Eu também acho que MUDASTI não faz falta no dicionário!

Adiram todos à causa “Eu também acho que MUDASTI não faz falta no dicionário!” no facebook!!! :hand: :hand: :hand:
Estão a assasinar a língua portuguesa, se todas as expressõoes parvas e sem nexo que dizemos fossem parar ao dicionário, basta pensar nas específicas que utilizo em alguns jogos… :wall: :wall: :wall:
E já agora quem utiliza “mudasti” no seu dia-a-dia? :eh:
Enfim…

Link do grupo: http://www.facebook.com/group.php?gid=110002525718647

Realmente que estupidez :wall:

Que palhaçada…já nao basta a nova correcção ortografica?

Num dos anuncios deles aparece um lâmpio :cartao:

Mas achas que faz sentido uma palavra que não faz muito sentido e quase nínguem usa ir parar ao dicionário?
Se assim fosse o dicionário teria de acrescentar muitas outras palavras… :great:

:shhh: :mrgreen:

É mesmo :sick:. Aliás, para mim até me era igual ela aparecer no dicionário ou não, mas depois de ver aquele anúncio :cartao:, a minha opinião mudou de tal forma que para além de mudar de canal sempre que dá essa publicidade, também não quero cá a trampa da palavra “Mudasti” no dicionário :naughty:…

Eu não fiquei assim muito alterado por um lampio aparecer(para mim aparecesse um sportinguista, um benfiquista ou um portista, ali era igual, pois acho uma estupidez)…mas pronto, imaginemos que Mudasti aparece mesmo no dicionário. E depois?

Mudasti: 1. (verbo) Exclamação apelando à recente mudança para o produto Nestea, em detriormento(sp?) do produto Lipton IceTea

Será?

Pensam que isto é novidade mas toda a minha família alentejana (toda a familia da minha mãe é alentejana e eu sou-o do lado do coração) já usa essa forma do verbo há “iães.”

Como é que se utiliza numa frase?

“Entã Bia, mudasti as cortinas?”

“Não, só as laveí.”

“Ai mudasti, mudasti…”

:mrgreen: Isto é uma piada que só pode ser contada por alentejanos. :mrgreen:

Até parece… >:(

:lol:

:rotfl: :rotfl: :rotfl:

E descendentes de alentejanos? Podemos contá-la?
Não nasci lá, nem tenho o respectivo sotaque. Mas tenho o orgulho em ser (quase) alentejano como muito dos meus outros familiares.

Já achava isso tudo uma parvoeira, quando vi uma galinha no anúncio então caguei de vez nessa merda.

Não esperava outra coisa…

Deixem-se lá de :offtopic: e ajudem-nos lá com esta causa… :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

O facto de se equacionar acrescentar esta palavra ao dicionário de língua portuguesa mostra muito bem o estado das coisas.

A simples existência deste movimento espelha a mediocridade em que o país vive!

EDIT: Ups! Este comentário vem na linha de pensamento do anterior, do user sanduixe, o qual não li antes de produzir o meu comentário

Realmente, que ideia mais estúpida!

Em primeiro lugar, o acréscimo de palavras usadas ao dicionário mostra uma língua viva e não morta. As línguas são dinâmicas e vão-se ajustando ao tempo. Muitas palavras vão deixando de ser usadas e outras mais recentes por serem verbalizadas no dia-a-dia vão entrando aos poucos nos dicionários.
No entanto, é um processo muito longo (na maior parte das vezes demora décadas) desde que a palavra começa a ser verbalizada até entrar nos dicionários “oficiais”.

Por isso, é que esse grupo é um “hoax”. Nunca deve ter havido nenhuma proposta para que essa palavra entrar nos dicionários “oficiais” (aqueles que são redigidos por grupos de linguistas contratados pelo estado) e esse grupo do facebook tem apenas objectivos estatísticos. Como vocês sabem, nós colocamos quase todos os nossos gostos no nosso perfil do facebook. Por uma questão de privacidade, estatísticas desses gostos só são conhecidos pela empresa facebook, embora os disponibilizem para efeitos de publicidade focalizada no site.
Mas os grupos também podem ver essas estatísticas. E mais que isso, um grupo que inicialmente não demonstrava esse objectivo, poderá (a partir de determinada altura) começar a colocar mensagens publicitárias para todos os seus milhares de “agrupados”. Fica de graça (não têm de pagar ao facebook) e atingem muita gente.

Basta lembrarem-se daquele grupo “Eu não vou pagar por utilizar o facebook a partir de Maio”. O objectivo era o mesmo. O Facebook nunca teve sequer a ideia de cobrar pela sua utilização. Então é assim que eles têm a galinha dos ovos de ouro e agora iam matá-la começando a cobrar e perdendo 90 ou 95% dos seus utilizadores?

Portanto, esse grupo tem outros objectivos que não “impedir a palavra mudasti de entrar no dicionário”

Esta campanha é uma estupidez, e não tem qualquer fundamento.

:arrow:
Em princípio, é uma brincadeira comercial cujo objectivo é dar nas vistas e pôr as pessoas a falar do disparate que é, aproveitando o facto de andarmos escaldados com a rebaldaria nacional e com o “acordo”. E já conseguiram o que queriam, já puseram as pessoas a comentar!

Isto é, no mínimo, estúpido. Espero que não passe de uma jogada de marketing porque isto não faz sequer sentido.