Here comes the sun

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho

Pablo Neruda

Terminou a campanha eleitoral, e todos os que acompanharam de perto estas eleições devem suspirar de alívio porque mais uns dias e só faltava ao Canal Caça e Pesca organizar um debate com os candidatos. É o problema de haver 5 candidatos: ninguém quer ser o único a rejeitar a presença e aparecem sempre todos. Um claro contraste com as últimas eleições. Passamos do 8 para o 80 com a mesma facilidade com que o último candidato derrotado passou a partilhar das mesmas ideias que o vencedor.

Falava em conversa com alguns sportinguistas que me diziam ir votar no Godinho Lopes. O que me assustou mais foi essa decisão ter sido tomada com desconhecimento de causa. Sem saber, por exemplo, que Luís Duque tem um termo de identidade e residência por estar indiciado por corrupção no caso BPN e que não poderá, por isso, sair do país.

Provavelmente também não saberão que Godinho Lopes foi julgado no âmbito de um processo de corrupção na EXPO 98, e que, tendo sido absolvido, o colectivo da 5ª Vara Criminal de Lisboa não deixou de vincar que as dúvidas subsistiram, nomeadamente em relação à conduta de Godinho Lopes e Januário Rodrigues.

Ironicamente, esta é a lista que se auto-intitula como “de honra” e “credível”, seguindo a lógica de raciocínio que virou moda recentemente de que estes são valores que se apregoam. Mas não são. A honra e a credibilidade são valores reconhecidos pelos outros, fruto da nossa conduta.

Mas olhemos para o futuro. Amanhã temos, pela primeira vez em muitos anos, a oportunidade de escolher caminhos verdadeiramente diferentes para o clube. E nenhuma das candidaturas é perfeita, o que significa que nenhum dos caminhos – nem mesmo o melhor – estará isento de erros ou más decisões. Os erros vão ser cometidos. As más decisões também. E nós, como sempre, cá estaremos para fazer o balanço entre estas e as boas decisões tomadas.

Como decidir?

Rejeito completamente as campanhas sujas que se centram em atacar o bom nome das pessoas e não na validade e qualidade das suas ideias. Acho, portanto, que quem alimentou as notícias cirúrgicas que foram saindo na (pseudo-)imprensa merece ser castigado nestas eleições. Se honrar é ganhar desonrar deverá ser perder.

Julgo que é claro que os sportinguistas querem mudança. Querem uma liderança que, com os pés bem assentes na terra, seja capaz de entusiasmar, de perceber que o futebol é uma paixão e que sem ela estaremos condenados ao cinzento, por mais engenharias financeiras que se façam. Não é com uma bomba de gasolina (que já nos pertence) que vamos mudar. A escolha de quem quer mudar (para melhor) não pode recair numa candidatura que, pior que renegar o seu próprio passado, não assume os seus erros. Aquilo que distingue os bons dos razoáveis e dos fracos não é o facto de os primeiros não errarem. É a rapidez com que se apercebem disso e capacidade que têm de corrigir os erros. Por isso, pior que não vislumbrar ideias novas na lista de Godinho Lopes, o que me assusta é a incapacidade que os seus membros (começando por ele) têm para ver os erros que foram cometidos. Não é a gravidade com que erraram – nos planos do estádio que se paga a si próprio e gera receitas, nas vedetas contratadas sem retorno desportivo e enorme prejuízo. Não, não é isso. É estarem convencidos que não erraram!

Dias Ferreira e Bruno de Carvalho são, para mim, as opções mais válidas. O que o primeiro tem em experiência o último tem em irreverência. O que o primeiro apresentou em paixão o segundo compensou em coerência com o plano que traçou. Uma das candidaturas tem um director desportivo que, ignorando as dificuldades de expressão, tem um vasto conhecimento do futebol europeu; a outra conduziu a sua candidatura de forma exemplar, traçando um plano e cumprindo sempre o que prometeu apresentar.

A minha escolha assenta em 2 factores:

  1. Por melhor qualidade que tenham os nomes do treinador e dos jogadores de Dias Ferreira, tenho a sensação de que as coisas estão a ser feitas com mais paixão do que racionalidade. Haverá mesmo suporte financeiro para essa equipa?

  2. Estratégia. Se o nosso desejo é mudar, deveremos votar no candidato mais bem colocado para derrotar a estagnação. O nosso voto tem de ser útil.

Amanhã votarei Bruno de Carvalho. Convicto de que na sua lista existe competência para sustentar um projecto diferente. Competente. Melhor que o actual. É certo que tudo correrá como queremos? Não. É incerto. É preciso coragem para arriscar.
Amanhã votamos o futuro. Amanhã podemos sair do cinzento. Amanhã podemos perseguir o sol que desejamos. Amanhã podemos ir atrás de um sonho. Vamos?

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=Bj1AesMfIf8[/youtube]

:clap:

Se me permites:

Here comes the sun, here comes the sun, and I say it's all right

Little darling, it’s been a long cold lonely winter
Little darling, it feels like years since it’s been here
Here comes the sun, here comes the sun
and I say it’s all right

Little darling, the smiles returning to the faces
Little darling, it seems like years since it’s been here
Here comes the sun, here comes the sun
and I say it’s all right

Sun, sun, sun, here it comes…
Sun, sun, sun, here it comes…
Sun, sun, sun, here it comes…
Sun, sun, sun, here it comes…
Sun, sun, sun, here it comes…

Little darling, I feel that ice is slowly melting
Little darling, it seems like years since it’s been clear
Here comes the sun, here comes the sun,
and I say it’s all right
It’s all right

:o :o :o Impressionante

:clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

:arrow:

Vamos :clap: :clap:

Vamos. Vamos atrás desse sonho.

PS: Não consegui deixar de me emocionar com o post do wild_oscar. Faltam adjectivos para o descrever, mas penso que um o consegue resumir - BRILHANTE.

“Here comes the sun”…

Texto maravilhoso. Nunca, mas nunca senti tanto medo pelo meu clube… e, ao mesmo tempo, tanta esperança. Merecemos ser felizes… já é tempo.

Muito muito bom, W.Oscar :great: :great: :great:

. HERE IT CAMES Sun, sun, sun :beer: :clap: :clap: :clap:

[glow=greenyellow,2,300][/glow]O hino da vitória. Da nossa Esperança.

Esperemos que quando esse sol nascer o dia não esteja nublado!

Não vou poder votar, apesar de já ter as cotas pagas até ao final do ano, porque infelizmente sou sócio apenas há 11 meses mas espero que amanhã quem tem esse direito o utilize da melhor forma possível.

SL

I have a dream…

Por favor, não o assassinem.

Amanhã, votem C.

Junta-te a mim. Eu não vou votar por não ter um ano de sócio por apenas 5 dias, 5 dias pá. :wall: :wall: :wall:

:clap: :clap: :clap:

Esta foi a melhor crónica que li neste fórum. Ainda por cima concordo (quase) a 100%.

Parabéns.

VOTEM SPORTING!

Antes de mais :clap: :clap:

Fazendo alusão à música, deixo aqui outra que reflecte muito bem o nosso momento. Atentem à letra.

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=kcB6SgkG4AE[/youtube]

Born to push you around Better just stay down You pull away, He hits the flesh, You hit the ground

Mouth so full of lies
Tend to black your eyes
Just keep them closed,
Keep praying,
Just keep waiting

Waiting for the one,
The day that never comes,
When you stand up and feel the warmth
But the sun shine never comes,
No, the sun shine never comes

Pushed you cross that line
Just stay down this time
Hide in yourself,
Crawl in yourself,
You’ll have your time

God I’ll make them pay
Take it back one day
I’ll end this day
I’ll splatter color on this grey

Waiting for the one,
The day that never comes
When you stand up and feel the warmth
But the sun shine never comes

Love is a four letter word,
And never spoken here
Love is a four letter word
Here in this prison

I suffer this no longer,
I’ll put an end to this, this I swear, This, I swear

The sun will shine
This I swear, This I swear,
This I swear

Obrigado Wild.

:clap: :clap: :clap:

“Deixei-nos Sonhar que vamos voltar a ser enormes”…

Abraços.

As vezes as pequenas coisas significam muito…esse VOTEM SPORTING disse tudo… :clap: :clap:

Agora tiveste mesmo muito bem…Eu percebi :slight_smile:

:wink:

Valeu Mano :great:

Amanhã temos a oportunidade de começar a reerguer o nosso Sporting:

Eleições SCP

Muito bom :great:

Belíssimo texto. E é só para dizer que eu vou! :great:

Cá estarei, cá estarei!

Na Luta pela Mudança! Temos uma oportunidade de ouro para acabar com a dinastia cRoquette! É a primeira vez que estou numas eleições do Sporting a lutar não só apenas pela Honra mas também pela possível Vitória!

A eles, Leões! Sem medos, sem complexos de mudar!

Tomando mais uma vez a liberdade:

A principio é simples, anda-se sózinho passa-se nas ruas bem devagarinho está-se bem no silêncio e no borborinho bebe-se as certezas num copo de vinho e vem-nos à memória uma frase batida hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Pouco a pouco o passo faz-se vagabundo
dá-se a volta ao medo, dá-se a volta ao mundo
diz-se do passado, que está moribundo
bebe-se o alento num copo sem fundo
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E é então que amigos nos oferecem leito
entra-se cansado e sai-se refeito
luta-se por tudo o que se leva a peito
bebe-se, come-se e alguém nos diz: bom proveito
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Depois vêm cansaços e o corpo fraqueja
olha-se para dentro e já pouco sobeja
pede-se o descanso, por curto que seja
apagam-se dúvidas num mar de cerveja
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

Enfim duma escolha faz-se um desafio
enfrenta-se a vida de fio a pavio
navega-se sem mar, sem vela ou navio
bebe-se a coragem até dum copo vazio
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida

E entretanto o tempo fez cinza da brasa
e outra maré cheia virá da maré vazia
nasce um novo dia e no braço outra asa
brinda-se aos amores com o vinho da casa
e vem-nos à memória uma frase batida
hoje é o primeiro dia do resto da tua vida.