Gonçalo Inácio

INÁCIO É PARA RENOVAR

Contrato do central leonino para ser revisto antes de começar temporada. Conheça os valores em causa na renovação

Tiago Jesus

Texto

4 de Junho 2021, 15:46

summary_large_image

Gonçalo Inácio assumiu a titularidade a meia da temporada, estando agora em cima da mesa a possibilidade de renovar contrato. De acordo com o jornal O Jogo, a renovação do contrato deverá ficar concluída antes do início da próxima temporada.

De acordo com o diário desportivo o agente do atleta, Miguel Pinho, deverá reunir-se com o presidente Frederico Varandas quando os trabalhos forem retomados na Academia. Esta reunião servirá para limar as arestas que faltam no processo, sendo certo que a duração e cláusula de rescisão devem ser igualmente objeto de revisão.

Gonçalo Inácio deverá assinar um contrato com um ordenado anual bruto de 400 mil euros, deixando para trás os cerca de 150 mil euros brutos por temporada. O vínculo laboral deverá prolongar-se até 2026 e a cláusula de rescisão subirá, resta saber se a mesma, atualmente nos 45 milhões de euros, passa para os 60 ou os 80 milhões de euros.

O camisola 52 terminou a temporada com 25 desafios realizados, 1722 minutos de competição e dois golos marcados. Era um dos favoritos para fazer parte do lote de Rui Jorge, tendo a sua ausência nos convocados para o Campeonato da Europa de sub-21 causado alguma surpresa.

Fotografia de Sporting

A malta goza com o Burro Fernandes :rat:, mas queres ver que se converteu mesmo…

Já é o terceiro que diz isto. Nem imagino o secador do Amorim.

Gonçalo, é hora de rir muito alto.

Ele não se ri, que é bom rapaz.

Aqui é que se riu… mas foi aos 81.

A continuar a evoluir, será chamado directamente para os AA.

1 Like

GONÇALO INÁCIO VAI DOBRAR SALÁRIO

SPORTING 13:11

A administração leonina quer premiar o desempenho de Gonçalo Inácio na temporada passada e, nesse sentido, prepara-se para melhorar as condições contratuais do jovem defesa-central, de 19 anos.

Atualmente, o defesa integra o lote de jogadores com os salários mais baixos do plantel, recebendo cerca de 300 mil euros brutos por ano, mas, tendo em conta que se tornou numa das primeiras opções para Rúben Amorim - começou a época como suplente, ganhando depois o lugar a Luís Neto na equipa titular… -, Gonçalo Inácio deve saltar um patamar na hierarquia da folha salarial, devendo, por isso, dobrar o salário, ou seja, passar a ganhar cerca de 600 mil euros brutos por temporada, colocando-se ao nível de outros jovens da formação, casos de Nuno Mendes ou Tiago Tomás.

1 Like