Jeremiah St. Juste

Eu gosto do Morita, vê-se que é um jogador com qualidade técnica e bastante esclarecido, mas se a alternativa para 6 durante uma época longa é ele, vamos passar mal em alguns jogos.

Um jogador como o Palhinha faz falta, até fisicamente, fosse o próprio Palhinha ou outro com características semelhantes para aquela posição.

1 Curtiu

Não disse que eram iguais mas nao concordo que nao podiam ser mais diferentes.

Para mim uma das principais caracteristicas que o Palhinha desenvolveu nas ultimas duas épocas foi o passe longo. Alias as variacoes de flanco por norma passavam por ele.

Nao conhecia muito bem o Morita, mas do que tenho visto, tem um bom passe longo também. Parece-me que difere do Palhinha na parte de levar o jogo para a frente. O Palhinha não transportava a bola no pé, o Morita aposta mais nisso, um pouco como o Ugarte também ja faz.

Nao tenho visto nada disso. O Morita e’ o boss no passe curto vertical. Nao vi muito desse passe longo, nem do levar o jogo para a frente que referes. Mas nao vi os jogos de preparacao todos, posso estar so a analisar parte da informacao.

Sim, mas o facto de o Palhinha ter desenvolvido o passe longo (que simplesmente não tinha), ao ponto de se tornar competente nesse aspeto, não faz dele um tipo acima da média no passe longo. O Morita, nesse aspeto, é muito superior.

Da mesma forma que o Morita, por ser competente na recuperação de bola (e é pela superior inteligência e rapidez de raciocínio e não pelo corpanzil), não faz dele um pitbull como é o Palhinha.

Seria o mesmo que dizer que o Pirlo e o Yaya Touré eram semelhantes, porque o Pirlo recuperava muitas bolas e que o Yaya Touré tinha uma boa meia-distância. Estamos a pegar em dois pormenores do jogo de cada um, em que um é competente e o outro é top, para dizer que têm semelhanças. Não têm. De todo…

1 Curtiu

Ainda no ultimo jogo com o Wolves (acho que foi nesse) fez um grande passe longo que criou uma jogada de perigo. Antes tambem ja tinha feito uma ou duas variacoes de flanco com passe longo.

Como disse, nao conheco muito bem o Morita mas do que vi foi a sensacao com que fiquei.

Nao consegui ver o jogo com o Wolves. Por isso como disse estou a partir de uma base limitada de visualizacoes. Mas um jogador fazer um ou dois passes longos bons, nao quer dizer que isso seja uma das suas principais caracteristicas. Mas vou tomar mais atencao nos proximos jogos. :face_with_monocle:

Na verdade tambem nao disse que tinha un passe longo acima da media, disse que tinha um bom passe longo. Mas na verdade ate acho que o Palhinha tem um passe longo acima da media do nosso plantel. Temos infelizmente poucos jogadores que o façam de forma competente e constante (não conta um passe longo certo por cada 4 errados como acontece com o Coates).

Percebo o teu ponto em relacao à falta de semelhancas mas continuo a discordar. Se estamos a falar de dois jogadores bons no passe longo (Morita mais que Palhinha) e na recuperacao de bola ( Palhinha mais que Morita), estamos a falar de caracteristicas semelhantes. Claro que como disse há muitas coisas em que divergem mas não acho que sejam totalmente diferentes.

São opinioes, claro. Não há nenhuma verdade indiscutivel neste caso.

Pode ser. A meu ver, é uma má opção, mas eu não sou treinador.

Temos Inácio e Reis a sair, agora temos o St. Juste. Tens o M. Nunes, tens o Morita (que mete a bola a rodar). Para sair à monstes de gente. Com um ataque que mal pressiona, quem é que recupera a bola? Quem é que mostra os dentes e impede o adversário de trocar a bola? Quem é que a tira do adversário. Mas tira mesmo, não espera por um passe óbvio ou mal feito.


O Morita recupera bolas graças à sua capacidade de antecipação, de ler a linha de passe. Eu estou a falar de gajos que mostram os dentes e mordem a língua. De gajos que encostam ao adversário e condicionam o jogo adversário.

1 Curtiu

Ainda não vi nada deste jogador, mas parece-me que gastámos muito dinheiro para alguém que vai estar mais entre banco de suplentes e a enfermaria.

Pessoal, calma…uma entorse! Algo perfeitamente normal em qualquer jogador.
Pré temporada sempre dura nos treinos, são situações que até um mau apoio pode provocar. Foi a este podia ter sido ao Paulinho, ao Adan ou ao Ugarte (que até se lesionou pelos vistos em casa, nas costas…)

As questões crónicas que o afastaram num passado recente foram nos ombros e estão tratadas. Quando pegar vai ser pra ficar! Zero dúvidas. Quem o viu jogar na Alemanha sabe que vai ser provavelmente o melhor jogador da nossa defesa em termos físicos, a sair a jogar, velocidade.

Foi realmente um azar dos diabos não ter feito jogos na pré temporada. Mas como foi um azar dos diabos a lesão do Adan ou do Bragança. Podia ter acontecido com outro qualquer.

Não metam já carimbos na testa. Vamos aguardar

mas queres trincos, agora? quem te viu… :scream:

eu continuo a achar que o nosso meio campo não precisa de trincos. precisa de gente que recupere a bola, sim, mas através duma outra abordagem à pressão.
saber quando sais (fundamental) e como sais e quem compensa (e de que forma) essas saídas à pressão. seja ela ao homem, ou às linhas de passe.
agora se o objetivo é continuar a ter um “tolinho” que, sozinho, faça aquele meio campo todo porque o outro só alarga esse raio de ação quando tem a bola nos pés… ok, aí sim, concordo contigo. e vão buscar o Al Musrati rapidinho.

tenho que encaixar nesta discussão o Matheus Nunes… apesar de lhe reconhecer virtudes únicas no plantel, condiciona (e muito) a dupla de meio campo, nas transições ataque/defesa.

e para finalizar, sim, o nosso ataque tem que ser a primeira linha de defesa. Edwards, Trincão e mesmo o Pote dão poucas garantias, nesse campo. mas, isso sim, tem que mudar.
temos que voltar à forma de jogar do ano do título. na postura. na atitude.
aquela teoria do “ou corres mais do que os outros ou perdes”. é verdade. ponto.
porque se não tens muito mais qualidade do que os outros, tens de os vencer na vontade.

agora não acho que, para isso, se tenha de recorrer a trincos (passe o exagero).

Não viste tu nem ninguém. Não jogou…

2 Curtiram

Não jogou e já meteram rótulo nele
Isto é o sporting não sei esplendor

2 Curtiram

O que eu disse é que quando jogávamos com o Palha ou o Ugarte, a construção ficava entregue apenas ao Reis e ao Inácio isto quando jogava o Reis a DC e não o Neto. Agora há também o Jer e o Morita, ou seja, parece-me que a ideia do RA foi melhorar a capacidade de saída de trás.

Se eu concordo que esse era o principal problema são outros 500

Não. Isso seria uma mudança de personalidade brutal. :laughing:

Se a equipa pressionasse bem e o adversário não tivesse tempo para pensar e para passar bem, malta de frente a ler o jogo e a cair no local certo era óptimo.

Agora, são tão macios na frente e agora no meio… Há que remediar isso.

Eu defino um trinco como o antigo ferrolho à frente da defesa e pouco dai, passa a bola logo para o lado ou atrás. O William entrou assim e depois alterou no jogo com o fcporto em que deu o clique. O Palhinha também evoluiu, embora menos. Gostava de outro Ugarte. Impedir ao máximo a distribuição central. O MN anda a passear, o Morita em dois jogos vi o tipo a correr ao lado do adversário, mas sem meter o pé. Há ali adversários a receber a bola com espaço e tempo. Não é o que eu gosto, é o que eu acho que é preciso.


Sim e eu percebo isso, era uma dificuldade. isso e a defesa recuada. Mas enquanto a frente não pressionar bem, as costas terão sempre problemas. Muita gente acha que a defesa rápida resolve problemas porque vai buscar adversários em velocidade. As equipas mais evoluídas da Europa resolvem isso não deixando o adversário pensar e colocar o passe.

O benfica na época passada teve muitos problemas com o meio-campo macio. Esta época tenta resolver com mais pressão no adversário. Veremos… mas é um problema deles. O nosso é que nem pressionam, nem recuperam na linha intermédia. Exatamente o que aconteceu ao rivais na época passada. Eu lido bem com os problemas deles, não tanto quando podemos vir a ter os mesmos. Mesmo que pressionassem bem na frente, quando apanharem uma equipa mais evoluída na Champions ou mesmo num derby (não sei como estarão os rivais), a saída de bola faz-se na mesma. É nesses jogos que os pitbull mais se destacam.

A saída de bola, neste momento, não me parece o maior problema. Existem recursos humanos capazes de o fazer. A equipa cria e atá marca, mas sofre. Tenho na ideia que só não sofremos golos em 2 jogos e daqueles com adversários mais fracos. E lembro-me de poucos jogos em que controlámos alguma coisa, mesmo que a espaços.

3 Curtiram

Eu concordo contigo, tenho é a sensação que o treinador não vê as coisas assim. Aliás se visse não ia buscar um Trincão, um Rochinha e mesmo um Morita. Se visse assim faria mais sentido ir buscar um Acuña, um Sli, um BF ou Palha (não digo estes obviamente, falo em termos de disponibilidade física no que toca a pressionar).

Não sei se estamos mais fracos. Perdemos Sarabia mas temos de volta o antigo pote (que quanto a mim perdeu protagonismo por causa de… Pablo, não tenho dúvidas) trincão não sei o que pode dar. saiu feddal, o juste, na teórica é melhor, perdemos palhinha mas ganhamos Morita, essugo está mais preparado, Rodrigo pode fazer de tiago Tomás de há dois anos.
Há dois anos vieram nuno santos e pote, incógnitas bem grandes, e o Gonçalo Inácio apareceu, quando poucos davam alguma coisa por ele. Saíram as vedetas todas que tinham vindo um ano antes, e deu no que deu. Não é por causa das perdizes andarem a cilindrar o lusitano de Évora que agora vou entrar em depressão.

1 Curtiu

Daqueles comentários só para meter nojo, até parece que o homem jogou e enterrou :rofl: :rofl:

Teve uma lesão traumática(que por acaso já tá recuperado da mesma) e é o fim do mundo.

Teve a recuperar a época passada(nem foi de uma lesão, porque ele jogava. Ele próprio é que quis ser operado devido a desconforto no ombro), só por isso o conseguimos ir buscar, senão nem por 25M a vendiam.

E ainda não o viram jogar, nem deram tempo para estabilizar e ganhar forma. É logo uma desgraça.

Na minha opinião temos um plantel + fraco, quer em qualidade quer em opções, mas não significa que se faça menos pontos ou se jogue pior.
Se incluíres o Slimani e o JCabral saíram + do que os que entraram e não devem surgir surpresas pois as únicas contratações foram St Juste que já temos expectativas elevadas, Morita que comprovou a qualidade que se conhecia e ocupará mais a posição do Daniel no plantel do que propriamente a do Palhinha, e Rochinha por Tabata.
Essugo, Mateus e RR vão ter minutos mas não vão ter minutos suficientes para serem determinantes como foram o GI ou o NMendes.