Gaylinhas deve 500 mil euros de água

[b]Benfica deve 500 mil euros de água[/b]

O Benfica deve cerca de 500 mil euros à Câmara Municipal do Seixal pelo fornecimento de água para o Centro de Estágio do clube, entretanto baptizado de Caixa Futebol Campus. Contactada pelo JN, a Câmara não assume o valor em dívida e o Benfica, também questionado, afirma desconhecer o assunto. No entanto, o JN sabe que a dívida foi discutida na última sessão pública da autarquia, na passada quarta-feira, quando um dos vereadores do Partido Socialista interpelou o presidente da edilidade acerca da existência da mesma e do respectivo montante. O autarca não confirmou o valor e referiu que “não existe dívida porque não existe uma execução fiscal”, disse, ao JN, o vereador socialista Samuel Cruz. “A questão da dívida foi levantada na sessão pública pela vereação do PS e, à altura, o presidente não a negou, limitando-se a não confirmar o valor e referindo que estava a ser negociada”, explicou Samuel Cruz. O mesmo vereador reafirma que “o facto de não haver uma execução fiscal não invalida a existência de recibos que não foram regularizados”, explicou.

Ontem, contactada pelo JN, a câmara respondeu que não confirma o valor da dívida de 500 mil euros. Igualmente questionado, o Benfica, através de Mário Dias, responsável do clube pelo património, afirmou desconhecer o assunto.

O projecto inicial do centro de estágio previa a realização de um furo de captação de água, mas o mesmo “só é possível com uma autorização do Ministério do Ambiente”, informou o município. Pelo facto, o Benfica recorre à rede pública, explorada directamente pela Câmara Municipal do Seixal, para regar os seis campos relvados e para usufruir da infra-estrutura, que foi inaugurada em 22 de Setembro de 2006 e que começou a ser construída em Março de 2005.

Segundo fonte segura, o aumento dos gastos de água é uma consequência das camisolas rosinhas.
Os jogadores entram no espírito rosinha e tem longas carícias no banho.

Mais a sério. O branqueamento total desta noticia, no resto da imprensa gaylinhas. É o permanente levar ao colo.

Também reparei nessa notícia, mas só não a publiquei aqui no fórum, pelo simples motivo que apenas o JN se refere a ela, mas com a imprensa que temos, sempre a transportar merda ao colo, acredito que seja verdade e a ser, é mais uma escandaleira. No tempo do Cintra, cortaram a água ao Sporting por uma dívida menor. No clube do garrafão às costas, ninguém toca com receio, não vá um dos «6 milhões» lembrar-se de meter 1 bomba na Câmara do Seixal.

Só de pensar que há sportinguistas que ainda dizem que respeitam estes merdosos, até me dá vómitos… :sick:

Às tantas quem vai pagar vai ser… a Caixa Geral de Depósitos.