Jovem saudita que apareceu num vídeo de minissaia foi detida

Jovem saudita que apareceu num vídeo de minissaia foi detida

Autoridades prenderam a jovem por alegadamente desrespeitar as regras conservadoras do país islâmico
2017-07-19 13:38

A polícia de Riade, capital da Arábia Saudita, deteve esta terça-feira a jovem que usou uma minissaia e mostrou os cabelos num vídeo divulgado nas redes socias.

Para além das roupas consideradas “ofensivas”, a jovem aparece no vídeo a passear sozinha, algo que na Arábia Saudita é estritamente proibido, uma vez que as mulheres não podem aparecer em público sem a companhia do marido, de um irmão mais velho ou de um tutor do sexo masculino.

Quando interrogada pelas autoridades, a jovem alegou que “os vídeos virais foram publicados por uma conta que lhe foi atribuída sem o seu consentimento”.

De acordo com a polícia local, o caso foi encaminhado para o Ministério Público Geral de Riade.

A jovem foi detida por alegadamente desrespeitar as regras de vestuário deste país islâmico, que proíbe as mulheres de usarem roupas inapropriadas, e as obrigam a cobrir o cabelo e a usarem roupas soltas.

No domingo, o porta-voz da Presidência da Comissão para a Promoção da Virtude e a Prevenção da Imoralidade (conhecida como polícia religiosa), disse que a organização estava a tomar as “providências necessárias” para tratar de um vídeo viral que retrata uma “rapariga com roupas ofensivas”.

No vídeo que se tornou viral nas redes sociais é possível ver-se a jovem a caminhar de minissaia e com os cabelos destapados.

Segundo a imprensa local, várias pessoas de Ushayqir, uma cidade ultraconservadora na província de Najd, já solicitaram ao governador provincial e às autoridades, que tomem medidas contra a mulher.

http://www.tvi24.iol.pt/internacional/arabia-saudita/foi-detida-a-jovem-saudita-que-apareceu-num-video-de-minissaia

Nojo disto tudo… Absoluto nojo disto tudo. Ainda acaba morta a rapariga. :frowning:

Polícia religiosa… Humm se calhar precisavamos cá disso para combater o estado lampiãnico. :mrgreen:

[hr]

Nunca hei de entender as “leis” desses países… Ainda vivem num milénio diferente. :menos:

Há uns dias vi um documentário em que um britânico a viver lá foi preso pela polícia religiosa por ser gay e agora deparo-me com isto, é revoltante.

A mim é que nunca me vão apanhar nesse país.

Eu ia somente lá buscar 2 sauditas jeitosas e dizia-lhes:
Bora para a Tuga que lá podem-se descascar à vontade. :twisted: :mrgreen:

Um país com demasiada gente retrógrada e apoiante de terroristas. Infelizmente ninguém lhes pode tocar porque têm a proteção dos EUA e mais uns quantos…

Espero estar errado, mas acho que a morte é o seu destino, infelizmente. Mesmo que o “tribunal” não lhe dê a pena de morte, algum popular mais conservador e radical acaba por o fazer.
E ainda nos queixamos de ser portugueses :mrgreen:

Uma autentica palhaçada em pleno século 21 ainda existirem países com estas práticas contra as mulheres, é simplesmente bárbaro.

Mas a rapariga também onde raio tinha a cabeça quando decidiu fazer tal coisa? Já sabia que isto podia correr muito mal para o lado dela. Por isso é que eu recuso-me a visitar países onde tenham esta lei, se as raparigas não podem estar à mesma vontade que eu então o turismo devia sofrer com isso.

https://www.youtube.com/watch?v=EeuteOaGySg

A prova do “crime”.[/center] [center]::slight_smile: