Imprensa sem vergonha!

Mais do que nunca temos de lutar contra a imprensa lampiónica e vergonhosa que popula no nosso país. Senão vejamos:

[b]Foi mesmo penálti[/b]

Contra o coro de críticas, protestos e até ameaças que começaram em Paulo Bento e se espalharam em rede por comentadores encartados, ex-árbitros-comentadores e outros especialistas, o penálti assinalado pelo juiz-auxiliar Luís Ramos, que o árbitro Paulo Baptista confirmou, foi bem assinalado. Tem, pelo menos, uma base regulamentar aplicável. Trata-se, de resto, de uma conhecida recomendação do International Board, a que a FIFA deu seguimento, e que, pelo menos os senhores árbitros tinham obrigação de conhecer, a começar pelo sr. Paulo Baptista.

Que diz a tal recomendação? Que os senhores árbitros, perante um jogador defensivo que inicie uma acção faltosa sobre um atacante fora da grande área (por ex., um agarrão), que venha a terminar dentro da grande área, devem assinalar grande penalidade! Precisamente o que aconteceu (o agarrão do texto da recomendação é apenas um exemplo) no jogo de sábado entre o Sporting e o assustador Trofense.

O mais surpreendente em tudo isto foram as proporções do protesto “oficial” leonino em relação a uma jogada quando a equipa já ganhava, não ao FC Porto ou ao Benfica, mas ao Trofense, e por uma margem folgada (3-0), uma jogada, como se viu, sem consequências para os donos da casa (a expulsão de Polga era inevitável, em qualquer circunstância). Mas eis que, de súbito, como se se tratasse do principal jogo da jornada, colunistas, especialistas e alguns jornalistas apareceram a fazer amém às queixas de Paulo Bento, arrasando, não o árbitro Paulo Baptista, que pôs o rabinho de fora, reconhecendo um erro que não cometeu, mas o pobre juiz auxiliar Luís Ramos.

Um jornal desportivo, como quem colabora para o clima de violência social de um País que deixou de ser de brandos costumes, anunciava ontem em parangonas balísticas que “Luís Ramos está sob a mira da SAD leonina”. O que é preocupante, para lá do surto de amnésia colectiva sobre normas regulamentares que deviam ser conhecidas, e respeitadas, é a dimensão das reacções a uma decisão de uma equipa de arbitragem, sem consequências, num jogo em que os donos da casa esmagaram o seu frágil adversário. O que não seria, se fosse num jogo importante e uma decisão com influência no resultado?

As generalizações sobre a arbitragem feitas pelo treinador do Sporting, antes e depois deste caso, no seu estilo sincopado e repetitivo, mostram, aliás, um Paulo Bento tenso e irritável (como se viu nalgumas respostas a jornalistas), o que constitui para mim, que o tinha por um homem tranquilo, uma surpresa. E um mau sinal para, como acentua sempre o doutor Hermínio, esta Liga Sagres…sem álcool.

por Rui Cartaxana


http://www.record.pt/noticia.asp?id=802155&idCanal=3437

Uma vergonha! Não há palavras para este artigo vergonhoso!

HAHAHAAHHA AHHAHAHAHAHAH HAHAHAHAHHAAHHA HAHAHHHAHAHAHA HAHAHAHAHHHAHA HAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAHAHA HAHAHAHAH HAHAHAHAH AHHAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAHAH HAHHAHAHAHHHAH AH AHAHHAAHHAH HAHAHAHAHHAH HAHHAHHA

E tenho mais a dizer:

HAHAHAAHHA AHHAHAHAHAHAH HAHAHAHAHHAAHHA HAHAHHHAHAHAHA HAHAHAHAHHHAHA HAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAHAHA HAHAHAHAH HAHAHAHAH AHHAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAHAH HAHHAHAHAHHHAH AH AHAHHAAHHAH HAHAHAHAHHAH HAHHAHHA

Lampionices…e ainda ha aqueles que dizem que a record é um jornal com costela Sportinguista. Nao passa de um palhaço.

É deixar comentários e mais comentários sem fim naquele artigo para este palhaço saber com quem se mete!

A maior parte dos comentários vão ser de lampios aq corroborar, vão lá ler :wink: até já gabam a “coragem” do “homem”.

Já agora quem lá for comentar, coloque um link para a notícia do mesmo jornal com o árbitro a dizer que foi penalti :lol:

A dúvida aqui é apenas uma: o gajo é estúpido ou o gajo é estúpido?

:arrow:
A normal azia lampiónica

Não é nada! É lampião…

Só tenho 2 comentários a fazer:

  1. Mais atenção no título do tópico… não informa nada nem ajuda a perceber do que se trata “Atenção Sportinguistas” ??? ???

  2. Parece que jogámos mesmo bem e metemos medo ao dream-team logo à 1a jornada… Grande Sporting!! :clap: :clap:

Oi? :o

A sorte é que o gajo escreveu aquilo depois de almoço… vinhaça da boa…

E um Lampião, entre outras coisas, não é estúpido? ;D :lol:

Já mudei. 8)

o idiota confunde o puxão com o tackle :rotfl:
só falta dizer agora que nos tackles, a falta acaba quando o adversário acaba o mergulho :rotfl:

Agora e que se vai ver o “Roca” pedir que um gajo de uma outra equipa o comece a empurrar no meio campo e depois vai cair na grande area…Ha com casa um… ^-^
O gajo tem que mudar o nome para rui “Cartaxo” branco e tinto…
Idiot :arrow:

Thanks. :great: O título do tópico, deveria ser aliás, “A Grande Azia”. :mrgreen: :twisted:

Opinei noutro tópico onde se discutia o mesmo artigo. Aqui fica…

nao sei bem como interpretar este texto ^-^

A questão é que é isso que ele está a dizer! :rotfl:
Um jogador sofre uma falta no meio campo, o árbitro deixa seguir porque o seu clube ficou com a bola, esse jogador chega à área e atira-se para a piscina, penalti sem apelo nem agravo :rotfl:

Que cromo!

Se a net aqui onde estou fosse mais rápido, enviava já um e-mail para a direcção do Record.

Demora 2 minutos a abrir uma simples página de internet, ficava aqui a noite toda só para mandar um e-mail.

Porém, mal esteja num sítio com net mais rápida, farei isso.

eu mandei para la a mensagem “o sr nao acha que nao deveria escrever depois do jantar. eu percebo que esteja calor…mas olhe que o vinho aumenta mais a azia. Saudaçoes Leoninas”

É que não faz sentido. Num puxão há o local onde começa e acaba a falta. Num tackle há o momento da falta. Que é a uns bons 2 metros da linha da área.

Apesar da má fé do “jornalista” demonstra também um lado senil, que pelo que se tem lido nos últimos tempos, tem vindo a agravar-se com o passar do tempo e com as consequentes desilusões que o clube dele lhe dá.