting 0 - Benfica 2 (Crónica)

O Sporting foi derrotado em casa pelo Benfica por 2-0. João Couto regressou à Academia, agora ao comando do clube rival, e venceu a partida. Entre a assistência destaque para os juniores André Pires, Marco Lança, João Gonçalves, Vasco Campos e Tiago Jorge; vários jogadores dos juvenis B e iniciados; o seleccionador nacional de sub-17, Carlos Dinis; o treinador dos juniores José Lima, o treinador dos iniciados Luís Gonçalves e a velha glória Hilário; e também António Carraça do Benfica. Na equipa do Benfica joga o ex-leão Pedro Eugénio, lateral direito.

O Sporting jogou em 4-3-3, com Nuno Silva na baliza, Luís Resende a defesa direito, Pedro Mendes e Bruno Simões como defesas centrais e Michael Santos a lateral esquerdo. Diogo Amado (capitão) jogou a trinco, enquanto que Diogo Rosado colocou-se descaído na direita e André Sousa apareceu descaído sobre a esquerda. O trio mais ofensivo apresentou Diogo Viana na ala direita, André Gonçalo no meio e Wilson Eduardo na esquerda. No banco de suplentes estiveram o guarda-redes Pedro Miranda, os defesas Filipe Paiva e Frederico Oliveira, os médios André Martins, Vasco Oliveira e Luís Andrade e o avançado Hugo Fernandes. O trio de arbitragem veio de Santarém.

Os nossos jogadores à saída do aquecimento.

Da esquerda para a direita: Diogo Amado, Nuno Silva, Pedro Mendes, Luís Resende, Bruno Simões, Michael Santos, André Sousa, André Gonçalo, Wilson Eduardo, Diogo Viana e Diogo Rosado.

Diogo Amado, durante a escolha de campo e bola.

Resumo da 1ª parte:

O derby começou muito “rasgadinho” e com muita luta a meio campo, com os jogadores do Benfica a denotarem desde cedo alguma dureza na disputa dos lances. As primeiras tentativas mais atrevidas surgiram na equipa leonina com remates de Wilson Eduardo à figura e Diogo Amado, em jogada individual pelo flanco esquerdo, culminada com um belo remate na diagonal. No primeiro quarto de hora o Benfica raramente atacava e, quando o fazia, não se revelava perigoso. Aos 19 minutos, Diogo Rosado marcou um livre directo frontal, com a bola a passar ao lado do poste esquerdo da baliza de Hugo Figueiredo. O Benfica defendia-se bem, muito organizado, e o Sporting não conseguia arranjar maneira de furar a bem montada estrutura defensiva adversária.

A meio da primeira parte, a tendência do jogo inverteu-se e o Benfica, aos poucos, instalou-se no nosso meio campo. Ao minuto 23, na sequência de um canto da esquerda, houve um cabeceamento perigoso que saiu por cima. Apenas dois minutos mais tarde, o Benfica inaugurou o marcador. Após um primeiro remate frontal que tabelou em Pedro Mendes, a bola sobrou para Toumany, isolado na direita da grande área, que rematou sem hipótese de defesa para Nuno Silva. De seguida, o marcador do golo encarnado provocou os adeptos leoninos, passando o dedo pela garganta, gesto que lhe valeu a reprimenda imediata de João Couto.

O Sporting tentou reagir mas o Benfica continuava a mostrar grande solidez a defender e, por seu lado, o ataque leonino não apresentava soluções. O 2-0 chegou aos 33 minutos, a partir de um livre batido da direita por Pedro Eugénio, com Leandro Pimenta a aparecer ao segundo poste, rematando facilmente, perante a apatia da equipa leonina. Até ao intervalo, tempo ainda para uma defesa de Nuno Silva, evitando novo golo.

Resumo da 2ª parte:

Ao intervalo saiu Diogo Rosado, lesionado, e entrou para o seu lugar André Martins. O Benfica entrou tranquilo e dispôs de nova oportunidade logo a abrir, com uma tentativa de chapéu que saiu por cima. Aos 50 minutos, em lances sucessivos (livre directo e pontapé de canto), o médio André Sousa rematou por duas vezes à trave. Dois minutos mais tarde, saiu André Gonçalo e entrou Luís Andrade. As alterações pouco ou nada trouxeram ao Sporting e o Benfica geria o resultado, dispondo de mais algumas oportunidades para ampliar o resultado. Esteve sempre mais próximo o 3-0 do que o 2-1. Ao minuto 61 saiu Michael Santos e entrou Hugo Fernandes. O Sporting continuava a tentar algo mas de forma muito ténue com André Sousa a rematar mais uma vez ao lado. Até ao fim da partida, destaque apenas para um cabeceamento de Wilson Eduardo por cima da baliza.

Vitória justa do Benfica por 2-0 perante um Sporting que nunca chegou a pegar no jogo e não soube reagir à desvantagem.

Trio de arbitragem – Esteve em bom plano, num jogo sem problemas de maior.

Benfica – Equipa bem organizada e que joga de forma compacta. A vantagem cedo adquirida permitiu-lhe controlar o jogo sem grandes problemas, revelando grande consistência defensiva. A nível individual destaque para o trinco Leandro Pimenta e o extremo esquerdo André Soares, muito desequilibrador.

Sporting – Não esteve nitidamente nos seus dias. A equipa apresentou-se muito desinspirada e acusou nervosismo e desorientação após os golos sofridos, não tendo conseguido mudar o rumo dos acontecimentos.

Nuno Silva – Sofreu dois golos onde pouco ou nada poderia ter feito. Revelou alguma intranquilidade nas reposições com os pés e nos lances aéreos.

Luís Resende – Não teve um jogo fácil dado jogar adaptado a lateral direito (a sua posição é defesa central), sendo batido por várias vezes no confronto directo com André Soares. Não se aventurou no ataque.

Pedro Mendes – Exibição irregular do central. Cometeu alguns erros, sobretudo no capítulo do passe onde mostra alguma precipitação.

Bruno Simões – Foi o elemento mais esclarecido e certinho da defesa. Sempre no sítio certo e a resolver com prontidão.

Michael Santos – Esteve melhor a atacar do que a defender onde mostrou muito nervosismo e ansiedade, obrigando os colegas a compensá-lo algumas vezes. Acabou por ser substituído.

Diogo Amado – Fez uma boa primeira parte mas caiu muito no segundo tempo. Teve um belo remate e esteve activo na luta a meio campo mas não mostrou o brilho habitual.

Diogo Rosado – Jogou a interior direito onde não conseguiu explanar toda a sua técnica individual. Pareceu algo desligado do jogo, acabando por sair ao intervalo, após um toque.

André Sousa – O MVP!! =D> =D> Foi dos jogadores mais inconformados perante o rumo dos acontecimentos. Esteve muito rematador e foi dos poucos que tentou sempre levar os companheiros para a frente. Raçudo e interventivo, merecia melhor sorte nas duas bolas que enviou à trave.

Diogo Viana – Esforçado mas inconsequente, agarrando-se demasiado à bola.

André Gonçalo – Passou ao lado do jogo. As bolas não lhe chegavam em condições o que o obrigava a recuar muitas vezes.

Wilson Eduardo – Dos elementos da frente foi o que mais rematou. Subiu de produção no segundo tempo, quando passou da ala esquerda para o meio, após a saída de André Gonçalo.

André Martins – Foi o melhor elemento dos que saíram do banco, tentando arrumar a casa e servir bem os companheiros.

Luís Andrade – Não se destacou particularmente no pouco tempo que esteve em campo, excepção feita a um livre directo que saiu por cima.

Hugo Fernandes – Entrou bem, tendo rematado uma vez, e procurando dar nova dinâmica ao ataque mas sem sucesso.

Já tinha lido que a equipa de Juvenis do Glórias era melhor que a do Sporting, agora percebo porquê: tiveram de ir lá buscar o treinador! :stuck_out_tongue:

Paciência, melhorem e limpem-lhes o sebo na fase final! :twisted:

Pelas fotos dá a ideia que o relvado está uma bela porcaria.

Paciência, melhorem e limpem-lhes o sebo na fase final! :twisted:

É a minha grande esperança. Que na fase final, quando for a doer, as coisas sejam diferentes. Não reconheci esta equipa hoje, depois da bela exibição feita no Restelo em Novembro. Assim como o Diogo Amado, o jogador desta equipa que já vi mais vezes a actuar, que esteve muito abaixo do que sabe fazer e que saiu do relvado com cara de poucos amigos, nitidamente chateado.

Foi a primeira vez que vi o Sporting perder na Academia e logo contra estes grunhos. :?

Pelas fotos dá a ideia que o relvado está uma bela porcaria.

Está um bocadinho. E o pior é que, segundo o que me contaram, todos os campos da Academia estão assim. :frowning:

E sempre dolorosa uma derrota com os orcs.

Mas tem que olhar em frente nada esta perdido!

Nova derrota em casa por 2x0 com os lamps, desta vez em juvenis. Sempre horrível.

Já agora tenho um amigo que joga nos juvenis dos orcs, Sérgio Rita, extremo esquerdo. Sabes se ele jogou Ricardo? :slight_smile:

Nova derrota em casa por 2x0 com os lamps, desta vez em juvenis. Sempre horrível.

Já agora tenho um amigo que joga nos juvenis dos orcs, Sérgio Rita, extremo esquerdo. Sabes se ele jogou Ricardo? :slight_smile:


Não jogou, nem foi convocado.

Aqui fica quem jogou, entrou e ficou no banco:

SPORTING: Nuno Silva; Luís Resende, Pedro Mendes, Bruno Simões, Michael Santos (Hugo Fernandes, 62m), Diogo Amado, Diogo Viana, André Sousa, André Gonçalo (Luís Andrade, 52m), Diogo Rosado (André Martins, 40m) e Wilson Eduardo.
Treinador: Luís Dias.
Suplentes não utilizados: Pedro Miranda; Filipe Paiva, Frederico Oliveira e Vasco Oliveira.
Disciplina: Diogo Amado (76m).

BENFICA: Hugo Figueiredo; Pedro Eugénio, Abel Pereira (Abdel Vieira, 55m), João Pereira, Ricardo Caetano, Leandro Pimenta, Toumany (Artur Lourenço, 40m), Vítor Pacheco, Rui Ferreira, David Simão (Valdo Águamel, 69m) e André Soares.
Treinador: João Couto.
Suplentes não utilizados: Medeiros; André Silva, João Carmo e Nelson Oliveira

DonRamires, o teu primo Sérgio Rita não jogou porque ainda é juvenil B, por isso é normal que não esteja sequer convocado nos juvenis A do Benfica.

Só reparar um erro, tanto quanto sei esse africano (é senegalês, só o Benfica para ir buscar estrangeiradas dessas e se calhar até tem idade a mais em relação ao BI e ainda vai dar barraca) do Benfica é Tounami e não Toumany.
[b]

[Edit: afinal informei-me melhor e parece que é mesmo Toumany][/b]

Pelas fotos dá a ideia que o relvado está uma bela porcaria.

Está um bocadinho. E o pior é que, segundo o que me contaram, todos os campos da Academia estão assim. :frowning:

…Mais o de Alvalade (mesmo que não seja do mesmo tipo).

A empresa que faz manutenção do relvado, na Academia e no estádio, é a mesma?

DonRamires, o teu primo Sérgio Rita não jogou porque ainda é juvenil B, por isso é normal que não esteja sequer convocado nos juvenis A do Benfica.

Só reparar um erro, tanto quanto sei esse africano (é senegalês, só o Benfica para ir buscar estrangeiradas dessas e se calhar até tem idade a mais em relação ao BI e ainda vai dar barraca) do Benfica é Tounami e não Toumany.
[b]

[Edit: afinal informei-me melhor e parece que é mesmo Toumany][/b]


E parece-me que o senegalês esteve a testar na Academia e não ficou por vários motivos. Talvez seja esta a explicação para a comemoração do golo do senegalês ter sido tão provocatória.

Que motivos? Sabes?

Que motivos? Sabes?
Pelo que ouvi o principal era ser estrangeiro ... não quero dizer mais motivos porque posso estar enganado.
Que motivos? Sabes?
Pelo que ouvi o principal era ser estrangeiro ... não quero dizer mais motivos porque posso estar enganado.

Mas não estás! :wink:

Obrigado pelas informações pessoal. Pensei que ele já fosse A :expressionless:

Que motivos? Sabes?
Pelo que ouvi o principal era ser estrangeiro ... não quero dizer mais motivos porque posso estar enganado.

Mas o rapaz veio das Áfricas para cá para ser observado, ou simplesmente já cá estava emigrado e começou a destacar-se, chamando à atenção?

Que motivos? Sabes?
Pelo que ouvi o principal era ser estrangeiro ... não quero dizer mais motivos porque posso estar enganado.

Mas o rapaz veio das Áfricas para cá para ser observado, ou simplesmente já cá estava emigrado e começou a destacar-se, chamando à atenção?


Foi o que referiste em 2º penso eu.
Que motivos? Sabes?
Pelo que ouvi o principal era ser estrangeiro ... não quero dizer mais motivos porque posso estar enganado.

Talvez exista ainda outra razão… Que idade terá ele? 8)

No BI dele, a data de nascimento é 21/12/1991. Faz hoje 15 anos.

Resta saber há quantos anos nasceu… :-k

No BI dele, a data de nascimento é 21/12/1991. Faz hoje 15 anos.

Resta saber há quantos anos nasceu… :-k

Segundo ouvi dizer a razão prende-se mais com o facto de ele ter 15 anos em cada perna. :lol:
Isto com os jogadores africanos é sempre preciso cuidado…