FSF bazou!

Isso é verdade Rui, mas é verdade por um simples facto: as razões que fazem de FSF alguém cricitável existem muito antes dos casos referidos, aliás existem muito antes sequer do contexto Sporting. Há pessoas que não enganam.

Antes do contexto Sporting ultrapassa-me, depois do contexto Sporting admito que no princípio era uma figura que eu até apreciava e até estava do seu lado na questão “Papa”, daí para cá foi sempre a cair e caiu em desgraça com as declarações depois do derby, enfim, já saiu e isso é positivo! :arrow:

Numa entrevista ao pasquim II FSF diz:

"RECORD – Tem ainda dinheiro no clube. Atravessou o seu nome em avales para o Sporting?
SOARES FRANCO – Tenho dinheiro no Sporting, porque sou accionista da SAD. No passado atravessei o meu nome perante instituições financeiras, mas com esta reestruturação que terminou hoje (ontem) e com mais outra finalização de operações, as responsabilidades individuais, quer minhas quer de Dias da Cunha, ficam completamente sanadas. Dei o meu nome, mas o Sporting honrou os seus compromissos, conseguiu finalizar a reorganização financeira, levou a bom termo o aumento de capital e relançou o empréstimo obrigacionista. O que fiz está feito, não estou nada arrependido, até porque tudo correu da melhor forma. Valeu a pena correr um risco pelo Sporting, mas assumo que foi sempre um risco que assumi de forma totalmente ponderada e calculada.

RECORD – O Sporting já não vai precisar de um homem com credibilidade junto da banca?
SOARES FRANCO – O que conheço dos dois bancos com que trabalhamos, o Millennium e o Banco Espírito Santo, nunca lhes passaria pela cabeça intrometer-se na escolha do futuro presidente do Sporting. Mas é conveniente que o presidente tenha boas relações de confiança com as instituições financeiras que apoiam o Sporting.

RECORD – Ernesto Ferreira da Silva tem esse perfil junto da banca?
SOARES FRANCO – Acho que sim, mas não quero responder sobre os nomes de outras pessoas, porque não sou padrinho de ninguém. De qualquer forma, é uma das pessoas com credibilidade junto da banca, mas não podemos fulanizar as questões, porque não sou padrinho de ninguém."

Interessante mas duvidoso!

RECORD – Ernesto Ferreira da Silva tem esse perfil junto da banca? SOARES FRANCO – Acho que sim, mas não quero responder sobre os nomes de outras pessoas, porque não sou padrinho de ninguém. De qualquer forma, é uma das pessoas com credibilidade junto da banca, mas não podemos fulanizar as questões, porque não sou padrinho de ninguém."

Interessante mas duvidoso!


Recordo-me de ouvir o FSF, após o jogo em Roterdão, dizendo que o Moutinho era seu “afilhado” no plantel…

É a coerência possível em quem, na mesma entrevista que transcreves, se permite dizer que só lhe interessa o futebol e que não vibra com as vitórias das outras modalidades. Recordo que estamos a falar de um ainda vice-presidente do Sporting e membro do Conselho Leonino… :?

Apesar das contradições e lapsos naturais da figura a entrevista até nem é má de todo, certamente foi dada antes do almoço.

Acho que foi com o Nwecastle, que ele até lhe pediu a camisola… e disse que o Moutinho só seria vendido quando ganhessemos a CL :roll:

Keep on dreaming

Apesar das contradições e lapsos naturais da figura a entrevista até nem é má de todo, certamente foi dada antes do almoço.

Pois que eu fiquei ainda mais satisfeito pela sua saída. A juntar à má imagem que tinha dele ficou o facto de se declarar inimigo do ecletismo do Sporting.

Como e ke este gajo chegou tao alto no SCP?

Como e ke este gajo chegou tao alto no SCP?

Chegou-se a frente com o dinheiro? :?

Apesar das contradições e lapsos naturais da figura a entrevista até nem é má de todo, certamente foi dada antes do almoço.

Pois que eu fiquei ainda mais satisfeito pela sua saída. A juntar à má imagem que tinha dele ficou o facto de se declarar inimigo do ecletismo do Sporting.

Acho que foi bom ele assumir o que “queria” para o Sporting, um clube exclusivo de futebol. Não me revejo neste projecto e óbviamente não votaria nesta lista … mas acho que ao menos este assumiu o que queria que o Sporting fosse, e isso acho muito positivo (mesmo discordando da “visão” para o clube). Pessoas com ideias definidas e concretas para o clube são sempre benvindas e depois só é uma questão de votar de acordo com as ideias de cada um. Tambem me parece claro que FSF não se vai candidatar, porque já chegou à conclusão que as suas ideias não têm grande apoio quer no Conselho Leonino e muito menos na massa associativa.

porque já chegou à conclusão que as suas ideias não têm grande apoio quer no Conselho Leonino e muito menos na massa associativa.

Se puseres os sujeitos ao contrário concordo contigo…!!!

Tirando as partes aqui citadas da entrevista do FSF, não li mais nada. Mas pelo que se lê por aqui, e por outros sitios, o grande ponto de discussão é ele defender um SCP apenas com futebol.

Acreditando que ele defende esta teoria, em primeiro lugar louvo-lhe a coragem de manifestar esta sua ideia, à partida, antipática para a maioria dos sportinguistas, e respeito a sua opinião, principalmente por esta ser uma questão em que estou, claramente, em cima do muro.

É para mim claro que o futebol é a actividade principal do SCP, e aquela com a qual mais me identifico, mas admito que as outras modalidades tenham seu grau de importância.

Acho que o que interessa saber/medir são dois pontos:

1º)o peso, em termos financeiros, das ditas modalidades ‘amadoras’ em todo o grupo SCP.;
2º)o grau de importância atribuido pelos sócios às modalidades ‘amadoras’.

Com o conhecimento destes dois dados, penso que a direcção, através de uma assembleia geral, pode permitir que os sócios decidam em consciência, como gostariam de ver o seu SCP.