Futebol Feminino- Época 2020/2021

Para isso alguem tem informar o homem que essa modalidade existe no clube.

3 Likes

O jogo de amanhã dá no 11?

A Jessica é craque mas pergunto-me sinceramente se faria sentido contratar uma atleta que infelizmente faz um jogo e está 20 de fora? E joga 70 minutos num jogo e já só aguenta 15 no seguinte?

Então?.. Dantes não era assim…

O que é que se passa com a Ana Capeta?

Vou tentar saber.

Lesionada…

Mas sabes se é grave? Anda desaparecida à várias semanas.

Foi aquele lance na selecção. Na repetição viu-se que o pé torceu, se calhar afectou ali alguma coisa.

O jogo vai ter transmissão no canal 11 sim.

1 Like

Consultadas as nomeações do ‘CA - Secção Não Profissional’, constata-se que para o jogo na Madeira do SCP com o CSMaritimo, não foi nomeado OBSERVADOR.
Acontece, que na jornada de 01/02MAI, também na Madeira o CSM-SLB não teve igualmente OBSERVADOR.
Ora sabe-se do mais que duvidoso, senão mesmo inexistente penalty que foi marcado a favor do SLB, com a árbitra de então a ‘sair de fininho’ da situação (já que não terá para ela consequências, pela ausência de observador/seu relatório).
Basta ler ou ter presente quais as funções e âmbito das observações, para se perceber do que podem contribuir, para muito do que importa no segmento da arbitragem e da aplicação das Leis do Jogo.
Percebe-se muito mal, que jogos em que participam os dois candidatos ao título (que nesta fase é inequívoco serem o SCP e o SLB) que o CA-SNP, dê de barato a nomeação de observadores, ficando tal na gaveta, mas havendo-os para muitos dos outros jogos.
Lá se vai o aferir e o reportar das incidências dos jogos, com as árbitras a julgarem, bem, mal ou assim-assim, sem consequências e sem avaliação de méritos e deméritos.
O Futebol Feminino anda muito pouco transparente.
A começar pela cúpula, a directora para o Futebol Feminino Mónica Jorge, que de tanto protagonizar tristes cenas de manipulação dos rankings FIFA desde 2017, em publicações da FPF que ora repassa ora aplaude, ainda se mantém no cargo apesar das sem vergonhices que vem protagonizando.
A última das quais numa conversa ao microfone
com a FIFA o mês passado. Lá iremos a seu tempo…

2 Likes

Vejo vários jogos da equipa feminina de futebol, há realmente arbitragens de bradar os céus e depois repetição dos lances, nem vê-los. Como o mediatismo do futebol feminino é bastante reduzido, estas situações passam despercebidas.

o primeiro já lá mora 0-1

Marcou Raquel Fernandes.

Fez-lhe bem a cura de banco.
Voltou diabolica

1 Like

Inês…Inês… :roll_eyes:

Intervalo, 0-1 Sporting

Está muito bem a Raquel estes últimos jogos. Nem parece a mesma em relação às partidas anteriores onde esteve sempre muito apagada e inconsequente