Falta de mentalidade Ultrá

Muitos de vós se devem deparar com este pensamento do que é o sentimento anti.
Em Portugal tem se tornado hábito e é a mentalidade mesquinha que impera no nosso país. Talvez seja o reflexo da sociedade portuguesa.
Escrevo este pequeno texto como uma forma de desabafo e de certo modo para quem pensa desta forma, pensar um pouco e mudar.

Começo por falar dos cânticos de determinados grupos de ofensa a outros clubes ou grupos que nem sequer estão a jogar nesse encontro. Será que não percebem que não é dessa forma que irão deitar o rival abaixo, muito pelo contrário, só o sobrevalorizam? Será que o vosso clube não está a precisar do vosso apoio em vez de estarem a cantar para um grupo ou clube que nem sequer está nesse jogo? Será que não acham que a melhor ocasião de demonstrar a vossa rivalidade para com esse grupo ou clube é fazê-lo no dia em que os enfrentarem, seja no interior ou no exterior do estádio? Quando o vosso clube ganha um título, porquê entoar cânticos de ofensa a clubes rivais se foi o vosso clube que conquistou um título?

Em relação aos cachecois antis. Na minha modesta opinião esse tipo de cachecois também só sobrevalorizam o adversário, será que eles são assim tão bons para que nós tenhamos um cachecol a demonstrar a nossa rivalidade para com eles? Também penso que não. Nada melhor que um cachecol demonstrando o nosso orgulho em pertencer ao nosso clube ou grupo, um cachecol com o ano da fundação do nosso clube, um cachecol demonstrando a amizade com algum grupo ultra, enfim, um cachecol onde realce o nosso verdadeiro amor ao nosso clube.

Em relação aos pontapés de baliza. Quando o vosso clube precisa do vosso apoio, ninguém quer cantar, mas quando é para cantarem aquilo quando o guarda-redes vai bater o pontapé já todos cantam. Alguns podem até pensar que isso pode criar um pequeno inferno para o guarda redes, mas na minha opinião penso que isso poderá ser uma motivação extra para o guarda redes. Nada melhor do que criar um verdadeiro inferno para o adversário, entoando cânticos de verdadeiro amor ao nosso clube, não há nada melhor do que isso.

Preocupam-se mais com os outros do que com o seu próprio clube.

Não sejas mais um deles…! Apoia o teu clube…!

Muitos de vós se devem deparar com este pensamento do que é ter uma postura digna na bancada.
Infelizmente em portugal, cada vez há mais nos grupos de apoio, os chamados ultras da porcaria, aqueles que têm uma maneira de estar na bancada semelhante a um espectador no cinema.

Isto leva-me a pensar que não existe a passagem de valores do pessoal mais velho dos grupos aos mais novos ou então é mesmo a ingnorância do pessoal mais novo em não tentar assimilar o que é estar num grupo de apoio e a postura a ter na bancada. Isto falando no geral.

Estando uma pessoa num grupo de apoio, tem que ter sempre uma postura digna na bancada, apoiando os 90 minutos, o estar sempre de pé, o comer no estádio que seja no intervalo, enfim, é manter uma postura digna do seu nome e do seu grupo, dando sempre o máximo de apoio ao clube, pois é por ele que cada um lá está. Se és ultra, tens que te comportar com tal.

O estar sentado e não cantar, o comer e beber durante a partida, o assobiar e essas coisas todas, são atitudes negativas semelhantes á dos adeptos comuns.

Dignifica o cachecol que trazes ao peito…! Mantém sempre uma postura digna e dá sempre o máximo de apoio seja o jogo contra o último classificado da distrital seja contra o inter de milão…!

por worldultra1993

Este texto não vem numa edição da ADEPTOS?

Já agora… qual é o seu relevo para o quadro da Actualidade do Sporting?

[mod]Tópico temporariamente bloqueado. Será reaberto aquando da sua mudança para outra secção.[/mod]