Futebol Feminino - Equipa B- CAMPEAS NACIONAIS DA 2.ª DIVISÃO

Esta não era a que marcava muitos golos?

Tem mais futebol que uma ou duas que já têm contrato profissional…

a gaja que mais golos marcava lol acho que esta incompetência já roça o ridiculo

Saída esperada. Deve ir para fora Há propostas que deixam as miúdas a pensar.

Diz o título:

“Revê os melhores momentos do jogo que deu o título às Leoas do #FutFemSCP B ![:soccer:|

O que não condiz com o resumo vídeo, já que se omite uma das mais espectaculares jogadas, ao minuto 37:00 em que Inês Macedo (do Lank FC Vilaverdense), se isola na grande área, rematando, a que corresponde Carolina Jóia fazendo a mancha / defendendo.

Mas o ‘momento zen’ aconteceu com o narrador a dizer, (com o ecrã nos 23:30 minutos de jogo):

“a equipa de Vila Verde surgiu já bem perto do final da primeira parte com Inês Macedo a ficar perto do golo, mas com a guardiã do Sporting Carolina Jóia a não permitir.”

Ou seja, o narrador comenta a tal jogada que está omissa (a dos 37:00 de jogo), sobre as imagens de um livre aos 23.30.

Assim vai o FutFem de braço dado com narrativas e omissões.

(https://static.xx.fbcdn.net/images/emoji.php/v9/t30/2/16/26bd.png)”

1 Curtiu

BEATRIZ BESSA REFORÇA EQUIPA B

Por Sporting CP
20 Jul, 2021

FUTEBOL FEMININO

Leoa joga no meio-campo

Beatriz Bessa é reforço do Sporting Clube de Portugal para a equipa B feminina de futebol. A jovem de 17 anos chega ao emblema de Alvalade proveniente do SC Braga, sendo que antes já havia representado Boavista FC, UD Valonguense e Ermesinde SC.

Natural de Paranhos, no concelho do Porto, Beatriz Bessa joga no meio-campo e é internacional sub-15 e sub-16 pela selecção nacional portuguesa.

Nas primeiras palavras de Leão ao peito, a futebolista não escondeu a satisfação.

“Sinto-me claramente feliz. É um sonho fazer parte do Sporting Clube de Portugal e da grandeza deste Clube”, começou por dizer à Sporting TV .

Descrevendo-se como uma jogadora “raçuda com boa visão de jogo”, Beatriz Bessa escolheu Andreia Jacinto como a principal referência da equipa principal do Sporting CP. “Identifico-me com ela. É uma inspiração para mim”, admitiu.

Por fim, Beatriz Bessa explicou os objectivos que pretende alcançar ao serviço do Sporting CP: “Espero conseguir conquistar muitos títulos colectivos e individuais também”.

BEATRIZ TEIXEIRA ASSUME EQUIPA B

Por Sporting CP
21 Jul, 2021

FUTEBOL FEMININO

​Treinadora está no Sporting CP desde a época 2017/2018

Beatriz Teixeira é a nova treinadora da equipa B de futebol feminino do Sporting Clube de Portugal. Depois de ter sido anunciada como adjunta de Mariana Cabral na formação principal, a técnica de 27 anos passa a acumular também a liderança do conjunto secundário Leonino.

“Quero agradecer toda a confiança depositada em mim. Claro que é uma responsabilidade enorme acumular dois cargos, mas ao mesmo tempo é uma grande felicidade. Além disso, vai haver uma forte ligação entre a equipa A e B e os restantes escalões de formação”, começou por dizer à Sporting TV a jovem treinadora que em 2020/2021 tinha sido adjunta na equipa B.

Já com o foco na nova temporada, Beatriz Teixeira prometeu “muito trabalho”, característica que a tem acompanhado desde que chegou ao Clube, em 2017, e não esqueceu o principal objectivo do conjunto secundário: formar jogadoras para a equipa A.

“Faço parte deste projecto há quatro anos. Cheguei para integrar os sub-13, que estavam inseridos num campeonato misto na distrital de Lisboa, e passados dois anos foi criada uma equipa sub-15, já no futebol de 11, que compete também num registo misto. A médio ou longo prazo, o nosso objectivo é que tudo isto dê frutos e possamos enriquecer a equipa A. Isso tem vindo a acontecer e vamos continuar a trabalhar nesse sentido”, assegurou.

Por fim, Beatriz Teixeira, que na época passada conquistou o título da II Divisão Nacional ao serviço das ‘bês’, enalteceu a presença do ADN Sporting CP nas equipas de futebol feminino.

“Isso vê-se todos os dias nos treinos, nos jogos e no trabalho desenvolvido pelas jogadoras, treinadores e estrutura. Dão-nos todas as condições para trabalharmos nesse sentido e o nosso foco é formar. Isso é o mais importante e o ADN do Sporting CP vê-se nas muitas jogadoras que têm conseguido chegar com sucesso à equipa A”, concluiu.

CAROLINA RODRIGUES É LEOA

Por Sporting CP
27 Jul, 2021

FUTEBOL FEMININO

Avançada de 16 anos para a equipa B

Carolina Rodrigues assinou pelo Sporting Clube de Portugal e será integrada na equipa B feminina. Proveniente das camadas jovens do SL Benfica, a avançada de 16 anos mostrou-se muito satisfeita pelo passo dado rumo à formação verde e branca.

“É um sentimento de enorme alegria e uma grande responsabilidade. É um orgulho fazer parte desta equipa e deste grande Clube”, começou por dizer a nova jogadora Leonina à Sporting TV .

Consciente de que vai integrar a equipa Campeã Nacional da II Divisão, Carolina Rodrigues mantém a fasquia bem alta: “Vou tentar ajudar a equipa a ganhar o máximo possível de títulos e espero que tudo corra bem”.

Ainda a evoluir como jogadora, a jovem avançada acredita que “a velocidade” é a sua melhor característica, considerando-se ainda “forte tecnicamente”. Com apenas 16 anos, tem em Ana Borges, jogadora da equipa principal das Leoas, uma das suas principais referências. “É aquela com quem mais me identifico pela velocidade”, referiu, realçando de seguida: “É uma jogadora com bastante qualidade”.

Já de Leão ao peito, Carolina Rodrigues dirigiu-se, por fim, aos Sportinguistas: “Vou honrar sempre esta camisola e vou dar o meu máximo dentro de campo para agradecer às pessoas que confiam em mim. Vou fazer tudo para representar o Clube da melhor forma”.

Carolina Rodrigues (16A_1,59m/50Kg_14.03.2005) - ‘in’ Zero.zero

Beatriz Bessa: internacionalizações.

EQUIPA B DEU PONTAPÉ DE SAÍDA NA NOVA ÉPOCA

Por Sporting CP
23 Ago, 2021

FUTEBOL FEMININO

Plantel liderado por Beatriz Teixeira foi apresentado em Alvalade

A equipa B feminina de futebol do Sporting Clube de Portugal deu, nesta segunda-feira, o pontapé de saída na nova temporada com a apresentação de todo o plantel no Estádio José Alvalade e o primeiro treino no Pólo EUL.

Tomaz Morais, director do futebol de formação verde e branco, deu as boas-vindas às atletas e à equipa técnica da equipa B, assim como aos familiares que estiveram presentes, dando conta dos objectivos do Sporting CP para esta época e da importância do papel formativo do Clube, não esquecendo os valores e princípios do Sporting CP.

Foi ainda apresentada a nova equipa técnica liderada pela treinadora Beatriz Teixeira, que vai contar com Bruno Pereira e Manuel Abril como adjuntos, Jaime Pombo como treinador de guarda-redes, Rita Fontemanha como preparadora-física, Daniel Vicente como treinador-estagiário e ainda Laís Sousa como fisioterapeuta.

Mariana Cabral, ex-treinadora da equipa B Leonina e actual técnica da equipa principal, também esteve presente e acompanhou de perto o primeiro dia de trabalho da equipa B na nova época.

Beatriz Teixeira, que é além de treinadora da equipa B, adjunta na equipa principal, deu conta da satisfação pelo início da nova temporada, dando conta dos objectivos Leoninos: “Acima de tudo, vamos tentar dar o nosso melhor com um plantel que está cheio de atletas que já estavam connosco e que fazem com que o ADN Sporting esteja muito presente. A época passada foi muito boa e nós queremos fazer igual ou melhor do que fizemos, colocando também jogadoras na equipa principal”.

“Sabemos que isso aqui acontece, uns anos mais, noutros menos, mas que, efectivamente, isso acontece e vamos fazer tudo para que para o ano haja mais, mas há valores que são inegociáveis: todas têm de ter uma atitude de querer estar aqui, representar este clube, ser proactivas, mostrar em cada jogo e em cada jogo a raça de defender este clube, assim como defender os seus princípios”, referiu a técnica, alertando, contudo, para “o equilibro de gestão de expectativas”: “Estamos no limite de passar para uma equipa profissional e esta equipa B vai comportar-se neste sentido, mas não será profissional e por isso temos de gerir a paixão destas jogadoras. Perceber que podemos estar muito perto da equipa principal, mas que também podemos estar muito longe”.

Beatriz Teixeira falou ainda sobre a nova equipa técnica, dizendo ter “muita experiência, apesar de ser nova”. “Eu tenho quatro anos de Sporting CP, os dois adjuntos estão ligados ao futebol sénior há algum tempo e podem trazer bagagem e a preparadora física é a Rita Fontemanha que é atleta profissional e que nos vai trazer também o lado de jogadora e mostrar igualmente que os estudos também são importantes. É uma equipa completa e com bastantes valências para ajudar estas atletas”, Justificou.

Marta Melão, avançada de 15 anos, também falou após a apresentação da equipa, sendo a porta-voz da felicidade do plantel por regressar ao trabalho. “Estamos todas muito felizes por voltar. Acabámos a época em grande e esperamos que esta seja igual. Vamos todas esforçar-nos para que assim seja. Temos um espírito de equipa muito grande e temos ligação com a equipa principal, o que é muito importante. Termos a míster Beatriz como adjunta da equipa principal dá-nos força e motiva-nos ainda mais porque percebemos que estamos sempre a ser observadas e podemos chegar à equipa principal”, comentou, referindo: “Sinto que estou cada vez mais perto da equipa principal, mas não é por isso que vou parar de trabalhar. Vou continuar a esforçar-me para lá chegar, porque esse é o meu sonho”.

Marta Melão falou ainda sobre a apresentação, liderada por Tomaz Morais, referindo aquilo que mais reteve: “Que é muito importante estarmos todas juntas, porque se trabalharmos cada uma por si não chegamos a lado nenhum e que no Sporting CP não interessa só ganhar, o Clube também forma pessoas e não só atletas”.

Grande Rita :grinning:

CATARINA POTRA ASSINA CONTRATO PROFISSIONAL

Por Sporting CP
31 Ago, 2021

FUTEBOL FEMININO

Guarda-redes de 16 anos formada no Clube

Catarina Potra, guarda-redes da equipa B feminina de futebol do Sporting Clube de Portugal, deu mais um passo em frente na sua carreira, assinando um contrato profissional com o emblema verde e branco.

Em declarações à Sporting TV , a Leoa de apenas 16 anos não escondeu a sua felicidade por continuar o seu processo de evolução no Sporting CP. “Desde que comecei a jogar futebol que queria chegar a este patamar. Trabalhei para isto e é um sonho tornado realidade”, realçou entusiasmada.

“Tenho de agradecer ao Clube, porque está a acreditar em mim e isso é incrível”, referiu de seguida Catarina Potra, reforçando a importância da aposta Leonina na formação: “É sinal de que o Sporting CP é, sem dúvida, um clube diferente. Está no ADN do Sporting CP e isso é especial”.

Apesar da tenra idade, a guardiã formada no Clube integrou a pré-época da equipa principal e tem treinado às ordens de Mariana Cabral.

“É muito bom. A qualidade é imensa, é um patamar muito elevado e a cada treino sinto que evoluo com elas”, enalteceu Catarina Potra, antes de apontar com ambição ao seu futuro a verde e branco: “Sou uma pessoa que quer sempre mais. Colectivamente, espero conquistar tudo ao lado de todas elas”.

Estou a contar ir ver o jogo, e se possível ‘fazer uns bonecos’.

1 Curtiu

Fui ver e fazer algumas fotos do jogo (a partilhar com as atletas), que teve lugar na Damaia (rua Carvalho Araújo 30):
:arrow_forward: 2ª Divisão Futebol Feminino - 1ª jornada
:arrow_forward: SF Damaiense 1-0 Sporting CP ‘B’. O golo resultou duma jogada, de intervenção infeliz da GR.
:arrow_forward: Coisa que nunca havia visto, num jogo de futebol feminino do clube ou em qualquer outro:
:no_entry: O Sporting CP ‘B’ alinhou com um DEZ inicial e SEM NENHUMA jogadora no banco de suplentes!
:no_entry: Inusitado foram os nºs usados pelas atletas que foram a jogo. E em diversos aspectos.

A) Algumas (senão todas) usaram nºs que não os que habitualmente usam
(o usado neste jogo e entre parêntesis o habitual/atribuído no site oficial):
Mariana Pinto Rosa foi o nº 5 (47)
Francisca Silva nº 3 (31)
Vera Cid nº 11 (43)
Margarida Sousa nº 14 (21)
Neuza Besugo nº 23 (17)
Bárbara Lopes nº 6 (68)
Joana Dantas nº 10 (70).

B) Tem sido norma e uma prática (correctamente adoptada), as jogadoras das equipas de futebol feminino do Sporting CP, terem atribuído um número sequencial, de uso exclusivo.

:no_entry: Neste jogo, estiveram em campo os nºs 5, 6, 10 e 11, que já são usados por outras jogadoras do plantel principal profissional. A saber: Joana Marchão, Bruna Lourenço, Chandra Davidson e Brenda Pérez.

:arrow_forward: Não se entende esta presente numeração / salgalhada (trapalhada/confusão), já que no site oficial estão identificadas, pela numeração entre parêntesis.

Seja por isso, ou o que quer que seja, nomes/identificativo nas camisolas (neste jogo) ‘tá quieto’!

(Fui rever as fotos que fiz no jogo particular do Racing Power FC 0-2 Sporting CP de 11SET2021_16H30, e pode-se ver, presentes, a Chandra Davidson com o nº 10 e nome na camisola, e a Joana Dantas com o nº 10 e sem nome na sua!)

:arrow_forward: Nota de especial registo para a entrega de todas as desamparadas DEZ leoas participantes, que cumpriram os 90 minutos, ainda assim com várias oportunidades de concluir com êxito, sobre o final da partida.

:arrow_forward::arrow_forward::arrow_forward: É mais que devida uma cabal explicação do que determinou tão inusitadas situações.

:arrow_forward: Presentes no campo diversos responsáveis de equipas técnicas de futebol feminino do Sporting CP, nomeadamente Mariana Cabral, Beatriz Teixeira e João Almeida Rosa. Elementos da equipa técnica e outros elementos de apoio, ocuparam o espaço adjacente (banco suplementar?) ao banco ‘dos visitantes’, onde permaneceu isoladamente um elemento masculino (delegado ao jogo?)

Estavam tb no campo do SF Damaiense, do SL Benfica, Filipa Patão entre outros.
Dirigente do Racing Power FC.
Jogadoras do plantéis principais do SCP e SLB.
O plantel das leoas SUB15, que ganharam hoje por uma batelada um jogo particular
Ao todo, presentes estavam, seguramente mais de 200 pessoas.


6 Curtiram