Futsal- Época 2020/2021

Pois não, confesso que esperava mais dele.

Este ano não há surpresas

1 Like

Foto Mário Vasa

GOLEADA SEM ESPINHAS

Por Sporting CP
12 Jan, 2021

FUTSAL

Futsal vence CRC Quinta dos Lombos por 4-0

A equipa de futsal do Sporting Clube de Portugal recebeu e bateu, esta terça-feira, o CRC Quinta dos Lombos por 4-0. Em duelo a contar para a 17.ª jornada da fase regular da Liga Placard, os Leões não deram hipóteses ao adversário no Pavilhão João Rocha e seguem, assim, na liderança da tabela classificativa.

Mal o jogo começou, o Sporting CP instalou-se perto da baliza adversária. Com grande intensidade, o conjunto de Nuno Dias deu início a uma série de remates perigosos que não dava hipótese ao CRC Quinta dos Lombos de respirar. Assim, foi sem surpresas que chegou o 1-0 aos quatro minutos: Guitta, guarda-redes Leonino, rematou forte em zona frontal para fazer o seu primeiro golo da temporada. O guardião adversário ainda tocou na bola, mas sem sucesso. Estava inaugurado o marcador.

A toada manteve-se igual, com os visitados a controlarem todas as operações e estarem bem mais perto de voltar a marcar do que de sofrer. Guitta, por exemplo, esteve muito perto de bisar, mas o tiro, desta feita, acertou no poste. O 2-0 aconteceu mesmo aos 12 minutos, quando Pany Varela recuperou a bola e, rapidamente, serviu Taynan, que atirou de primeira para o fundo das redes.

Com muita dinâmica e de ritmo alto, o Sporting CP continuou a pressionar a baliza do CRC Quinta dos Lombos e foi recompensado com o 3-0 pouco antes do intervalo, quando, numa reposição de bola lateral e numa jogada estudada, Pany Vareal assistiu Cardinal, que não vacilou. Ainda houve tempo, na primeira parte, para o pivô internacional português acertar em cheio na trave visitante, mas o resultado ao intervalo fixou-se mesmo nos 3-0.

Segunda parte e mais do mesmo; o Sporting CP continuava claramente por cima e a dar muito trabalho à defesa e guarda-redes do CRC Quinta dos Lombos. Foi assim nos remates perigosos de Guitta e Pany Varela, nos minutos iniciais, no livre directo de Taynan, aos 24 minutos, e na nova tentativa de Cardinal parada pela barra, logo a seguir. O emblema de Carcavelos respondeu com uma rara ocasião de perigo aos 26 minutos, mas Guitta mostrou-se muito atento e realizou uma boa defesa.

Diego Cavinato foi o seguinte a rematar ao poste e, finalmente, chegou o 4-0. Depois de mais uma boa intervenção de Guitta, o Sporting CP saiu rápido para o ataque e Pauleta encontrou Pany Varela com tempo e espaço e este último não falhou, colocando mais uma bola dentro da baliza do CRC Quinta dos Lombos.

Nos últimos dez minutos, o Sporting CP continuou à procura de fazer mais golos e não esteve longe nas ocasiões de João Matos, com um remate perigoso, de Pany Varela, que atirou ao poste, e para as ocasiões de Zicky, Taynan e Cardinal. O CRC Quinta dos Lombos apostou no guarda-redes avançado nos minutos finais, mas até foi o Sporting CP a voltar a estar perto do golo no último minuto, mas o tiro de Erick foi mais um que encontrou pela frente o ferro da baliza adversária. Pela negativa, a expulsão de Taynan também nos últimos minutos, por acumulação de amarelos, mas o 4-0 não sofreu alterações.

O Sporting CP volta a actuar este sábado, recebendo os dinamarqueses do JB Futsal Gentofte no Pavilhão João Rocha para os 16-avos-de-final da UEFA Futsal Champions League.

De longe a longe faz bem levar com um banho de humildade.
A estes nunca vou apontar o dedo.

9 Likes

Faço das tuas palavras minhas!

Quando é para falar bem estou cá também… Excelente flash do Simas hoje… A fazer perguntas pertinentes como o porquê de o Merlim ter jogado tão pouco, o que achou da expulsão do Taynan… A “puxar” pelo Nuno Dias… Muito bem.

Esta equipa falha demasiado, cria muito, mas também falha muito. O Taynan tem que melhorar a sua atitude quando defende, é demasiado agressivo, levando vários amarelos desnecessários, e nem por isso defende melhor, ontem acabou expulso, se fosse num jogo com outro resultado podia ter sido fatal.

2 Likes

Bom primeiro tempo, mas o segundo deixou algo a desejar.

Valeu a vitória e terem mantido a baliza inviolada, sobretudo após a expulsão.E como é fácil expulsar os nossos! Já os outros…

Falhámos muitos golos.

NUNO DIAS: “FIZEMOS UMA EXIBIÇÃO MUITO CONTROLADA”

Por Sporting CP
12 Jan, 2021

FUTSAL

Reacção do técnico à goleada sobre o CRC Quinta dos Lombos

No final da vitória desta terça-feira por 4-0 sobre o CRC Quinta dos Lombos, Nuno Dias, treinador da equipa de futsal do Sporting Clube de Portugal, fez uma análise ao desafio e mostrou-se satisfeito pela forma como os Leões geriram os acontecimentos.

“Fizemos uma exibição muito controlada. Não fomos exuberantes e avassaladores como somos muitas vezes no sentido de procurar o ataque e de ter um número de oportunidades incrível. Não fizemos esse jogo hoje, mas fizemos uma exibição muito equilibrada. Uma exibição em que controlámos muito bem os momentos do jogo e em que não permitimos ao CRC Quinta dos Lombos criar grandes oportunidades. Acabou por ser um bom jogo da nossa parte contra uma equipa que, normalmente, nos cria dificuldades aqui. Percebemos como é que tínhamos de jogar. Não podíamos deixar que o CRC Quinta dos Lombos acreditasse e que nos pudesse criar perigo. O resultado é mais do que justo com uma boa exibição da nossa parte”, começou por dizer o técnico à Sporting TV na zona de entrevistas rápidas, escolhendo também as três palavras que melhor definiram o desafio: “Solidez, equilíbrio e controlo”.

Nuno Dias comentou ainda a resposta verde e branca ao empate no jogo anterior em casa do CR Leões de Porto Salvo. “Foi uma resposta normal de uma equipa de campeões. De jogadores que sabem o que querem e que sabem o que é preciso fazer em determinados momentos do jogo. Nem sempre de uma forma extraordinária, mas era importante fazer um bom resultado, uma boa exibição e não sofrer golos”, lembrou.

como sempre .
Foram quantos ao poste? 4? 5?

1 Like

Exibição qb que ditou um jogo tranquilo contra um bom adversário. Não foi uma exibição brilhante, nem andou lá perto, mas valeu pelo resultado e por não termos sofrido golos.

Fizemos o que deviamos ter feito em Porto salvo… Os records e a ânsia de chegar a eles não pode descurar os resultados… E em Porto Salvo foi isso que aconteceu… Estava 4-2 e quisemos o 5o, o 6o e o 7o… E não respeitamos o adversário…

Já agora estamos na média dos 6.58/jogo… Record são os 6.15…