Frederico Varandas - Presidente do Sporting Clube de Portugal - Parte 4

Já viste que ninguém percebe nada só quem percebe são eles com aqueles gráficos.

Percebem tanto que não viram que o activo e o passivo é relativo que a dívida financeira está estável o empréstimo obrigacionista e de 26M que não é nada em comparação com os rivais.

A nível de fornecedores já disse e continuo a dizer tem que baixar para valores a rondar os 40 a 50M

Em relação aos proveitos serem menores que os custos este ano nem vale a pena discutir o porque.

Que eu saiba os graficos são retirados do R&C…

Eu sei que tas acostumado a debitar futebol ao domingo na tasca com os amigos mas tipo, esforça um bocado em vez de coçares o teu monotomate e vai pesquisar antes de mandar bitaites para o ar…

1 Like

Analisar o Passivo do Sporting para mim é um exercício de pura fé… As direções do Sporting sempre tiveram muito a mania de repartir o passivo entre SAD, Clube e SGPS. Só quem está dentro da direçao é que consegue ter uma noçao mais realista da coisa. Ou entao quando apresentam resultados consolidados. Nao me apanham noutra mentira dessas.

E para mim a única coisa relevante do Ativo sao as rubricas de Caixas Equivalentes e Clientes. Por isso os Capitais Próprios nas SAD dos clubes, traduz muito pouco, e a coisa tem que ser bem contextualizada e bem analisada. Basta ver os Lampioes têm alguns 160M€ de Capital Próprio Positivo, e andam sem dinheiro para mandar cantar um cego.

2 Likes

Esta mensagem foi sinalizada pela comunidade e está temporariamente oculta.

3 Likes

Bolha faz um favor a ti mesmo vai ver os quadros e diz assim.

Será que é so isso agora que temos para falar mal do varandas.

Vai procurar alguma coisa sobre a destituição sobre a assembleia qualquer coisa.

Porque por aí não vão pegar e digo te porque a situação financeira não está tão mal.

Se educado com os outros users do fórum por favor porque ninguém foi mal educado consigo.

Em relação a vir da mãe Joana não vem do próprio relatório que gostam de deturpar a realidade.

Já disse uma vez este activo que está no Bruno de Carvalho e o activo do relatório ou o activo depois das rescisões de Bruno Fernandes, Bas Dost, Bataglha.

1 Like

Hã? Onde é que a tua mãe foi chamada? Não conheces a expressão da mãe Joana?

“Não vão pegar” Mas eu pertenço a algum conluio organizado Brunista ou quê?

Estamos a falar do R&C, e não da AG. Isso querias tu. Porque da AG e do PMAG não vale a pena gastarem mais mentiras da caixa de jeitinhos, não duram para sempre, e o pessoal felizmente não é estúpido para validar as vossas afirmações.

1 Like

La nisso tens razão o leão selvagem é um expert em tudologia . Aliás não reconheço aqui a ninguém com tanta competência como o leão selvagem mas em tudo . Então quando toca a falar sobre os valores dos passes de jogadores é realmente um expert !, lol . Dito isto o leão selvagem contestar os números elaborados por alguém que é profissional na matéria é só para rir ! E quase como ouvir o dias da cunha que deixou 118 milhões de dívidas contestar a gestão do Bruno de Carvalho o único que passou pelo clube desde 1995 que baixou o passivo . De resto foram só quase 500 milhões desde 1995 que a croquetada deixou de passivo . Ok está bem , isto de ser brunista …vocês é que são muitos bons !

1 Like

Se for ver a mensagem apaguei está parte da mãe Joana que percebi o que quis dizer.

Peço desculpa pelo lapso

Já que está a falar no R&C o que vê de tão grave neste relatório?

Já o explanei no post anterior.

1 Like

É isso que o deixa preocupado?

1- concordo consigo as dívidas a fornecedores tem que baixar para um valor a volta de 40 a 50M mas temos e que ter uma rubrica clientes mais elevada.

2- O activo ser menor que o passivo tem fases basta vendermos um jogador da formação para o activo subir pela rubrica clientes logo aumenta.

3- os proveitos serem menores que os custos é normal num ano sem receitas de bilheteira e sem competições europeias de ter um saldo negativo que resolve com a venda de um jogador.

4 o empréstimo bancário normalmente vai baixando conforme os pagamentos. Podíamos antecipar receitas ou fazer outro empréstimo obrigacionista para baixar o empréstimo aos bancos mas acho que não compensa até porque não temos nenhuma dívida pessoal de alguma empresa para reestruturar.

Temos sim e de fazer um empréstimo obrigacionista para pagar as vmocs de vez.

  1. Dívida do clube a sad não sei muito sobre este assunto mas ouve um user que disse que isso é praticamente uma dívida nula o clube tanto deve a sad como a sad deve ao clube o mesmo valor ao qual eu acredito no user.

Espero ter explicado bem e que eu também não percebo muito disso.

Portanto, tapa-se o buraco no imediato vendendo mais activos, especialmente da formação.

Não estou a falar do último ano, mas sim dos últimos 2.

Nota-se. Pelo que foi colocado na conta corrente para amortização.

Agora sim, acabaste de gizar o futuro plano para mamarem as VMOC. Ah Banco Rothschild lindo.

O Zenha quando assumiu, também disse que estava tudo bem, que não havia buraco. Também é user?

1 Like

Não me viu ou ouviu a contestar nenhum acto de gestão do Bruno Carvalho simplesmente o que eu digo é que aqueles gráficos estão a medida do programa que é a favor de uns e contra outros.

Os números são tirados do R&C, não do bolso do Bruno ou de algum Brunista.
Estás a afirmar que os números são falsos? E que estão truncados?

Foda-se… @lcustodio, este é que tem palas.

E deixa-te lá de obséquios e educação à croquete. Usar o você é muito betinho para o meu gosto. Eu falo direito e sem papas.

3 Likes

Não percebo o que um empréstimo obrigacionista de 45M de euros por exemplo ia fazer os bancos ficarem com as vmocs.

Normalmente quando se faz um empréstimo obrigacionista e para o clube ficar com liquidez ou para pagar outro ou para pagar dívidas comprar jogadores.

Eu fazia um empréstimo para ter liquidez e comprar as vmocs e recuperarmos os 90 e tal por cento.

O que tem isso a ver com os bancos agora não percebi?

Esta mensagem foi sinalizada pela comunidade e está temporariamente oculta.

1 Like

:rofl: :rofl:

Vejo que percebeu mais ou menos a excepção do empréstimo obrigacionista para pagar as vmocs e recuperar os mais de 90% do clube

Sobre os Bancos e VMOC:

Millennium BCP e o Novo Banco contrataram a Rothschild & Co. para encontrar compradores para a dívida convertível em ações que têm do clube de Alvalade, noticia a Bloomberg (acesso condicionado) .

Os bancos detêm atualmente 40 milhões de euros em Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) em ações. Caso o Sporting não reembolse o valor até 2026, os detentores tornam-se acionistas do clube. Um cenário que os bancos credores querem evitar , vendendo as suas posições.

O pacote original incluía 55 milhões de uma primeira emissão de 2010, a que acresceram 80 milhões, em 2014, por conversão de 56 milhões em créditos do Millennium bcp e 24 milhões do Novo Banco.

Em outubro de 2019 o Grupo Sporting e a SAD chegaram a acordo com o BCP e o Novo Banco para a alteração dos termos da opção de compra dos VMOC, tendo o preço da opção de compra baixado de 1 euro para 0,30 euros, um “haircut” de 70%, baixando o montante para 40,5 milhões de euros.

Além das VMOC, os dois bancos pretendem vender também outros créditos do clube e da SAD, que a Bloomberg não específica. Segundo o último relatório e contas semestral, no final de dezembro de 2020 existia um empréstimo bancário ao Sporting no valor de 19,79 milhões de euros, além de um descoberto bancário de 18 milhões. O Novo Banco e o BCP são ainda credores, em conjunto com a Sagasta, de um factoring no valor de 59 milhões.

A Bloomberg contactou os bancos e o clube, mas nenhum comentou a operação.

A decisão de colocar à venda as VMOC surge depois de o Sporting se ter sagrado campeão nacional e ter garantido o acesso direto à Liga dos Campeões, que vale um encaixe financeiro nunca inferior a 23 milhões de euros.

Sobre a tua capacidade de management:

A boa prestação da equipa colocou também vários jogadores no radar dos clubes europeus, com notícias de que o Manchester City se prepara para comprar o passe de Nuno Mendes por 60 milhões .

2 Likes

Não seja ofensivo seu bolha palas tem os burros.

Burros são aqueles que não aceitam a realidade como eu aceitei a realidade não me encaixa.

Ora, quem é esta entidade credora de factoring? A investigar…

António Nogueira Leite.

1 Like