Frederico Varandas - Presidente do Sporting Clube de Portugal - parte 2

Não foram só os primeiros, o Soares Franco também andava

Lá vão os adeptos do Campo Grande FC ficar indignados com a postura de pouca classe do seu presidente…

Peixeiradas em conferências de imprensa e guerras com a arbitragem??

“Que horrooooor”

3 Likes

Por comparação com o jogo sujo q já não fazem? Não parece.

1 Like

Quando a língua foge… :joy:

1 Like

Anda, fadista!..

11 Likes

Tivemos uma Champions em Alvalade, diz o grunho.
Nem conseguiram sacar a final, mesmo sem adeptos (portanto a lotação não conta), mesmo depois de ter havido uma final na Luz há pouco tempo.

Sabes o que é que não tivemos seu grunho? O Sporting na Champions, que secalhar é o que interessa.

Fds, que nojo.

Mas o título dos jogos da seleção em Alvalade já ninguém nos tira.
Que surpresa, agora que somos putinhas do Mendes temos mais jogos da selecção do Mendes em Alvalade.

8 Likes

ah bom o Vieira e o presidente do Sporting há 20 anos , assim esta explicado , nem escondem estes croquetes

E quando Varandas diz que ‘não vamos fazer o que se fazia, não vamos jogar sujo’, refere-se a quem? Era o Sporting CP que jogava sujo? Se era, jogava sujo de forma bem incompetente porque nada ganhou com isso. Ou referia-se a adversários? Ficava-lhe bem esse esclarecimento.

Creio que se refere ao Sporting, caso contrário não usava o passado “fazia”, mas sim “faz”.

Em duas ocasiões, antes e depois do jogo com o FC Porto, o treinador Rúben Amorim falou em ano menos um. Bom, Varandas já nos tinha brindado com dois anos zero. Só faltava agora o treinador dizer que este é o ano menos um.

Só uma questão de matemática: se quando começou era o ano menos um e começou na época passada, então este ano é o ano 0.

O @jubas já vem pôr isso a limpo…

Temos que ir para o Marquês celebrar.

Ou por uma placa no Museu, que aposto que é o que o Bananas tem ao lado da sua medalha de derrotado da Taça e mais ao lado a do record de mais derrotas em 114 anos de existência de Clube.

2 Likes

O que ele queria dizer ninguém sabe. Já o que ele disse é óbvio.
Agora virem para aqui dizer que ele quis dizer outra coisa e tal, olhem É CHATO!

Inacreditável!!

Um gajo fica doente só de pensar que há alguém que valorize “actos” que nada estão relacionados com a vida desportiva do clube.

Isto é claramente comunicação para mentecaptos. Normalmente este tipo de comunicação é utilizada para rebanhos com pouca esperteza e claramente influenciados por três ou quatro frases impactantes.

O mais inarrável é que quero acreditar que até para esses um discurso destes possa ser difícil de entender.

Ou seja, a comunicação do Sporting acredita que os sócios do clube são na sua maioria uns autênticos inaptos. Avaliando pela eleição de Varandas é normal, de facto, acreditar nisso.

3 Likes

Só os atrasados mentais é que ainda podem apoiar esta direcção.

3 Likes

O Rogério que é advogado destes merdas todos. Impressionante, de facto.

1 Like

Se isso vier a acontecer eles ate demonstram alguma coerencia , mas nao e isso que vai a acontecer , agora o varandas ja pode dizer tudo .
Para teres uma ideia dos adeptos do sporting , tudo o que o varandas disser sobre as arbitragens sera bem vindo ,
O Bruno nao, esse e um incendiario, nao podia criticar arbitragens , nem falar sobre jornalistas que nao respeitavam o sporting ,ora diz me la que desde que o Bruno saiu do sporting se nao ha muito menos polemica as arbitragens muito melhor, melhorou tudo ate o sporting esta muito melhor …
Como e que o rogerio nao faz tudo para segurar o varandas na presidencia com adeptos destes ? O problema era mesmo Bruno como se esta a ver , este clube nao tem futuro enquanto houver croquetes com influencia .

1 Like
2 Likes

Para o fazer passar por mauzão a ver se os “brunistas” tem um vislumbre de “bruno” no lobotomizado e começam a acreditar nele.

Os gajos do CD deviam era ter vergonha, a atacarem um deficiente…

1 Like

Mas alguma vez BdC fez este discurso de “queixinhas” sobre os árbitros ?

Do que me lembro o discurso de BdC sobre a arbitragem foi sempre o mesmo.
Dizia que toda a gente errava, incluíndo os arbitros e que era necessário dar condições para haver menos erros na arbitragem. Ou seja, era necessário o VAR.
Depois do VAR ser implementado, defendeu a melhoria dos protocolos do VAR, etc…

3 Likes