Incêndios de 15 Out - 44 mortos confirmados

Isto em Braga está caótico. Montes e montes a arder, está um calor insuportável, quase não se pode sair à rua.

E quando digo que estão a arder montes, falo de montes a sério, difícil acesso para os bombeiros.

Enfim, tristeza.

Três mortos. Dois na Penacova e um na Sertã.

Não tem o mesmo impacto porque em Pedrógão morreram quase 70 pessoas. Mas o dia 15/10 é provavelmente o pior dia de sempre da história de Portugal, ao nível de incêndios…

Isto.

Mas a que se deve isto? Em tanto lado, e ao mesmo tempo? Alguma especificidade da própria meteorologia que propicia fortemente isto? Num dia que se previa véspera de chuvoso…

Terrível, trágico.

Dizem que o fogo de Quiaios tem 30 kms de frente, desde a Figueira a Mira…

Mais vítimas, mais fatalidades, um número incontável de focos de incêndio… sim, isto é o caso. E pior fica se não tiver gente competente a dirigir as operações, gente em quem a população possa confiar, porque foi isso que se perdeu em Pedrógão - confiança.

Mais 3 mortos. Incrível isto.
Hoje foi apanhado um incendiário em flagrante, estou para ver o que lhe vai acontecer

o ar está irrespirável

Os especialistas no terreno que digam, e os políticos que ouçam de uma vez por todas, e ajam. Quem não fizer, tem de ser responsabilizado, não me importa a cor. Há muito para mudar. Só sinto nojo.
Muita gente para prender, e condenar a prisão, não mais pulseiras. Forneçam muitos mais meios à PJ, é uma absoluta prioridade nacional. Não são só indivíduos, também cartéis, e não são pequenos, como o que foi descoberto em Espanha.

A quem tem um incêndio por perto, cuidado e força.

Irresponsabilidade política;

Criminosos à solta;

Negócios e interesses.

Profundo pesar por todas as vitimas.

Enquanto não começarem a atar os incendiários a uma árvore e deixá-los no meio do incêndio que atearam…nada feito.

Inacreditável o que se está a passar. Uma família que é minha amiga acabou de ser evacuada da zona de Leiria.

Enviado do meu ONEPLUS A3003 através de Tapatalk

Quando se fala neste problema a tendência é sempre abordar o papel do Estado. E concordo com tudo o que dizem. Faltam medidas, falta competência, falta investimento, falta organização, falta mão pesada.

Tudo isso é verdade. Assim como é verdade que maior parte dos cidadãos não fazem o seu papel.Esta situação também é o espelho do que somos como povo, pelo menos uma parte muito significativa da população. Falta responsabilidade, falta amor ao próximo, falta ter capacidade de priorizar valores, falta civismo e respeito.

Basicamente é isto…

Isto é tudo tão tão triste.

130 incêndios activos à meia-noite. Em Outubro. Na véspera do dia em que anunciam chuva para todo o país. Pá…

Deu à pouco na TVI24 , um video de um automobilista na A8 com chamas de um lado e de outro e ele a dizer autenticamente que uma parte da estrada estava a arder.

E contramão na A25 por causa dos fogos provoca choque frontal :

[size=14pt][b]Choque frontal faz dois feridos na A25. Carros fugiam do fogo[/b][/size]

Dois carros chocaram este domingo à noite, cerca das 20.30 horas, na A25, junto à estação de serviço de Vouzela, no sentido Viseu - Aveiro, onde circulavam carros em contramão.

Segundo o que o JN conseguiu apurar com testemunhas que se encontram no zona, na altura do acidente não havia GNR por perto.

Os carros que circulavam entre Viseu e Aveiro terão entrado na estação de serviço de Vouzela e perante o fogo junto à autoestrada, terão voltado para trás, entrando na mesma via (Viseu-Aveiro) ou seja em contramão.

Duas viaturas ligeiras colidiram frontalmente. Segundo o comandante dos bombeiros de Oliveira de Frades, Fernando Farreca, havia duas vítimas encarcerados, “aparentemente em estado grave”.

As comunicações dificultaram a chamada e a chegada do socorro, tendo a GNR chegado posteriormente.

https://www.jn.pt/local/noticias/viseu/vouzela/interior/choque-frontal-faz-dois-feridos-na-a25-carros-fugiam-do-fogo-8845722.html?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

Parece que há uma nova modalidade radical em Portugal , conduzir em Portugal quando há fogos. :inde:

Isto por aqui está bastante complicado

Enviado do meu LG-H815 através de Tapatalk

vivo a 5km do mar na zona de aveiro e por volta das 20h o ar estava carregado de cinza e fumo… havendo fogos a uns 30km’s.

isto está completamente descontrolado, temos o país ao abandono

Não há problema , amanhã o São Pedro acaba com isto , porque politicos hoje nem vê-los , provavelmente alguns já estarão a pensar tirar uns dias de ferias aí para alguma praia.

Mas até não há moral para criticá-los , se ainda há 2 semanas , as pessoas forem em massa votar neles para as autarquicas , eles , os politicos , já conseguiram o que queriam , agora as pessoas que se aguentem à bronca.

Votar num país em que ninguem assume responsabilidades é votar na irresponsabilidade e na incúria.

E alem de não conseguirmos apagar os nossos fogos , ainda mandamos fogos para os outros.

[size=14pt][b]Incêndios: Galiza enfrenta "atividade homicida" e fogos que saltam o rio Minho[/b][/size]

O presidente da Junta da Galiza descreveu hoje como complexa a situação naquela região espanhola devido a uma “atividade incendiária homicida”, seca persistente e descontrolo dos incêndios em Portugal, que “saltaram o [rio] Minho” pela primeira vez.

Alberto Núñez Feijóo disse que transmitiu à ministra da Agricultura, Pesca, Alimentação e Meio Ambiente, Isabel García Tejerina, a sua preocupação por Portugal não conseguir apagar os seus incêndios e os fogos com origem em território português estarem a entrar na Galiza.

“Pela primeira vez, vemos como os fogos saltam o rio Minho e incendiavam As Neves, Salvaterra [do Miño], Porriño e outros lugares limítrofes”, afirmou o presidente da Junta da Galiza, citado pela agência espanhola EFE.

O Governo português anunciou hoje que acionou o Mecanismo Europeu de Proteção Civil e o protocolo com Marrocos, relativos à utilização de meios aéreos, mas que Espanha não pôde responder ao pedido de ajuda por causa dos incêndios na zona da Galiza.

https://www.dn.pt/lusa/interior/incendios-galiza-enfrenta-atividade-homicida-e-fogos-que-saltam-o-rio-minho-8845746.html