Futsal - Séniores Masculinos - Época 2021/2022

Para o Kairat era fraquinho, mas o Eléctrico está muito longe do Kairat. Vai fazer alguns estragos na liga.

Talvez… Ficou-me na memória e normalmente isso não é mau sinal. Raramente me lembro de jogadores que fizeram exibições medíocres.

Tens de ver outra vez… Dos mais utilizados deles se não foi o pior andou lá perto…

CAMPEÕES DO MUNDO NA ACADEMIA

Por Sporting CP
13 Out, 2021

NOTÍCIAS

Futsalistas partilharam as suas histórias com os jogadores das equipa sub-19 e sub-23

Os Campeões do Mundo de futsal, João Matos, Erick Mendonça, Pauleta, Tomás Paçó, Zicky Té e Miguel Ângelo, estiveram, nesta quarta-feira, na Academia Sporting, para falar sobre a conquista do Mundial e, acima de tudo, das particularidades de cada uma das suas carreiras.

Seis exemplos de esforço, dedicação e devoção que atingiram a glória, não só no Clube, mas também, e mais recentemente, ao nível de selecções e que carregam consigo histórias de superação e não só.

Na plateia estiveram os plantéis de sub-19 e sub-23 do Sporting Clube de Portugal, acompanhados pelas respectivas equipas técnicas, assim como por funcionários de todas as áreas que trabalham na Academia em prol do desenvolvimento dos atletas.

Luís Gomes foi um dos atletas que assistiu à palestra dada pelos Campeões do Mundo, aplaudindo esta iniciativa pelas mensagens que os futsalistas passaram: “Foi bom ouvir o exemplo deles e ouvir o percurso de cada um porque todos eles tiveram algumas dificuldades. O caso do Erick Mendonça a mim comoveu-me em particular. Ele esteve vários anos afastado e isso custa muito. Nós por vezes ficamos um ou dois meses e já nos parece imenso tempo. Não conhecia a história dele, mas foi bom ouvir e ver que ele conseguiu superar isso”.

Martim Marques também gostou e falou “numa experiência muito boa”. “Disseram-nos coisas muito importantes para o nosso percurso enquanto jogadores e sublinharam sobretudo que sem trabalho não chegamos a lado nenhum”, referiu, destacando: “O exemplo do Zicky Té é incrível. Ele começou mesmo de baixo e lutou para chegar onde queria e, neste momento, com 20 anos é Campeão do Mundo e já tem uma Liga dos Campeões. Isso não é para qualquer um. Acredito que, apesar de ainda ter uma carreira curta, trabalhou muito para conquistar tudo isto”.

Tomás Paçó também falou aos meios de comunicação do Sporting CP, após ter falado aos jovens futebolistas, referindo igualmente ter sido uma boa experiência para os Campeões Mundiais. “Foi uma acção muito produtiva. É sempre importante juntar as modalidades com o futebol e ter também a oportunidade de falar da nossa experiência. Não sou um jogador muito experiente, é verdade, mas já tenho muito para contar e espero que os tenha ajudado com o meu exemplo a correrem atrás dos seus objectivos”, afirmou, dizendo, contudo, que nem o próprio tem noção do que tem alcançado: “Ainda não me caiu a ficha da época passada, quanto mais do Campeonato do Mundo. Só quando pendurar as botas, daqui a muitos anos, é que terei noção do que aconteceu”.

João Matos tem uma experiência completamente diferente, tendo já mais de duas décadas de carreira e de Leão ao peito, dizendo que é “extraordinário haver esta ligação futebol-modalidades, que é essencial e que define muito o que é o Sporting CP”.

“Estivemos aqui com miúdos que querem ser profissionais, que trabalham todos os dias para isso, tal como eu trabalhei noutra modalidade e hoje em dia pode dizer-se que atingi o topo do Mundo. O processo é complicado, mas é preciso frisar-lhes que todo o trabalho e a dedicação serão recompensados. É bom partilhar e saber que eles também nos querem ouvir e que nos acompanham”, referiu João Matos, acrescentando: “É agradável saber que gostam de nós e que acompanharam o Mundial”.

1 Curtiu

Acredito que sim, também já foi há algum tempo.

Nível do Fits… Para um Eléctrico é óptimo… Para quem luta por títulos é muito curto

3 Curtiram

Bolinha baixa (que isto aqui é pavilhão)!:* «Entrada à campeão e 4 em 4 sem fraquejar»

Novo dia de futsal aqui na Tasca do Cherba, esta semana para falar da estreia em grande dos nossos Leões e de nova vitória das nossas Leoas que continuam com um começo de época muito bom. Por tudo isto, venham dai que como sempre temos muito para falar neste nosso dia do futsal.

Futsal Masculino
Começar em grande

No domingo, a equipa masculina estreou-se com uma vitória segura e incontestável frente ao Nun’Álvares no Pavilhão João Rocha, primeiro o que saltou à vista foi o Pavilhão vazio, isto porque estamos a cumprir castigo, este foi o primeiro de dois jogos de castigo e por isso mesmo o regresso a casa não foi como desejávamos. Este castigo está relacionado com o incidente com o Victor Hugo e os cânticos homofóbicos que nos levaram a um castigo exemplar de 4 jogos, que acabaram por ser reduzidos para apenas 2, mas um castigo que demorou para ser cumprido por tudo o que sabemos.

Falando do jogo, começámos com muitas baixas, diversos jogadores de fora, entre eles o Gonçalo Portugal que se soube no decorrer da semana que está lesionado e por isso mesmo a titularidade do Bernardo Paçó e a presença do jovem Luís Correia no banco, mas um Sporting com menos opções, mas que entrou com o Bernardo na baliza e depois o João Matos, o Caio Ruiz, o Merlim e o Cavinato. Cavinato e Merlim uma dupla que já se entende de olhos fechados, mas Caio e Cavinato vão jogando cada vez melhor juntos, como cheguei a destacar na pré-época era muito importante todo aquele tempo de jogo que Nuno Dias ia dando nos jogos de preparação. Sporting como esperado com uma pressão muito alta e sufocante que levava a erros da equipa de Fafe que apesar de algumas oportunidades nunca conseguiu criar muito perigo, uma vez que sentiam e foram sentindo sempre muitas dificuldades na hora de atacar a baliza do Sporting. O primeiro golo surgiu cedo, ainda dentro dos primeiros 5 minutos, a tal dupla que falava, uma grande jogada de Caio que assistiu o Cavinato para o primeiro golo do Sporting na nova temporada.

O segundo golo não demorou, mais uma bola parada muito bem executada, como é apanágio desta equipa e desta vez foi Erick Mendonça a marcar, ele que vem de pé quente do Mundial e que se estreou assim na nova temporada, com um belo golo. A equipa do Nun’Álvares não conseguia sair, ia sentindo imensos problemas, porque foram poucas as vezes neste primeiro tempo que conseguiram algum espaço, mas a nível defensivo revelaram o que se esperava, uma equipa organizada e com total noções das diferenças e das suas armas, por isso mesmo iam conseguindo impedir que o Sporting dilatasse a vantagem, tanto por essa organização, como o próprio Vasco Ribeiro que se foi mostrando atento defendo várias oportunidades dos Leões, por isso mesmo fomos a vencer por 2-0 para os balneários, mas com o controlo total da partida.

No segundo tempo, baixámos um pouco o ritmo, principalmente a pressão deixou de ser tão intensa e com isso a equipa de Fafe conseguiu mostrar mais ofensivamente, mesmo com alguns problemas, conseguiram ter mais oportunidades e levaram o Bernardo a aparecer mais no jogo com boas intervenções. O terceiro golo não demorou muito, foi ao minuto 30, já depois de alguns sustos junto da nossa baliza, desta vez foi Merlim a criar uma jogada e a fazer o que tão bem faz, assistir Cavinato que surgiu à boca da baliza para fazer o nosso terceiro golo e nos deixar um pouco mais confortáveis no jogo. O Nun’Álvares com este golo apostou no 5×4, foram atrás do resultado, arriscando e tentando tudo para não sofrer mais golos, tentando assim impedir mais golos do Sporting e ainda iam atrás de reentrar no jogo, coisa que não aconteceu. A equipa de Fafe cometeu um erro e Merlim como sempre soube aproveitar muito bem e fechou assim o marcador deste jogo. Vitória categórica, Sporting muito forte e apesar de alguns sustos naturais, a equipa de Nuno Dias venceu e começou muito bem a busca pelo bicampeonato.

Amanhã o Sporting vai até Sandim para defrontar o Modicus pelas 19 horas, num jogo que vai passar no Canal 11. Falando do próximo adversário, o Modicus é uma equipa forte, uma equipa candidata aos primeiros lugares e que começou por perder por 2-0 frente ao Candoso, mas desengane-se quem achar que esta equipa é fraca ou que vai ser fácil. O Modicus vai jogar com o Gerson Pinho na baliza, um dos melhores guarda-redes da Liga Placard, depois o Ludgero que bem conhecemos como referência na frente, o pivot que jogou no Sporting vai ser aposta e vai nos criar problemas pela muita capacidade que ele tem e só por isso sabemos que vai ser um jogo onde vamos ter uma grande luta com este pivot do Modicus. Na equipa de Sandim, temos de falar de Fábio Lima, um dos melhores jogadores da Liga, mais um jogador que conhecemos bem e que nos vai criar muitas dificuldades. Depois temos de falar de elementos como o Uesler, o fixo da equipa que já vai para o quarto ano em Sandim, totalmente rotinado e que já mostrou nestes anos em Portugal que é um fixo de muito valor, ainda temos de falar do Márcio Moreira e do Óscar Santos, dois alas experientes, de qualidade e que já levam muitos anos de futsal nas pernas e de Modicus. Bruninho, Renato Silva e Quaresma são três alas interessantes, três elementos jovens deste conjunto e que são sempre armas utilizadas por Ricardo Ferreira e que nos podem sempre criar alguns problemas. É uma equipa muito rotinada, com elementos experientes, uma equipa onde todos se conhecem, pois até os reforços como o Gerson Pinho são jogadores que já passaram pela equipa e que conhecem bem as ideias de Ricardo Ferreira, por isso mesmo podemos esperar um jogo complicado e um Modicus a querer mostrar mais do que na primeira jornada, isto porque eles jogaram bem, mas acabaram por perder e por isso vai ser mais uma fonte de motivação para uma equipa que luta do princípio ao fim de cada jogo. Sábado pelas 19 horas, vai ser imperdível este duelo em Sandim.

Por esta semana é tudo, ficou mais um dia de Futsal aqui na Tasca do Cherba, muito foi falado, jogos analisados e lançados, mas para a semana já sabem que voltamos a ter novo dia de futsal com ainda mais para falarmos.

*às quartas, o Zé Ricardo mostra que está mais atento que o mister Nuno Dias e traz-nos todas as novidades do Futsal

PAULO LUÍS: “VENCER, JOGAR BEM E MELHORAR”

Por Sporting CP
15 Out, 2021

FUTSAL

Futsal visita AD Modicus no sábado (19h00)

A equipa principal masculina de futsal do Sporting Clube de Portugal desloca-se, este sábado, ao recinto da AD Modicus para disputar a segunda jornada da primeira fase da Liga Placard.

Depois do triunfo no jogo inaugural (4-0), os Campeões Nacionais e Europeus querem “vencer” e continuar a “melhorar”, sublinhou Paulo Luís, treinador-adjunto dos Leões, na antevisão feita à Sporting TV .

“Queremos, acima de tudo, vencer, jogar bem e melhorar em relação à primeira jornada. Vencemos sem sofrer golos, mas não fomos tão consistentes como gostaríamos. Por isso, nesta jornada queremos ser uma equipa dominadora e intensa em todos os momentos do jogo, sabendo que do outro lado estará um adversário com qualidade”, alertou o técnico, acrescentando: “Vai ser um jogo difícil”.

Paulo Luís enalteceu que este é um jogo que tem de ser “bem preparado", reconhecendo qualidade ao adversário. “É uma equipa experiente e que tem uma equipa técnica que está há muitos anos no clube. O modelo está bem implementado, têm poucas mudanças relativamente ao ano passado e muita qualidade individual”, sintetizou, por fim.

1 Curtiu

Os lamps mamaram 3-1 do Eletrico

3 Curtiram

Aproveitar para ficar já hoje à 2a jornada com 3 pontos de avanço.
Não vi o jogo mas não me admiraria que o João Freitas Pinto tenha dado banho ao Pelvis

2 Curtiram

tão parece que o Electrico é que vai ser o nosso grande adversário esta época.

Só vi a 1ª parte do jogo dos lampiões e a 2ª vi a espaços.
Bom jogo do gr do Eléctrico. Ainda está emprestado pelos lampiões ou já não tem ligação a eles?
Fartou-se de festejar o 2º golo que foi assistência dele. :joy:
O nosso Neves marcou o 3º.

1 Curtiu

E no fim fartou-se de festejar a vitória, é estranho se ainda está emprestado.

2 Curtiram

Pois foi. ahah

Penso que já não está emprestado.

Pany, Gonçalo Portugal e Cardinal de fora

1 Curtiu

o catita ainda vem combalido do resultado do Alentejo de há pouco, sente-se pela voz esmorecida

3 Curtiram

Transmissão de bosta.
Pavilhão de trampa.