IRS 2017/2018

Também procurei ontem, mas percebi que não era possível.

Sei que foge um pouco ao que tem sido discutido, mas provavelmente nem todos ouviram falar do famoso anexo SS

http://expresso.sapo.pt/o-misterioso-anexo-ss-que-as-financas-nao-explicam=f810137?

http://www.otoc.pt/pt/noticias/anexo-ss-declaracao-periodica-rendimentos-modelo-3/

remeto para um erro na noticia do expresso (a meu ver) que menciona que APENAS para os titulares de rendimento B é obrigatorio.
Ora depois de muito ler, a OTOC tambem partilha um link, a ideia com que fico é que é OBRIGATORIO para todos os rendimento B, sendo que quem se enquadra nas excepções precisa de preencher o anexo mas no quadro 6, coloca Não.

http://casadocaminho.pt/

Sempre.

Pois, pelo link do OTOC, os unicos com rendimento B que não precisam entregar o SS são os que só tiveram acto isolado. :great:

e já voltou a mudar.
ontem houve um esclarecimento das finanças que nao esclareceu nada e deixou tudo na mesma, ao ponto de ouvir fiscalistas a dizerem que tinham duvidas e que na duvida…preenche-se ::slight_smile: (como se isto fosse justificação para a trapalhada)
saiu então o esclarecimento esclarecedor :eh: por parte da seg. social que esse sim pos os pontos nos is.

http://www4.seg-social.pt/noticias/-/asset_publisher/9N8j/content/trabalhadores-independentes-entrega-do-anexo-ss-da-declaracao-modelo-3-do-irs?redirect=http%3A%2F%2Fwww4.seg-social.pt%2Fnoticias%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_9N8j%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-1%26p_p_col_count%3D1

tem lá bem explicito quem está isento :great:

Feito! O ano passado foi os Leões de Portugal, este ano a Fundação Aragão Pinto.

No campo 9 do anexo H do seu impresso de IRS coloque uma cruz no quadrado à frente de “Instituições Particulares de Solidariedade Social ou Pessoas Colectivas de Utilidade Pública” e o campo 901 (à direita) preencha com o número de contribuinte da instituição a que está a dora (os 0,5% que está a doar são retirados da parte que teria de pagar ao Estado")

Leões de Portugal - 503930644
Fundação Aragão Pinto - 510049079

http://www.leoesdeportugal.pt/comocontribuir.php
http://www.fundacaoaragaopinto.com/main.php?id1=21&id2=5

Foi para os Leões de Portugal. :mais:

Depois de anos consecutivos a ir para os Leões de Portugal, este ano foi para a Liga Portuguesa contra o Cancro

Feito.

Desta vez dividi os 2 que meti, uns pelo Leões e outro pela Fundação Aragão Pinto. :great:

Já alguém recebeu a liquidação do IRS deste ano???

Estes gajos para receber é logo, para pagar está quieto

Hoje, logo pela manhãzinha :wink:

Este ano não fugiu à regra :great:

também já recebi :beer:
para um desempregado foi como um ordenado este reembolso.

Hoje de manhã também, submetida dia 1 de Abril :great:

Eu submeti no dia 25 de Abril…só lá para o fim do mês é que deverei receber, ou não?

Coloquei a do meu pai no dia 2, entretanto já falei com ele e recebeu hoje, a minha foi no dia 6 e até agora nada.

Então as contas da Maria devem estar certas, deve ser amanhã.

Novo IRS trama pequenos senhorios 08 Maio 2014, 00:01 por Elisabete Miranda | elisabetemiranda@negocios.pt [url]http://www.jornaldenegocios.pt/economia/impostos/irs/detalhe/novo_irs_trama_pequenos_senhorios.html[/url]

Boas. Vi este título hoje. Alguem tem alguma informação se é possível evitar esta nova taxa?
A minha mãe tem uma casa arrendada, mas é uma renda muito baixa. Pelo que percebi, vai ser impedida de pôr despesas de saúde e aínda paga 28%. País de trampa mesmo…

não tenho acesso à notícia, pdoes meter aqui sff?!

Eles só disponibiizam a notícia para assinantes, já pedi à minha mãe para comprar o jornal de hoje…Entretanto encontrei esta do DN que explica um pouco

Muitos senhorios com rendimentos modestos caíram numa "armadilha", dizem os fiscalistas. Por não terem solicitado ao Fisco uma declaração, estão agora sujeitos a uma taxa de 28%, superior ao que pagavam antes. O "Jornal de Negócios" escreve hoje que "maio é o mês dos senhorios entregarem a sua declaração de IRS mas, este ano, muitos deles estão a apanhar valentes sustos. Para pagarem o mesmo IRS que até aqui e escaparem à taxa de 28% entretanto criada, precisam de uma declaração do banco a indicar o IRS que pagaram sobre os juros dos depósitos. Só que esta não é uma declaração qualquer: tem mesmo de ter sido passada até 31 de janeiro, caso contrário, as Finanças não a aceitam. Como o prazo já terminou, os senhorios enfrentam um disparo na sua fatura fiscal do qual só agora se estão a aperceber. Fiscalistas e contabilistas falam em "armadilhas" e regras obsoletas, enquanto o Governo diz que a Lei é conhecida desde 2013". [url]http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=3850662&especial=Revistas%20de%20Imprensa&seccao=TV%20e%20MEDIA[/url]

Há aí qualquer coisa estranha nessa noticia.
A maior discussão sempre foi sobre a taxa liberatoria (28%) ou englobamento nos rendimentos.(juntamente com ordenado,etc)

Mais coisa menos coisa, eu sempre alanquei com 28% de impostos sobre a renda que cobro da casa