Futebol Brasileiro

Sigo bastante a Jovem Pan, o Flávio Prado odeia o Abel. O Pilhado gosta de dar show off mas é muito mais equilibrado nisso. Vem cá várias vezes.

Nem mais. O campeonato Brasileiro está muito melhor com grandes jogos grandes estádios e quase sempre lotados. Tirando o Botafogo que está mesmo muito bem o resto pauta se pelo equilíbrio.:+1:

Vi o jogo Cruzeiro-Botafogo.

Grande central o Adryelson. Competitivo, concentrado, poder de de impulsão brutal.

Arthur fez mais um bom jogo pelo Cruzeiro. Saiu esgotado.

Tiquinho é indispensável para o Botafogo. Vamos ver quanto tempo é que é a lesão (entorse no joelho).

Tb sigo. Diria que o Flávio deve ter algo contra os portugueses. Bem mais equilibrado o Bruno, filho. Estão mais de ponta e com alguma razão depois do que disse aquele adjunto do Abel.

Grande vitória do Gigante da colina.

1 Curtiu

Flávio é quem me irrita mais vezes, tão mala. O Bruno é de longe o mais equilibrado, o Vampeta o mais divertido mas não é tonto nenhum ao contrário de tantos ex-jogadores, Mauro Cezar doente pelo Flamengo mas com muitas opiniões certidões, embora também tenha parti pris com figuras tipo Renato ou Luxemburgo. No comparativo com os outros programas é o que acho mais interessante e divertido, pena só falar dos 3 de São Paulo, Flamengo e pouco mais. O Fora do Eixo nisso é um programa fixe, mas os clipes não aparecem no YouTube.

Vasco saído da lanterna!

Ahaha adoro o Vampeta a perder dinheiro para o Pilhado nas apostas. É um castiço o Velho Vamp.

1 Curtiu

Vampeta, Amaral, Marcos e o infelizmente falecido Fubá são os gajos mais hilariantes que vi no futebol. E todos gajos simples, não como as “donzelas” que temos em Portugal. Aí no tugão, qualquer matreco anda sempre com “pose de jogador”.

Na sexta feira aconteceu uma cena engraçada. Estava dentro do carro a esperar uma amiga que tinha ido à farmácia, quando ela me envia mensagem a dizer que o Rivaldo estava na frente dela na fila. Não sou de ir atrás de pessoas famosas, aliás, sempre achei ridículo, mas porra, era o Rivaldo. Cheguei lá, era o Cafu. Afinal o gajo é meu vizinho e eu nem sabia.

1 Curtiu

E o Inter mesmo instável limpou o River, Libertadores cada vez mais uma coutada de brasileiros. Baldasso deve ter ido às lágrimas.

Os clubes Brasileiros estão cada vez mais ricos e os outros países não conseguem acompanhar. A Libertadores neste momento é quase um campeonato Brasileiro.

A situação económica da Argentina também não ajuda…

ontem tive a ver o fluminense, e aquilo parecia um estrela da amadora vs qq equipa do meio da tabela do tugão.

1 Curtiu

Já não pode malhar no chacho

1 Curtiu

Maus jogos todas as ligas têm e jogos da champions merdosos também, a questão é que se ouvires os comentadores brasileiros, querem se equiparar às melhores ligas do mundo.

Quando o comentador do video, diz o Braguinha ou o PAOKzinho que o Abel treinou, nós depois vemos os jogos e a qualidade não faz match com este tipo de caganças, continuam agarrados ao passado, um pouco como os lamps, acham que ainda devem derreter toda a gente e são melhores que todos.

Tal como existe cá, embora já foi mais assim, os comentadores da praça querem defender os amigos que estão nos clubes, então o ideal é denegrir os estrangeiros e dar moral aos treinadores brasileiros com um grau de tolerância totalmente diferente.

O Vitor Pereira no Flamengo foi uma bosta, depois fez aquele filme da sogra que não lhe correu bem. Mas no ano passado, no Corinthians fez um excelente trabalho para a qualidade da equipa que tinha, se fossem ouvir os comentadores era uma real merda, inadmissivel o que fazia no Corinthians, que não trazia nada de novo ao futebol.

Este ano, já correram com um treinador e foi para lá o Vanderlei Luxemburgo, agora melhorou mas teve uma fase que perdia jogo atrás de jogo, uns diziam que ele estava ultrapassado, outros defendiam-no com unhas e dentes.

O Abel com o registo que tem, desvalorizarem o trabalho dele, não falo de adeptos, falo de comentadores dos mais vários orgãos de comunicação social e eu também não sou grande fã da personalidade do Abel, agora as conquistas são fatuais, não há volta a dar a isso.

Parece-me também que os jogadores têm uma defesa acérrima dos adeptos/dirigentes, cá temos mais hierarquia definida, o treinador é cobrado mas os adeptos têm a ideia que ele é que manda no circo (mesmo quando não manda).

Há ai uma conversa dos gajos que chutam a bandeirinha ou que tiram a camisola no golo levarem amarelo, na mentalidade do Brasil isso está a matar o jogo e questionam o amarelo, na Europa isso já é visto como amarelo certo e o jogador é burro por fazer isso, nem sequer questionamos isso.

Gosto de observar as diferenças, não há certos ou errados mas acaba por dar choque, imagino que o pessoal do Brasil quando chega também ache estranha a nossa forma de viver o jogo.

És vizinho do (para mim) melhor LD da história do futebol?
Carai…

Sim. Eu não fazia a menor ideia.

Curioso, nem os brasileiros consideram o Cafu o melhor de sempre na lateral direita, normalmente ele é o terceiro da lista, atrás de Leandro e Carlos Alberto.

Sou quarentão mas não tenho memória do Leandro e do Carlos Alberto.
O Cafu, não sendo um lateral particularmente exuberante, era de uma fiabilidade tática e física absurda. Uma locomotiva que muito raramente falhava.
Tipo o Rui Jorge, só que em (muito) bom. :laughing:

Eu nem conhecia o Leandro até os zucas me terem falado nele. Mas depois de tudo o que vi, é disparado o melhor, o gajo era incrível.

1 Curtiu

Leandro é mito, sem dúvida, mas das leituras que faço Nilton Santos foi quem revolucionou a posição. Poucas imagens, claro.

E se é para falar de laterais, já agora referência ao Nelinho, o melhor batedor de livres que já vi.

Lembro me do Leandro na mítica canarinha de 82, simplesmente fantástico

Melhor que Marcos Assunção, Juninho e Marcelinho?