Futebol Espanhol - Parte 3

Damn tens razão :flushed: então ainda não entendi essa regra. Ou não está posta em prática ainda

Também não percebi ainda, parece que é uma nova regra com várias exceções.

1 Curtiu

Não vejo dia de ver o porco mendes enjaulado.
Seria um dia feliz para muita gente

1 Curtiu

… isto de assinar Cheques Carecas nao custa nada. :green_heart:

Absolutamente ridícula a situação do Barcelona.
O The Athletic hoje tinha um artigo chocante com revelações como o facto que o Barcelona aparentemente pediu á UEFA para adiantar as receitas dos próximos anos das Champions League ao qual rejeitou logo dizendo que não era garantido que eles iam se qualificar constantemente nos próximos anos.
Pior ainda, supostamente houve um jantar com um representante da UEFA em que eles mostram apreensão em relação ao Financial Fair Play e perguntaram se havia alguém associado a quem podiam pagar.

Também fala de como houve dificuldades em arranjar amigáveis com grandes equipas europeias devido associação deles com a Super Liga Europeia (algo que se nota pelos adversários que alguns dos clubes da Super Liga tiveram na pré época), como eles tinham um jogo programado com a Roma que foi anunciado mas a Roma cancelou argumentado problemas de calendário.

O artigo até refere como esta insistência em apostar forte nesta época hipotecando receitas do futuro é como ter comida para hoje mas sabendo que se vai passar fome amanhã.

2 Curtiram

O Porco é gerido de forma igual a este Barcelona.

O Barcelona tem aquelas finanças num caos. Inacreditável contratarem jogadores por dezenas de milhões e depois andarem a pedir a jogadores com mais de uma década de clube para baixar o salário.

1 Curtiu

Consequência de terem passado anos a renovar com o Messi por valores obscenos.
Quando chega a hora de renovar os jogadores apontam para o ordenado do Messi, os ordenados não vão chegar ao nível do Messi mas vão subir para mais do que o normal.

Não tenho conhecimento interno mas parece me que foi um bocado o que aconteceu com o Porto.
Foram para níveis elevados com o Casillas e penso que foi a partir daí que começaram a ter problemas em renovar com jogadores e muitos dos seus melhores jogadores acabaram por sair a custo zero.

Por isso é que eu crítico quando vejo pessoal neste fórum a dizer que devemos abrir uma excepção para jogador X.
Se o limite for aumentado para um jogador, o resto vai atrás.

Em vez de voltarem à base e renovarem o clube com um plano a médio prazo … não…é estourar dinheiro que não têm, absurdo.

Estimo que se fodam e que o Carlito continue a colecionar troféus…

Planos a médio prazo não mantêm presidentes no cargo. Imagina o Barcelona ficar em 4º ou 5º lugar 2 ou 3 épocas, o Laporta era corrido a pontapé.

Vai apostar tudo no sucesso imediato, e se não conseguir, quem vier a seguir que se desenrasque.

A ideia do Laporta é adiantar receita, investir forte e estar mais próximo do sucesso desportivo. É o tudo ou nada. O Piqué já está ali a mais há imenso tempo e ganha demasiado para o que produz, o Busquets ainda é influente. Que rescindam com eles, adiantem mais receita para conseguirem baixar a massa salarial e os novos jogadores poderem ser registados.

O presidente da La Liga está muito calado. Andou e anda a pressionar o PSG, quando tem um caso pior em sua casa. Bem sei que o registo de atletas está proibido e é uma medida consequente, é preciso algo mais.

Mas qual sucesso imediato? Estão dependentes de jogadores históricos baixarem os salários para inscreverem jogadores, aquele balneário vai estar a ferro e fogo, olha um balneário com um Piqué e um Busquet (os jogadores mais influentes lá dentro) fodidos por terem que receber menos por causa de gajos que lá chegaram agora…e isto é se aceitarem, se não aceitarem…fodeu.

A Champions não ganham, a liga com o Real Madrid como está também não ganham…e depois não há dinheiro para a próxima época, aliás, nem para esta época há…

Como é que isto mantém um Presidente no cargo? Só se tiver negócios a finalizar e precisar de uns mesitos para ter tudo tratado e sair, aí compreendo…

Isto quando adquiriram um 11 praticamente novo neste defeso e por exemplo ofereceram ao lewa o dobro do que ele ganhava no Bayern (alegadamente) e imagino que um belo prémio de assinatura e de ainda quererem que o Messi volte ao clube na próxima época (só nessa brincadeira são 100 milhões para o menino)

Qual sucesso imediato? Então quando um clube traz Lewandowski, Raphinha, Kounde, Kessie, não é com a intenção de tentar ganhar no imediato? Se conseguem ou não é outra conversa, mas a aposta é claramente essa.

Tudo aquilo é um all-in maluco. É uma questão de sobrevivência. Antecipação de receitas, forte investimento, é uma receita antiga e que muito raramente funciona. O Laporta sempre foi isto. Se funcionar, óptimo. Se falhar, vão andar com a La Masia durante muitos anos.

1 Curtiu

Mas onde é que isso é receita para sucesso imediato?

Contratar um bando de jogadores que só podes inscrever se os que já tens aceitarem baixar os salários? Ainda por cima um Piqué e um Busquet que têm um peso do caraças no balneário?

Aquilo vai ser bonito vai…

Financeiramente é insano contratar Raphinha quando se consegue renovar com o Dembelé e quando se tem um Depay que se vai desperdiçar, tal como contratar o Koundé quando já se foi buscar o Christensen (e se tem o Pique, o Eric, o Ronald), etc.

Podiam ter sido menos descontrolados nas compras, e pelos vistos ainda não parou por aqui.

Agora que têm desportivamente uma grande equipa com um bom treinador e grandes jogadores, disso não há dúvida. Resta saber se a conseguem inscrever.

Daqui a uma semana começa a liga e já vemos se conseguem ou não inscrever. Vou-me rir imenso se não conseguirem, mas cheira-me que eles inventam qualquer merda. Ou então conseguem despachar alguns jogadores para baixar massa salarial.

O Real Madrid tem feito alguma contratação?

Houve alguma saída de nomeada? Tenho acompanhado pouco, mas não me parecem haver notícias de grandes movimentações para aqueles lados.

O Tebas tem que estar calado para manter o produto, aliás o Florentino também. É uma liga que depende do maior jogo do mundo ser interessante.