Impostos futebolistas

Ricardo na entrevista que deu, apontou o facto que o facto de ter havido um aumento dos impostos sobre os futebolistas pondo-lhes uma carga fiscal de 40%, quando em Espanha e outros países sao muito mais baixos, o que levaria à saída dos melhores talentos do campeonato portugues.
Existe o problema Maxi Lopez agora vai existir o problema renovacao de Ricardo que pelo andar da carruagem ainda vai é jogar no Betis pq o que os futebolistas querem é o vencimento liquido no final do mes e quem acaba por pagar os impostos sao os clubes.
A questao é faz o Estado portugues bem em po-los a pagar 40% como o vulgar cidadao, ou devem pagar 25% como os clubes espanhóis por ex?

Sobre Miguel Ribeiro Teles…

[quote]O homem forte do futebol leonino falou também sobre Caneira e Maxi López. Disse que a SAD continua empenhada em assegurar as contratações de ambos, mas aproveitou para criticar o Governo e a sua política fiscal. «O Sporting já manifestou vontade de ter Caneira, enquanto Maxi López é uma das possibilidades para um lugar que Paulo Bento entendeu ser necessário reforçar. Os dois, por acaso, têm um problema que é parecido. Em Espanha, para se procurar trazer talentos e tornar o campeonato mais competitivo, existem taxas fiscais que permitem pagar melhores salários. No nosso país só se pensa assim quando a Selecção ganha ou quando as pessoas vão aos estádios. O nosso campeonato perde qualidade quando em Espanha temos de competir com taxas de fiscalidade na ordem dos 25 por cento, contra os 40 por cento em Portugal. E o futebol, hoje em dia, é uma actividade que assume importância cada vez maior na balança de transacções correntes, movimentando muito dinheiro para o fisco», lembrou.

in ABola[/QUOTE]

Se olharmos apenas para o futebol, concordo com os 25 por cento. O Governo não deve penalizar a competitividade dos nossos campeonatos tornando-os ainda menos apetecíveis aos bons jogadores.

Sim senhor, é verdade que são os jogadores a andar de Porsche e não eu, mas se os jogadores pagarem mais impostos não é por isso que eu, ou o País, ficamos mais ricos. Mais vale deixarem-nos ser pobres mas bem entretidos com futebol de qualidade, do que pobres a ver futebol de m€rda. :sleep:

Isto de impostos é muito complicado …eu nem tenho a certeza que quando chegar á reforma exista guito para mim :xock:

Mas no caso dos jogadores poderiam fazer o seguinte manter igual ao restantante dos trabalhadores mas quando representassem a selecção o estado deveria de pagar aos jogadores e aos clubes um determinado valor livre de impostos, por estarem a representar PORTUGAL… :think:

Agora vamos imaginar o SPORTING “dá” muitos jogadores á selecção e um Guimarães, Beira-Mar, Santa Clara tambem dão como é que o Estado diferencia os clubes em termos de €€€€???

Por exemplo para o EURO o valor era de X por lugar e não interessa se era o clube A ou B…Quem cede mais jogadores ao país deveria ser compensado pela sua formação para que a qualidade dos jogadores seja melhor…

Só uma palavra: PQP! Estes tipos auferem rendimentos que poucos consegueriam receber em várias vidas(!) e querem ser excepção… Se não têm cabeça para gerir o dinheiro que recebem e o estouram de imediato, isso é problema deles. Num país, toda a sociedade deve contribuir para o seu funcionamento na medida dos seus rendimentos. Apelar para excepções de pessoas com elevadíssimos rendimentos é a demonstração de um espírito pacóvio e uma personalidade egoísta.

Se não estiver satisfeito, adeus. Que vá jogar para o Luxembrugo!

É uma vergonha andar a pedir regimes de excepção para estes gajos. Pagam muitos impostos? Também eu e tenho que comer com eles. Não gostam? Façam-se à estrada…

Competitividade do futebol portugûes? Please… give me a break.

O problema é mesmo esse. Em vez de pagarem cá 25%, acabam por pagar 0% pq vao-se embora.
Isto faz-me lembrar os impostos sobre combustiveis, com a disparidade fiscal que existe cá e em Espanha o que acontece é que o Estado cada vez recebe menos $ dos impostos petroliferos pq as empresas de transportes apenas metem combustivel em Espanha. E quem viva na fronteira a mesma coisa, alem das pessoas consumirem menos para o passeio de fds. Aumentaram os impostos e receberam menos 7% receita em 2006. ^-^
Tentar que os impostos sejam iguais é justo, mas nao acabará por ter o efeito contrário em certos casos? Com a taxa a 40% o Maxi Lopez nao vem. Com a taxa a 25% já viria o que estaria a dar ao Estado portugues 18750euros / mes. Na tentativa de chular os clubes já nao vêm um tostao daí. E quem diz daí diz de mto futebolista q vai passar a ir jogar pra outras bandas. No fim quem ganha com isto? Eu lembro-me de Espanha

exacto. a questão que se levanta nem é de todo com o que ganham os que já cá estão, mas sim em conseguir trazer “riqueza” para cá…

O problema é que vivemos num Mundo global e ainda nem toda a gente se deu conta disso…

O que se passa com os futebolistas passa-se com muitas outras actividades. Nos futebolistas é mais evidente porque é uma profissão mediatizada e em que a mobilidade dos trabalhadores está já banalizada. Mas tal como eles, se calhar cidadãos doutras profissões também não recusariam ir trabalhar em Espanha se fossem ganhar mais, seja porque os salários são melhores ou porque os impostos são mais baixos…

Era só o que faltava haver excepção para os futebolistas.Ganham mais/descontam menos em outro sítio que vão!
Eu tb se disser ao meu patrão que em espanha ou na Irlanda ganho mais, ele dá-me uma esferográfica, um bacalhau e diz-me para eu ir.

Uma coisa temos que nos mentalizar, não conseguimos competir com os outros países em termos de salários/impostos portanto não nos podemos endividar até aos olhos para manter cá o Ricardinho, Pintelhinho e outros que tais, portanto tudo tem um limite.

o que é a competitividade no futebol Português, comparado com a justiça social? ^-^

nem sequer se devia colocar em duvida a decisão de tributar os ordenados dos futebolistas de igual forma, ao meu e aos restantes cidadãos.

virem chorar para a comunicação social que o entrave à renovação do contrato, se deve aos impostos, é na minha opinião um insulto para a restante população. Se o Ricardo quer ir embora por causa disso, adeus e até à proxima.

E se tivesses a garantia de emprego q tens aqui, só que na Irlanda pagando menos impostos e ganhando mto mais nao ias? A questao nao e os futebolistas dizerem que podem ir, a questao é que vao mesmo. Nao ha nenhum que ganhe mais de 50mil euros mes e nao tenha mercado em Espanha.

E ele vai. Quem ganha com isso? :inde: O que é que os restantes cidadaos portugueses ganham com o facto do Ricardo ir pagar 25% pra Espanha isso é que ainda nao vi explicar?

e nunca conseguiremos enquanto os impostos noutros países forem sistematicamente e abissalmente mais baixos do que no nosso país. Tenta ver as coisas dessa perspectiva.

Justiça social. Fundamento apenas e só que o futebol não é nada, quando se tenta pôr na balança um tema de grande importância em discussão.

se todos os Portugueses tiverem os mesmos direitos e deveres, sem qualquer regime de excepção, julgo que o Páis estaria melhor. Falo da tributação aos futebolistas, como por exemplo, também das reformas douradas de alguns notáveis.

Se o Ricardo quiser ir embora por causa dos impostos, e vai ganhar mais para Espanha…paciência, então que vá à sua vida.

Isso num mundo utópico seria verdade, só que Portugal está num mercado aberto. Tens de ver a coisa numa escala europeia e nao nacional. Se vivêssemos no tempo dos Eusébios que só com autorizacoes especiais podiam sair do país para jogar noutro sitio, entao aí nao haveria problema algum haver igualdade. Se é para haver igualdade apenas para nos prejudicar, sim pq se os futebolistas em vez de pagarem cá os impostos forem paga-los a Espanha essa “fatia” que se perde vai ter de ser paga pelas pessoas que cá ficam inclusivé por ti.
Eu defendo outra coisa. Igualdade de concorrencia entre empresas. Se os clubes em Espanha sao obrigados a pagar 25%, nós cá devíamos pagar 25%. Se lá o Diesel é a 0.90euros cá devia ser a 0.90euros. Se lá a electricidade é X, cá nao deve ser mais cara. Etc. Com esta politica da chulice Portugal está cada vez mais pobre, e Espanha cada vez mais rica. :wall:

pagam e pagam muito bem !! Quem ganha mais deve descontar mais, ponto final paragrafo.

eu rio-me à grande quando vejo aqui pessoas a gabar-se de serem sócios do Sporting há não sei quantos anos, pagarem quotas há não sei quantos anos, irem a não sei quantos jogos por ano e terem não sei quantas camisolas oficiais e depois vêm apregoar moralismos relativamente aos salários “obscenos” dos futebolistas…

A questao é que se é injusto, entao o Estado portugues que faça aprovar na UE que todos os futebolistas na Europa passam a pagar 40% de imposto. Já houveram tentativas que os impostos na europa fossem iguais mas claro alguns países nao o quiseram. Espanha benificia à grande dos maiores impostos em Portugal, pois o capital assim foge para Espanha.

percebo onde queres chegar, mas a competitividade entre os dois Países não pode ser comparada com esses factores. A saude financeira dos clubes é consequência do estado do País, e enquanto não resolvermos os nossos problemas básicos a nivel interno, de nada adianta estarmos preocupados com os vizinhos.

Se Ricardo, que ganha 75 mil euros por mês, quiser melhorar a sua vida indo para Espanha, que vá, que faça como outros como Figo, Simão ou Quaresma, etc etc. Não podemos é ignorar a justiça social existente em Portugal, para que o Ricardinho não vá embora. Havera concerteza outro que não se importe de ganhar 75mil€/mês fazendo os descontos na sua totalidade.

Nao se pode falar de justiça social como uma coisa isolada. Justiça social é distribuir a riqueza existente da maneira mais justa.
Se em nome da justiça social a riqueza fugir para outros países empobrecendo Portugal e fazendo que haja menos riqueza a distribuir, somos aquilo que se chama um país de palermas. Espanha agradece.
É claro que ficam cá outros futebolistas a pagar 40% mas mais fracos. Quem ganha quando os clubes portugueses com futebolistas mais fracos, deixarem de conseguir trazer os milhoes da liga dos campeoes? O FCP por ex paga uma enormidade de impostos em salários a jogadores e isso só tem sido sustentado pq vao buscar esse dinheiro à liga dos campeoes. Qdo nao ha riqueza para distribuir ficam todos mais pobres >:D
Se o Estado portugues acha que é justo os futebolistas pagarem 40% porque nao faz uma proposta na UE para q isso aconteça em todos os países nao prejudicando assim os clubes (empresas) portugueses?

Este assunto tem dois gumes.

Como amante do futebol: creio que esta medida irá fazer aquilo que o Ricardo focou, vai afastar os bons jogadores de Portugal e vai fazer os bons que cá produzimos irem embora mais cedo. Podemos apregoar que eles ganham rios de dinheiro, mas qualquer um de nós, sendo profissional ambiciona ganhar sempre mais e perder cada vez menos, e como tal a partida ou a recusa de chegada é obvia e inevitável. Ricardo referiu e bem a liga Belga. Era competititva há umas décadas com bons jogadores e agora…

Como cidadão e contribuinte
:Tens mais é de pagar e calar… :arrow: