Gonzalo Plata

Era bem visto

1 Like

O Plata como era dos poucos que mostrava potencial em equipas banalíssimas como temos tido fez-nos acreditar que estava ali já um jogador pronto mas nunca esteve. É preciso dar tempo e estabilidade e não perder já a esperença e a crença no jogador só porque é irregular.

Ele é mais novo que por exemplo o Diogo Leite, o Fábio Vieira, o Romario Baro, o João Mário, o Nuno Tavares, o Jota, o Diogo Gonçalves… que são jogadores que também ainda não são regulares nem indiscutíveis(alguns bem longe disso) nos rivais. Só que por lá não houve nem há pressão para assumirem já, por cá quiçá houve essa expectativa no ano passado e isso condicionou muito as opiniões.

Eu continuo a achar que pode dar jogador.

2 Likes

Tás a compará-lo com gajos da formação. Há sempre mais paciência com esses porque são da casa, já cá estavam antes, quando se vai buscar alguém ao mercado regra geral espera-se que ele comece logo a mostrar valor e a acrescentar à equipa. Não que não concorde contigo, só estou a fazer o papel de advogado do diabo.

Ele acabou de fazer 20 anos. Também depende muito dele e daquilo que quer para a sua carreira, ás vezes é fácil para um miúdo destes achar que está parado e querer sair. O Amorim e o Sporting vão ter que gerir bem a situação, eu não o conheço não sei como é pessoalmente ou se comporta nos treinos.

Ele tem números muito bons pelo Equador, 7 jogos 2 golos. O Luís Diaz, por exemplo, tem 1 golo em 13 jogos pela Colômbia. Também depende de como ele gerir as expectativas porque é a coqueluche do futebol equatoriano e vai haver pressão por parte de adeptos e imprensa para ele somar mais minutos

1 Like

É que não é o mesmo jogador
Se visse os jogos dele pela seleção SÓ, não ia acreditar que é o mesmo jogador, este gajo cá nem uma finta consegue fazer.
Não é normal

O Nuno é um jogador mais prático, joga mais ao primeiro toque, mais incisivo e menos mágico. O Plata tem técnica e drible mas tem de aprender a soltar a bola mais rápido e pensar e executar colectivamente mais rápido.

Porque lances individuais como este golaço, se procurar 50 vezes a cada 2 ou 3 jogos, marcar um golo e perder a bola umas 40 vezes, na Europa não funcionará, na América do Sul talvez.

Não sei se pode alcançar esse entendimento do jogo e esse sentido mais prático e objectivo a jogar, por empréstimo, ou a aprender nos treinos, mas ainda não chegou lá. De todo.

Aliás, em Guimarães entra, faz uma boa finta que prova que tem um belíssimo drible e a seguir em vez de soltar a bola embandeira em arco e tenta fintar outros dois adversários. Acaba a perder a bola em zona proibida.

1 Like

Sinceramente não percebo, não percebo mesmo as sugestões de empréstimos, muito menos criticarem o rendimento, quando pouca joga mesmo estando á vista a qualidade que tem, ou entra quando os jogos estão acabados, e a 10 minutos do fim, ou entra para lateral, como quem diz que não tem hipotese á frente…
Acho que os que jogam estão em grande é verdade, tanto o Pote como o Nuno Santos são bastante fiáveis, mas o Plata é um jogador diferenciado e há que aproveitar as caracteristicas que tem, porque neste momento básicamente só se joga para o sistema do Amorim, que está a resultar mas há mais que espaço para o Plata, em forma temos o Nuno e o Pote, fogachos de Jovane e TT, não se compreende a não aposta no Plata na frente.

Se me dissessem que eras agente do jogador, eu acreditava.

Pode ser o próximo bola de ouro. Agora, encontrou-se uma fórmula que funciona, a equipa está com rendimento, vai-se mudar só porque sim?

Este marca um golaço e ninguém fala. O Darwin manda uma bola à barra e já vale mais 5 milhões. Acreditem que o que nós temos de mais podre em Portugal é a comunicação social.

2 Likes

Vou continuar a puxar este post para cima, por varias razões, mas sobretudo por ser um escândalo a qualidade que tem, e digo te já muitos outros jogadores em quem sempre tive uma confiança gigante nas capacidades: Matheus Pereira, Gauld, Mama Baldé, Dehmiral, Ivanildo, Plata, Matheus Nunes, Ruiz, sendo que o Matheus Pereira foi o pior negócio da nossa história, mas de longe, o Mama que joga em todo o lado faz 10 golos no Aves sem ser ponta é dado e ainda pagamos, quando tinha mais que lugar a varias posições, seja Ala, Extremo,PL, o que quiseres, Ivanildo tem mais qualidade que qualquer um dos titulares, o Dehmiral não vou sequer comentar, ridiculo, Gauld sempre que jogou fez a diferença, e o Ruiz não deve nada nem a Sporar nem ao Luiz, mas clássico Sporting e seus adeptos quando é para queimar é logo, como se o patamar tivesse altíssimo nos ultimos anos, abram os olhos…

Outro nota: partiu da linha lateral. Da direita. Teve tempo de enfrentar os adversários (que o pressionariam mais de recebesse a bola em zona central), pensar, tabelar e ir buscar a bola mais à frente.

No Sporting os extremos não são extremos, são avancados interiores que recebem a bola muitas vezes de costas para a baliza, obrigados a jogar e reagir rapido, a entregar de primeira ocasionalmente, a definir colectivamente.

Os highlights são bons, mas um jogador de highlights não. É preciso consistência, inteligência, maturidade e contributo ao longo de 90 minutos. Não tentar sempre o desequilíbrio, a ação individual e o destaque emperrando o jogo da equipa (por demorar a soltar a bola) e procurando o protagonismo individual constante.

O jogador não encaixa nas ideias de jogo de Amorim, o talento esse (para quem não o analisava com má fé) sempre foi por demais evidente.

Acho que não tem grande futuro com este treinador, quando o mesmo é alternativa a Porro (e refiro me à posição onde é colocado a jogar) fica evidente que o treinador não tem o atleta em grande conta.

Um empréstimo era o melhor para todas as partes, não creio que tenha grande futuro no Sporting (isto partindo do principio que a ligação de Amorim ao clube será longa).

Golaço. Pelo que faz no Equador faz-me acreditar mais no que ele pode evoluir, do que pelo que se vai vendo por cá. Que não seja mais um do qual não conseguem extrair o melhor, porque o talento está lá.

Devia estar emprestado e a jogar regularmente, caso contrário pode estagnar e perder-se.

Muito potencial mas está a ter dificuldades de adaptação, não ter formação digamos assim também não ajuda. Aquilo que mostra no Equador é aquilo que todos vemos a espaços em Portugal mas aqui o tempo para pensar é menor e por isso não funciona muitas vezes o esperar que a bola chegue e depois logo se vê.

PS: além do golo aquela cuecada no James jazus até fiquei de boca aberta :scream:

Fez aquilo contra a Seleção Colombiana, não contra uns aldeões…

2 Likes

Isso é verdade e daí eu insistir que ele tem valor mas lá está aqui na Europa e nos clubes há muito mais trabalho tático e no nosso caso jogamos quase a meio campo contra certas equipas. O Plata muitas vezes espera que a bola lhe chegue depois recepciona e só depois pensa no que vai fazer a seguir e isso complica-lhe muito a vida, porque como disse o toque de bola está lá todo!

Jogador com qualidade mas muito inconsistente, só vai ganhar consistência jogando o maior número possível de minutos. Via com muitos bons olhos um empréstimo a um clube da primeira liga cujo futebol favorecesse o estilo dele e que veriam com bons olhos este jogador de modo a que fosse titular. O Paçoss parece-me ser uma boa opção.

Eu acho que é um bocado por aí.

O Plata não tem o perfil que o Rúben Amorim deseja para extremo (nem para ala direito), pelo menos para já. Mas, sinceramente, acho no futuro pode ter qualidade para isso. O equatoriano tem muita técnica e pouca cabeça, portanto precisa de ser acompanhado e apoiado de modo a adquirir aquilo que lhe falta.

Não desistia já dele e concordo que um empréstimo seria o melhor para o futuro do jogador e do Sporting.

Para mim o grande problema de Plata é:

  • Quando recebe de costas para a baliza.
  • é fraco nos moviemntos interiores ( tabelas, Passe de rutura etc).

E é muito mais forte, quando recebe na largura e de frente para o adversário e assume o 1x1…o ultimo golo pela seleção mostra isso mesmo.

1 Like

Embora tenha sido um movimento com uma tabela. :grimacing:

2 Likes