Filipe Celikkaya - Treinador da Equipa B

Tem sido elogiado ou promovido por alguém?
Nunca estive tão de acordo contigo.

Em parte sim, mas destes seis que apontas 3 estao acima dos outros 3.

Sabes bem que depende imenso do treinador a velocidade com que se joga. Velocidade, a intensidade e agressividade. E tudo começa logo nos treinos.

Nem mais…o jogadores fazem o que o Mister lhe deixa.

…os jogadores entram para os jogos e treinos com Missões: se não as cumprirem tem que ser penalizados, pois só assim um Mister pode ser responsabilizado pelo insucesso da equipa.

…Se o Mister falar que tem que ser mais agressivos, circularem mais rapido a bola ( atrairem num corredor, virar o centro de jogo rapido e assim que a bola entra no outro corredor tem que se acelerar rápido)…com este mister circula se a 10 ahora, tudo feito a passo de carracol.

…Sem conhecimento de causa, posso estar aqui a ser muito injusto…n me parece que este Mister tenha grande pulso para o cargo.

O que dizias desta equipa o ano passado nos sub23?

FILIPE CELIKKAYA: “QUEREMOS HONRAR A CAMISOLA QUE ENVERGAMOS”

Por Sporting CP
09 Jan, 2021

EQUIPA B

Equipa B defronta o Real SC no domingo (11h00)

A equipa B do Sporting Clube de Portugal recebe, este domingo, o Real SC, em jogo da 11.ª jornada da série G do Campeonato de Portugal

Em antevisão à partida, Filipe Celikkaya, treinador Leonino, disse esperar mais um jogo complicado, desta vez perante o actual quarto classificado.

“É uma equipa extremamente competitiva, que esteve recentemente na II Liga, portanto, esperamos um adversário que nos vai criar problemas e temos de estar preparados”, considerou.

Os Leões seguem em segundo lugar, sem derrotas e a dois pontos do líder CF Estrela, no entanto, apesar do percurso positivo, o técnico verde e branco acredita que ainda há espaço para melhorar.

“O nosso foco tem sido o processo e vai continuar a ser. Queremos continuar focados, concentrados nas tarefas diárias, com o objectivo de honrar a camisola que envergamos. Quando o foco é a melhoria de competências, há sempre espaço para melhorar e desenvolver”, apontou.

Filipe Celikkaya endereçou também algumas palavras sobre o falecimento de Alex Apolinário, jogador do FC Alverca: “É um momento difícil, sobretudo quando se trata de um futebolista que estava a realizar a sua actividade profissional. No fundo, é endereçar os sentimentos pela perda, é a única coisa que se consegue dizer num momento tão triste como este”.

O defesa João Goulart também projectou o encontro e apontou à conquista dos três pontos para dar continuidade ao bom momento Leonino.

“2020 correu-nos bem, acabámos da melhor forma e queremos entrar da mesma maneira em 2021, com uma vitória. Equipas que joguem com este símbolo ao peito tem de ser sempre assim”, vincou.

O atleta de 20 anos fez ainda um balanço da época de estreia no Campeonato de Portugal. “É completamente diferente daquilo a que estamos habituados na formação, são equipas muito mais físicas, mas graças à equipa técnica temos conseguido adaptar-nos”, concluiu João Goulart.

FILIPE CELIKKAYA: “SABÍAMOS QUE ÍAMOS ENCONTRAR ALGUNS PROBLEMAS”

Por Sporting CP
10 Jan, 2021

EQUIPA B

Reacção do treinador da equipa B ao triunfo sobre o Real SC

No rescaldo do triunfo deste domingo diante do Real SC, o treinador da equipa B do Sporting Clube de Portugal, Filipe Celikkaya, admitiu que os Leões tiveram pela frente um encontro “bastante competitivo”, contra “uma boa equipa com jogadores experientes”.

“Sabíamos que íamos encontrar alguns problemas. Na primeira parte, apesar de termos tido mais posse de bola, não a circulámos à velocidade desejada e, como tal, fomos presa fácil para o adversário. Eles conseguiram marcar, fomos atrás do resultado e corrigimos alguns posicionamentos e a circulação ao intervalo. Conseguimos, com alguma felicidade e muita competência, fazer dois golos. Estão todos de parabéns”, começou por dizer, frisando que o mais importante, além da vitória, foi a evolução dos jogadores verdes e brancos.

“Somos uma equipa muito jovem, talvez das mais jovens a competir no Campeonato de Portugal. Quero realçar que tivemos mais posse de bola, na segunda parte melhorámos bastante a circulação e conseguimos criar os desequilíbrios necessários. Conseguimos marcar e vencer, que era o nosso objectivo, mas o mais importante é que os jogadores tiveram mais um espaço competitivo contra uma grande equipa. De certeza absoluta que evoluíram ao longo destes 90 minutos”, referiu.

“TEMOS DE CONTINUAR O CAMINHO DO DESENVOLVIMENTO E DA APRENDIZAGEM DIÁRIA”

Por Sporting CP
16 Jan, 2021

EQUIPA B

Equipa B enfrenta o Clube Oriental de Lisboa no domingo (15h00)

A equipa B do Sporting Clube de Portugal recebe, este domingo, o Clube Oriental de Lisboa em jogo da 12.ª jornada da série G do Campeonato de Portugal. Filipe Celikkaya, treinador do conjunto Leonino, fez a antevisão da partida à Sporting TV e projectou um jogo complicado.

“Como todos os jogos deste campeonato, perspectivo um jogo difícil. Acredito que será um momento competitivo para a nossa equipa. Estamos focados no Clube Oriental de Lisboa, trabalhámos de uma forma muito dedicada durante a semana e estamos ansiosos que o jogo comece. Vamos dar tudo em campo”, sublinhou.

Terminada a primeira volta do campeonato, ambos os emblemas chegam ao embate depois de resultados positivos e moralizadores. Na última jornada, a equipa B do Sporting CP atingiu a liderança conjunta com 27 pontos e, por sua vez, o Clube Oriental de Lisboa somou a primeira vitória na prova. Filipe Celikkaya admitiu que ambas as equipas chegam à partida num bom momento, mas reforçou o objectivo Leonino.

“Acho que devemos pensar jogo a jogo. O nosso foco é reproduzir em jogo aquilo que trabalhamos em função daquilo que o adversário também nos permitir. Queremos entrar no jogo com a máxima dedicação, com respeito pelo adversário, mas a tentar fazer o nosso jogo e lutar pela vitória”, frisou.

Fechada a primeira volta, o treinador verde e branco fez um balanço do trajecto percorrido pelos seus jogadores. “Sabia que íamos apanhar equipas bastante experientes e com um traquejo de patamares superiores e isso tem vindo a comprovar as dificuldades que temos sentido. Essa competitividade é algo de muito positivo para que os jogadores possam crescer e enfrentar desafios diferentes, tendo em conta que na formação passam a maioria do tempo com bola e no meio-campo adversário. Isso, neste campeonato não acontece. Por isso, temos vindo a trabalhar diariamente para conseguir impor aquilo que é a nossa qualidade e as nossas ideias. Temos de continuar esse caminho: o do desenvolvimento e da aprendizagem diária”, apontou.

Bruno Paz, capitão da equipa B verde e branca, também projectou o embate deste domingo e corroborou as palavras do seu treinador. “Vai ser um jogo difícil, com certeza. Todos os jogos deste campeonato têm sido exigentes. Eles vêm de uma vitória, a primeira deles, mas isso não quer dizer nada, porque têm um bom plantel, experiente. Nós temos somado bons resultados e bons jogos, por isso vamos encarar o jogo com a máxima seriedade, fazer tudo para ganhar e assim continuar o nosso trajecto”, concluiu.

“HÁ JOGOS EM QUE É PRECISO MAIS DO QUE TALENTO E ESTE FOI UM DELES”

Por Sporting CP
17 Jan, 2021

EQUIPA B

Filipe Celikkaya após a vitória sobre o Clube Oriental de Lisboa

No final da vitória por 3-2, este domingo, sobre o Clube Oriental de Lisboa, Filipe Celikkaya, treinador da equipa B do Sporting Clube de Portugal, fez a análise ao desafio.

“Sabíamos que, na primeira parte, o Clube Oriental de Lisboa ia entrar forte, pressionante e a libertar algum espaço nas costas. Muitas vezes queríamos procurar, mas não estávamos a entrar nos timings certos nem a descobrir com facilidade a entrada nesse espaço. No entanto, na segunda parte corrigimos isso e conseguimos marcar em dois movimentos à profundidade. A história do jogo é muito isto: nós a querer ter o controlo do jogo, eles a tentarem pressionar alto e a tentarem roubar rapidamente a bola. Umas vezes perdemos por posicionamentos não correctos. Sempre que nos orientávamos para a frente conseguíamos criar perigo”, começou por dizer o técnico aos meios de comunicação Leoninos na zona de entrevistas rápidas, continuando.

“Faltou-nos alguma largura e profundidade por parte dos laterais. Tivemos de procurar o ponta-de-lança. Os nossos alas também não estavam a fazer os movimentos pedidos na altura certa. No entanto, conseguimos criar e marcar três golos, o que é bastante positivo. É um momento competitivo bom para eles e um aviso para eles perceberem que há jogos em que o talento não chega. Há jogos em que é preciso muito mais e este foi um desses jogos. Temos de continuar o nosso trabalho bem cientes de onde estamos, que é o Campeonato de Portugal, em que muitas vezes perdemos o controlo do jogo momentaneamente e temos de o ir buscar outra vez. Isso torna-se, por vezes, mais difícil em miúdos mais novos”, referiu.

Filipe Celikkaya comentou também o actual momento da equipa B do Sporting CP. “Ficamos satisfeitos por estar a vencer, mas o desenvolvimento que eles estão a ter é mais importante. Todos os jogos são diferentes e eles têm sido estimulados a fazer coisas diferentes nos jogos. Os adversários provocam-nos coisas diferentes. Foi assim na semana passada e hoje também. Provocaram alto e não no deram espaço para libertar os nossos jogadores. Tivemos algumas dificuldades com isso, mas felizmente conseguimos marcar três golos que nos deram a vitória”, afirmou.

“DAR CONTINUIDADE À NOSSA HISTÓRIA NOS AÇORES”

Por Sporting CP
23 Jan, 2021

EQUIPA B

Equipa B defronta o SC Praiense este domingo (15h00)

A equipa B de futebol do Sporting Clube de Portugal viaja até aos Açores para defrontar, este domingo, o SC Praiense em joga da 16.ª jornada da Série G do Campeonato de Portugal.

Filipe Celikkaya, treinador do conjunto verde e branco, perspectivou “um jogo extremamente competitivo”, garantindo que os Leões estão “preparados”.

“Todas as deslocações aos Açores foram complicadas e competitivas, não esperamos nada em contrário. O SC Praiense é uma equipa que gosta de ter bola e nós também somos assim, por isso acredito que vá ser um bom espetáculo para todos”, começou por dizer o técnico.

O SC Praiense chega a este encontro depois de um resultado negativo, enquanto os Leões ainda não perderam esta temporada. Ainda assim, para Filipe Celikkaya, os momentos que ambas as equipas atravessam não vão definir a história do jogo.

“Já jogámos com equipas que perderam, mas que foram extremamente difíceis de competir e vencer. Sabemos o adversário que temos pela frente, respeitamo-lo, mas queremos vencer. Queremos dar continuidade àquela que foi a nossa história nos Açores na primeira fase”, referiu.

Na antevisão a esta partida, o treinador Leonino falou ainda da evolução dos jogadores do Sporting CP, elogiando-os: “O desenvolvimento destes jogadores tem altos e baixos. Como tenho vindo a dizer, o desenvolvimento não é exponencial, nem tem de ser sempre em progressão. Por vezes surgem algumas dificuldades, que têm sido ultrapassadas com mérito e com trabalho. Os jogadores têm se dedicado bastante e estamos muito satisfeitos com aquilo que eles têm feito até agora”.

Marco Túlio, avançado Leonino, também fez a antevisão a este encontro, partilhando da mesma ideia do técnico sobre o SC Praiense: “Vai ser um confronto difícil. Encontrámos equipas muito difíceis nos Açores. Já jogámos contra eles e não foi fácil. É uma boa equipa, mas durante a semana trabalhámos para somar mais três pontos”.

FILIPE CELIKKAYA: “NÃO FORAM PONTOS PERDIDOS MAS DESENVOLVIMENTO GANHO”

Por Sporting CP
24 Jan, 2021

EQUIPA B

Reacção do técnico ao encontro deste domingo diante do SC Praiense

Após o empate deste domingo diante do SC Praiense, em jogo da 16.ª jornada da Série G do Campeonato de Portugal, o treinador da equipa B do Sporting CP, Filipe Celikkaya, afirmou que este foi um encontro “extremamente competitivo”, recordando ainda assim as condições que os Leões encontraram no Estádio Municipal da Praia da Vitória, nos Açores.

“Foi muito difícil jogar neste campo porque é aberto, havia muito vento e o piso é escorregadio e muito mole. Isso dificultou-nos a tarefa e demorámos um pouco a adaptarmo-nos. Ficámos na esperança de jogar a favor do vento na segunda parte, mas infelizmente ele parou e tivemos um jogo bastante equilibrado. Conseguimos criar desequilíbrios na defesa adversária, mas não conseguimos marcar. Temos de continuar o nosso caminho, não foram pontos perdidos, mas sim desenvolvimento ganho”, começou por dizer, sublinhando que este tipo de jogos é benéfico para o plantel.

“Eles encontraram dificuldades e no futuro vão continuar a jogar em relvados com estas condições, têm de se adaptar a isso. Não é o resultado que queríamos, mas estou satisfeito com a entrega e a forma como os jogadores se uniram, mesmo em inferioridade numérica. Isso é de louvar”, referiu, garantindo que os jogadores estavam “insatisfeitos pelo resultado, mas tranquilos em relação ao trabalho desenvolvido”.

Por fim, Filipe Celikkaya recordou o percurso imaculado do SC Praiense em casa e apontou já aos desafios futuros. “O adversário ainda não tinha perdido em casa e tem uma boa equipa. Ainda assim, estávamos avisados para as características deles. Conseguimos anulá-los em determinados momentos, o que é normal, mas é mais um jogo. O Campeonato de Portugal é longo, os jogadores entregaram-se por completo e temos de continuar. Para a semana temos outro jogo bastante importante e temos de nos focar nele”, concluiu.

FILIPE CELIKKAYA: “VAMOS LUTAR PELA VITÓRIA”

Por Sporting CP
20 Fev, 2021

EQUIPA B

Equipa B defronta o GD Fontinhas nos Açores este domingo (15h00)

Sem competir desde o dia 24 de Janeiro devido a casos de COVID-19 nas formações adversárias, a equipa B do Sporting Clube de Portugal regressa ao activo já este domingo, na Ilha Terceira, nos Açores, diante do GD Fontinhas, em jogo referente à 17.ª jornada da série G do Campeonato de Portugal.

Na antevisão à partida, que vai poder contar com a presença de público nas bancadas, o treinador dos Leões, Filipe Celikkaya, lamentou a paragem de quase um mês, mas congratulou-se pelo facto de a prática do futebol continuar a ser permitida apesar dos efeitos da pandemia.

“Não haver competição é sempre prejudicial, gostamos de competir e de testar como estamos. Não havendo essa avaliação, treinamos sempre focados no desenvolvimento das nossas competências. Vivemos um momento que torna tudo mais difícil, não só no desporto, mas também em todas as outras áreas. Somos uns privilegiados por podermos desenvolver a nossa actividade”, referiu, desvalorizando o facto de o relvado do adversário ser sintético.

“Não estamos preocupados com o sintético em si. Claro que a bola pode prender mais um pouco, mas é um momento competitivo muito importante contra uma equipa bastante madura e experiente, tal como o seu treinador. Temos de aproveitar esse momento lutando pela conquista dos três pontos. Somos o Sporting CP e entramos em todos os jogos para vencer. Sabemos que as deslocações aos Açores são sempre muito difíceis, mas já estamos alertados porque já lá jogámos. Vamos lutar pela vitória”, garantiu.

Bruno Paz, capitão do conjunto verde e branco, admitiu que a actual situação pandémica não é ideal, mas frisou que as sessões diárias de treino têm permitido à equipa evoluir.

“Enfrentamos uma situação pandémica muito complicada, mas temos de aprender a viver com isso e continuar focados nos nossos objectivos. Pensamos jogo a jogo, trabalhamos para estarmos preparados para conseguirmos o melhor resultado possível. Estamos cá para evoluir e trabalhar, e se não der para fazer isso nos jogos, fazemo-lo nos treinos”, referiu, deixando elogios ao adversário.

“Sabemos que é uma boa equipa e que vem de quatro resultados positivos. Como vão jogar contra o Sporting CP, querem mostrar a sua qualidade, mas vamos tentar impor os nossos atributos e rigor para darmos uma boa resposta”, concluiu.

FILIPE CELIKKAYA: “TRIUNFO VALORIZA O TRABALHO QUE ELES TÊM FEITO DIARIAMENTE”

Por Sporting CP
21 Fev, 2021

EQUIPA B

Equipa B foi aos Açores vencer o GD Fontinhas após quase um mês sem competir

Após o encontro deste domingo diante do GD Fontinhas, o treinador da equipa B do Sporting Clube de Portugal, Filipe Celikkaya, enalteceu o triunfo verde e branco por 0-3, sublinhando a atitude dos seus jogadores após os recentes adiamentos de jogos provocados pelos casos positivos de COVID-19 nos adversários.

“Foi um jogo bastante competitivo. Tal como já tinha dito, não sabíamos como é que a equipa iria apresentar-se porque estivemos quase um mês sem competir. Ainda assim, demos uma boa resposta perante um adversário extremamente difícil, competitivo, com ambições e bem orientado. Estamos muito satisfeitos com o que fizemos hoje, foi um momento importante para o desenvolvimento destes jogadores”, começou por dizer.

“Este triunfo valoriza o trabalho que eles têm feito diariamente. Têm-se entregado por completo nos treinos, tal como fizeram neste jogo. Demonstraram que têm a ambição de fazer grandes carreiras e se olharmos para o passado, muitos dos grandes jogadores passaram por campos como este. Eles sabem disso e têm de percorrer esse caminho, tal como têm vindo a fazer até aqui e bem. Todo o grupo está bastante unido, satisfeito e feliz com esta vitória, que é muito importante pela forma como foi conseguida“, referiu.

Por fim, Filipe Celikkaya frisou que a equipa está no “caminho certo” e considerou que é normal haver “altos e baixos” no desempenho de cada jogador ao longo da época.

“Falo muito com eles sobre isso. Não é por haver um jogo menos conseguido em termos individuais que é negativo. Por vezes há retrocessos e é preciso analisar, reflectir e melhorar as nossas competências. Temos de trabalhar mais e também é importante ver jogadores de referência da mesma posição. E temos vários na Academia ao serviço da equipa A. Tudo isso somado faz com que a evolução ocorra e por consequência o rendimento”, concluiu.

1 Like

Parabéns ao míster Filipe que tem feito um trabalho muito meritório no comando e gestão destes rapazes da Equipa B. E com um belo discurso também.

Fosse a equipa de sub-23 tão bem orientada e estava feliz da vida…

4 Likes

Vinha agora escrever isso ! Parece-me que aqui também acertamos na mouche (ou melhor, o Rúben acertou :grin:).
Já o dos sub23 parece assim a atirar para o fraquito…

Excelente discurso e excelente treinador

O João Pereira trata disso para o ano

1 Like

FILIPE CELIKKAYA: “PREPARADOS PARA UM JOGO DIFÍCIL E COMPETITIVO”

Por Sporting CP
23 Fev, 2021

EQUIPA B

João Oliveira também falou antes do encontro diante da Belenenses SAD B

Na antevisão do encontro desta quarta-feira diante da Belenenses SAD B, referente à 15.ª jornada da série G do Campeonato de Portugal, o treinador da equipa B do Sporting Clube de Portugal, Filipe Celikkaya, deixou elogios à forma como os Leões se apresentaram em campo no último jogo, em casa do GD Fontinhas (0-3), após quase um mês de paragem competitiva.

“Foi um jogo muito competitivo, a equipa mostrou-se unida e com os objectivos bem definidos. Marcámos cedo e a partir daí tomámos conta da partida e acabámos por vencer com justiça. Esperava que a equipa tivesse vontade de jogar, mas não sabia como é que iriam interpretar o que tínhamos trabalhado durante esse mês. Acabámos por estar bem frente a uma equipa muito difícil, o que valoriza o trabalho deles”, começou por dizer.

Quanto ao adversário desta quarta-feira, o técnico verde e branco desvalorizou o facto de a Belenenses SAD B estar abaixo da linha de água, perspectivando um jogo “difícil”.

“Estes jogos históricos são sempre muito complicados. As gerações são muito equivalentes, com jogadores jovens que se querem mostrar e valorizar o seu jogo e o da equipa. Estamos preparados para um jogo difícil e competitivo, como todos os outros nesta série G, mas esperamos vencer. Vamos ter pela frente um adversário com boas características, algumas deles difíceis de contrariar”, referiu.

João Oliveira, lateral-direito que esteve os 90 minutos em campo diante do GD Fontinhas, reconheceu que quase não houve tempo para preparar este jogo após o regresso dos Açores.

“Chegámos no domingo, fizemos recuperação segunda e terça e jogamos já na quarta-feira. Sabemos que a Belenenses SAD B tem jogadores de muita qualidade, já joguei com alguns deles. Vamos encarar este encontro da melhor forma frente a um adversário forte, mas também vamos querer entrar com uma mentalidade forte para ganhar a partida”, disse.

será que não podia tb treinar os sub-23? :slight_smile: