Hevertton Santos

HEVERTTON SANTOS RENOVA LIGAÇÃO AO SPORTING CP

O Sporting assinou contrato profissional com Hevertton Santos, um lateral brasileiro de 18 anos. O jovem vinculou-se por três anos e foi blindado com uma cláusula de 45 milhões de euros.

Apesar de ter nascido no Brasil, integrou a formação do Sporting há sete temporadas e, este ano, nos sub-19, já contabiliza 17 jogos e dois golos.

Por Sporting CP
02 Mar, 2021

SUB-23

Lateral e capitão da equipa de sub-23

Hevertton Santos, de 20 anos, renovou, esta terça-feira, o seu contrato profissional com o Sporting Clube de Portugal. Depois de uma década de Leão ao peito, o jovem lateral vai continuar a sua evolução no Clube verde e branco. Hevertton Santos é actualmente jogador e capitão da equipa de sub-23 dos Leões, onde tem sido peça fundamental, sobretudo como lateral direito, somando 19 jogos e dois golos marcados na Liga Revelação.

No momento da assinatura, o jovem jogador Leonino mostrou-se muito feliz pela renovação, que, acredita, o deixa “cada vez mais perto” de cumprir o sonho que o guia no seu percurso ascendente no Clube.

“É um orgulho e é mais um passo importante naquilo que é a concretização de um sonho que sempre tive. A chegada à equipa principal, é o meu grande objectivo e o meu sonho”, afirmou em declarações aos meios de comunicação Leoninos antes de se mostrar agradecido ao Clube pelo voto de confiança.

“Houve um consenso entre ambas as partes, o Sporting CP acredita em mim e eu acredito no Clube, acho que vamos ser felizes. Acredito que o que fez com que o Clube avançasse para esta renovação foi aquilo que eu faço todos os dias e a cada fim-de-semana dentro de campo, representando o Sporting CP”, considerou.

Nascido no Brasil, Hevertton Santos está em Portugal desde muito novo e é jogador do Clube desde 2011. Com apenas 20 anos de idade, o capitão e lateral dos sub-23 é conhecedor da responsabilidade de vestir a listada verde e branca depois de, ao longo de uma década, ter atravessado todas as etapas da formação Leonina.

“Todos os momentos nesta casa são muito especiais desde que entrei no Pólo EUL até à Academia”, concluiu o jovem lateral.

1 Curtiu

Devo sofrer de dislexia… :stuck_out_tongue_winking_eye:

Lembro-me de este rapaz comentar aqui no fórum há uns anos. Se ainda andar por cá e ler isto, um abraço e boa sorte na sua carreira de leão ao peito.

8 Curtiram

Não me parece ser um jogador muito rápido, embora tenha técnica.

Sendo que o RA gosta de laterais ofensivos e com capacidade para fazer o corredor todo, não sei até que ponto terá essa capacidade.

O Loide Augusto já vejo com essa capacidade, embora não seja de origem DD.

Atenção que falo sem ter o perfil todo traçado do Hevertton, e espero que tenha todo o sucesso cá connosco.

na minha opinião talvez o João Oliveira esteja na sua frente.
Mas se calhar estes miúdo terá uma mentalidade mais forte .
Aguardemos.

Hype, por ora, injustificado.

Defende bem mas o que oferece ofensivamente por exemplo está neste momento alinhado apenas com as exigências… dos sub-23.

Ainda tem um percurso para fazer na B (um ou dois anos, depende dele) até poder pensar em subir.

A não ser que a ideia seja ser central-lateral direito de uma defesa a 3, aí pode adaptar-se mais rapidamente. Mas este sistema táctico não lhe assenta como uma luva… em nenhuma das 2 posições.

1 Curtiu

Boa renovação, tem evoluido bastante e está a aproveitar bem o seu ano nos sub 23.

É Capitão, dá o exemplo e assume responsabilidade e tem uma mentalidade forte e com 19 para 20 anos é um ponto muito importante para procurar continuar a desenvolver-se e ganhar a confiança certa para outros patamares.

Não julgo que tem hype , pelo contrário até é pouco valorizado pois é sempre comparável no seu estilo do jogo vs alas como o Jojo que reune preferência dos adeptos e agora até de Loide que ainda está a aprender a função.

Acho que mais do que destaque de alguém tem tido é consistência, mentalidade boa e talvez por isso o RA tem procurado trabalhar com ele mais vezes para percsber se pode dar e andar-lhe a fazer a cabeça para daqui a um ano ou dois poder estar pronto para equipa principal.

Eu sou daqueles que acho que temos 3 bons defesas laterais direito e uma boa dor de cabeca e não vejo mal nenhum nisso.

Nem estranharia muito se daqui a um ano ou dois após porro sair ver o Jojo e o Heverton ou até mesmo o Loide na equipa principal.

Um é mais Piccini, outro é mais João Pereira, o Loide um pouquinho mais atrasado mas pode vir a ser um ala de bom nivel também.

Todos os nossos problemas fossem estes !!!

1 Curtiu

Tal como o Nuno Mendes, TT, Inácio, Matheus e Quaresma quando apareceram :wink:

Algumas vezes é uma questão de ter oportunidades e depois saber aproveita las.

Num cenário ideal somos campeões a umas 3/4 jornadas do final do campeonato e damos a oportunidades a miúdos como o Hevertton para mostrar o que valem.

2 Curtiram

Não, esses jogadores quando apareceram deram nas vistas com belos jogos numa equipa de sub-23 fortíssima.

O Hevertton tem jogado de forma média/qb numa equipa de sub-23 que não se apurou para a fase de campeao e não consegue sequer ganhar a segunda fase.

O Hevertton tem tempo… quanto ao resto, as expectativas estão muito otimistas quando já pensam em sermos campeões a X jornadas do fim. Isto está longe de resolvido, ainda, quando temos 9 pontos de vantagem sobre duas equipas e ainda faltam mais de 10 jornadas (com duas deslocações dificílimas pelo meio!)

1 Curtiu

Inacio e TT e até o Nuno até estavam a competir nos juniores quando RA os observou… os titulares dos sub 23 eram Pedro Mendes, o espanhol que foi dispensado e o Quaresma.

Não é só o posto ou a hierarquia ou a qualidade e recortes técnicos que contam e RA tem mostrado isso recorrentemente.

Dos titulares dos sub 23 fortissimos na A para além de mateus está o edu com dificuldade em assumir a responsabilidade.

Hevertton á semelhança do Inacio foram underdogs, nunca foram identificados como sendo os que tinham mais potencial na sua função do seu range de escalões e não são melhores técnicamente do que os atuais competidores e que reunem mais consenso mas talvez tenham uma mentalidade mais forte, talvez sejam mais resilientes, trabalharam mais para estar ao nivel dos outros e sabem lidar com frustração e em alta competição isso é fulcral.

Mateus sendo emigrante também tem essa capacidade de não se amedrontar pois de certeza que se sentiu sempre a prova num pais que não era o seu e o Nuno mesmo sendo um craque não jogava sempre nos sub 23 e como tal isso quer dizer pouco sonbre potencial e performance.

Na tua linha de raciocínio Jojo deveria estar na A desde o ano passado e até antes…mas não está.

Devo confessar que faz-me confusão o fato de Jojo com a mesma idade do porro nunca ter sido opção de nenhum treinador de forma mais afirmativa e já ter passado Thierry na sua frente, terem contratado suplentes medianos na A e terem inventado um Loide e um Brás para aquela posição na B e esta época mesmo sem laterais alas na A até a chegada de um veterano nunca foi considerado nem para jogos inferiores da taça da Liga…

Competência / Capacidade nem sempre é sinonimo de estatuto ou patente , nem sempre o mais virtuoso é o que é mais completo e talvez seja por aqui que RA está a formar um pelotão de homens que tem coragem, assumem o risco e procuram desenvolver-se e trabalhar nos limites por isso não devemos nunca olhar o produto só pela capa e tirar este tipo de ilações.

TT , Inacio baixaram aos juniores e Hoje são titulares na A

Pedro Mendes onde está? Edu onde jogou na semana passada? Bragança tem imensa qualidade mas quem é que entrou contra o Porto e pegou na Bola que nem um sénior?

Por isso é que ser um treinador como RA têm mostrado ser vale muito dinheiro…

Espero que todos evoluam com o apoio e confiança necessária para podermos cada vez mais ter um plantel made in Sporting e isso é o mais relevante.

SL

1 Curtiu

Parabéns @anon51113249

Considero o Hevertton longe do necessário para poder ser encarado como alternativa na equipa principal a curto prazo.

Mas tem potencial e todos lhe reconhecem profissionalismo e capacidade de trabalho. Talvez isso seja suficiente para que continue a ter a oportunidade de se mostrar.

Na próxima época encaro-o como o titular à direita da defesa na equipa B. Poderá ser uma época importante para determinar a sua evolução, sobretudo confirmando-se o acesso à Liga 3.

Noto evolução. Ainda tem muito caminho para fazer mas já desgostei mais. Não está preparado para ser alternativa na equipa principal, pelo menos no imediato, mas tem de continuar focado e a trabalhar bem.

1 Curtiu

a frente deste miúdo ainda estará João Oliveira que tem tido azar com as lesões.
Ainda precisa de algum “calo” .

Tem tido uma evolução enorme do ponto de vista ofensivo com os minutos e os jogos. Ao longo desta temporada nos sub-23 foi crescendo a olhos vistos de mês para mês.

É continuar a fazê-lo por um tempo na B, um ano por ali e no final da época logo se avalia a que nível está. Compromisso, atitude, sportinguismo, dedicação ao trabalho diário e vontade de crescer como jogador também não lhe faltam.

Sem dúvida uma evolução enorme neste primeiro ano de sénior e ter competido nos sub 23 onde teve que liderar e ser preponderante foi uma estratégia certa para poder desenvolver a sua capacidade ofensiva e posicional, diversas assistências e alguns golos importantes e muita consistência.

Neste final na B entrou e já se impôs com naturalidade e já começou a ter impacto com assistência e hoje um golo.

Próximo ano deverá ser um dos lideres do balneário na B e se tiver uma evolução semelhante á que teve este ano podera sonhar com a equipa A.

Nesta fase precisa e de competir e desenvolver-se.
Está no caminho e como alguém referiu trabalha bem e muito.

“JUVENTUDE COM MUITA QUALIDADE E CAPACIDADE DE TRABALHO”

Por Sporting CP
02 Ago, 2021

EQUIPA B

Hevertton Santos confiante numa boa temporada

A equipa B de futebol do Sporting Clube de Portugal arrancou, nesta segunda-feira de manhã, mais uma semana de trabalho com vista à temporada que em breve arranca e, em particular, à Liga 3, na qual os Leões darão o pontapé de saída no dia 15 em casa do Real SC.

Hevertton Santos falou aos meios de comunicação do Sporting CP, dando conta da preparação da nova época. “Tanto para mim como para os meus colegas, tem sido muito positivo. A equipa tem trabalhado muito bem, quer no campo, quer no ginásio, e por isso há muitos progressos”, começou por dizer, acrescentando: “A equipa está muito empenhada em fazer as coisas bem e isso é o mais importante. Ao longo das últimas semanas temos assimilado muito bem as ideias da equipa técnica e do Clube e temo-las posto em prática”.

Nesse sentido, o defesa acredita que “esse caminho dará frutos” numa competição que se espera muito exigente: “A Liga 3 vai ser muito competitiva. Nesta pré-temporada já defrontámos algumas das equipas que vamos encontrar e podemos ver a competitividade que nos espera, mas nós também seremos muito competitivos”.

Hevertton Santos, que na época passada fez oito jogos na equipa B e 22 na equipa sub-23, falou ainda do grupo de trabalho que Filipe Celikkaya tem à sua disposição. “Temos juventude com muita qualidade e capacidade de trabalho que, certamente, vai dar bom resultado”, disse, deixando a promessa: “Podem esperar de mim e de todos nós, muita qualidade, muito trabalho e vontade em servir sempre os objectivos do Sporting CP”.