Futebol Feminino - Equipa B- CAMPEAS NACIONAIS DA 2.ª DIVISÃO

Parabéns, jovens leoas!!

Grande vitória frente a uma equipa com mais qualidade que várias da primeira divisão.

vencemossssssssssssss

ja ca mora

Boa q doi

1 Curtiu

Campeas nacionais parabens miúdas

1 Curtiu

Golao da KIKA

EQUIPA B SAGROU-SE CAMPEÃ NACIONAL DA II DIVISÃO

Por Sporting CP
24 Jun, 2021

FUTEBOL FEMININO

Leoas bateram Vilaverdense FC na final (0-2)

A equipa B feminina do Sporting Clube de Portugal sagrou-se, esta quarta-feira à noite, campeã nacional da II Divisão ao ter derrotado o Vilaverdense FC por 0-2 na final, disputada no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. Assim, o jovem conjunto de Mariana Cabral, que em 2021/2022 assumirá a equipa principal, encerrou a época com o título nacional e somando por vitórias todos os jogos realizados.

Com o apito inicial em Leiria, depois de um desvio traiçoeiro para a baliza do Vilaverdense FC, o primeiro grande aviso no encontro saiu dos pés de Margarida Caniço, mas no cara-a-cara Nyla Peterkin, guardiã do conjunto nortenho, levou a melhor sobre a avançada Leonina.

Com o desenrolar dos minutos, o Vilaverdense FC também respondeu e, depois de um livre directo que saiu ligeiramente ao lado, aos 38 minutos só a mancha de Carolina Jóia, guarda-redes verde e branca, manteve o 0-0, que seguiu para o segundo tempo.

Jogado a bom ritmo na primeira parte, o encontro foi reatado na mesma toada. Embora, logo ao abrir, Kleydiana Borges tenha ficado perto de colocar o Vilaverdense FC em vantagem, o golo inaugural pertenceu às Leoas. Depois do toque artístico de Margarida Caniço, Francisca Silva, jovem lateral-direita, atirou de pé esquerdo de fora da área e viu o remate sobrevoar a guarda-redes adversária antes de fazer balançar as redes. Festejos a verde e branco e, à passagem da hora de jogo, o Sporting CP assumiu a dianteira no marcador da final.

Apesar de jovem, a equipa de Mariana Cabral continuou segura em campo e foi gerindo a vantagem, mantendo o domínio sobre o adversário. Assim, seria já aos 85 minutos que chegaria a confirmação da festa Leonina: mais rápida e oportuna, Joana Dantas não perdoou e transformou em golo um erro de Nyla Peterkin.

Soltas no ataque e galvanizadas pelo resultado, as Leoas ainda voltaram a ameaçar por mais duas vezes, mas até ao final o resultado não sofreria mais alterações. Apito final, lágrimas, sorrisos e a festa foi do Sporting CP no relvado do Estádio Dr. Magalhães Pessoa, onde a formação verde e branca levantou um troféu inédito no palmarés do Clube.

Depois de uma primeira fase irrepreensível na série Sul, com um pleno de vitórias nos seis jogos realizados, liderança isolada com 18 pontos, 63 golos marcados e apenas quatro sofridos, as jovens Leoas ultrapassaram, na segunda fase, o FC Alverca (16-1 no total) e o Atlético CP (15-2) antes de baterem o Vilaverdense FC na final da II Divisão.

Sporting CP: Carolina Jóia [GR], Carolina Beckert, Francisca Silva, Beatriz Conduto [C], Matilde Raposo (Marta Melão 80’), Vera Cid, Inês Gonçalves (Joana Dantas 66’), Margarida Caniço (Andreia Bravo 80’), Margarida Sousa, Núria Monteiro (Bárbara Lopes 59’) e Catarina Mairos.

2 Curtiram

MARIANA CABRAL: “É UMA MANEIRA BONITA DE FECHAR A ÉPOCA”

Por Sporting CP
24 Jun, 2021

FUTEBOL FEMININO

Treinadora destacou mérito das jogadoras

Terminado o encontro frente ao Vilaverdense FC (0-2) e levantado o troféu de campeão nacional da II Divisão, Mariana Cabral, treinadora da equipa B feminina de futebol do Sporting Clube de Portugal, considerou o título um prémio merecido para o plantel.

“É uma forma muito bonita e feliz [de acabar a época] para uma equipa jovem que merece muito, porque tiveram um ano muito duro e difícil. Estiveram muito tempo paradas, a própria competição foi encurtada e depois disto tudo é uma maneira bonita de fechar a época”, começou por dizer à Sporting TV , antes de destacar a importância desta final para a evolução das jovens jogadoras: “Tivemos aqui meninas de 15, 16 e 17 anos e este tipo de experiências de jogar num estádio grande, num relvado e contra uma equipa muito boa, com dez estrangeiras e que fez um grande investimento para subir à Liga BPI, são experiências muito boas para o crescimento destas jovens”.

A formação secundária Leonina foi criada em 2018 e tem-se afirmado como uma verdadeira fábrica de talentos que vão alimentando a equipa principal. Durante esta época foram utilizadas 36 jogadoras e a chave desse sucesso, considerou Mariana Cabral, é a aposta que é feita, independentemente das idades.

“Temos qualidade nas nossas jovens e não há problema nenhum em apostar nelas, porque é algo que faz parte do ADN Sporting CP no feminino, no masculino e em todas as modalidades”, referiu, sublinhando depois os desafios acrescidos vividos ao longo da semana para preparar esta final: “Foi uma semana difícil, preparámos este jogo, que devia ter sido jogado no domingo e disputou-se hoje, em dia da semana, quando algumas jogadoras tinham escola. O Sporting CP ajudou-nos muito e felizmente tivemos este desfecho feliz, que faz tudo valer a pena”.

Parabéns à equipa e à equipa técnica pelo título, valoriza-as e já lhes permitiu um cheirinho de experiência de futebol de topo em Portugal.

Que venham os novos desafios para todas!

Muitos Parabéns às nossas baby leoas, que “representaram” em alto nível, tanto no jogo como nas comemorações!

Dois franguinhos sem piripiri :crazy_face:

:sunglasses:

1 Curtiu

:rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::rofl::sweat_smile::sweat_smile::sweat_smile::sweat_smile::sweat_smile::rofl:O estilo do TT está a fazer escola.

Com alguns dias de atraso mas ainda a tempo de dar os parabens ao grupo. Vi o jogo e gostei bastante da qualidade de jogo e do potencial de algumas meninas.

Parabens.

SL

2 Curtiram

esta equipa vai ficar muito desfaltada xD
vai tudo para a equipa A. vamos jogar com infantis na B para o ano.

1 Curtiu

Beatriz Conduto saiu.
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=4472076312816928&id=100000438110038