Jérémy Mathieu

Só aqui um pequeno reparo: apesar do grande respeito que tenho pelo Slimani, não me esqueço de quando forçou a saída. Só para o distinguir do Mathieu, esse sim, com um comportamento irrepreensível de inicio a fim.

Merece, sem duvida, estar aqui no orgulho leonino.

1 Like

O Carlos Xavier era polivalente sim senhor e tinha grande qualidade, mas só se lembrou do profissionalismo nos últimos dois anos em Alvalade antes de rumar a San Sebastian.

1 Like

Ainda não tinha tido oportunidade de lhe deixar a devida homenagem. Desconfiei quando chegou. Um jogador velho e anunciadamente acabado. Um gajo que no Barcelona não tinha sido indiscutível. Um gajo que tinha um historial de lesões recheado. Um jogador de futebol que, aparentemente, fumava que nem uma chaminé. Chegou cá na pré-temporada e todos os predicados negativos se confirmaram (exceptuando as lesões). Critiquei e bati na vinda deste acabado que representava tudo aquilo que o Sporting CP não devia fazer numa abordagem ao mercado. Provou-me a mim e a muitos adeptos que estávamos errados. Um profissional de mão cheia. Um jogador de futebol extraordinário. Um gajo que deu tudo e se não deu mais foi porque não pôde. Um gajo que viveu o clube como poucos outros. Um central de mão cheia. Um jogador com capacidade técnica muito superior à de muitos médios no plantel.

Não exagero quando digo que este é provavelmente o meu jogador favorito do Sporting CP nos últimos largos anos. Merecia ter acabado a carreira de outra maneira e merece um reconhecimento honroso na história do Sporting CP. Enfim, um jogador que em 3 ou 4 anos representa muito mais a mística do Sporting CP do que outros que por cá têm passado. Um jogador que me fez orgulhar de ser do Sporting CP.

Boa sorte no futuro craque!

4 Likes

Superlativo de Classe, pena o tabaquito!

Devia ficar na estrutura para ensinar os miúdos da formação.

Como sempre um senhor

1 Like

Acho que nunca pensei gostar tanto de um francês como gosto deste homem

1 Like

Futebol

MATHIEU: “A VER SE GANHAM ESTA LIGA”

Francês mostrou acreditar que o Clube de Alvalade está no bom caminho para vencer a Liga NOS

Maria Pinto Jorge

Texto

23 de Fevereiro 2021, 13:53

Em entrevista à ‘RAC 1’, Jérémy Mathieu voltou a falar sobre a presente época do Sporting, além da lesão que o fez abandonar os relvados. O ex-central dos leões mostrou-se crente no caminho que o Clube está a fazer na Liga NOS.

“Sei que estão muito bem. Estou em contacto com o ‘Sebá’ Coates e algumas outras pessoas que trabalham no Sporting. Este ano está bom para eles, a ver se ganham esta Liga”, referiu, falando, de seguida, da sua lesão: “Agora não me dói muito. Ainda depende dos movimentos que faço, mas estou bem. Já estou habituado a não jogar e desfruto da vida com a minha família”.

O francês recordou, ainda, o momento em que chegou ao Sporting e o que procurava quando assinou contrato com os verdes e brancos, ressalvando as diferenças no balneário do Barcelona e de Alvalade.

“Não falei com Luis Enrique (ex-treinador do Barcelona) durante o ano inteiro. Preciso de um pouco de afeto e no Sporting tive-o, incentivavam-me, mas no Barcelona não. Por exemplo, num jogo contra o Málaga cometi um erro, ninguém me disse nada no dia seguinte, nada, nem uma frase”, lembrou.

Um dos melhores de sempre que vi com a nossa camisola. Deixa saudades. Parece ser um sr e com muito bom carácter. Escaceiam no nosso clube.