GAMEBOX 2023/24 New Era (Alvalade)

Foi só o número que estabeleceram, provavelmente escolheram 60% da lotação. Nem compensa que seja mais que isso.

Depende do preço das Gamebox… se a procura for alta conseguem vender mais a preços mais caros… ou os mesmo 30k mas aumentando consideravelmente os preços.

Já são pouco caros e ainda queres aumentar? Não dês ideias sff.

5 Curtiram

Hmm olha que não concordo muito. Este ano a GB compensou-me em mais de 250€ (em comparação a comprar jogo a jogo, e eu tenho desconto de Sub-22). A receita de bilheteira em determinada quantidade será sempre mais vantajosa ao clube.

1 Curtiu

Que pode aumentar com a possibilidade de se vender o lugar em jogos que não se vai.

A malta pensa que isso vai acontecer sempre.
Ter em atenção que o Clube não vai “perder dinheiro”.
Se por exemplo existirem 5000 lugares por vender em bancadas centrais, obviamente o Clube não vai deixar que os sócios desses setores (em que ainda há bilhetes) por não irem, ponham a sua gamebox “à venda”…

Os lampiões por exemplo só abrem o “mercado secundário” quando a restante lotação esgota…

1 Curtiu

MAS abrem a possibilidade de empréstimo…

Sim, isso penso que está sempre activo.

Obviamente.

Aliás, em muitos outros exemplos, inclusive de outras indústrias do espetáculo, esta revenda de bilhetes entra na Categoria “Last Minute Tickets”.

E são vendidos apenas no dia do espetáculo, ou nas 24/48 horas anteriores (dependendo da oferta e da procura).

Normalmente quem compra bilhetes “normais”, nos dias de hoje, não vai comprá-los para a bilheteira, em dia de jogo. Compra maioritariamente on-line, vários dias antes, para escolher comodamente o setor/lugar. Malta de fora (que é considerável), não vem sozinha, e também precisa de comprar com tempo para planear deslocações, estacionamento, refeições, etc.

Logo, estes bilhetes de revenda devem ser colocados à venda faseadamente.

Ou seja:

  1. Se esgotar, colocar lotes de revenda de forma proporcional, não é tudo de uma vez. Tipo 100 por hora, ou 50, consoante a oferta total e o tempo que falta até ao jogo. De forma a fazer as pessoas terem sempre esperanças de conseguir, e também porque os cliques no site dão dinheiro. Também se pode atribuir prioridade aos sócios mais assíduos (nunca concordei com o critério da antiguidade).

  2. Se não esgotar, colocar também em revenda, por lotes, e de forma planeada. Isto porque há muita gente que, pelo preço “normal”, não pode ir ao jogo (principalmente nos dias de hoje), mas por 10 euritos até ia. E o Clube tem de perceber muito bem onde estão aqueles casos em que, ou o Clube vende mais barato, ou não vende. E, o que conta, é ter o Estádio cheio, maximizando também a receita.

Ora, tudo isto envolve planeamento. Mas, se nós aqui num fórum, muitos de nós sem formação na área, consegue ver estas coisas, há pessoas devidamente qualificadas, com formação académica, que sabem o suficiente sobre marketing, pricing, supply and demand, etc, que nós TEMOS de ter a trabalhar connosco.

2 Curtiram

Claro. No maximo dos maximos sobem para 32.5k, 2/3 do estadio (66%). Com tanta procura talvez subam mesmo para estes números

Nos tempos do Soares Franco quando havia gameboxs adeptos (cerca de 9000) chegámos a ter 34100 gameboxs. Por isso penso que no limite poderíamos chegar a esse número… A questão é se o Sporting quer… O Sporting ainda faz uma receita significativa nos bilhetes jogo a jogo…

Podem potenciar a receita. Com a Champions os preços das GB disparar e mais vale vender 35m GB em Julho/Agosto do que aguardar por ume eventual receita acumulada lá para março do ano que vem.

Os preços deste ano são os mesmos que existiam na época passada (que incluía Champions). Percebo que haja um ligeiro aumento, mas não faz sentido que disparem

Com esta nova cena, até podem vender as gamebox todas para a lotação do estádio que nunca perdem dinheiro

Eu lançava uma Gamebox como os lampiões têm o Red Pass Total. Por um valor adicional inclui todos os jogos das competições a eliminar, nacionais ou europeias.

A diferença de preços vai dos 75€ no caso dos red pass mais baratos, aos 130€ no caso dos mais caros.

É verdade que o risco fica do lado do comprador (se não passarem a fase de grupos e/ ou se forem eliminados cedo na TP pagou-se um adicional para nada), mas por outro lado, um ano em que haja vários jogos compensa largamente. Por exemplo, esta época quem comprou o red pass total já viu 3 jogos para a TP, incluindo um derby, e 3 jogos para a LE, contando com o jogo do Marselha. São já 6 jogos “a mais” pelo tal valor adicional.

Não sei qual a percentagem de rabolhos detentores de red pass compraram a total.

Exatamente. Se isto funcionar podem aumentar o número de gameboxes à venda.

Metam la o cashback a funcionar para o resto da epoca… ia ter muita adesão

1 Curtiu

Só deve abrir após os bilhetes normais esgotarem, provavelmente sem contar com os lugares especiais que são libertos 2 ou 3 dias antes.

Neste momento, devido a ter os bilhetes normais esgotados, deviam abrir já para o jogo do Guimarães…

Hoje já tive pedidos de vários amigos a perguntar porque não havia bilhetes com o Guimarães, e se os conseguia desenrascar de alguma forma.

Estou na mesma situaçao e foi ate por isso que escrevi aquilo. Muita malta a perguntar-me se orientava bilhetes para dia 21

Dia 15 há mais uns 4000 bilhetes. A minha dúvida é se não vão acabar por restringir só para sócios